Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI A MULHER DO DONO DA FESTA

Sou Eduardo, moro na região metropolitana de Belo Horizonte, presto serviços para prefeitura. Os nomes citados aqui são fictícios. Nas férias de Julho de 2007, fui convidado para um churrasco no sítio do secretário de finanças do município, não o conhecia pessoalmente, mas através, de um amigo em comum recebi o convite. Minha mulher tirava férias em Salvador na casa dos pais. Eu solteiro, seco, há mais de dez dias, fui ao churrasco, bastante gente, cerca de 60 pessoas, música, dança comida a vontade e muita mulher bonita. Cheguei por volta das 11:00 da manha, tava muito animado, logo me enturmei. Percebi uma mulher que dançava feito louca, muito bonita, aliás linda, branca, um pouco queimada, pernas torneadas, bumbum arrebitado, barriguinha de fora, usava um shortinho branco, e uma mini blusa acinzentada. Nossa aquilo foi colírio para os olhos, que coisa gostosa. Perguntei ao Luiz (trabalha na prefeitura) quem era a deusa. Disse que era mulher do secretário de finanças, ou seja, a dona da festa chama-se Erica, comentei algumas heresias com ele, e ele mostrou-me logo o maridão da gata. Um Quarentão meio gordo, que jogava baralho com uma turma do lado contrário ao meu. Nisso a gata dançava com todos, resolvi arriscar, fiquei práximo e torci para que ela se aproximasse ai eu jogaria se colar... colou. Maravilha... começamos a dançar, nossa como dançava e eu com mão na cintura dela, que loucura, chegava fervilhar de tesão, ela não parecia nem me notar direito. Perto do fim da música já estava para estourar de tanto tesão, pensei comigo, vou fazer ela sentir como estou. Puxei ela como que fosse mudar de passo, e encostei o meu cassete na virilha dela, na hora ela percebeu o tamanho, me olhou rapidamente no olho e já foi saindo por que tinha acabado a musica. Eu tava tão excitado que fiquei com vergonha, sair de fininho e fui ao banheiro ajeitar, que tesão era aquela mulher, deliciosa. Tentei me acalmar, percebendo o perigo que era eminente e voltei para a mesa. Não consegui tirar os olhos da gata mais. Vez em quando percebia que olhava para mim, resolvi dar uma saidinha e ficar observando um bosque práximo, foi quando chegou um garotinho de uns seis anos, e me entregou um bilhetinho. Estava escrito: Se tiver afim, olhe para mim e sorria. Assinado Erica. Nossa, foi uma sensação estranha de prazer e medo misturado. Tomei coragem e voltei para mesa onde estava. Olhei para Érica e sorri, tava gelado, coração palpitando forte, e fiquei observando os práximos movimentos dela. Demorou um pouquinho ela se levantou, certificou que eu estava olhando e seguiu caminho sentido a uma casa pequena, era a casa do zelador. Disfarcei e seguir também, mantendo um tempo de aproximadamente 5 minutos de diferença. Entrei pelo fundo da casa. Ela já me esperava na cozinha, deu sinal para eu fechar a porta com uma tramela, obedeci prontamente. Estava sentada em cima da mesa, pernas cruzadas, que delícia! Falei, oi ela abriu um sorriso lindo, encostei ela me puxou me agarrou forte e nos beijamos loucamente. Me disse, não temos muito tempo, temos que ser ágeis, logo fiquei entre as pernas dela, coloquei meu cassete frente a xotinha dela para sentir o tamanho, ela me puxava loucamente, passei o dedo entre as pernas dela e levemente encostei na calcinha, tava toda molhada, eu já estava igual um louco de tanto tesão, desabotoei o shortinho e tirei, tirei a calcinha, nossa, que buceta, toda raspadinha, bem rosadinha, parecia ter um quilo de buceta. Deitei-a na mesa e comecei chupá-la, aff, gostoso demais, enfiei a língua adentro, mordi levemente, por uns 2 minutos continuei chupando. Ela se levanta, me manda subir na cadeira e ficou de 4 na mesa, abriu minha calça, e abocanhou com tudo o cassete, nunca sentir tanto prazer na vida, quanto naquele dia, ela chupava bem demais, depois de uns 2 minutos parou, se deitou na mesa, e se abriu toda para mim, enfia gostoso, me disse, o meu cassete tava enorme, coloquei na entrada e comecei socar, levemente, ela gemia igual a uma loba, de tanto prazer, soquei mais forte, mais forte, e La pedia mais e mais, ficou de quatro, que tesão, sentir aquela buceta era tudo, soquei forte e pedia mais, de repente ela começou a gozar, e gemia e gritava, que fiquei louco, logo em seguida ela puxou o meu cassete e começou a mamar, não aguentei, gozei também. Que mulher era aquela, lambeu tudo, não deixou nada. Ela me indicou um banheiro, me lavei, anotou o meu celular no dela, e foi se lavar. Voltei para juntos aos amigos, isso já era umas 3 da tarde. O churrasco transcorreu tudo normal, quando por volta das 6 o meu celular toca, era ela, me chamou para ir para cidade, perguntei do seu marido, ela me disse que tinha falado com ele, e ele iria dormir no sítio, disse que tava tudo bem. Sair na frente dela com o meu carro. Já entrando na cidade o celular toca novamente. Combinamos de ir passar a noite num motel. Para resumir a histária, ficamos juntos cerca de um ano e meio, foi quando o marido descobriu e tivemos que parar, mas mesmo assim ainda nos encontramos media de 2 vezes por mês. Depois eu conto, como torei o cuzinho dela, e ainda teve a gravidez, mas isso é outra histária.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


humilhada contos eroticosconto guei fingi dormi emeu primo enfiou o pau na minha bocaConto estrupada pelo pelo padrinhomulher gosta de ficar nua e corpo inteiro melado de margarina vivos magras de peitospequenos deixando gozar no peitoContos erótico pai tanto banho filhacomo fui estuprada contos eróticoscontos eróticos , papai me levou no show e depois tirou minha virgindadeMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,a minha cunhada casada e saia justa contos com fotoscalcinha pendurada no banheiro contos eróticoscontos eroticos arrombando a gordaelas chuparam meu pau.contos de incestonovinha desmaiando na vara grande de dor pelo tamanhocavalogozou forte na boceta da safadacontos eróticos de dupla penetração b*****contos eróticos , papai me levou no show e depois tirou minha virgindadeEperiencia zoofilia beijo babadocontos eroticos mae e filhohttp://okinawa-ufa.ru/m/conto_16695_foi-pra-ser-chupado-e-o-negao-me-comeu.htmlpulando em cima do pau do tiocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentewww.flogdesexo.compauloelizabethcontos eróticos praia de nudismo dois idosos gays fudendo contosContos eróticos de gay comi o filho do meu patrãoa medica que gostava de zoofilia_contosesposa safada. contoscontos rael eu miha mae sobrimascontos de mulheres ninfomaniaca por sexoContos de mae de amigos sem calcinhacontos eu minha esposa e um viadinhohetero batendo punheta conto gaycontos eroticos no consultorio da maecontos eroticos fui violentada fudidae deu xoxotaPai transarno com as filhascontos baixinha popozudaContos eroticos dinheiroeu trinquei o meu pau na mão dela contos eróticoszoofilia negao comenorme pau deixando putia loucaconto teens de pau duro no calcao de futebol para a primacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentegarotinha contosconto de sexo mae mulata de calcinha fio dental nas fériascontos pornô casal fudendo com a empregadinhaconto gay sendo estupradocontos eroticos mamei no pintinho do nmeu filhinho pequinininho okinawan gélico pornôcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos compadre do avô no sítio gayConto gozei dentro da lilianecunhada no cio contosFui passear fui estupradoSobrinho da Academia tia gordinha conto eroticoConto erotico sozinho na casa com minha cunhada gordinha gostosaContos erótico Encojando minha Irmadupla perfeita uma chupava meu pinto e a outra chupava meu cucontos eróticos irmãos paicavalo mangalar goza na boca da coroa resen separadaVim minha subrinha vigem sentada de perna a berta sem calsinha cumi ela a filha dela viu sexodei tanto minhA buceta no carnaVaL q to toda ardidao velho tarado me comeu contopapai me comeu contoContos eroticos incesto meu maridoContos gay malucocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteela me endinou a roçar grelo com gtelo/contoanã puta contocontos eroticos surpreendeu a esposatirei a virgindade do meu sobrinho roludo e minha bunda grandemeu primo bate punheta todo dia e fico toda molhadasera q meu marido ja ficou com travesti peguei ele vendo videoconto porn dando pro comandantecomi minha filha pensando que era a minha mulherAgostozas trazano travesti dotadu no rncontos meus amigos estupraram a minha maefomos pescar eu e minha esposa e cunhada e o conto eroticoconto novinha gravida do tiocontos comi e apaixonou