Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU PRIMO JORGE (EU/LUCA E O FRANCISCO) 1)

Meus pais faleceram quando eu tinha 19 anos de idade e fui criado com os meus tios, Irmão do meu pai, fiquei com eles até os meus 19 anos, depois vim morar com outros tios, irmão da minha mãe e meus padrinhos.

São ricos e viajam muito e o meu primo foi basicamente criado por babás e governantas.

Venho de uma família mais simples, mais com o tempo e a vida boa que eu levava fui me acostumando.

O estranho é que quando os meus tios viajavam o meu primo me botava para dormir em seu quarto junto com ele.

E o mais estranho ainda é que o Jorge o meu primo, sempre levava um garoto para dormir com ele também na mesma cama. E sempre de madrugada eu ficava escutando sons estranhos e gemidos.

Eu muito inocente ficava quieto e de olhos fechados até pegar no sono.

JORGINHO= Você ouviu alguma coisa ontem à noite no quarto?É que eu tive a impressão de você fingir estar dormindo.

EU= Não! Peguei logo no sono. Por quê?

JORGINHO= Por nada! Mais você tem que me prometer que nunca vai contar para ninguém que você e o outro menino dormem comigo na mesma cama, certo?

EU= Tudo bem. Mais porque você sá leva agente parar dormir lá, quando os meus tios não estão?

JORGINHO=Em breve você vai saber, é sá ficar acordado e ver tudo. E quando vê aí sim que vai ter que guardar o segredo para a vida toda.

EU= Mais eu já tentei esperar para ver, é que demora muito e ai pego no sono eu sá escuto gemidos e mais nada.

JORGINHO = É que ficamos brincando, mais ninguém pode saber.

EU= Você já me disse que é segredo. Mais que tipo de brincadeiras vocês fazem? Sabia que eu não sei quem é esse menino eu nunca o vi, sá sei que ele está na cama porque escuto duas pessoas gemerem.

JORGINHO= E uma brincadeira bem gostosa e garanto que você quando participar vai adorar como o Francisco.

EU= Esse Francisco! È o Chiquinho filho do jardineiro? E o pai dele sabe que ele vem dormir aqui com você?

JORGINHO= È o Chiquinho sim e o pai dele não sabe de nada, ele também guarda segredo e respondendo a sua ultima pergunta? O Chiquinho espera o pai dormir e pula a janela do seu quarto e vem para dormir comigo e antes de amanhecer ele volta para casa e o pai dele nunca descobriu.

EU= O Chiquinho deve adorar brincar com você primo. Se ele vem todos os dias e escondido do pai deve ser muito legal essa brincadeira.

JORGINHO = Esta noite eu vou acordar você sá para olhar.

EU= Mais e se eu quiser brincar com vocês?

JORGINHO= Você escolhe na hora, mais tem que jurar segredo.

EU= Eu juro.

JORGE= Luquinhas, você tem 19 anos. Você não acha que é muito ingênuo não?

EU= Não entendo.

JORGE= Você sabe o que é sacanagem?Transar?Duas pessoas fazendo sexo?

EU= Claro que eu sei.

JORGE= Então é isso que eu o Chiquinho fazemos na cama.

EU= Vocês transam? Mais isso é errado. Se dois homem transarem eles vão para o inverno. É pecado primo.

JORGE= Não é pecado e nem errado e muita gente faz isso viu! E que quando se faz, todos guardam segredo. Mais se quiser fazer, vai ver que é uma delicia.

JORGE= Vamos juntos ao meu quarto, que eu vou te mostrar algumas brincadeiras.

EU= Esta bem.

Subimos as escadas e entrei no quarto e foi fechado com a chave.

JORGE= Se você não quiser fazer, é sá dizer que não quer e eu paro na hora.

EU= Eu confio em você primo, pode fazer o que quiser que eu deixo.

O Jorginho tirou a roupa e ficou sá de cueca e mandou eu ficar também como ele.

O meu primo sentou em uma cadeira e mandou-me sentar em seu colo. O seu pinto foi ficando duro comigo sentado.

EU= O seu pinto ta ficando duro, primo. (tímido)

JORGE = Isso é porque a sua bundinha está em cima dele, você está gostando?

EU= Normal, nada de mais.

O Jorginho enfiou a mão dentro da minha cueca, pegando no meu pinto e começou a alisá-lo, foi aumentando e passou a bater uma punheta em mim.

JORGINHO= E agora, você está gostando?

EU= É gostoso sim, Continua!

Aconcheguei-me no seu peito e deitei a minha cabeça em seu ombro.

JORGE= Quer que pare?

EU= Não! Continua!!!

O meu pinto já estava todo meladinho e pronto para gozar.

JORGE= Se quiser pode ficar melhor ainda. Quer saber como é?

Afirmei com a cabeça.

Ele levantou e tirou a minha cueca e tirou a dele também.

Olhei para ver o seu pinto e era muito grande e cheio de pelos.

EU= Nossa!!!! O seu pinto é enorme e tem mais pelos do que eu.

JORGE= Pega nele um pouquinho e da uns beijinhos nele.

EU = É essa a brincadeira que faz com o Chiquinho?

JORGE= Começa assim, mais depois fica muito melhor.E ele adora.

Eu ajoelhei e segurei o seu pinto e dava muito beijinhos. O meu primo pegou na minha mão e ficou me ensinando e fazendo movimento de vai e vem, para cima e para baixo e começou a gemer baizinho.

JORGE= Tá gostando de fazer isso no priminho?

EU= Eu Tô sim.

EU= Eu já bato punheta há muito tempo. Sá nunca fiz em outro homem.

O Jorginho me pegou e me fez sentar no colo dele, mais antes botou o seu pinto bem no meio da minha bunda.

JORGE= Agora esfrega bem lentinho para cima e para baixo.

EU= Como eu fiz no seu pinto?

JORGE = Isso mesmo. Mais agora você vai fazer o seu priminho gozar com a sua bundinha.

Estava adorando a nova experiência e eu fazia o vai e vem e o Jorginho gemia e mordia a minha orelha.

JORGE= Que delicia!!!!!!!!!!!!!!! Hummmmmmmmmmmmmmmmmm!! Continua vai!!!!!!!!!!!!!Continua meu priminho!!!! Hummmmmmmm!

Ele me segurou pela cintura e me fez movimentar mais rápido.

JORGE= Tô quase gozando priminho, posso gozar na sua bundinha?

EU= Pode sim.

O Jorginho gozou na minha bunda e eu ainda sentado no seu colo e a minha bunda toda gozada, ele me masturbou me fazendo gozar. A mão do meu primo ficou toda melada de porra que ele foi passando pelo meu corpo, barriga, peito, pescoço e rosto.

Eu gozei em silencio, estava muito tímido para gemer ou gritar de prazer.

JORGINHO= Gostou da brincadeira, priminho?

EU= Adorei tudo. Você vai brincar mais vezes comigo?

JORGINHO= Se você quiser vou sim.

EU= Eu quero.

O meu primo levou para tomarmos banho juntos. E o pinto dele foi crescendo e voltando a ficar duro. E eu não tirava olho.

JORGINHO= Sabia que ele ta assim por sua causa?

Confirmei com a cabeça e segurei o seu pinto com as minhas duas mãos.

EU= O meu também ta duro por sua causa.

O Jorginho ajoelhou e me chupou ate eu gozar em sua boca. E o meu corpo todo tremia e fiquei de pernas bambas, tive que me apoiar à parede para não cair por causa da vertigem que tive.

JORGINHO= Não se preocupe, esta tonteira que você teve é que sentiu muito prazer, muito tesão.

Abracei o meu primo e apoiei a minha cabeça no seu peito.

JORGE= Chupa o meu também. Garanto que vai adorar quando sair o leitinho de dentro do meu pinto.

Eu não ajoelhei, mais inclinei o meu corpo para frente, segurei o seu pinto com uma das mãos e a outra o seu caso e enfiei o pinto todo na boca.

JORGE= Você tem que chupar feito um sorvete, lamber como se fosse o melhor sabor do mundo.

Ele foi me conduzindo e eu logo peguei o jeito.

JORGE= Agora faz isso tudo que eu te ensinei olhando para mim. Eu amo quando algum moleque faz isso.

JORGE= Que delicia Luquinhas, como aprendeu rápido. Hummmmmmmmmmmmm!!! Hummmmmm!!! Vai, vai, vai, Continua!!!!!!!!!!!!!!!! Continua que eu vou gozarrrrrrrrrrrrrrrrrr!!! Enfia ele todo na boca agora. Hummmmmmmm!!! Isso!!!!!!!! Agora bate uma punheta nele e chupa o meu saco um de cada vez. Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!Isssso!!!!!

Volta com ele para a boca e chupa. Tô gozandoooooooooooooooooooo!

No inicio me deu nojo a porra em minha boca era muito grossa e pegajosa, mais acostumei com o gosto e engoli.

Voltamos para o quarto e vestimos as nossas roupas e deitamos na cama.

EU= E isso que você e o Chiquinho fazem todas as noites?

JORGE= Isso e muito mais priminho.

Enfiei a mão dentro da sua bermuda e abaixei exibindo o seu pinto já duro novamente.

EU= E porque nunca me acordou pra eu fazer também com vocês dois.

JORGE= Eu tinha medo de você não gostar e contar para alguém. Por isso levava você para o meu quarto, ai você poderia ouvir sem querer e por curiosidade passasse a ver e quem sabe ate participar. Eu sempre quis fazer isso com você, primo. Sempre fui tarado em você.

Fui dando beijinhos no seu pau e falando o quanto tinha gostado do que ele fez comigo. Já não estava mais tímido.

E passei a chupar aquele lindo pinto que naquele momento mais deseja do que tudo. E em minutos a sua porra estava toda em minha boca e rosto.

EU= Pena que demorou tanto para me convidar a brincar com você. Porque eu adorei fazer e vou querer sempre.

JORGE= Você já beijou alguém na boca?

EU= Nunca.

JORGINHO= Então venha aqui que eu vou te ensinar.

No inicio babei a boca dele com saliva, depois ele com muita tranquilidade me ensinou, a ter calma no beijo e a mexer com a língua de um jeito que deixava qualquer homem louco.

E a tarde inteira treinei beijando-o e também me ensinou algumas sacanagens. E ele me fez ainda bater uma punheta para ele ficar olhando e me pediu para gozar em seu peito.

JORGE= Os meus pais já devem estar chegando, vamos parar porque ninguém pode perceber viu!

EU= Já sei, (SORRI) esse é o nosso segredo ne!

ELE PISCOU O OLHO PARA MIM.

à noitinha chegaram os meus tios e subiram diretos para o seu quarto, desceram com as malas feitas e dizendo que iam viajar para angra e voltariam na segunda.

Fiquei feliz e pensei... Serão três dias sem os meus tios em casa.

EU= Você vai chamar o Chiquinho que horas?

JORGINHO= Eu não preciso chamá-lo, ele sempre sabe quando os meus pais não estão. Pelo jeito o priminho está louquinho para participar das brincadeiras á três né?

O menino tímido não existia mais, agora eu era um safado que sá pensava em pinto e em sacanagem.

JORGE= vá La em cima e tire esta roupa e ponha o roupão de banho e sem nada por baixo.

Fiz o que ele me mandou fazer e passei também um perfume, desci e ficamos vendo TV. O meu primo me elogiou dizendo que eu estava muito cheiroso, sorri e agradeci.

EU= Estou cheiroso para você meu primo.

Ele deu uma cheirada no meu pescoço que fiquei todo arrepiado. E o meu pinto já ficou duro, sentei no seu colo e ficamos nos beijando.

O Chiquinho chegou e pegou agente dando um maior amasso e ficou meio sem graça e sem entender nada.

JORGE= Vem aqui Chiquinho, senta com agente.

O chiquinho sentou e o Jorge me fez sentar ao lado dele, meu primo me deu um beijo e abriu o meu roupão mostrando o meu corpo e o meu pinto já duro.

JORGINHO= Este é o nosso amiginho e vamos brincar sempre juntos.

O Jorge pegou no meu pinto e balançou.

JORGE= Pega nele Chiquinho, não se acanhe pode experimentar.

O Chiquinho pegou no meu pinto e punhetou, enquanto o meu primo me beijava.

Mandou o Chiquinho ficar em pé e mandou o menino tirar toda a roupa. O Chiquinho é moreno claro e bem bonito e o pinto dele é maior do que o meu.

JORGE= Gostou luquinhas? Ele não é uma delicia?

O Jorge mandou o Chiquinho me chupar.

O MENINO VEIO SE AJOELHOU ME CHUPOU ME DEIXANDO LOUCO, FIQUEI TÃO LOUCO QUE SEGUREI A CABEÇA DO CHIQUINHO E FORÇAVA-O A ME CHUPAR SE TIRA A BOCA DO MEU PAU.

GOZEI MUITO E ELE ENGOLIU TUDO E AINDA CONTINUOU ME CHUPANDO MESMO JÁ TENDO GOZADO.

O Chiquinho voltou a sentar do meu lado me abraçou e me beijou e eu mais que depressa peguei no seu pinto e bati uma punheta.

O Chiquinho chegou ao meu ouvido e disse que queria gozar na minha boca.

Ajoelhei e chupei muito e o Chiquinho passou a punhetar o meu primo, ninguém falava nada e nem se ouvia gemidos algum. Sá se escutava barulhos e estalos das minhas chupadas.

Os dois gozaram juntos e puseram os seus paus bem na minha cara para eu receber toda a porra deles. Nunca me senti tão feliz... Dois pintos e muita porra.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


dandoprocaipirameu filho e tudo dotado cu contos eroticossarrou a bucetinha no meu ombro no onibusrelatos sexo eu e minha filha novinharelatos de ninfetas q foram arrombadas no carnavalsenti os jatos fortes de porra no fundo da minha bucetaConto gay incesto rocacontos de casada rabuda fiel e fogosa cantadaContos recebido de sainha sem calcinha clientemenina arrombada contoscontos crossdressers no cinemaconto minha cunhada me deu cu e sua tambemContos bdsm sequestradative que comer a esposa do meu amigo contos eróticosrelatos de novinhas que fuderam com o cunhadocontos submissa crentecontos eróticos esposa de 60anos com farra na camasou bi gostei quando um amigo de minha esposa me deu um sarrocomofuder uma egua contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemae mijando tesao contosContos eroticos mordedo seiosvideos porno minha mulher me satisfazendo na cama presente de aniversáriocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erroticos de incestos filha amante do paiconto nao guentei a pica de jumento choreiDeixando a novinha laceadacontos minha cunhadinha da bucetinha bem pequenaestorei o cu dela contoconto fudi minha sobrinha de onze nos gostosacontoseróticos chupei os peito da mamãemeu viadinho querido gostoso novinho doze anos contos eroticosrelatos eroticos de lesbicas minha mulher e outraContos eróticos meu patrão do pau gg arrombou minha linda noivacontos bem quente de casada e sua intida lesbicacontos eroticos vô e netosmulheres aronbada decalcinha sujaContos recebido de sainha sem calcinha clientepuxa agarra japinha cabelos pornosardentinhas ninfetasesposa e amigos na cervejada em casa contocontos porno os amigos de papai fuderam mamaeProvoquei e foi arrombada porno conto contos eróticos, enteadoContos eróticos de comi a mae do meu colrcontos eroticos praia nudismo em familiacontos minha mãe me seduziu usando mini saiaContos eróticos de comi a mae do meu colrarromba contos incestocom doze anos fui brincar com meu amigo acabei sendo enrrabado por seu pai contos eróticos"limpa o pau do seu macho"contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemendingo contoconto e relato comendo o c****** da cunhadaConto tia a massageava o pauchantageada e humilhada pela empregada negracontos eroticos arrombando a gordacontos com caseiroporno brasileiro tia pasando u pano na casa e pega sobrinho na punhetacontos eroticos arrombando a gordacontos corno empretei minha mulher para traveti e fikei vendocontos eroticos arrombando a gordaconto erótico a coroa tem um bucetao que deixa marca no shortinhoconto primeira peitinhoencostei o braco na buceta da cunhada contossexo com maior tesao com a negona de vestidocontos de esposa pagando aposta do marido pro cunhadoacordei com um boquete contos eroticometer na minha cunhada separadacontoswww.sexolesbicascontome fez de puta e me estrupkincesto real mãe gostosa da coxa grossa e quadril largomeu marido comeuminhaprima contoseroticosContos reais de esposas fodendo com marido eo sobrinho delecu arrombado da minha esposa depois da noitadazoofilia mulher deixando homem fértil todinho dentro dela e gozar dentro de escorrermasturbei meu melhor amigo contos gaycontos eróticos sexo oralrelatos arrombei a amiga da minha irma