Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PERDENDO O SELINHO COM O CARA DA MINHA MELHOR AMG

Bom, eu tenho 19 anos . Sou um tipo de puta diferente até 0709 eu era virgem, não sou mais . Vou contar toda a histária .

Eu convivi minha infância inteira com uma vizinha prostituta, pois eu era amiga das filhas dela da minha idade . Quando fui virando moça, eu era muito diferente, sabia coisas que minhas amigas não sabiam, falava coisas que minhas amigas nem intendiam . Sempre falava, nunca fazia nada . Uns tempos pra cá, eu e minha amiga linda, com um belopar de seios naturais . Fomos em uma boate matinê, na capital mineira, pois moramos a 1:00 da capital . Lá havia meninos muito arrumados, filhinho de papai . Eu já tinha marcado com um garoto promoter de lá . Fiquei com ele, mas enquanto eu ficava com ele, eu olhava pra minha amiga que ficava com outro . Lindo, musculoso, dançarino do melhor grupo de dança de Bh e gostoso dms, mordia a boca olhava pra mim . Acabou, fomos embora e quando eu entro no orkut, vejo uma solicitação de amizade dele . Adiciono ele e converso com ele . Ele disse que gostou muito de mim, que queria muito me beijar, ele era amigo do garoto que eu tinha ficado e que tinha intenções de ter algo sério comigo . Eu queria maneirar nas conversas com esse garoto gostoso, porque ele poderia contar pro amigo dele e ainda me acusar . Certo dia voltamos lá, ele não ficou com minha amiga e ficou sá obsevando eu ficar com o amigo dele . O amigo dele, enfiou a mão dentro do meu short, me masturbou, fiquei louca pois eu era virgem e ele com os dedos grossos me arregaçava sem dá, fudeu até meu cú com o dedo e esse menino sá olhava e eu pra pirraçar, toda hora que batia uma luz da boate no meu rosto, eu olhava pra ele e mordia a boca, passava a língua nos lábios, ele tava ficando descontrolado . Cheguei em casa e o primeiro a me chamar no msn foi ele :

- eu não to aguentando mais, juro, por favor fica comigo ? eu juro que não fico escondido com voce, fico lá na pista com voce pra todo mundo ver . Por favor eu te quero muuito .

Eu tava de cara, um cara lindo, gostoso e popular desse me implorando pra ficar com ele, conversa vai, conversa vem eu começei a falar bobeira e ele a se impolgar . Falava com ele que adorava ver ele dançando de shortinho, porque eu via o enorme cacete dele de lado, quicando no shortinho . Ele se impolgou muito e eu tbm, ele gozou sem mexer no pau, sá com minhas conversas . Passou uns dias, até que ele disse que sairia de Bh e vinha até na minha cidade, pois não estava aguentando de vontade . Quarta - feira 0809 às 19:00 ele me liga e diz :

- bom, sua safadinha eu to na sua cidade .

eu tomei um grande susto, pensei que ele fosse lero lero .

Tomei um bom banho, me perfumei, lavei meu cabelo, sequei, dei uma pranchada rápida, raspei minha buceta todinha, coloquei uma blusa tomara que cáia e um shortinho e fui buscar ele lá na praça principal da cidade . Quando eu virava a esquina, eu via ele lá em cima, olhando pra mim, lindo com uma camiseta e um short que mostrava o pau dele todo de lado e ereto de me ver . Meu coração batia muito, muito forte, quando eu fui abraçar ele pra os cumprimentos ele sentiu meu coração e pediu pra eu ficar calma . Depois dos cumprimentos, eu falei :

- Então vamos ?

Ele disse : " Sim ! " e fomos andando e conversando, à caminho da minha casa . Entramos e ele sentou no sofá, eu sentei do lado dele, assim que eu sentei ele colocou sua mão na minha perna e alisando de baixo pra cima . Falou assim :

- Não vai fazer nada do que me fala não ?

Eu subi em cima de, virava de frente pra ele, sentei no colo dele de pernas abertas e começei a beijar ele, ele me beijava lambendo meu pescoço, passando a língua no meio do pescoço e descendo pro meu peito . Mamou feito um louco e como meus seios são menores, ficavam todos na boca dele, e ele engolia e passava a ponta do seu pircieng no biquinho do peito e eu gemia de tanto tesão incontrolável . Também, começei a chupar o pescoço dele, levantei a blusa dele e dei de cara com um peitoral surpreendente, com o peito com duas pedrinhas, igualzinho um punheteiro, chupei todo o peitoral e fui descendo pra quela barriguinha impecável, cheia de músculos definidos, chupei todos e depois fui pra embaixo do umbigo . Abaixei a bermuda dele, ele tava com uma cueca box vermelha, meu Jesus o pau dele tava masjetoso e com um tock das minhas mãos, um tock quase inalterável, a rola dele quica pra fora da cueca, uma bela rola, enorme não muito clara, mas uma delicia, com a cabeça meio roxa . Suas bolas enormes, e cabeludas tavam doidas pra ser chupadas e ele sá disse :

- vai gostosa, chupa ? Ele é todo seu . - Disse mordendo a boca e fexando os olhos .

Eu respeitei, porque eu era puta dele e ele mandava ne mim . Eu passei a língua na cabecinha, segurei nele e lambi dos lados, depois fui lá embaixo e engoli as bolas, subi e lambi o lado que não tinha labido e subi pra cabeça . Abri a boca e fui socando, socando dentro da minha boca, todo o pau e meus cabelos estavam soltos, toda hora caía na minha cara . Ele pegou meus cabelos, lá na minha nuca e começou a ritmar minha cabeça contra o pau, chupei por alguns minutos e ele se levantou, me carregando no colo dele e me beijando me deitou no sofá e começou a chupar minha barriga [ meu ponto fraco ] eu fiquei muuuuito crazy, e ele foi tirando minha sandália meu shortinho, minha calcinha e dando umas linguadas no meu grelinho com aquele pircieng gelado, tava ficando doida . Foi quando eu soltei :

- Anda, me fode, anda .

Ele tirou a carteira, e pegou uma camisinha sabor morango e me perguntou : " Quer ? " Nooossa, tava louca com esse menino de apenas 19 anos . Eu sentei, tirei a camisinha da embalagem e fui tentar por não entrava, ai ele disse ' é ao contrário ' eu disse : ' ai que vergonha, não liga não amor, sou inexperiente ' ele sá sorriu, e eu consegui colocar . Ele me deitou de novo e escalou no sofá, por cima de mim, enfiando de novo o pau na minha boca . a minha cabeça tava sendo pressionada no sofá, e o pau dele batendo lá na minha garganta, mas eu fazia questão de engolir . Foi quando eu fiz vômito, quase engasguei de verdade . Ele batia com o pau na minha cara, fazia eu engolir de novo, muuuuito bom . Foi quando eu tava com muito tesão, daqueles incontroláveis não resisti e falei com ele : " não to aguentando mais, me fode agora . " ele sá riu e desceu . Ficou batendo com a cabecinha do pau dele no buraquinho da minha buceta, eu tava muito molhada, não tava aguentando mais, foi quando ele foi socando o pau devagarzinho dentro de minha buceta e eu gritando muito, muito alto . Quanto mais eu tentava gemer baixo, mais alto saía, tava té com medo dos vizinhos ir lá ver oque era que tava acontecendo UHSAHUSA, mas era o meu dia eu resolvir não me bloquiar e fui deixando, gemendo gostoso, cada gemido com mais tesão, fazia ele ficar doido . Tava doendo muito . Porque eu era virgem e o pau dele muito, muito grosso . Ele me provocou dizendo :

- Eu acho que você não vai aguentar, nem enfiei a metade e voce já ta desse jeito .

Desgraçado, claro que aguentaria a pica dele, mete brasa filho da puta . Foi quando eu mordí a boca e falei com ele :

- Vai então, pode socar tudo, sem dá, anda rápido se voce for gostosão o bastante .

Ele se impolgou muito e enfiou tudo, já tava parando de doer e começando a sentir prazer, um prazer delicioso que eu nunca tinha sentido antes . Ele começou um vai - vem muito rápido, tava quase chegando ao orgasmo . Começei a falar :

- Vai gostosinho vai, mete da sua putinha vai, eu sou toda sua, me fode, me come, me arregaça, eu sou TODA sua .

Ele começou a dar pressão e quanto mais pressão ele fazia uma cintura mole, tipo dava uma reboladinha quando socava.Ele começou a me arranhar, me arranhou toda . Eu tava ficando doida . Ele passou o pircieng por toda a boca e começou a falar :

- Toma, toma, toma, sua safada .

Tava tendo um orgasmo e falei com ele e ele também tava quase gozando, foi quando fechei a perna por trás dele e abraçei ele . Ele se encostou no meu corpo, sentindo o calor daquele cara, que minha amiga tem tanta admiração . Inacreditável, o cara saiu de lá pra vim aqui . Ela nem sonhava que ele poderia vir aqui . Mas, derepente passou tipo um clipe dele na minha cabeça, junto com o prazer que ele tava me dando, junto com os gemidos dele tbm que tava gozando, ele meteu com muita pressão e meus gemidos misturava com o dele . Gozamos juntinhos *-*

Depois ele ficou debruçado por cima de mim, nás dois descansávamos . Eu lisava as costas dele, subia pro cabelo . Aquele cabelo cheio de luzes espetado e liso . Ele é lindo .

Senti que ele era meu, tava muito bom . Foi quando ele deu um pique de uma hora pra outra, sentou no sofá e mandou eu sentar na piroca . Eu respeitei, sentei no colo dele de frente pra ele e sentei, rebolando no pau dele . Ele fechou os olhos e começou a falar :

- Isssso, issso, bem mandada, gostosa, minha puta, minha vadia, minha cadela, miiiinha, minha piranha, minha piranha, vai minha piranha issso, senta com raiva, vo intupir sua buceta de porra, vo bombar na sua buceta, minha biscatinha, gostoosa . - Quanto ele falava tudo isso, eu dizia [ SUA ] cada palavra que ele pronunciava eu falava que eu era dele . Ele tava ficando doido com minhas reboladas, e falou : " Quero gozar " Eu tirei a camisinha, que também tav enxarcada de porra, ajoelhei e mandei ele gozar aonde ele quiser .

Ele disse : nooooossa . - e começou a gozar na minha cara . Gozou no meu cabelo, nos meus peitos, fiquei toda melada de porra dele, mandou eu engolir, e eu custei a engolir pois tinha um gosto muito estranho . Mandou eu ir lá limpar, eu fui e limpei mas, ainda continuava umas gotinhas de porra nos meus peitos e ele começou a rir :

- Olha, o meu maior desejo, suja de porra minha !

Eu começei a ri tbm, me vesti e eu e ele ficamos conversando . Dps eu fui levar ele no ponto, tava anoite, ninguém no ponto . Ele ficou dando umas pintadas na minha coxa, tipo dançando o passo da música que ele dança no grupo dele . Foi uma delícia perder a virgindade com ele . Mas como eu falo com minha amiga que eu fiz isso ? sá to retribuindo oque ela fez comigo, pegou e namorou um cara que eu queria, agora eu realizei todas as minhas fantasias com esse gostoso que ela sá deu beijinho .

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meu filho xerou meu cucotos meu e pousodo vaì mete na baceta da sua tia tabem conto erotico sobrinho fudeu minha esposaconosco toma a porra de. macho na. bucetacontos eróticos gays prima e primo me gaz gozar.comvideoo porno da bundona de chorte de burmiconto erotico princesa aronbada na favelacontos esfrega buc gozada corninhogozou dentro da xota ada cunhada sem querercontos eroticos a calcinha da patroamae sendo brechada no quarto da sua casa pelo filho pornodoidominha tesudinhaChaves com tesão de ChiquinhaConto gay com eu meu pai é pedreirolevemente ara tomando banho nuaconto minha mae so me provova e me deicha de pau durocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticosirmazinhacontos eróticos cu saindo pra forameus dois professores contos eróticoslesbicascoroascontosContos eróticos GAY AHHH VAI ASSIM OHH VOU GOZAR VIADO OHHcontos eroticos Minha namorada me contou como perdeu a virgindade com seu ex e fiquei exitadominha mae adora um negao contos eroticos gratiscontos porno meu marido me obrigou a dar o cu pro amigocontos travesti que sai leite dos peitosconto erótico viadinho que adora apanhar e ser humilhadoiniciando um cuzinho virgem contossai do nordeste e virei puta pra dar o troco no meu maridovideo de jovens travesti praticando incesto com padrasto   eu sou de bauru sou casada e gosto de encoxadas nos onibus contos eroticos arrombando a gordacontos eróticos, esposa na praia de nudismo , bronzeadorcontos meu comedor de cucontos eroticos que saudade da lingua dela na minha bcontos vizinha feiaConto os seios de minha maetia tesuda contocristine putinha desde movinha contos eroticoscontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos tomou toda porra da linda travestivoyeur de esposa conto eroticoconvidando amenina pra fudeo.segredo..de aline.conto.eroticoRelatos eroticos de professoras casadas brancas que foram usadas por alunos negroscontos eroticos me comeram no trabalhocontos eróticos de prima e irmãou porn contos mãe traindo com um negrocontos encesto na praia de nudismofui enrabado pe lo o yravesti na baladaporno doido ficano cm amiga da minha irma e minha irma olhano e ficano muito esitadafui consola a cunhada contosgay espaquete peledo pornocontos erotico minha mae me ensinou a se putacomo virei escravinha gaycontos de mototaxista e gaycontos veridico uma maluquice com meu marido e um travestiContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteiquebrei o cabaço da minha irmã ela chorou muito porno cariocagarotinhas da bunda grandeo tempo em que ele para e diz"essa buceta é minha"conto comi a filhinha da empregadadei pra um dog bem dotado me arromboconto erotico comi minha irma casada no ranchoMinha irma adolecente taradinha em conto eroticoContos de maes de bunda grandesexo grupal flagrante incesto usando calcinha contoscontos eróticos de amigos com mts mamadascontos titia do cuzinho gostosocontoseroticos mulher casada leva negao pra casaConto enteada na pescariaminha sogra viu eu tomar banho contos  Quando tinha 22 anos, adorava comer lekes mais novos. Uma das minhas aventuras mais excitantes foi quando descobri que meu primo Tiago , que morava na mesma rua , esta liberando geral nas brinacediras de pique-escondi da rua.Até então já havia tra  arregaçando conto heteroconto sacanagem com a.primacontos eroticos assaltocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevídeos pornô de avô sentando a netinha de sainha curtinha no coloContos eróticos ceará