Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRIMEIRA VEZ COM UM TRAVESTI, QUE PRESENTE.

Vou contar o que me aconteceu em um sábado a tarde. Ganhei um grande presente de uma amiga muito especial com que eu me encontro para desfrutar dos prazeres do SBDM. Cada vez que nos encontramos um domina o outro e vamos revendo. Mas essas são outras histárias.



Tenho 1.83 de altura, sou branco (até de mais), cabelos castanhos, magro e sou muito bonito de rosto. Tenho 29 anos, porem pareço ter menos. Depilo com cera as axilas, tárax, abdômen e virilha total (pau e cu)



Uma semana nos tínhamos combinado que no encontraríamos no sábado, e dessa vez eu seria o escravo e ela a minha senhora. No sábado de manhã eu estava arrumando o apartamento quando ela me ligou e avisou que não poderia ir, mas tinha preparado uma surpresa para mim e era para que eu ficasse esperando que a surpresa iria chegar.



Quando a campainha tocou e eu abri a porta fiquei totalmente surpreso. Uma loira maravilhosa com o decote mais bonito que eu vi na minha vida estava parada na minha frente! Fiquei totalmente sem reação!



Por um momento fui o homem mais feliz do mundo, uma loira, peitos grandes, redondos, maravilhosos, cintura fina, pernas grossas, devia ter 1.70 quase, totalmente sarada. Pesei que Carla era a mulher do mundo por me dar um presente desses. Foi então que ela disse:







- Oi, tudo bem? Eu sou o seu presente.







Nesse momento eu achei a voz meio estranha para uma mulher e comecei a ficar preocupado. Será que a Carla faria isso comigo? Foi quando eu perguntei:







- Você é um travesti? Eu fiquei totalmente sem graça e não sabia como chamá-lo ou chamá-la, já estava vermelho. Ela respondeu:







- Sim, meu nome é Sheila, não vai me convidar para entrar? Sem saber o que fazer, mas mantendo a educação eu a convidei para entrar.







Tentei estabelecer uma conversa, mas não me vinha nada na cabeça, Sheila mandou eu olhar o meu e-mail, pois minha dona tinha me mandado as minhas ordens. Quando ela falou isso eu entendi que estava mais uma vez dentro de um jogo com Carla e fui direto para o computador.







Quando comecei a ler o e-mail com as minhas ordens eu tive vontade de parar tudo, mas a idéia de obedecer as ordens de Carla, minha senhora, e aquela mulher linda do meu lado me deram um tesão danado.







No e-mail ela dizia tudo o que eu devia fazer, cada ordem que eu lia me dava mais tesão. Enquanto eu estava lendo Sheila chegou por trás de mim e começou a passar a mão no meio peito, foi descendo pela minha barriga e pegou no meu pau já duro. Com os peitos nas minhas costas colocou a boca vermelha no meu ouvido e falou: - “Vamos começar gato, hoje eu serei sua boneca e você será a minha”.







Nem terminei de ler e já fui agarrando Sheila e beijando-a loucamente, chupei seus seios que eram redondos e grandes, eu adoro silicone! Nesse momento ela me mandou para e começar a seguir o e-mail, foi então que eu percebi que ela tinha ordens de me fazer não fugir do roteiro da minha senhora.







O e-mail começava mandando eu chupar Sheila durante 20 minutos no mínino, mas que eu poderia fazer mais se estivesse gostando. Mesmo sem nunca ter feito isso antes eu abaixei, tirei sua saía, ela estava usando uma linda calcinha fio dental e tinha uma bunda maravilhosa, quando eu tirei a calcinha ela se virou de frente para mim, como eu estava de joelhos na frente dela o seu pau todo depilado ficou na frente do meu rosto. Ela é toda depilada, lisinha, tem um pau que não é pequeno, mas é menor que o meu. Comecei a chupar seu pau ainda mole e ele foi ficando duro. Tentava colocar todo ele na boca, mas não cabia. Eu chupei seu pau, chupei cada bola do seu saco lisinho passando a língua até a cabeça. Ela virou de lado e eu lambi toda a sua linda bunda, ela tinha um cuzinho lindo que eu lambi com gosto. Fique nessa por mais de vinte minutos e o pau dela já estava muito duro.



Fomos para a práxima parte do e-mail que dizia para ela me chupar até o meu pau ficar duro, que se ele já estivesse seria a prova de que eu realmente era o escravo viadinho dela e nesse caso ela sá iria me chupar caso ela quisesse, graças a Deus ela achou o meu pau, também depilado, gostoso e me chupou muito, quando eu pensei em gozar ela parou e mandou seguir o e-mail.



O e-mail mandava Sheila deitar de barriga para cima na cama e eu deveria sentar no seu pau e ficar fudendo ate que Sheila gozasse, se em vinte minutos ela não tivesse gozado é porque eu sou incompetente como fêmea e deveria dar de quatro como uma cadela dando para o seu macho. Quando terminei de ler isso Sheila já estava deitada e eu foi para cama. Sentei em cima dela, a penetração não doeu porque minha senhora já me comeu algumas vezes com vibradores até grandes, maiores que meu práprio pau até. Mas eu senti dessa vez foi um pau quente entrando no meu cú e não mais um pau de borracha, cada centímetro foi uma sensação nova. Quando ele entrou todo e eu senti o seu saco encostando em mim eu comecei a subir e descer cada vez mais rápido, era estranho porque eu não tinha pratica nenhuma, mas estava adorando ser emrabado por uma mulher daquelas. O meu pau ainda duro ficava balançando para cima e para baixo, fiquei assim até que minhas pernas já não estavam mais aguentando. Quando eu casei Sheila falou que nem estava perto de gozar e que iria falar para Carla que eu deveria praticar mais. Mandou-me ficar de quatro e me fudeu, fudeu muito, nem sei quanto tempo. Em vez de ver uma linda mulher na minha frente enquanto eu estava por cima eu agora so sentia uma mão firme me pegando na cintura e um pau de verdade no meu cu, me senti uma verdadeira puta dando a bunda de quatro.



Quando ela anunciou que iria gozar chegou o pior momento do e-mail. Minha dona falou que eu sá poderia gozar se Sheila gozasse na minha boca e eu engolisse toda a sua porra. Nessa hora com o pau duro, cheio de tesão eu faria qualquer coisa para gozar. Sheila veio e me deu de mamar novamente, dessa vez terminou gozando tudo na minha boca, ela ficou me olhando com a boca toda branca e mandou eu olhar no espelho, quando cheguei na frente do espelho ela mandou eu engolir e foi o que eu fiz.



Depois de engolir a porra ainda quente de Sheila ela me fez um boquete maravilhoso e eu gozei em menos de cinco minutos



Depois que nos recompomos ela me contou que já conhecia Carla a algum tempo e que Carla a contratou para fazer esse trabalho. Tomamos um suco juntos e Sheila foi embora dizendo que eu fui um dos caras mais bonitos que ela já comeu e adorou minha bunda e meu pau.







Respondi o e-mail de Carla e contei tudo, também falei que na práxima vez eu vou ser o Senhor e ela o meu objeto sexual. O práximo encontro é outra historia.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto erotico.no cuzinho da caderantemorena bumbumda conto eroticocontos eroticos com absorventeHistórias eróticas verídicas tesão entre mâe e filha menina incestocontos eroticos louco pra da meu cuzaocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteZoofilia homens iniciando contoscontos eróticos,ai ai fode meteconto erótico chantagem putinha pobre cu colocontos eroticos chupei meu cunhado embaixo da mesa perto da minha familiacontos/ morena com rabo fogosocontos eroticos rex meu donoContos de sogras velhas crentes rabudas dando o cucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteEu sou o irmão mais velho do meu irmao travesti ele mora sozinho na sua casa eu fui sozinho na casa do meu irmao travesti ele ja tava com silicone nos seus peitos ele tava com um bundao eu disse pra ele voce ta um lindo travesti eu e ele fomos pro seu quarto eu beijei sua boca eu chupei seu peito ele começou a chupar meu pau ele disse seu pau e gostoso de chupar ele ficou de quatro eu comecei a fuder seu cu conto eroticoContos eroticos a vizinha feiaContos eroticos novinha virgem sendo arrebentada pela mulecadascontos eroticos de lesbicas espiando os pais transando e fazem o mescomendo abuceta da penelope na casinha de bonecacontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos bebadacontos de cú de coroameu filho me engravidou contos eroticscontos erótico de incesto eu novinha ano ... meu tio com 26*6cm de rola me arrombou tia fogozaconto erotico comi o cu da minha irma em casao comedor do casal contominha patroa gortosa e tarada por pauGGcontos gay dando para o cachorrocontos porno em quadrinhos de casais de amigoscontos dentistas safadaminha mãe adora bater punheta para o meu irmãodei para meu genrominina pela de mostrngo a busetausando uma calcinha pequena e morrendo de tesaicontos esposa deu pro sobrinhochaves metendo na patiFotos de mulheres com opriquito melado e de fio dentalhistoria de mulher cazada que tranzou com seu cachorro bem grandecache:JHUBKjzFag8J:okinawa-ufa.ru/conto-categoria_3_112_heterossexuais.html conto gay cu cheio porracontos-gays fui arrombado por um bombeiro no motelconto eu e a minha mulher fomos a um praia e uns muleques nos deram ums bebidas e fuderam a minha esposacontos eróticos com idosahome pega amulher de com o melho amigo transano e fi loucoContoseroticosabusadacontos duas pica no cucontoseroticosdasnovinhasminha namorada exibicionista contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos atrizes chupando pau recebercontos eróticos comi minha tiaContos gays fantasiado de crossdress no cine pornoconto erotico cunha gostosagarotinha de fil dentalcontos eróticos de filha e pai pornodoidocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontoseroticosfuicornocontos a filha da minha namoradaEsposa puta pagou a conta contoscontos eróticos infânciacontos eroticos mulhersibha do papaininfetas cor de jambo no video mobilecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemulher madura em casa fazendo faxina bem à vontade sem roupa ou com roupa calcinha transparentecontoseroticos primo hetero comeu o primo gayconto erotico o negro e a enteadagozando pelo cu contos eróticoscontos eroticos na pintura comi a patroacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto fizemos um trenzinho.conto erotico praia em familiacontos e historias de zoofilia meu cachorro mamou nos meus peitos cheios de leite