Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DANNI MINHA VIZINHA GOSTOSA



Eu era novato em uma cidade, meus pais locaram uma casa em um condomínio fechado o qual tinha varias regras, uma delas era não tolerava vandalismo e som alto, eu adorava os dois, era um menino com cultura mas adorava a pichação na minha rua so avia 2 vizinhos, quando cheguei logo percebi que meu o filho do meu vizinho da direita era namorado da filha da vizinha da esquerda, era ate bunitinho ver os Dois namorando, mas o vizinho era ciumento, e agora tinha motivos, afinal eu estava La, como de costume no domingo de manha tirei os dois carros da garagem pra lavar eles, como sempre fiz em outras residências, fazia calor então estava sem blusa, os dois já estavam na calçada namorando e observando, foi quando liguei o som do carro da minha mãe (meu futuro carro o que eu já preparava pra som e tuning que eu era fisurado com isso) foi quando notei a primeira expressão de raiva do vizinho, ele chamou o segurança do condomínio alegando que estaria violando as regras, aceitei numa boa era novato, não tinha amigos, não sabia de nada desliguei o som e continuei lavando o carro, sempre fui largado e usava uma bermuda camuflada cor do exercito sem cinto, igual skatista a vizinha reparava, eu nem notava, meus pais foram viajar poucas horas depois então decidi chamar os dois vizinhos pra ksa pra ver se poderíamos ser amigos, foi quando o vizinho levou a Irma uma menina linda, praticamente angélica, porem mais velha do que eu, na época eu tinha 19 ela estava com 19 começando a faculdade de fisioterapia, todos conversando, quando começo a contar o caso da minha ex, era algo que me deixava triste quando percebi so estava eu e a danni na área da piscina, então ela começou a dizer que todos homens so pensavam em si no seu práprio prazer, eu disse que seria uma exessao então, que adorava ver as mulheres satisfeita mesmo custando meu prazer, foi quando ela revelou o fetiche dla, transar com inesperientes, ela disse que gostava de comandar,eu logo percebi que estava dando a intender que ela queria algo foi ae que eu convidei ela pra um banho de piscina, foi quando ela aceitou mas disse esta sem roupa de banho, foi quando eu brincando disse, nada pelada, ela riu e chamou o irmão e falou, trás sua namorada aki, vamos todos nadar nu, eu achei engraçando e mergulhei quando voltei ela estava so de calcinha e pedindo:

-Vem aki tirar com a boca vem?

fui e tirei vi aquela bucetinha lisa sem um pelo toda formada, com beiços fartos,bem apertadinha passava a Mao e sentia todo aquele tesao vindo dla quando olho para o lado vejo o outro casal nu se masturbando a danni sem pensar vira e diz:

Vai ficar so olhando ou quer me mostrar o que tem:?

meu pau já duro dentro dagua, subi na piscina e tirei a sunga, vi o olhar espantado dla, e da outra menina que masturbava o namorado, minha rola não e grande porem grossa, a danni sem pensar masturbava minha rola molhada e elogiando foi quando olhando de baixo para cima disse:

gosta de boquete meu safadinho?

aceno a cabeça com um sim foi ae que ela começa primeiro a língua dla percorre meu pau todo foi quando ela começou a com uma Mao apertar minhas bolas com outra masturbar meu pau e com a boca chupando a cabeçona rosada de cima via também a vizinha olhando pro meu pau desajando ele também, quando danni diz:

Cunhada, vem chupar, o gosto e melhor que o do irmão

Carol uma loira safada vem chupar meu pau deixando o namorado com a Irma

quando olhei ele já tava bombando na Irma como se fosse namorado, akilo me assombrava nunca me imaginei trasando minha Irma, e a Carol so pedindo pra enrabar ela quando a danni fala:

Deixei o Diego so abrir um pouco minha bucetinha, quero ver seu pinto aki dentro e agora,

sem pensar joguei ela na piscina e na lateral ela apoiada na beira abrindo as pernas e eu colocando nela de costa pra mim, akilo era muito gostoso a água facilitava a penetração, ela gemia e implorava rola, foi quando eu tirei da piscina e começeii a bombar bem gostoso num delicioso papai e mamãe, ela mais velha adorando, quando do nada me da um tapa na cara e fala:

já brincou:? Fez o que queria ? agora e minha vez!

ela me deita bruscamente na pedra e fica em PE sobre meu corpo e vem agaçando, agachada ela encaixa meu pau na sua buceta e começa a dar agachada como se tivese urinando e akilo me exitava ver ela batendo forte sua buceta contra meu pau forçando muito ela gemia e gozava no meu pau constantemente, foi quando ela vira de costa pra mim e fala vêem irmão me da leite na carinha?deixa a Carol brincar com o nikko

a Carol veio coomo puta e colocava a buceta na minha cara enquanto a danni mamava o irmão e me dava agachada a Carol com muito tessao masturbava enquanto eu a chupava e gozava minha cara como uma puta, akela orgia tava perfeita qundo anuncio que iria gozar a Carol num ato de desespero tira a cunhada danni de cima e gritava pedindo porra, akilo me matava de tesao duas gatas uma mais velha e outra nova querendo a minha porra, quando gozei vi o rosto de feliciade das duas e vi também o Diego comendo a Irma enquanto ela aproiveitava minha rola ele comia meu resto, depois disso toda vez que meus pais saiam eu comia as duas e o Diego namorado corno via e gostava de ver a namorada dando pra mim como puta, fazendo coisas que nunca fez com ele comigo, como dar o cu ele aceitava, depois logo percebi qe ele era gay, mas esse e outro caso

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


usando uma calcinha pequena e morrendo de tesaicomigo a mulher do meu irmão transando sexo prima irmã titiminha amiga pervertidarola na madrinha/contoBebada me bulinaram contos eroticosEnage de busetacontos eroticos minha mae popozuda e gostosacontos de incesto de irmão viadinhopelado amarrado contosCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESTRAVESTI PICAS CONPRIDAS GOZANDO EM BUCETAS ROZINHAS E CARNUDAcontos eroticos enganado virei travestihistoria de mulher cazada que deu a.buceta e o cuzinho por seu sogro na marra e ele tinha um pau enorme e grandecontos deixa tioMinha madrinha ela mora sozinha com sua filha eu vou sempre na casa da minha madrinha fuder ela eu fui na sua casa ela tava sozinha eu fui com ela pro seu quarto eu tava fundendo ela sua filha chegou sem fazer barulho ela entrou no quarto ela viu eu fundendo minha madrinha ela disse pra minha madrinha que ela queria perder sua virgindade da sua buceta minha madrinha disse pra ela tirar sua roupa pra ela deitar na cama eu chupei sua buceta virgem raspadinha minha madrinha disse pra ela chupar meu pau ela chupou meu pau minha madrinha disse pra ela abri bem suas pernas minha madrinha disse pra eu meter meu pau bem devagar na buceta virgem dela conto eroticoavo peladas toda melada de maegarinaAquela seria uma luta inédita e muito estava em jogo para Marilia. Há 3 meses ela havia descoberto que eu tinha uma ...conto erotico gay: transando com um amigo japonesContos eroticos dois heteros vodkafotos de loira sapeca abrindo as pernas a abrindo a xana rosacontos eroticos arrombando a gordaconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos eroticos outro pou de presente para minha mulhermeu marido adora me ver toda gozadapeitos caidos da velha do cornoContos eroticoshospitalcontos eroticos papai 40 amigas i eu arrumatraveco dominando e excitando macho em banheiro, contos com fotosconto meus priminhos chantagistascontos eróticos irmão mais novocontos eroticos as amigas da minha filhadeixamos ela bebada e comemos gostosonova esperiencia.contospornocontos eroticos hospital a tiaContos erotico marido bracinho corno de negaocontos cunhadaWww.contoseroticos/grátis Ler/no avião VirgemRelatos de sexo tirando com o paicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentenamorado domado contos eróticosquero ver um vídeo de graça de graça rouba pica bem grossa dentro da b***** entrando bem devagarzinho b************contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteLer contos eroticos de casais casados fudendo dentro de cinemas com outros homensfomos pescar eu e minha esposa e cunhada e o conto eroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeu filho mete o dedo no meu cu e eu gostoiniciando um viadinho conto  Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma  de verdade o que injetam ou introduzem para aumenta bumbum e seiosmulheres com dhorte branquinho com cuzaoo pau do meu irmao contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentePeguei minha cunhada de jeitinho na lavanderia contosmeu tio me comeu meu cuzoofilia dssaseu minha mulher minha cunhada minha sogra contos eroticosvvidos de muler co casoro. fudemoMinha mulher gosta de mostra a buceta pros meus amigos ai eles comem Ela contos eroticoscomigo véi da irmã da minha mulher contos eróticoscontos erotico negro goza na buceta da noiva para o cornofuraram meu brioco contos eróticoscontos eróticos de negros em carnavalminha mae com a buceta peluda contocontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos eroticos toplesscontos de incesto minha filha sendo comidaMinh esposa loirinha baixinha e os nossos sobrinhos de treze e quatorze anosminha iniciação gay contoscontos eroticosirmazinhacontos/meu primeiro broche e fodahuuuuummmm gozeiGozou na minha buceta contos eroticosconto praia de nudismo com a esposa continuameu chefe me chupouminha mulher alargou meu cu contoconto erotico de fui comida pelo amigo do meu esposo insperadamentecontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos cunhada e sogrAboquete sem lavar baixarcolo do velho. conto