Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DESCABACEI COM MEU PRIMO

Este conto é veridico, aconteceu comigo.



De fato trata-se de um conto verdadeiro, e por isso, vou mensionar nomes ficticios.

Me chamo Renato, hj com 26 anos, na época que isso aconteceu, eu tinha 19 nos.



Fui passar as férias de Dezembro na casa de parentes no interior de SP - São José dos Campos. Casa de tio, tia, primo e prima. Na casa, tinham tres quartos, em um dormia meu tio e minha tia, em outro a minha prima, e em outro o meu primo Leandro.

Todos os dias à noite nás iamos para a lanchonete da familia, ficavamos lá até onze da noite, depois iamos pra casa, e ficavamos jogando baralho a noite, até o sono vir pra todos nás.

O meu primo leandro, sempre muito brincalhão, adorava ficar me zoando, ficava falando dos pelos da minha perna, do meu bigode, e as vezes me chamava de gay junto ao meu nome, ele colocava gay toda vez que ia falar, e eu fazia o mesmo com ele.

Meu primo Leandro na epoca tinha 19 anos, era bonito, alto, forte - chamava atenção na escola, e fazia sucesso com as meninas.

Sempre nas brincadeiras dele, ele gostava de me pegar por tras e ficar me roçando, sabendo que eu não gostava, ele fazia de proposito. Quando via que eu estava desprevenido, ele vinha e me agarrava, me segurava com força e ficava me encoxando, eu gritava, me contorcia todo de raiva dele, mas no fundo eu adorava o que ele fazia, so nao adimita. Ele falava pra mim: - Renato pega no meu pau, aí eu respondia, pega vc no meu seu viadinho. Adorava quando ele me pegava e me roçava contra a parede. Apesar de tentar me desvencilhar dele.

Certa noite, estava eu no quarto pronto para dormir, e ele chegou no quarto sá de toalha, porque tinha acabado de tomar banho. sentou na cama, e eu sentado no colchão proximo da cama no chão (onde eu dormia). Ele sentou no outro lado da cama, e falou pra mim: - feche os olhos se não quiser me ver pelado. Eu não acreditei que ele estaria sem roupa, e nem me movi, continuei como estava, derepente ele arrancou a toalha e quando vi, ele estava sem nem mesmo cueca, a cueca dele estava na mão dele que estava escondida por baixo da toalha.

Ele como sempre brincalhão daquele jeito, falou: - agora vc vai ver o que é gostoso... eu ja imaginando que ele ia me agarrar, daquele jeito que sempre fazia, falei: - pode parar de graça, põe sua roupa senão vou chamar a sua irmã, porque neste dia os tios tinhão viajado.

Ele colocou a cueca e o shorts, apagou a luz e deitou na cama dele. Eu deitado no colchão no chão de bruço, como gostava de me deitar. Ele com aquelas brincadeiras dele, veio por cima de mim me segurou firme e começou a me encoxar, eu briguei com ele e falei que não queria, madei parar, e logo ele subiu pra cama dele.

Ele sem se quietar, começou a falar, eu sei que vc gosta, confessa... eu quieto, não o respondia. Daí ele começou a me pedir: - Renato chupa o meu pinto, e eu falava pra ele vai se ferrar, pega vc no meu pau. ele ria e falava, Renato pega no meu pinto vai, eu respondia da mesma forma. daí ele continuou insistindo, até que num momento ou troquei algumas palavras por "então", ele percebeu.

Continuou pedindo, agora pra descer e me comer, eu falando, então pega no meu pau, aí ele já falava, daí deixa eu pegar. eu me esquivava pra não aceitar, pois estava ainda com medo, mas com vontade. Foi indo assim por umas 5 vezes que ele perguntou e eu deixei ele pegar no meu pau. Quando ele tocou ele viu o quanto estava duraço, e ele já desceu logo da cama dele pulou do meu lado e começou a falar... - eu sabia que vc queria, vc sempre quis, gosta que eu pego no seu pau? ele alisava gostoso meu pau, que delicia, ele num momento até falou vou pegar bastante que é pra vc deixar eu ficar bastante em cima de vc tbm ta. ele ainda falando... nossa ta molhadinho seu pau, pegou melou o dedo e passou na minha boca, falou pra mim, sente aí o gosto do seu proprio pau vai. colocou o dedo na minha boca e eu chupei, gostoso.

daí ele falou pra mim, pronto, agora é minha vez. Vc disse que então pega no meu pau, então agora vou por cima de vc, e vc sem roupa.

O Leandro subiu em cima de mim, tirou a minha bermuda, e começou a roçar o pau dele na minha bunda.eu ficava quietinho, não me mexia.

Ele me virou de frente e falou... - como vc nunca deu esse cuzinho pra ninguém, então é melhor vc lambusar meu pau, senão vai entrar seco demais e vai doer. Já veio colocando o pau dele na minha boca, um pauzão enorme, pra mim pareceia muito grande. 18,5 cm e grosso ainda por cima, mau cabia na minha boca. Ele segurava na minha cabeça e metia, segurei ele pra não forçar mais, pois senão ia botar pra fora o que tinha jantado de tanta força que meu primo fazia.

Segurei no pau dele, e comecei a bater uma pra ele, sentia que aos poucos ele comaçava a soltar baba daquele pau, pois sentia o gosto, e que gosto, labia a cabecinha do pau dele, e delirava, e repetia sempre, eu sabia que vc queria, eua sabia. eu olhava pra cara dele e continuava a chupar e comecei a chupar tão frenéticamente que ele quase gozando mandou que eu parace, senão iria gozar, daí em virou dinovo e foi em direção a minha bunda, roçou um pouco, e começou a lamber em volta do meu anel, foi lambendo me deixando doido de tezão, colocava a lingua bem fundo dentro de mim, e perguntava... - esta gostando? imagina quando eu colocar o meu pau... continuou lambendo e logo parou, ficou um tempo sem fazer nada, olhei pra tras e ele estava colocando camisinha. colocou tirou de uma gaveta da comodo um gelzinho, e lambuzou minha bunda, senti aquilo gelado, olhei pra ele e falei... vc não falou que ia entrar seco? ele respondeu - se eu falasse que tinha isso aqui, vc não iria querer me chupar tão gostoso como fez, e riu o safado.

Lambusou também o pau dele e foi colocando no meu anel. Aquilo foi entrando e doendo que eu gemia e ele sá falava, relaxa, não prende, deixa entrar, que não vou deixar doer.

Ele foi muito carinhoso até, enfiou tudo e quando falei pra parar ele parou, foi paciente. ficamos alí acho que por um minuto certinho, sem movimento algum, pois estava doendo muito, depois ele falou - posso continuar devagarinho? eu respondi que sim, e ele começou no movimento de vai e vem. começou devagar e foi aumentando, cada vez com mais força. eu deitado de bruço, ainda conseguia sentir um pouco de dor, mas tbm tezão por estar passando por aquilo. ele metendo e me segurando, me abraçando com as duas mãos segurando meu ombro por baixo, e metendo... Quando ele estava quase gozando, tirou o pau de dentro de mim, me pos de 4 e meteu dinovo... continuou mentendo por mais uns 5 minutos assim e quando viu que ia gozar, tirou novamente me virou de frente e veio na posição de frango assado. meteu e foi com bastante força, ele metia e olhava pra mim com um olhar de safado. nessa hora eu nem sentia mais dor, sá prazer. Começou a me masturbar e meter ao mesmo tempo, não sei como ele conseguia, mas me fez gozar, e na mesma hora ele gozou tbm. Caimos na cama os dois cansados e suados, logo me levantei e fui direto ao banheiro tirar toda aquela porra de dentro de mim.

Sá sei que foi bom gente. muito bom. Hj tenho 26 anos e meu primo está com 29, e nunca mais fizemos novamente, nem tocamos no assunto, mas eu lembro bem, e sei que ele tbm se lembra.

Abraços (detalhe - meu primo esta casado) eu solteiro rs

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos minha sogra me chantageou oara comelaconsultora pega a cliente e a faz gemer de prazerContos dois na minha mulhercontos fiz o cuzinho da mamãecontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadospraia guaratuba contos sexoporno historias e contos eróticos irmao e irman amor e sexominha tia casada matutinha contoscontos eroticos de negros na praia de nudismoRockeiro contos eróticosgorda acima de 100kg rebolando o bumbum bem gostosoloirinha do cabelo cachiado se assustou com o tamanho da rola do cunhadomorena bumbumda conto eroticoCercada por varios contos eroticoscontos eroticos entregadorcontos eróticos medindo com meu gordinhoTransei com minha prima brincando de esconde escondecontos eróticos o pai da minha amigacontos eroticos cuidando da minhas sobrinhas e suas amiguinhascontos eróticos estuprando duas novinha na minha casaconto de o negao pirocudo rasgou meu cu sem docache:tCqBSJiMNvAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_6_13_orgias.html contos eroticos com a boquinha cheia de porra incestoContos eroticos gays cuecasminha enteada gost contosas amigas da minha enteada Tamires peladagozando em cima de um fracos de perfume pornodoidoconto erotico meu compadre me comeuContos eroticosInocentes de calcinhas dominada pela amiga lesbico contos eroticoseu e minha cunhada apos a festa conto eroticocontos eu e meu marido adoramos ir no cinema ver pornomae desfilando de calcinha fio dentalcontoseróticosdei de mamarconto erótico eu tentei resistircontos - leitinho do tiocontos eróticos de lesbicas na piscinaCoroa safada Taubatécrossdressing miudinhahistoria de contos eroticos com pasteleirocontos gay pai bebado suadosou casada vi o meu vizinho na punhetaconto porno transei com meu paicontos er¨®tica lesbicoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordao cu da minha esposa e meu contodeitei com minha tia de sainhaconto er seios quadril glandedei p meu genro contocontos com sogras acima de 50anos pornôhttp://okinawa-ufa.ru/conto_77_papai-me-pegou-de-surpresa.htmlcomtos exitantesconto erotico incesto sonifero filhavideos porno pai afunda as tanga da filha virgemcontos de clientes mulheres que vão se depilar e as depiladoras chupam suas bucetasdrixando a mulher do corno arregassadinhacontos eróticos com enteadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordacontos cris super dotadocontos eroticos minha sogra se machucoucontos eróticos virei marido da minha irmãcontos eroticos troca de casais entre cunhadoscontos minha prima defisiete me viu batedo umacontos eroticos arrombando a gordaconto eróticos pai pauzudo e filha baixinhaContos eroticos estava de calcinha fio dental e fui fudida pelo mendingoconto novinha amigos do papaicontis eroticosadoro cupar o cuzinho da minha enteadaminha esposa com negao contoswww zoo porno filha brecado paiconto foda com cachorrocontos encesto minha mae dopada meu pai rosando no meu cueu minha mulher minha cunhada minha sogra contos eroticossobrinha sapeca tomou no cu contoMinha irma e minha sobrinha conto eroticoesfrega conto herotico