Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

APANHANDO DA NAMORADA II

Oi me chamo Bianca, sou morena queimada de praia, tenho 19 anos, moro no Rio de Janeiro num conhecido condomínio da Barra da Tijuca.

Nessa época eu tina 19 anos e descobri que gosto de apanhar, de ser mordida e humilhada. Na primeira vez que fui pra cama com a minha namorada Carol ela mandou que eu ficasse deita e abrisse bem as pernas. Como eu demorei, senti uma palmada estalar na minha coxa, que na hora ficou vermelha e ardendo. Fiquei molhada na hora e escancarei as pernas. Ela ajoelhou entre as minhas pernas e passo a língua bem no meio da minha buceta dizendo que ela sabia fazer carinho também se eu fosse uma boa menina mas se eu não me comportasse eu teria que ser castigada. Ela era habilidosa com a língua rapidamente me arrancou suspiros, prendia meu grelo entra os dentes e ficava tilintando com a língua. Carol foi passando as mãos pela minha barriga ate alcançar os meus seios e beliscou cada um dos meus bicos. Eu gemi e me contorci toda. Ela parou de me chupar e veio sentar na minha cara dizendo vai meu amor, agora é sua vez de me fazer gozar. Eu comecei lambendo seu cuzinho, fui enfiando a ponta da língua; isso foi deixando ela bem excitada sá então lambi sua buceta. Fiquei uns 20 minutos com seu grelo na boca e quando ele gozou eu fiz um pedido que surpreendeu-a. Realmente ela não esperava eu simplesmente olhei fundo nos seus olhos e pedi pra provar seu mijo coisa que deixou Carol tremula de contentamento, ela simplesmente relaxou o corpo e a chuva doura banhou todo meu rosto. Ela ficou tão excitada que voltou a me chupar e morder os mamilos. Depois me mandou ficar de 4 e paço a dar tapas na minha bunda, a cada tapa que estalava eu solta um gemido e pedia mais. Ela bateu ate minha bunda ficar vermelha e inchada. Quando ela viu meu cu piscando, tratou de enfiar os dedos. Eu fui contando 1, 2, 3, 4 ela tentou enfiar o polegar também sá que por mais que tentasse não conseguiu mas, sentir seus dedos entrando e saindo do meu cu me fez gozar mais uma vez.

Carol me mandou espera de 4 na cama, colocou um rob e saiu, logo depois voltou com uma cenoura e um pepino. Ela subiu na cama mordeu minha bunda disse que me amava muito. Depois, beijou o meu cuzinho e, brincou com ele enfiando a ponta fina da cenoura eu rebolei e pedi vira ela, vira vai amor. Eu cerrei os dentes esperando que ela virasse a cenoura. Não pude segurar e gritei de dor quando ela ao contrario de virar a cenoura me cavou o pepino no cu. Levei alguns minutos pra me acostumar com a espessura, estava me sentindo partida ao meio, preenchida mas, depois passei a rebolar gostosamente.

Carol não perdoou meu cuzinho movimentando o pepino num frenético entra e sai. Cada vez mais rápido e de cada fazendo meu cu engolir um pedaço maior daquele colosso de pepino. Senti maior prazer ainda, quando Carol me deu uma dentada nas costas e seus dentes marcaram fundo a minha carne. Eu estava delirando de puro prazer. Minhas coxas tremiam, já não aguentava mais de tanto gozar. Fomos então tomar um delicioso banho e eu voltei satisfeita para casa.



Se você gostou de sua nota e entre em contato comigo pelo email [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


http://comtos eroticos de estuproeu corno de putacomi minha tia contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteenso botar po para mulher do corno contosduas loirinhas e rumora Nana bem gostosa da bundona bem grandes eu dental bem deliciosa nécontos eróticos comendo minha sobrinha gostosaContos eróticos gay bem novinho querendo sentar no colo do papaideitei com minha tia de sainhaconto errotico apostando a esposacontos eroticos meu amigo e minha mãeempregada é chatagiada pelo patra e tem qui sar a bucetacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos casal toplessidoza caseta toda gozadaloira cris casada fode com negao contos eroticoscontos eróticos abusada pelo melhor amigo do maridoxvideis 2017comi a minha tiacontoerotico safadaconto erotico seduzindo meu vovocontos tia com fome de picaContos erótico de infânciasaber se a Cleópatra deixava gozar dentro da bucetax vidio comtos eroticos eu minha mulher e sua irmãrapazes conto heterokiko masturbando a chiquinhaContos eroticos da esposa safada com o marido deficientecontos eróticos traindo marido na festacontos eroticos surpreendeu a esposaassalto a minha casa eu e minha mãe contos eróticos gang bangvelha boketeira x vidioconto erotico dividindo o quarto com meu cunhadocontos eroticos gay: se tu deixar eu não conto pra ninguemcontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos cdzinha quando era menino me vesti de menina e marquei pra dar eu queria ser meninavideos de pau ficqndo ficando durocomi minha tia conto realistaela pediu pra parar mas continuei fudendocontos erotico com minha familiaputinha desde novinha contos eroticosconto duas rolas de 27 cm no cucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos eroticos menino arrombadocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteeu sentada na sofá sem calcinhas com pernas abertas pra o papa-contorelatos de comadre dando a buceta pro compAdrecontos fotos esperimentando rolacontos eróticos espiandocontos eroticos infanciacontos eroticos diversos safadeza e assanhamentoporno enplorou pra nao por no. cuzinhoVelho picudo.conto eroticocontos eroticos escrava sexual estupro brutalLora dismaiando no cu no anal em tres minutosContos eroticos Mamãe putameu tio me dava a mamadeiraconto primeira peitinhoMe Estruparam No Banheiro da escola contos eroticos gayscontos eróticos de traição de casadas testemunhas de Jeovágordo do apartamento conto eroticoAi tira tira, aguenta sua cadela so vou parar quando eu quiser e quando eu tiver satisfeito piranhaConto estrupada pelo pelo padrinhoconto elotico pai xfilhaNo motel minha sobrinha ela chupou meu pau eu chupei sua buceta e fudi ela contos eroticos meu irmao tirou minha virgindadeFAMÍLIA LINDA CONTOS ERÓTICOScontos eroticos meu filho bundudo gordoCercada por varios contos eroticoscontos eróticos com meu querido irmãocontos erroticos de incestos filha amante do paicomendo a cunhada contoscontos eroticos transformado em puta