Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FESTA ÁRABE

"VOU CONTAR O QUE ACONTECEU COM UM CASAL FRANCES NUM PAÍS ÁRABE. VERÍDICO."



ELES FORAM CONVIDADOS PRA UMA FESTA E COMO TODOS SABEM, NAS FESTAS ÁRABES,

AS MULHERES ALÉM DE FICAREM EM SALAS SEPARADAS, TEM QUE USAR ABÁIA E BURCA.

PRA PROVOCAR O NAMORADO,

A SAFADINHA COLOCOU UM VESTIDINHO PRETO, SUPER DECOTADO E CURTO POR

BAIXO DA ROUPA ARABE. ELE ADOROU A IDÉIA E COMO ELA IRIA ESTAR TODA COBRTA,

ELE DEIXOU.

CHEGANDO LÁ, O DONO DA FESTA FALOU QUE NEMHUM CONVIDADO TINHA LEVADO MULHER

E PRA ELA NÃO FICAR SOZINHA, PODERIA FICAR NA MESMA SALA.

COM AQUELA BAIA JUSTA, DESENHANDO O CORPO E ABERTA ATÉ O JOELHO, NÃO TIRAVAM

O OLHO DELA. DEPOIS DE ALGUMAS BEBIDINHAS ELE SUSSURROU NO OUVIDO DELA:

- QUER TIRAR A ABÁIA?

ELA SE ARREPIOU TODA E RESPONDEU:

- LEMBRA A ROUPA QUE COLOQUEI POR BAIXO?

- CLARO QUE SIM, MAS ELES NÃO VÃO FAZER NADA, SÓ VÃO FICAR UM POUCO MAIS TARADOS.

ELA TIROU E COMEÇARAM A DANÇAR. ASSIM QUE PARARAM, NUM BAR AO LADO, ELE DE COSTAS E

ELA DE FRENTE PRA SALA, UM DOS 5 CONVIDADOS FEZ SINAL PEDINDO PRA DANÇAR.

O NAMORADO LIBEROU, DISSE QUE SÓ DANÇAR NAO TINHA PROBLEMA.



ASSUSTADA MAS EXCITADA, POR QUE VIA CLARAMENTE TODOS COM O PAU DURO LEVAN-

TANDO AQUELA ROUPA BRANCA, POIS ESTAVAM SEM NADA POR BAIXO, ELA FOI.

QUANDO VOLTOU, O CARINHA DELA CONVERSAVA COM O DONO DA FESTA, AINDA DE COSTAS.

ELA ENTROU ENTRE ELES E PENDURADA NO PESCOÇO DELE, COM A BUMDINHA ARREBITADA,

FALOU BAIXINHO:

- ELE DANÇOU ME APERTANDO CONTRA O PAU DURO DELE E PASSANDO A MÃO NA MINHA

BUNDINHA E NO MEU CORPO O TEMPO TODO.

ANTES DELE FALAR QUALQUER COISA, ELA DISSE: JÁ TEM OUTRO ME CHAMANDO, O QUE EU FAÇO?



ELE FALOU: PODE IR, MAS AVISA QUE É SO PRA DANÇAR. ELA DISSE OK E FOI.

APÓS ALGUNS MINUTOS VOLTA, NOVAMENTE SE PENDURANDO NELE E SUSSURRANDO NO

SEU OUVIDO DIZ:



-ESTAVA DANÇANDO NORMAL, AFASTADO, SÓ O PAU DELE TOCANDO EM MIM AS VEZES POR QUE

ERA MUITO GRANDE, DERREPENTE, ELE ARRIOU A ALÇA DO MEU VESTIDO, MEU PEITINHO SAIU,

ELE COMEÇOU A PASSAR A MÃO E APERTAR. QUANDO EU ÍA FALAR QUE NÃO PODIA,

UM OUTRO VEIO POR TRÁs, TAPOU MINHA BOCA COM UMA DAS MÃOS, COM A OUTRA, ME

AGARROU PELA CINTURA E COM UMA PICA ENORMA, SARRAVA MINHA BUNDINHA.

O DA FRENTE JÁ CHUPAVA MEUS 2 PEITINHOS E LEVANTA A ROUPA BRANCA PRA TIRAR A

PICA. QUANDO COLOCOU MA MINHA BUCETINHA, ENCONTROU A PICA DO DE TRÁS E OS 2

TENTAVAM METER NO MESMO BURAQUINHO. ATÉ QUE O DA FRENTE FALOU: BOTA NO CUZINHO

DELA. FOI QUANDO ENCONTREI FORÇAS PRA FALAR: NO CUZINHO NÃO! MAS NAO ADIANTOU,

ELES COMEÇARAM A ENTRAR OS 2 AO MESMO TEMPO. A MINHA SORTE FOI QUE A MÚSICA

ACABOU E ELES ME SOLTARAM. MAS EU SENTI A METADE DO PAU DOS DOIS ENTRANDO E

SAINDO UMAS 2 OU 3 VEZES.

O NAMORADO PERGUNTOU: E VC GOSTOU?

ELA RESPONDEU: ESTAVA UMA LOUCURA!! NÃO SABIA QUE COM DOIS ERA TÃO GOSOSO.

COM AR DE SAFADA, ELA COMPLETA:

- ESTÃO ME CHAMANDO DE NOVO, POSSO?

- PODE, MAS VÊ SE AVISA ANTES, QUE A FESTA ACABOU, QUE É SÓ PRA DANÇAR.

ELA SE RECOMPÔS, ARRUMOU O VESTIDO, REFORÇOU O BATON, AJEITOU O CABELO E FOI.

VOLTOU SE AJEITANDO, ALÇA DO VESTIDO NO BRAÇO, PEITINHO QUASE APARECENDO,

PASSANDO A MÃO NA BOCA. INTERROMPEU A CONVERSA E O CARINHA DELA PERGUNTOU:

- QUE QUE HOUVE? VC SAIU DAQUI TODA ARRUMADINHA, DE BATON E VOLTA ASSIM?

SEMPRE PENDURADA E AGARRADINHA NELE (PRA SENTIR SUA PICA CRESCENDO ENQUANTO

CONTAVA O QUE ACONTECEU) E SEM QUE O DONO DA FESTA TIRASSE OS OLHOS DA SUA

BUNDINHA ARREBITADA, CONTOU:

- CHEGUEI AVISANDO PRA ELES PARAREM DE SAFADESA, QUE QUERIA SÓ DANÇAR. ELES

DISSARAM QUE TUDO BEM, MAS QUE ENTÃO EU TINHA QUE DANÇAR COM TODOS. EU FALEI QUE

COM UM DE CADA VEZ NÃO TINHA PROBLEMA. ELES TOPARAM, SÓ QUE UNS ME PEGAVAM POR TRÁS,

NUNCA DOIS AO MESMO TEMPO. TUDO JÁ ESTAVA COMBINADO ENTRE ELES. QUANDO EU DANÇAVA

COM UM ATRÁS, NUM GIRO BEM LENTO, FUI LEVADA SEM SENTIR PRA PERTO DO SOFÁ,

ONDE OS OUTROS 4 ESTAVAM EM PÉ, COM AS PICAS PRONTAS PRA MIM. QUANDO TENTEI SAIR,

O DE TRAS ME SEGUROU FORTE, TIROU UMA ALÇA DO MEU VESTIDO E COM UMA DAS MÃO NO MEU

PEITINHO E A OUTRA COM OS DEDOS NA BUCETINHA FALOU: PODE CHUPAR TODOS ATÉ ELES GOZAREM.

NÃO DEU PRA GRITAR NEM FALAR NADA, TIVE QUE CHUPAR TODOS, TINHA HORA QUE

ERAM 2 JUNTOS. E AINDA TIVE Q AGUENTAR O DE TRAS, QUE METEU NO MEU CUZINHO ATÉ

GOZAR, SÓ SAIU QUANDO ME ENCHEU DE PORRA. ELE BATIA NO MEU BUMBUM E MANDAVA EU

ENGOLIR TUDO.

O NAMORADO COMENTOU: É... VC NÃO TEVE ESCOLHA.

E VENDO A CARINHA DE PUTA DELA, PERGUNTOU: MAS FOI GOSTOSO?

- FUI OBRIGADA A SABOREAR CADA PAU, DURO, GROSSO, GRANDE...

- E VOCE FOI ATÉ O FIM?

- AINDA NÃO. RESPONDEU COM O OLHINHO VIRANDO DE TESÃO.

- ENTÃO VAMOS EMBORA ACABAR ISSO EM CASA. DISSE ELE DOIDÃO, SEM IMGINAR

O QUE AINDA VINHA PELA FRENTE.

NESSA HORA ELA FALA: SÓ UM MINUTINHO, OS 5 ESTÃO ME CHAMANDO.

ELE LIBERA DE NOVO ACHANDO QUE ELA NÃO CORRIA MAIS RISCO, JÁ QUE TODOS TINHAM

GOZADO.

ELE SE DESTRAI NA CONVERSA E UM BOM TEMPO DEPOIS VOLTA ELA. O ESPAÇO ENTRE

O NAMORADO E O DONO DA FESTA JÁ ERA MÍNIMO, POIS O ANFITRIÃO QUE ESTAVA DE

FRENTE, VIA TUDO, ETAVA DOIDÃO E APROVEITOU PRA TIRAR UM SARRINHO DELA.

ELA LITERALMENTE PENDURADA SUSSURROU QUASE SEM FORÇAS:

- NÃO AGUENTEI...

- NÃO AGUENTOU O QUE?

- FUI...

- FOI A ONDE?

- COM TODOS...

- TODOS QUEM?

- OS 5...FUI COM OS 5 PRO SOFÁ...GOZEI MUITO E ELES TB.

- MAS COMO FOI?

- POSSO CONTAR? PERGUNTA ELA.

- COM DETALHES. DIZ ELE.

- ELES FALARAM QUE QUERIAM FAZER UMA BRINCADEIRA DE DESPEDIDA, MAS ERA SURPRESA,

QUE TINHA QUE COLOCAR UMA VENDA EM MIM, EU TOPEI. VENDADA, MANDARAM EU DANÇAR,

REBOLAR COM OS BRAÇOS PRO ALTO. TRÊS SE APROXIMARAM, UM SEGUROU MEUS BRAÇOS

NO ALTO, POR TRÁS. UM DE CADA LADO, COMEÇARAM A ME ENCOXAR. RAPIDAMENTE SENTI

TODOS DE PAU DURO NOVAMENTE. ME LEVARAM ATÉ O SOFÁ,

ENCOSTEI OS JOELHOS NO ACENTO E PERCEBI QUE TINHA ALGUEM ENTRE MINHAS PERNAS.

AJOELHADA FUI SENDO EMPURRADA PRA FRENTE, ATÉ APOIAR AS MÃOS NO ENCOSTO,

FOI QUANDO SENTI 2 MAOS NA MINHA CINTURA,

ME FORÇANDO PRA BAIXO, LOGO SENTI A CBEÇA DE UMA PICA TOCANDO MINHA BUCETINHA,

FUI DESCENDO NAQUELA VARA ENORME, QUE NUNCA ACABAVA, ATÉ QUE A ENGULI INTEIRA.

COMECEI A CVALGAR NAQUELE CAVALO, QUE ME DAVA TAPA NA BUNBINHA COMO SE EU FOSSE

UMA ÉGUA.

O QUE TAVA NA MINHA FRENTE, ATRAS DO SOFÁ, DE UMA SÓ VEZ, TIROU MEU VESTIDO

E DISSE: NAO VAMOS SUJA-LO. ME SEGUROU PELOS CBELOS, COLOCOU AQUELE PAU GIGANTE

NA MINHA BOCA.

ENQUANTO CAVALGAVA E MAMAVA, SENTI ALGUEM LUBRIFICANDO MEU CUZINHO E LOGO

EM SEGUIDA, UMA PENETRAÇAO LENTA E CONTINUA. PAREI O MIVIMENTO PRA SENTIR

AQUELE CARA ME RASGANGO POR TRAS. CONTINUAVAM A ME BATER NA BUNDA E FALAR:

- VAMOS CADELA, NÃO PARA, VC VAI VER COMO É GOSTOSO FUDER COM 5 CARAS.

ENTÃO, ENQUANTO EU CHUPAVA, TOMAVA NO CU E NA BUCETA, TINHA QUE PUNHETAR OUTROS 2,

QUE PASSAVAM A MÃO NO MEU PEITINHO, APERTANDO O BIQUINHO.



EU NAO ESTAVA MAIS AGUENTANDO, COM TODOS OS MEUS BURAQUINHOS PRENCHIDOS POR

PICAS ENORMES E MEU CORPO SENDO TOCADO EM TODOS OS PONTOS, VEIO LENTAMENTE UMA

ONDA TOMANDO CONTA DO MEU CORPO INTEIRO, EU GOZANDO E AQUELES 5 CARAS NAO PARAVAM

DE METER E DE ALISAR MEU CORPO. ELES COMEÇARAM A GOZAR NO MEU CU, DEPOIS NA BUCETINHA

E EU SENTIA MAIS TESAO. O QUE EU CHUPAVA, COMEÇOU A TREMER E ESGUICHAR NA MINHA BOCA,

CHUPEI ELE TODO. ENQUANTO ISSO, OS OUTROS 2 DAVAM UM BANHO NO MEU CORPO

COM JATOS FORTES.

QUANDO SENTI AQUILO QUENTE NO MEU CORPO, AINDA GOZEI MAIS UM POUQUINHO.



TOMEI UM BANHO RAPIDINHO, COLOQUEI O VESTIDO DE NOVO E ESTOU AQUI. PODEMOS IR

EMBORA?

NESSA HORA O DONO DA FESTA QUE ESTAVA TIRANDO SARRINHO DELA, ENCOSTA DE VEZ, FAZENDO

UM SANDWISHE E DISSE:

- ANTES DE IR ME FALA, QUE QUE VOCES TANTO CUXÍXAM?

ELA AGARRA O CARINHA COM FORÇA, APERTANDO A UNHA NAS COSTAS DELE E ELE PERGUNTA:

- QUE QUE HOUVE?

ELA RESPONDE:

- ELE ENTERROU TUDO NELA, TA TIRANDO E COLOCANDO. EU NÃO VOU AGUENTAR ESSE VAI E VEM

POR MUITO TEMPO, TO COM MUITO TESAO AINDA.

- VC TA COM MUITO TESAO É? PERGUNTOU O NAMORADO E MANDOU O DONO DA FESTA TIRAR O

PAU DELA. LOGO EM SEGUIDA, ELE ENFIOU TUDO PELA FRENTE E ELA DISSE COMO SE

SE FOSSE UMA PUTA:

- VC TB VAI QUERER?

ELE DISSE:

- EU NÃO, NÓS. METE NO CUZINHO DELA.(ORDENOU)

O DONO DA FESTA SEM PERDER TEMPO, COLOCOU TUDO DE UMA SÓ VEZ. ELA LAÇOU O SEU MACHO

COM AS PERNAS, OS 2 PARARAM, O NAMORADO A LEVANTAVA E DESCIA. ELA JÁ ESTAVA MOLE,

SEM FORÇAS, ESPETADA EM DUAS PICAS E 5 CARAS ASSISTINDO. ENTÃO VEIO AQUELA ONDINHA,

QUE FOI CRESCENDO E ELA DE NOVO GOZANDO COMO LOUCA, SENDO CHAMADA DE PUTA, CADELA,

PIRANHA QUE DA PRA QUALQUER UM, SENTIU OS DOIS GOZANDO JUNTOS, ENCHENDO-A DE PORRA

NOVAMENTE. FOI O SUFICIENTE PRA ALONGAR O SEU GOZO POR MAIS ALGUNS SEGUNDOS E

IMPLORANDO, PEDIA PRA ELES NÃO PARAREM DE FODE-LA.

QUANDO TUDO ACABOU, O DONO DA FESTA FALOU: AGORA VOCES PODEM IR EMBORA E VOLTAR

QUANDO QUIZEREM, POIS SEMPRE FAZEMOS ESTAS FESTINHAS

VESTIDA DE ARABE, COMO UMA SANTINHA POR FORA E UMA PUTINHA POR DENTRO, COMENTOU

BAIXINHO: SÓ SE FOR COM 19 CONVIDADOS NA PROXIMA VEZ.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Novinha mamando no cinema contoseroticosporno conto visinha santinhanem peitinho teen grita na pau do vocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos comi minha prima enquanto ela dormiaMeu sogro cheirou minha calcinhaum romance com minha maninha-contos:eroticosa bunduda atolado amiga bunduda contocontos eroticos trepando e marido na sala ao ladocaminhoneiro meteu em mimContos incesto filha calcinhaconto erótico evangélicocontos levei uma rolada do meu filhoconto as coroa crentecontos/ morena com rabo fogosoConto erotico meu cabaco arronvado pelo velho do pauzaotica bala pate buetaconto er seios quadril glandecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentechantageada e humilhada pela empregada negrazoofilia mulher carente arruma um componheiro pra lir da prazerconto sobrinho mamar na tiaEdna A tia da minha esposa contos eroticosemprestei dinheiro a casada contocontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos comi minha amiga skatistacontos eroticos delicia de infancia com meus vizinhosporno bundas muitissimo leve ou seja molede verdade o que injetam ou introduzem para aumenta bumbum e seioscontos eroticos de putas casadas que fodem por dinheiroContos de Cornos magoado com esposa porque ela fudeu com outro sem sem ele sabersem cadastro zoofilia sai mijando leitedona florinda putacontos casadas descrevendo o corpo com seios e bundas grandescontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecantos eroticos com cavaloscontoseroticosdasnovinhasconheci a vara do meu padrasto muito novinha contos eroticosgozoo na bucetakcontos sexo meu marido rebolou na pistolaContos punheta duplacontos eroticos prima e amigascaralhudo contosexo e esganaçaocontos porno velhos e meninascontos cunhada com dorcontos eroticos de maes fudendoporno comendo minha cuinhada de peitinho ruivocagando na cara contoconto eroticos de assalto com estupro recentescontos corno empretei minha mulher para traveti e fikei vendoesposa e filha dando cu pra um mendigo/conto eroticocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos amiga da primaconto lesbico garota come cu da boasuda eterotrveco deicha o cu do mrmanjo escorrendo Leite brinquei com a afilhada contoconto erótico infânciaconto de rasgei o cu de meu irmão fazendo ele choraconto erotico fui no pagode e comi um travestimeu carçereiro gostosocontos eróticos encaixada viado da bunda grande no ônibuscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos e roticos de de mãe a tapando filhoCasada narra conto dando o cucontos de sexo gay insesto depilaçãocontos eroticos colo do filhocontos eroticos de velhoscontoseroticos13duas loirinhas e ruboquete gozada boca contoSobrinhas safadas relatos eroticos reais novosPeguei minha tia veridicoos amigos do marido contos eróticosvídeo de bocado de mulher dançando de fio dentalcontos de mulheres ninfomaniaca por sexocontos eróticos locador com comeu a inquilinazoofilia gay extraordinárias bizarroscontos arrombando casadanegao arombo cu da sogra