Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DESCOBRI QUE SOU CORNO!!!

DESCOBRI QUE SOU CORNO!!!



Sou casado a cerca de 1 ano, apaixonado pela minha mulher, ela tem 21 anos, cabelos pretos lizos, 1,65 de altura, corpinho bonito e uma bundinha que me deixa louco sá de olhar.

A histária que passo a relatar aconteceu uns dois meses atrás, tive que fazer uma viagem a serviço, sai de casa numa terça feira e deveria retornar no Sábado, mas minha volta se antecipou, na Quinta feira ja estava de volta. Cheguei de viagem umas 15:30h, fui direto ao escritário deixar uma papelada e depois levei o carro pra lavar, como iria demorar resolvi pegar um taxi e ir pra casa, tomar um banho e descansar. Aqui é que começa minha histária...

Cheguei em casa, abri o portão, e quando ia abrindo a porta da frente pra entrar, percebi uma movimentação dentro da casa, achei estranho, pois a mesma deveria estar vazia, moramos so eu e minha esposa e nesse horário ela deveria estar no serviço (um emprego de secretaria de um advogado que ela arrumou a pouco mais de um mês). Resolvi dar uma olhada pela janela, fui a janela da sala e olhei, vi apenas umas mudas de roupa jogadas pelo chão, pensei na hora que deveriam ser ladrões, fui correndo até a janela do quarto, quando olhei, tomei um grande susto, vi minha esposa deitada na cama com as pernas abertas e entre elas um rapaz loiro, que bombava feito um louco. Quase cai pra trás, me subiu um ádio que pensei em entrar e matar os dois, mas fiquei olhando e me espantei mais ainda quando percebi que estava ficando com o penis duro, e com uma vontade enorme de ficar olhando o rapaz terminar o serviço.

Resolvi ficar ali so olhando, logo o rapagote disse a ela que iria gozar, tirou o penis pra fora e gozou em cima dela, saiu tão forte que grande parte caiu nos peitos e até umas gotas no rosto de minha amada, ela levantou-se e deu uma gostosa chupada no penis do rapaz, parecia querer sugar todo o restante de esperma que ainda escorria. Pensei que havia acabado, mas de repente escuto o portão se fechar, fiquei curioso, quem seria? Então vejo entrar no quarto o patrão de minha esposa (um homem na faixa dos trinta e poucos anos), ele foi entrando e falando, já meu filho? Não quis nos esperar né? O moleque era filho dele. O patrão de minha amada ja foi chegando e mandando ela tomar um banho, que ela faria um grande trabalho em breve, ela prontamente o atendeu, entrou no banheiro e foi se lavar, o rapaz vestiu a roupa e saiu do quarto junto com o pai, logo logo eles voltaram, e junto deles um outro homem, moreno e bem alto. O Carlos (patrão da minha esposa), pediu pra ele ficar a vontade, e poderia ir tirando a roupa, que a secretaria dele estava vindo pra mostrar a ele o que sabe fazer. Passados uns instantes ela volta pro quarto, erolada na toalha, vem sorrindo, mas toma um susto quando vê o moreno já nú sentado na cama, olha espantada pro Carlos, que logo lhe fala:

- calma meu amor, é amigo e cliente meu, como você me disse que faria o que eu quisesse, resolvi traze-lo aqui pra te dar um grande presente. Olha sá que pauzão que ele tem.

Percebi que minha esposa olhou e se espantou mais ainda, até então eu não tinha visto o tamanho, pois ele estava de constas pra mim. Ela falou meio que gagueijando:

- mas o que é isso, eu vou transar com ele...

O Carlos calou a boca dela com um beijo, e foi tirando a tolha, ela até tentou esboçar uma resistência, mas não muito, deixou que a toalha caisse, o moreno se aproximou por tras dela e a abraçou, encostando o penis, que eu ainda não tinha visto, em sua bunda, percebi que ela até suspirou mais fundo.

Carlos parou de beija-la e disse, vagabundinha, sabia que voce não resistiria a um presente desses, você me confessou que morria de vontade de esperimentar um pintão bem grande, pois hoje você vai sentir o que é ser rasgada, empurrou a cabeça dela pra baixo girando-a de encontro ao penis do moreno, nessa hora deu pra mim ver o tamanho do penis dele, fiquei boquiaberto, era muito grande, e olha que ainda estava meio mole. Minha esposinha, segurou-o com uma mão e colocou a cabeça na boca, como estava mole ela enfiou o que pode na boca, e foi até quase a metade, mas ele começou a ficar duro, e ela foi tirando da boca, não por querer, mas porque não cabia la dentro, quando ficou duro, ela mau conseguia chupar a cabeça dele. Ele era enorme, fiquei imaginando o tamanho e pensei nuns 20cm e como era grosso, a cabeça era fina em relação ao resto do membro, pensei na hora que ela nunca iria aguentar aquela tora, quando faço amor com ela às vezes ela reclama de dor, e olha que o meu é pequeno, tem 14cm.

Nisso o Carlos ja estava nú, e o penis dele é maior que o meu, não tão grande como o outro, mas um tamanho respeitavel, ele puxou o cabelo dela e fez ela o chupar também, e foi falando, chupa do jeito que eu gosto, bem puta mesmo, pode babar a vontade, e ela babava que escorria por entre os dedos dela, e assim ela se revezou no dois penis, no do moreno ela passava a lingua nele e espalhava a saliva com a mão, já que não conseguia por na boca, o filho do Carlos estava sentado na cama so olhando e acariciando o penis por cima da roupa.

Dado momento carlos pegou nos cabelos dela e a jogou na cama, mandando ela ficar de quatro bem na beira, o moreno subiu na cama e ficou na frente dela pra ela continuar chupando, Carlos ficou em pé atrás dela e começou a penetra-la, enfiou de uma vez, fazendo meu amorzinho gemer e tirar a cabeça do outro penis da boca, e disse:

- ai seu desgraçado, quer me rasgar é? Mete devagar...

Carlos sorriu, e disse:

- Piranha safada, acha que isso é rasgar? Estou so ajeitando pro meu amigo te arrombar, ai sim você vai ver o que é ser rasgada, e sei que você gosta disso, sei que gosta de ser tratada como puta vagabunda.

Ele bombou com muito vigor, chegava a estralar quando seu corpo batia na bunda dela. Então ele parou e falou pro outro que estava no ponto, ele poderia fazer como quizesse com ela, e frizou bem quando disse:

- Ela é uma puta, adora ser tratada como tal, não tenha dá.

Então o outro desceu da cama, ficou no lugar do Carlos e pediu pra que ela virasse frente pra ele, abriu bem suas pernas e as dobrou até encostar as coxas nos seios dela e mandou ela segurar as penas naquela posição, que era pra bucetinha dela ficar mais aberta. Ele segurou seu penis com a mão e mirou na bucetinha do meu amor, encostou a cabeça e forçou um pouco, ela deu um gemido e fechou os olhos, então o cara forcou mais um pouco fazendo passar a cabeça e entrar um pedacinho, ela gemeu alto e soltou as pernas, e fastou um pouco pra cima tentando sair do caralho dele, ma como carlos estava sentado atráz dela, deu um tapa no rosto dela e mandou ela aguentar, pegou sua cabeça colocou em seu colo virando o rosto dela de encontro ao seu penis, e puxou as pernas dela pra cima, feito isso o moreno enterrou o penis quase que todo de uma vez na bucetinha dela, ela gritou e começou a chorar, mas estava imobilizada por Carlos, o moreno começou a bombar, mas sem enfiar mais profundamente, tirava até quase sair e enfiava até a metade novamente, em poucos instantes ela ja estava chupando o penis de Carlos novamente, quando viu isso, o moreno falou:

- a putinha ja ta pronta pra aguentar o restante, vagabunda safada.

Então ele enfiou o restante todo, até encostar seu corpo no dela, ela gemeu e gemeu bem alto, olhou na cara dele e falou:

- vai caralhudo, arromba, arregaça essa puta, quero que me rasgue toda.

O Cara endoidou, bombava como um alucinado, minha esposinha chorava que escorria as lágrimas pelo rosto, mas não deixava de chupar carlos. Logo Carlos avisou que iria gozar, segurou a cabeça dela contra seu penis e esplodiu em sua boca, ela engasgou e quase vomitou com tanto esperma na boca (e ela raramente deixava eu gozar em sua boca, e quando deixava saia correndo pro banheiro pra cuspir), ela engoliu o que deu, o que escorreu pelos cantos da boca, carlos juntou com o penis e foi fazendo ela chupar tudo, ele mandou ela não parar de chupar o penis dele, mesmo ele estando ficando mole, nisso o moreno so bombava, ele ja tirava todo pra fora e metia de uma vez, até sumir todo dentro dela, cada vez que ela fazia isso ela chorava mais.

Enquanto ela chupava o carlos ja com o penis mole, notei que ela ficou assustada, e tentou tirar o penis da boca e se levantar, então o moreno meio que deitou sobre ela segurando-a, e carlos segurou sua cabeça com as duas mão, não deixando ela tirar a boca dali, então vi o que acontecia, o desgraçado tava mijando na boca dela, ela sem ter o que fazer começou a engolir, ma logo engasgou, então o Carlos tirou a mão deixou ela tirar a boca, ele ainda mijou muito na cara dela enquanto ela tossia, molhou ela quase toda e a cama.

Carlos sorria, dava altas gargalhadas, então o moreno tirou o penis da buceta dela e a puxou pelo cabelo, praticamente a levantou no ar pelos cabelos, fez ela se ajoelhar na frente dele e começou a gozar no rosto dela, e enfiou na boca dela, ela engoliu tudo, e o moreno ficou so dando umas bofetadas no rosto dela com a rola.

O carlos foi tomar banho enquanto ela ficou desfalecida na cama, quando eles ja estavam saindo, o carlos falou pra ela:

- Pode descansar agora meu amor, amanha a gente conversa, afinal precisamos aproveitar enquanto seu corno esta viajando, pode deixar que hoje vai ser so isso, amanha termino de te transformar em puta.

Eles sairão e ela ficou deitada na cama, e a vagabundinha estava com um sorriso na cara.

Fiquei sem saber o que fazer, sai e fui buscar o carro no lavador, e aproveitei pra tomar umas cervejas, estava sem saber como agir. Então decidi ir pra casa e conversar com ela, afinal eu estava cheio de tesão, e confesso que tinha gostado de ve-la daquela maneira.

Depois eu conto mais, conto a conversa que tivemos as decisões que tomamos.

Se quiserem me dar uns conselhos ou mesmo bater um papo, me escreva, [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticoa transei cm um aduto na infanciacunhada ariando a calçinha p mimsexo em okinawa casada flagacontos fingi que dormia e comi minha filhaNovinha mamando no cinema contoseroticoscontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos titio encheu minha bucetinha de porra pornoContos eroticos de travesris lindas do pau gostosos.contos felipe comeu minha mulhrercontos eroticos comendo a coroa virgem de saiaArrombaram minha namoradaConto erotico zoofilia o menino e a porcaContos eróticos de Gay O Amigo do meu Pai Comeu Minha Bundinhaconto erotico trepei com meu primo engravideide chei minha filha de cartigo e cumielaContos eroticos sadomasoquismos so com maridos e esposas submisascontos eroticos gay com novinhosconto erotico fui no pagode e comi um travesticontos eroticos borracheiroTitias esperientes c. sobrinhos videos.Novinha apavorada com anaconda giganteContos sou alegria dos coroasporno um homem e um travest no oniboscontos eroticos arrombando a gordadei pro tarado contosmulher gostosa arrumando biquini em um deckcontos eroticos mulheres trazando no carnavalComo fazer um cabacinho liberar(conto gay teen)conto erotico pedi um desconto para o gerente e ele me encoxouContos eroticos minha esposa foi molhada e revelou seu peitos no churrasco de casacontos eroticos meu amigo comeu minha mulher e minha filhaContos nossas filhascontos eroticos gozei gostoso no estuprotres comendo uma mulher e um socando no cu do outro uma filinhaicontos eróticos esposas traduzidas na minha frenteVideosputas fz boquete de na linguapoi ve a folha fundedo com o primo dentro de casaReparei maquina de lavar para minha tia conto erodicocontos eroticos eu minha familiacasadas raspadinhas contosconto erotico homens castradoscontos eroticos quero fuderconto erotico incesto mais de 25 cmminha namorada perguntou se eu era gay contocontos de buceta gdecorno mijado contoscontos eroticos pedio para mamar nos meus seios cheios de leite materno.contos lesbic de patroas seduz secretaria para um transa lesbcontos noiva dando o rabo pro patraocontos eroticos fudendo meninas de dez anosconto ertico eu dormir e um cara pazudo rsgou o cuzinho vigen da minha esposa a força cem ela quereContos pornos-esporrei na comida da cegafui arrombado contos gaysdei para os amigos do meu filho contoscontos eróticos minha vagabundavideos de morenas q botou atanguinha de lado e deu o rabocontos eroticos atrizes chupando pau recebercontos eroticos incesto fudendo minha filha com meu melhor amigoirmatezudacontos eroticos mais exitantes mais fufidostroca de namoradas contos eroticostia d********* na frente do maridoconto erotico teen sendo enrabadacontos pagando aposta com um boqueteconto enteada sem calcinhaConto prima nunca viu pauConto morena 37 anosdei a xana de graca contos eroticoscontos eroticos calcinhao lutinha tapinhamulher tranzndo com ponei realcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontoseroticos cimeram minha mulhercontos minha mãe foi para o pagode acabou dando para o negão dentro do banheirocontos eroticos de negros na praia de nudismocache:fvTAICqerA8J:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_20666_aconteceu-comigo..html conto erotico emprestei a minha mulher para um amigorelatos eroticosde portuguesas de noVinhascontos eróticos infânciabucetinha rozadinha