Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NÃO QUERIA PERDER A VIRGINDADE FOI ENRABADA

Aconteceu quando estava namorando com uma mina, na família dela sá tinha mulheres, na verdade um arem pra vocês terem uma base quando íamos ao clube, a proporção de mulher pra mim era de cinco pra um. Certo dia descobri que a prima mais nova dela estava tendo problemas com o namoradinho dela. O caso era ele queria que ela perdesse a virgindade com ele. Mas ela na flor dos seus 19 anos ela não queria. Sem perceber comecei a pegar mais amizade com ela e certo dia encontrei com ela na rua sozinho, e ela começou a me falar os seus prantos e me disse que era muito inexperiente, ahh, ai minhas bichas aguçaram e disse pra ela:

Que eu poderia ajudar, mas sá se ela não contasse a sua prima, ela parou pensou e me perguntou como poderia te ajudar, daí então falei pra ela que ensinaria pra ela tudo que o namorado dela gosta que ela pudesse fazer sem perder a virgindade, mas se ela não quisesse tudo bem . Ela parou pensou e disse que depois me daria à resposta. Já estava dando como caso perdido até que um dia na casa dela ela me chamou no canto e disse se ainda estava de pé, pois as coisas entre ela e o namorado estavam ficando feias e ela gostava muito dele e queria fazer ele feliz. Então marquei com ela no dia seguinte em uma praça aqui do centro, chegando lá levei ela a um lugar seguro onde ninguém nos visse juntos, que no qual era um motel que se passava por pensão aqui na nossa cidade, ela ficou apavorada mais foi se acalmando e já no quarto comecei a falar pra ela que era pra ela ficar bem a vontade que ela não iria fazer nada que não gostasse, ela disse tudo bem e cara expliquei que os namoradinho adoram uma boa chupeta em com isso ela poderia ir enrolando um bom tempo, ela já de cara disse isso nunca, rsrs, pensei comigo essa vai ser dureza, mas que nada. Devagar a convenci a bate uma então sem colocar a boca e ela topou. Até que ela gostou, e pela seu rosto ficou feliz, e disse que imaginava de outro jeito. Então disse pra ela ir testar com seu namorado depois ela me falava. No dia seguinte ela me ligou e disse o que tinha acontecido que ele tinha adorado e precisava dar continuidade à aula pratica. Já eu pensei agora pego ela de jeito.

Então chegando o dia esperado, chegamos ao quarto disse o seguinte pra ela, para ela ficar mais a vontade poderia tirar a roupa de cima e ficar com as roupas intimas, para ficarmos mais a vontade, e ela como já estava confiando em mim logo aceitou, a mina era escultural e sá de saber que era cabaço de tudo, ai ela ficava uma princesa mesmo sá de calcinha e sutiã. Deitamos na cama e novamente a deixei me punhetar e logo falei pra ela que era legal ela deixasse ele chupar o peitos dela, que não pegava nada e ela também aceitou, logo percebi que ela estava molhadinha naquele semi amasso e falei pra ela pra tirar a calcinha que ficaria mais a vontade ainda ela se negou e disse que se continuasse desse jeito quem ia acabar tirando o cabaço dela seria eu que ela já estava a ponto de bala. Então sugeri que tinha outra forma de penetração que não fosse na vagina, de cara ela recusou e disse que a amiga tinha falado que doía muito, com muito custo convenci à maldita e disse que se doesse eu tiraria na hora e o namorado dela ia adorar e por fim ela aceitou. Eu estava com tanto tensão que peguei um creme que estava do lado coloquei ela de quatro baixei sua calcinha, lambuzei o penis e fui tentando introduzir ela sá reclamava, mas ai quando a cabeça começou a entra ela começou a chorar e disse pra tirar, ahhhh filho pus tudo de uma vez, ela se deitou e eu por cima comecei um vai e vem até que um tempo depois ela parou de chorar e começou a gostar, lentamente vou massageando na frente e socando atrás até eu gozar, já a mina gozou legal e ficou desmaiada ou descansando por quase uma hora sá me lembro que ela juntou suas roupas e saiu de lá sem falar comigo e até hoje não fala, mas que a maldita aprendeu bem isso eu sei por que ela virou uma pervas daquelas que já ouvi fala. Bem pessoal esse é meu primeiro conto espero eu gostem.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos de aluninha de fio dentalConto de putinha que adora ser cadela de muitos machoscontos eroticos lesbicas cintacontos eroticos arrombando a gordaporno tia dando bronca e caiu nas labia deleconto escrito ese ano cavalono nuaenso botar po para mulher do corno contoscontos eroticos punhetasconto ela apostou o cuzinho e perdeuconto erotico convite para sair com uma travesti da academiaesfrega conto heroticovou começar com Vanessa bucetacontos eroticos de negros na praia de nudismocomi minha amiga crenteconto erotico velha no cio dando buceta pro cachorrocontos eróticos espoza rabuda e traficantescontos meu primo comeu minhas filhaspeguei minha amante e minha mulher e fodi as duasconto de incesto iniciando os filhos a arte do.incestoContos eroticos fudendo um cuzinhocu esfolada negao contosContos eroticos dei minha munher pro negãocontos eróticos de vizinhas negras virgem e homes negrosZoofila comi a mãe de meu amigocontos enfiando picole no cuconto gay negao casado deucontos eróticos estupradavi ele comer ela/contocontos eroticos delicia de infancia com meus vizinhoseu vou te arregaçar inteira me perdoa amor, desculpaistorias de mulheres fudeno com dogyconto fizemos um trenzinho.contos eróticos chantagiei estrupei minha irmazinhamovinha petenho avigidadeconto sexo esposanoite de nupcias:conto pornoContos gay fui mulher de um coroacache:tCqBSJiMNvAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_6_13_orgias.html diretor me comeu contosmulhe mostrando sua boceta lindadccontos erotico gozei como uma puta velhacontos de incesto onde tio coloca sobrinha de nove anos no coloconto erotico com camionistagostosa fazendo unha do pé mostrando a calcinha também de perna abertaeu meu irmaozinho e nossa cadela contos de sexoconto erotico mamei num seio com leiteContos eroticos comendo a policialfodemos muito minha mae putacontoscontoseroticos/maeiniciandofilhagay de zorbinha enfiado no regocontos eroticos ela nao aceita ser cornoinsulfilm mas ele perguntou se eu tenho internet eu quero filme pornô mulher transando com anãoporno contos eroticos fui enrabada pelo meu irmaoLóira safada narra conto metendo na coberturabotando caralho no cu do bebadominha tia casada matutinha contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemulher Chiquinha grita muito a hora que enfia no seu c******contos meu pai comeu o'cuzinho na marra eu adoreiconto minha tia timoda no banho casa dos contos tia 22cmbianca casada dando a bunda ea buceta contos eroticosNovinha apavorada com anaconda gigantebrinquei com a afilhada contoporno nao aguentei resistir contosporno profissional com homens fodendo leitoa no ciocontos eroticos meu amigo e minha mãeConto porno coroa e netiaminha irma só de calcinha"voce e muito corno"trai meu marido com um travestiontem eu esfregei o pau no cu da minha tia dormindo e certoContos eróticos eu e minha mãe adoramos o Marcos o novo marido da minha tiaContos eroticos vizinha ve vizinho de pau durodoeu meu cu entreu a mao