Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

APRENDENDO A SER CADELA DESDE PEQUENA - A INICIAÇÃ

Aprendendo a ser cadela desde pequena - A iniciação II





Para quem não me conhece ainda meu nome é Lila 28 anos 1m60 57 kg morena cabelos e olhos negros esta é a minha vida cheia de novidades ao menos pra mim...



Depois de minha festa de 19 anos e do presente que ganhei (a perda do meu cabaço ) virei outra pessoa, mais feliz realizada e com novos desejos claro, agora conhecia o prazer que era dar e queria repetir, repetir, repetir infinitamente.... Parecia que uma droga havia sido injetada dentro de mim e tudo ao meu redor me fazia pensar em sexo! Minha avidez por filmes pornográficos aumentou vertiginosamente, me imaginava nas situações que assistia e isso me deixava louca...



Foi quando recebi a melhor noticia da semana de minha mãe:



- Filha o Xereta já esta pronto pra você !



Essa noticia não poderia chegar em melhor hora eu subindo pelas paredes e agora teria meu companheiro inseparável para me consolar...demais!!!



Eu o recebi com muita saudade e tesão afinal tinha acabado de ver um filme de zoo entre mulher e um dog, via todos que encontrava queria saber direitinho como agir quando chegasse a oportunidade q eu estivesse sozinha com meu Xereta. Fui direto pro meu quarto e o chamei ele ainda continuava fazendo festa afinal já fazia um tempo que não nos víamos...



Ele estava cheiroso e veio logo fuçando entre minhas pernas devia estar sentindo o cheiro do meu tesão e minha buceta molhada de excitação claro! Tirei toda a roupa e fui logo me arreganhando para que ele fizesse o que quisesse comigo, ele me lambeu toda mas depois ficou concentrado na minha buceta que naquele momento já estava mais molhada que antes de tanta vontade. Eu gemia e me debatia na cama de tanto tesão e naquele momento vi a ponta do pau de Xereta saindo pra fora...isso pra mim foi a gota! Fiquei de quatro e comecei a rebolar enquanto ele continuava a me lamber, com uma rapidez que eu não esperava ele montou em mim e deu uma arremetida seca e com força gemi pois não estava preparada pela investida mas ele grudou as patas dianteiras nas minhas ancas e me puxava com uma força que não imaginei que ele tivesse, nossa nunca me senti tão fêmea tão cadela ! O pau dele a cada bombada ia inchando e eu sentia o volume dentro de mim a cada impulso que ele fazia para ir mais fundo foi quando senti o ná entrando...não tem como descrever a sensação de gozo e dor é apenas uma sensação única! Eu gozava enquanto ele gozava entro de mim e gemia choramingando como uma cadela no cio foi demais...ficamos engatados por vários minutos não contei o tempo e quando ele saiu um mundo de porra saiu de dentro de mim e ele começou a me lamber para limpar tudo como um perfeito cavalheiro e eu como uma dama agradecida gozei de novo!



Depois deste dia fiquei viciada em dar queria dar todo dia não importava a hora sempre estava no quarto com Xereta.



Meus pais assistindo meu problema resolveram mais uma vez me ajudar!



Disseram que iam fazer uma festa de apresentação pra mim onde nunca mais eu teria que passar vontade, logo me interessei e perguntei:



- Mas como assim?



- Você tem que ter novos amigos, não pode se isolar dentro de casa, tem que gozar a vida.



Como meus pais sempre me apoiaram resolvi mais uma vez seguir sua orientação.



Dessa vez fizeram uma festa numa Fazenda isolada com piscina e o tema da festa era peculiar, quando entrei não pude acreditar no que estava vendo tudo na festa sugeria a “Sexo”.



Mulheres de roupas de sexy shopping, homens de cuecas sugestivas mas o que percebi de imediato é que todos usavam coleiras. Os enfeites da festa eram Homens e Mulheres trepando em várias posições, Doces com formas de Cacetes e Bucetas, adorei! Tinha Até uma TV de Plasma grande no meio do quintal... Mas uma vez não sabia que iria acontecer bem nem queria afinal sempre gostei de surpresas...rs Me chamaram e deram um pacote grande dizendo que sem o traje não poderia permanecer na festa, fui rapidamente ao banheiro ver o que guardava o pacote em minhas mãos!



Havia um corpete de couro que faziam meus seios ficarem praticamente expostos, uma calcinha de couro com chapinhas metálicas e um par de botas 78 salto agulha que ficavam acima de meus joelhos nas extremidades laterais externas das botas haviam argolas grossas, a coleira que acompanhava era de couro e também tinha tachas e argolas similares as botas. Quando me vi no espelho adorei o que vi, amarrei meu cabelo em um rabo de cavalo para expor a coleira que tanto apreciei!



Assim que fui ao local da festa vi cacetes se inchando nas cuecas e homens me “comendo” com os olhos aquilo me encheu de prazer algumas mulheres até me mandaram beijos...Nossa nunca me senti tão sexy estava me sentindo melhor que na minha festa de Debutante.



A Cris que foi minha primeira amiga estava lá claro e me elogiou pela roupa, A Roupa dela era de uma garçonete Francesa muito bonita mas gostei mais da minha claro meus pais com certeza me conheciam!



Ela foi me apresentando outros convidados, muitos deles que não estavam na minha outra festa por um ou outro motivo mas que naquele momento estavam lá para agraciar a festa com sua presença pois nossa nunca vi tanto homem junto e quase nus...eu já estava querendo sair me satisfazer de tanta vontade, até comentei com a Cris e ela disse para que eu aguardasse que eu iria gozar muito aquela noite.



Nisso vi que alguns casais já estavam se alisando e ai que vejo o Lucas vindo em minha direção e cochichar em meu ouvido:







- É hoje que a cadela vai se foder pra valer!



Não entendi direito o porquê dele disse mas aquilo me deixou extremamente molhada, afinal ele que tirou o meu cabaço e me preparou pro meu primeiro dog.



Depois de umas 2 horas o clima começou a esquentar e uma pessoa que nunca havia visto disse:



-Agora vamos homenagear a Cadela da festa!



Nisso me pegaram vendaram e me levaram no colo, não sei onde estavam me levando mas sentia mãos me apalpando e isso foi me acendendo, senti que me colocaram num lugar fofo e senti barulhos de corrente. Foi quando tiraram minha venda e disseram : Surpresa!



Eu estava de quatro amarrada como uma cadela uma corrente na minha coleira e outras duas presas uma em cada bota, totalmente imobilizada, afinal não podia tirar as botas nem a coleira estava porque a corrente estava esticada. Resumo estava de quatro com as pernas separadas sobre um imenso chão de pufe.



Foi quando Lucas disse:



- Vamos foder a cadela!



Nisso a Cris se intrometeu dizendo que iria escolher o melhor pra mim fez com que todos na festa tirassem as cuecas, nunca vi tantos homens excitados juntos e aquilo sá aumentou meu tesão e a curiosidade do que viria a seguir, foi quando ela escolheu o cara mais avantajado e disse:



- Sangra a vadia sortudo...



Senti rasgarem minha calcinha e jogarem algo gosmento pingando sobre minha bunda...depois disso apenas a dor de algo que te rasga e força uma passagem que não existe mas que estava sendo feita sem dá nem piedade. Senti lagrimas saindo de meus olhos e isso parece que entusiasmou os apreciadores do meu abate anal.



Um voluntário encarecido do meu sofrimento resolveu me ajudar no processo e se deitou embaixo de mim começando a me chupar desviando minha atenção para a atrocidade cometida no meu cú antes virgem, comecei a gemer e Lucas então disse:



- Pronto a cadela já esta gostando...



Meu benfeitor que agora enfiava a língua em minha buceta se posicionou e meteu seu cacete fazendo com que eu rebolasse para poder curtir aquele momento tão singular. Meu carrasco não precisou de mais nada com uma ultima arremetida gozou e tirou seu cacete com meu sangue e uma satisfação que parecia nunca ter comido um cú na vida. Senti a porra escorrendo entre as minhas pernas afinal estava de quatro e ainda brincando com o cacete de baixo...logo veio outro voluntário e ocupou o lugar de meu carrasco.



Agora eu não sentia mais dor sá prazer, não queria mais parar dois cacetes me comendo ao mesmo tempo e eu toda imobilizada sendo vista por todos e gemendo era melhor que eu esperava. Sei que a cada parceiro que se satisfazia outro tomava seu lugar e eu gozava uma vez apás a outra sem parar como se tivessem me dado estimulantes ou afrodisíacos. Naquele momento descobri que realmente eu queria muitos machos assim como uma cadela fica cercada quando esta no cio sempre sendo currada e fodida eu queria estar.



Apás ter sido muito usada trouxeram o Tito (o Rottweiller da Cris) e o Xereta (meu Labrador) e os deixaram me lamber toda. Logo excitados começaram a querer a montar em mim e Cris segurou o Tito práximo a minha boca para que eu chupasse o pau dele que já saia pra fora enquanto Xereta já me fodia gostoso....



Ficamos engatados um bom tempo e depois claro que a Cris como uma boa dona deu minha buceta pro Tito brincar também.



Como fiquei boazinha fui premiada com um banho de mangueira e me lavaram como toda Cadela deve ser!



Depois desse dia minha vida nunca mais foi a mesma....





Lambidas molhadinhas...



Gostaram, não ? Mandem e-mail contando:



[email protected]







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de corno dominadomulher sobe em cima da pica do manequimdei de perna abertaconto minha tia pelada no quintalcasada dando no rancho contoscomeram meu cuzinho conto gaycontos de coroa com novinhoSonifero contosSem a minha permissao contos eroticoscontos eroticos cdzinha quando era menino me vesti de menina e marquei pra dar eu queria ser meninacontos eróticos de gay sendo comido pelo sobrinhocasa dos contos putinha desde novinhasofri no pau de outro contomulheres novinhas com peitinhos pequenos arrebitado inchados eContos eróticos: acordava cedinho p levar rolaconto minha tia pelada no quintalcontos eroticos arrombando a gordacontos com priminha safadinhas de dez aninhosconto eróticos de troca de filhaencoxol com jatos de porracontos eroticos arrombando a gordacontos de sexo depilada na praiaNo cu da minha namorada amigo contos relatoscontos eróticos infância gay com gari heteromulher casada crente relata que da o cu para outro/contos recentesuma viagem muito louco contos eróticosConto erótico com foto no interior vizinha peludacontos eroticoc de senhoras casada se vingando dando o cu pra negoesMulher trepano so com caralhudoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteVe foto de bucta d esposa galadinhaconto eróticos comi minha prima mae solteira carenterelato de gêmeos que acabou torando sua sograjakelini meu sogro tem pauzaocalcinha ate joelhos contos eroticosxvidiocu gostozominha filha mamando no meu pau contos eróticosContos minha esposa e uma morema muonto bumdida tem 1: 80 70 kl e foi enrrabada en casa num currasco meu amigo dormiu encasacontos eróticos chupando bucetasContos eroticosdonaContos eroticos humilhado seiosesposa perdeu a aposta contoscontos eroticos de faxineiras coroas safadaszoofilia ela casou com negao mais quando viu o tamanho do pau enorma dediu ajudaa maecontos eroticos Netinha dando cu pro vovócontos eroticos gay eu sendo arrombado por dois amigos negros do caralhão grossoPrimeira vez q dei o cu vestido de travestvoyeur de esposa conto eroticocontos vi minha espisa fodendo com outrodei o cu no campig homoxesuaisContos como foi a primeira punhetinhacontos gozei depilando o penisContos de sexo a amiga da minha mãezoofilia bruda com mininasconto chantageada suruba engolicontos reais tia cuzudapornô irado a mulher que tem a minha branca e tem aquela bundona fome morte elacontos coroa 58 anos pau grossocontos de coroas casadas comendo as e amigas com pinto de borrchas cinta lesbicasconto - amor de pica doentioconto estrangeiro picudocontos eróticos peguei minha mãe no flagrantecontos eroticosfudendo bucetinhas de dez anosmeu filho me fodeu com raivasofri no pau de outro contoentão abri as pernas dela e peguei naqueles peitinhos pequenos e gostosocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos transformado em putaelas chuparam meu pau.contos de incestoeu menino e meus três primosMinha mãe colocou silicone e ficou gostosa contocontos eróticos, eu, minha esposa puta e nossos vizinhos