Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SOLTANDO GERAL PRO NAMORADO

Oi, me chamo Thayane, sou morena, tenho cerca de 1,56cm, 54 kilos, cabelos pretos e compridos, namoro a 7 meses com o Leonardo (Léo), cerca de 1.80cm, cabelos pretos, e uns 57 kilos, nossa historia sexual começa a 4 meses atras. Começamos a namorar, e ele como todo homem ja tinha um pensamento fixo SEXO, pois mesmo antes de começarmos ja conversavamos muito sobre isso e eu sempre prometi sexo a ele, nosso namoro era muito legal traquilo e um pouco quente alem da conta, antes mesmo de completarmos 1 mes ele ja queria começar a pular etapas, ele me deixava louca, eu vivia a provoca-lo, e quando via que ele ia querer me pegar de jeito eu tirava meu corpo fora, mais com o passar dos dias eu adorava aquele vuco vuco entre eu e ele.

Assim que completamos 3 meses de namoro, fomos para a casa de um tio meu que mora em uma fazenda no estado de minas ( q não é muito longe de onde moramos), a casa é enorme e o pomar praticamente fechado, como ele nunca havia ido ate la, no final da tarde resolvi leva-lo pra colhermos algumas laranjas, e sem noção de hora logo escureceu, então minha prima foi nos chamar, vi que Léo não estava com boa intenção pois parecia que estava fazendo corpo mole pra ficarmos ali mais um tempo, chegamos na casa toma mos banho e jatamos, então os mais velhos ficaram na cozinha, e os mais jovens foram pra sala eu e Léo, fomos pro quintal, lá ele me confessou que não aguentava mais, aquele tipo de provocação e me disse que adoraria transar comigo naquela noite debaixo daquelas arvores, disse a ele que não pois era arriscado, mais ele com aquele olhar de caozinho pidão me fez aceitar, combinei que as 2 da manhã eu estaria na porta de meu quarto o esperando e que era pra ele pegar a lanterna no carro do meu pai antes de irmos dormir, esperei anciosamente por ele ate 2 da manhã e la estava ele, saimos pé por pé, assim que saimos pra fora da porta Léo ja me jogou contra a parede, achei que ele fosse querer transar ali mesmo, e eu tentando resistir, mais estava muito dificil, então disse pra ele ter paciencia que estava a 19 minutos de podermos fazer aquilo tudo que haviamos falado, visto e prometido um ao outro, fomos andando pelo pomar e quando chegamos bem embaixo onde ngm poderiamos nos ouvir e nem nos ver, Léo ja tirou minha blusa abriu meu sutien e começou a chupar meus seios, pequenos nunca havia provado nada parecido, Logo em seguida resolvi retribuir seu carinho sá que mais embaixo ja estava decidida, e ja que estava lá iria fazer tudo o que havio visto em sites de pornografica, sem pensar duas vezes comecei a chupa-lo, chupa-lo e chupa-lo, permanecia ali de joelhos chupando aquele pau delicioso por uns 19 minutos, sentia que Léo estava a delirar, segurando meu cabelo firme e quanto mais eu chupava, mais ele apertava! Léo me puxou pra cima com uma agressividade que me deixou mole na hora encostou seu corpo no meu e disse se realmente tinha valido a pena esperar, e eu sem voz e de pernas bambas sentido seu pau a roçar minha bucetinha nesse momento ja estava toda molhada de tanto tesão, Léo me deu um beijo, mais um beijo daquele de arrancar suspiros e deslizando sua mão sobre meu corpo abaixou meu short que ja saiu com meu fio dental junto, Léo então pediu pra que eu me deitasse no chão pois ele iria me chupar, me deitei e Léo como um mestre chupou gostoso minha bucetinnha, e eu ja não me continha a gritos de prazer Léo sabia exatamente onde tocar, senti uma sensação muito forte então pedi pra que ele parasse pois achava que ia gozar, então fiquei de 4 e pedi pra que ele me fudesse gostoso, Léo então montou em mim como se eu fosse uma egua, daquelas que tinha lá na fazenda, então quando senti aquela imensa rola entrando na minha bucetinha percebi que deveriamos ter transdo na primeira semana, Léo colocava e tirava tudo numa velocidade incrivel me senti um verdadeira puta com seu macho particular, ficamos ali naquela posição até que Leonardo gozou gostoso na minha bucetinha, logo em seguida voltei a chupa-lo e daquela vez com mais vontade pois eu ja estava quase gozando também, foi então que pedi pra que ele se deitasse, e ele se deitou imediatamente, e eu sentei naquela pica gostosa, queria socar, queria rebolar, queria chupar, queria fazer mil coisas ao mesmo tempo, dei uma rebolada e comecei socar tudo ate que sentisse suas bolas bater em meu traseiro soquei gostoso por um tempo, cavalgando gostoso naquele pau, pau do meu macho, até que gozei, logo que gozei Léo me botou de 4 e começou a chupar minha bucetinha, Foi então que me veio um vontade loucar de fazer aquilo que eu mais temia, dar meu cuzinho, mais não pensei muito olhei pro Léo peguei em seu Pau e comecei a punhetar e pedi ao seu ouvido pra que me fudesse atras, ele embora morrendo de vontade, disse se eu realmente queria e disse se eu estava disposta a dor eu disse que estava disposta a tudo, foi então que ele me pôs de 4 novamente, e começou a pincelar sua pica em meu rego, descendo ate o começo de minha xana, Léo ia e vinha com aquele pinto gostoso em meu rabo, na primeira socada soltei um tremendo gemido Léo perguntou se eu queria parar, e eu fiz que não com a cabeça, e pedi pra que ele socasse mais rapido, me sentia um egua naquele momento novamente Léo era perfeito, sabia onde tocar, sabia como me fazer perder a cabeça, eu estava bamba de tesão e Léo socando cada vez mais forte, foi então que Pedi pra qiue Léo se deitasse, sentei de costas pra e emcima de seu pau, e comecei então rebolar, Eu gemia, Léo gemia e pegava em meus peitos com tamanha força que sentia dor e prazer ao mesmo tempo.

Novamente cheguei a um orgasmo alucinante de tanto tesão, imaginei que Léo ainda demoraria um pouco para gozar, foi então que disse que queria muito chupar dua pica, e que ele gozasse em minha boca, então como o bom macho que é socou aquele pauzão em minha boca, em sentia faminta,

chupava como se fosse um picolé em um dia de muito calor, Léo me olhava com cara de espanto, mais mantinha minha cabeça num movimento rapido e forte de vai e vem, foi então que ele sentiu que ia gozar, e eu de joelhos abri bem minha boca e disse que queria leitinho, que queria todo o seu leitinho... Léo Gozou, e foi porra pra todo canto, minha boca transbordava porra, gozou em meus seios, em meu rosto e eu nunca havia me sentido tão completa, Léo então se deitou ao chão cansado e quando nos demos conta ja precisamos voltar correndo pois a pouco tempo ja iria amanhecer, Léo eu voltamos para a casa claro que com muito amassos e muita vontade de repetir a dose, logo que amanheceu eu e Léo fomos tomar o café e eu não podia olhar para ele que lembrava da madrugada anterior, e continuava a provoca-lo por debaixo da mesa, desse dia em diante Eu e meu Namorado, não nos contivemos mais, transamos sempre, não importa o lugar, e nem o horario o tesão sempre é imenso.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


www.conto erotico novinha virgem virando putinha no pau grandecontos eroticos arrombando a gordaDoberman fode contoscontos eroticos arrombando a gordaEu e minha sobrinha de 19 anos de idade no motel conto eroticoespoza leva susto chegando dois pra fudelaarragassa a buceta no 69 e mete a boca a linguacontos erotico o amigo do meu marido comeu minha bundacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentea mulher do meu amigo e muito safada contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordacontos gays sendo o viadinhos dos adultos que me humilhavamcontos eroticos a mae do meu amigo home pelado com nome ketlynChuva dourada entre pai e filha contos eróticoscontos mulher da na frente dos filhosme fode gostoso contosmulher no carnaval gozando muito no camarote ela ea amigacomendo cuzinho de elanyContos gay carnaval em Veneza coleção de pôneis gozando dentro do cu e buceta de putacontos enrabada pelo cachorroidoza caseta toda gozadacrente viciada em engolirPadrinho iniciando afilhada novinha contos eroticosconto comi a filhinha da empregadacontos dei pro meu velho tioEsposa puta pagou a conta contosmeu viadinho querido gostoso novinho doze anos contos eroticosContoseroticoscomsogroconto humilhada pelo meu Dominadorchapuleta inchada no cuzinho contos eroticos cu de esposa vermelho cheio de porra com fototransparente e coladinha bucetinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteO que e aclauzaganhei carona mais tive que engolir porraru e a amiga da minha esposa contocontos erotico rabuda e o filho Praia nudismocotos.eroticos.de.comnovinhas.xorando.navaraConto erótico de laraOuvir contos de inxestoContos eroticos de homem que estava batendo punheta no trem na frente de todo mundo semvergonhacilindro meloso gostosoconto viúva fogosacontos erótico nojento maconheiroporno aspanteras foi supeendido por minha titiacontos eroticos a dona da lanchoneterabudas contoshttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/conto-categoria_2_114_gays.html&ei=e8yqT8MC&lc=pt-BR&s=1&m=564&host=www.google.com.ar&f=1&gl=ar&q=Contos+Fudendo+um+hetero+com+o+cu+sujo&ts=1485672497&sig=AF9Nedkia2TWDM2T0ozn41vBE5bkl1pQLAcontos eroticos prazer solitario homemputinha do papai desde-conto eroticovideos de clientes nao consegue segura e fica de pal duro na depilacaometi no cuzinho da minha filha novinha de seis anos contocontos porno casada abusada no assalto no acampamentocontos eroticos a dotora crenteFilha da puta comeu meu cu contoContos eroticos picantes arrombado novinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos cdzinhacomto imcesto familia praiacontos eroticos pauzudoConto eu peguei meu genro me brechando no banhocontos eróticos novinhoconto erotico de dona francisca caseiraconto erotico incesto sonifero filhabruninha pedindo caronachantagiei minha irma casada contosCONTO CRENTE NO CUmulher casada crente relata que da o cu para outro/contos recentesa primeira f*** com travestisofrendo no boquete contos eroticoscontos eroticos dormindo incestoconto erótico evangélicocontos de sexo com casada coroaconto erotico as pregas da empregadauma dupla penetração com vibrador contospequenina conto eroticoPutinha do papai negro contos eróticoscontos eróticos casadas vingança