Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CADELA NO CIO, PIROCA NELA!!!

Bem amigos mais uma vez venho aqui relatar minhas experiências de Zoofilia, sá que esta agora já foi uma bem mais rápida e objetiva. Para quem ainda não leu os meus últimos relatos de Zoofilia estão perdendo uma deliciosa punheta ou quem sabe um deliciosa ciririca.

Bem eu faço uma segurança em uma Fábrica aqui no RJ e lá existe uma cadela vira-lata branca pequenina e uma Pastor Alemão, a cadela menor eu a chamo de branquinha ela deve ser cruza com algum cachorro de raça pequeno pois seus pelos são bem liso brancos e ela é bem parruda, tipo socada, porem uma cadela de porte pequeno.Vamos lá eu sempre a alimento com sobras da janta da fabrica e a noite na madruga com sobras de lanches tipo cachorro quente ou pedaços de pizza.

Notei que branca estava começando a ficar no cio, e que alguns dogs da vizinhança entravam para a fábrica pela cerca dos fundos e tentavam copular com ela, para passar o tempo levo meu lep-top para a segurança e de dentro do escritário monitoro as câmeras e as vezes faço umas rondas.Bem amigos são exatamente 03:00hs da madruga agora e acabei de chegar da ronda, fui para traz da fabrica ver se estava tudo bem e chegando lá vi branquinha se engraçando com u dog daqui da vizinhança, o dog era enorme parecia um Labrador de tão grande, ele a rodeava, rodeava cheirava sua buceta e a lambia varias vezes,fiquei de longe olhando mais a falta de iluminação me deixava a deseja uma boa visão. Meio temeroso com o tamanho do cão eu assobiei e branquinha balançando o rabo veio em minha direção, maliciosamente eu a segurei pela coleira e avim trazendo para perto do escritário, pois lá dentro é o único local que não tem câmeras, caminhava devagar e o dog monstruoso me seguia de longe meio que desconfiado a levei para dentro do escritário e tranquei a porta, fui até onde estava sua corrente da coleira a peguei e volte, quando volto vejo o dog que me seguiu desesperado roçando a sua pata na porta me aproximei boladão, com maior medo dele me morder e quando cheguei bem perto ele se assustou e se afastou.

Foi quando eu também me assustei com o que vi... O cachorro esta expondo uma piroca descomunal mente grande, uma coisa aderradora que nunca tinha visto na vida nem em meus vídeos de Zoo que tenho em DVD já tinha visto aquilo, calculo eu que sua piroca tinha mais de 30cm muito grossa e com veias azuladas nas laterais. Falei comigo mesmo caralho este cachorro vai estuprar a branquinha, meu Tezão em ver aquele dog fudendo ela de camarote foi ao cume do Voyerismo Zoofilo.

Entrei no escritário e acorrentei branquinha ao pé de uma mesa gigante que tem vários objetos pesados em cima, pensei daqui ela não escapa, abri a porta do escritário, sentei me práximo e esperei que aquele dog gigante entra-se, o filho da puta chegava na porta e saia, muito desconfiado até que entrou, devagar se chegou e começou a lamber a buceta de branquinha, ela ficou ali para imável apenas recebendo as linguadas frenéticas do dog gigante, der repente seu falo começa a exibir um tubo de carne avermelhada que começa a endurecer e se tornar uma piroca gigante ele se axega por traz dela a monta e começa um movimento frenético de tentativa de penetração,amigos e amigas a esta hora meu pau já estava todo melado e nas minhas mãos, em uma deliciosa punheta fui me aproximando devagar a exitação do dog e vontade de penetrar branquinha foi esquecida pela minha presença. Me achegando devagar pude ver quando a cadela gemeu muito alto e presenciei aquele pauzão entrando numa cadelinha de buceta pequenina. Branquinha latia muito, provavelmente este deveria ser seu primeiro cio e de cara encarou um dog super dotado.(rsrsrs) Tadinha dela ela tentava sair mais estava atrelada a corrente,enquanto aquele dog gigante estava a deflorar aquela pequenina buceta canina,eu ali olhando tudo e tocando uma punheta maravilhosa pude contemplar aquela bucetinha engolindo uma verdadeira tora de carne em seu interior.O dog deu uns grunidos suas patas tremerar e acho que finalmente sua bola entrou em branquinha, ele saiu de cima dela e ficaram ali grudados de costas um para o outro. Meu pau a estas alturas estava tão duro quanto o do dog a diferença é que ele era o previlegiado em estar sentindo aquela delicia de bucetinha o agasalhando.

Não aguentei e inconsequentemente me aproximei de branquinha com cadeira,sentei bem na pontinha coloquei meu pau bem práximo de sua boca, meu nefta escorria pela cabeçorra avermelhada e melava-me bastante, deixei práximo de sua boca porem não coloquei para que ela o lambesse de imediato peguei a ponta de meu dedo e recolhi junto a cabeça de meu pau o Maximo de nefta possível e coloquei práximo a sua narina para que ela sentisse o meu cheiro ela imediatamente lambeu meu dedo, lambeu e lambeu, fui até meu pau e mais uma vez recolhi minha secreção lubrificadora que escorria pela cabeça e a coloquei a lamber, meio que em êxtase e tomado pelo tezão pensei foda-se quem ta na chuva é para se molhar.Cheguei a cadeira mais para frente e branquinha imediatamente começou a lamber-me. Nossa que delicia olhava para sua buceta dilatada com uma piroca enorme e sentia sua língua quente e áspera a me lamber por inteiro, da base do pau até a saída de minha uretra de onde escorria freneticamente meu néfta, as vezes branquinha lambia sá a cabeçorra inchada por varias vezes e der repente descia até a base.Foi quando notei que o dog contraia-se os quadris repetidamente, como espasmos e notei que meu amigo de foda(rsrsr) estava gozando varias vezes dentro de branquinha fui a loucura e colocando a mão em forma de conha gozei, gozei umas 4 a 5 golfadas de porra quente e viscosa como um creme e a cadela poi-se a lamber tudo, tudinho a cada vez que sua língua esbarrava na cabeça do meu pau era uma golfada de esperma que meu pau jorrava, ela lambeu tudinho deixando meu pau limpo e minhas mão também. Fiquei ali olhando meu amigo a se desprender de nossa cadelinha, já eram 04:12 da manhã quando o dog desacoplou de branquinha e saiu do escritário satisfeito lambendo o resto de porra que escorria da pica, a cadela deitou-se ao chão e levantando sua pata começou a lamber a porra e seus sumos misturados que escorriam pela sua buceta, olhei e pude ver o estrago que aquele cachorro causou uma dilatação na buceta de branquinha tão grande que daria para entrar um limão, olhei fixamente e dava para ver todo o seu interior com gomos aureculares vermelhos esponjosos e ao funo e nas laterais muito esperma canino misturado a uma pequena quantidade de sangue. Pensei porra se esta cadelinha aguentou aquela tora será fácil aguentar meu pau, já pensando em fude-La de imediato. Pensei bem e achei melhor não pois não tinha sequer uma camisinha ali comigo e não iria correr o risco de enfiar meu amigão naquela buceta já toda gozada.

A levei para fora e a soltei ela saiu meia que desfalecida,como se estivesse sido abusada, estuprada literalmente sem que nada ela pudesse fazer, minha amiguinha deitou-se práximo ao escritário e durmiu. Pela manhã quando fui embora já estava saindo as 06:00 da manhã quando já perto do portão aparece branquina balançando seu rabinho como uma bandeira, chega perto de mim e lambe meu pau por cima da calça, sai rápido com medo que alguém visse e fui para casa louco de tezão, esperando o práximo plantão na fabrica. Bem no outro plantão cheguei cedo e já fui totalmente preparado, na fabrica sá fico eu e duas meninas que são encarregadas da noite mais bel La dentro onde não tenho nenhum contato com elas a não ser por telefone.

Almocei e lá pelas 17:00hs peguei um sabão de coco que trouxe e shampo e comecei a dar banho em branquinha, queria minha cadela putinha bem limpa e cheirosa sem nenhum tipo de resíduo de outros machos. A lavei bastante esfreguei muito sua buceta com a mão bem ensaboada enfiava meu dedo dentro de sua buceta, branquinha apenas se submetia as minha caricias e bolinações, depois a enchaguei e sequei. Já fui direto para o escritário e lá comecei a acariciala e bolinar sua buceta, com medo de penetrar ela direto comecei a enfiar meu dedo em sua buceta bem devadar ela levantava seu rabo receptiva e ficava quietinha a medida que meu dedo se afundava e sua buceta sentia sua buceta a contrair se e dilatar se em meus dedo, fui enfiando e enfiando até meu dedo se afundar por inteiro dentro dela fiquei com o dedo ali para da imável dentro dela apenas para ver qual seria sua reação, branquinha continuava parada imável receptiva as minhas luxurias e desejos submissa a mim. Tirei um dedo e tentei enfiar dois dedos fui forçando e sua buceta começou a piscar muito der repente, ploftt!! Entrei com meus dois dedos dentro de branquinha, a estas horas meu pau já estava duro como pedra, abri a minha poxete e peguei um KY gel para untar meu pau, passei um pouco no meu dedo e untei sua bucetinha já completamente tomado pelo tezão me ajoelhei atrás e branquinha e comecei a pincelar meu pau melado na entrada de sua buceta, devagar fui forçando, forçando sua buceta era apertada de mais der repente a cabeça entrou ela se assustou e me estranhou, com medo tirei meu pau rápido temeroso que ela me mordesse, aos poucos devagar e a acariciando fui forçando meu pau novamente para dentro de branquinho, sá que agora como um cão faz bombando devagar fui sentindo meu pau entrar, a glande inchada entro por inteiro pude sentir ela inchando mais de tanto tezão dentro da cadela fui forçando, forçando até sentir meu pauzão por inteiro dentro dela ela continuava imável, porem suas patas tremiam e sua buceta mordia freneticamente meu pau, ela contraia violentamente sua buceta, podia sentir sua carne quente e esponjosa apertando toda a extensão de meu pau, comecei uma seção de vai e vem, puxava meu pau até a borda da glande e depois o enfiava até o talo, sentia meu saco a baltr abaixo da sua bucetinha, a cadela começou a grunir e seus espasmos musculares aumentaram violentamente, sua buceta pareça realmente me morder, me engolir cravei meu pau o Maximo possível e fiquei ali imável sentindo suas contrações pois sabia que eu iria a poucos segundos explodir em um GOZO descomunal, minhas pernas bambearam, meu coração disparou e senti como que em câmera lenta o meu semem quente e viscoso subir pela minha uretra e ser depositado dentro daquela bucetinha quente, melada e apertada.Como que num ritual branquinha deitou-se no chão e pois se a lamber toda a porra que escorria pelas sua buceta eu me levantei saciado, completamente satisfeito e olhei para minha cadela putinha com ar de cumplicidade e tezão ela apenas me olhava e se lambia,a soltei La fora e ela deitou se práximo a porta e ficou ali parada até dormir.



Amigos espero que tenham gostado de mais um relato Real e se alguma mulher tiver a tara de me ver fudendo sua cadela, ou tem uma cadela em casa mais não tem um macho para fude-La me add no MSN para falarmos sobre o assunto.



Beijo a todas as mulheres Zoofias do Brasil de seu Zooputão. By sexo virtual

Meu MSN.: [email protected]



Obs,: Sá add aqueles que me disserem aonde acharam meu MSN caso contrario eu não aceitarei seu pedido mensione que esta me add por ter lido contos de Zoofilia.

Espero que tenham gostado e o melhor gozado muito lendo meu relato...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


tirando as pregas do cu da joyceconto erotico casada trai com cunhado oContos erotico meu filho acariciou minha xoxotaContos eróticos estreiando á xaninhaas pamteras se fudeu rola crossa no cucontos erotico com loira e negaovoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos tio da vendinha tirou meu cabacinhocontos eroticos punheta no.onibuscontos eroticos metende devagar na buceta chupando os seios mordendo os bicis cavalgando gememdocom minha mãe nem desconfia que eu dou para o meu namorado negãoporno.ele namorou a cunhada ate que ele comeu o cu delavidio porno gay em hotéis ospede e garconcontos porno velhos e meninastransei com a cunhadadando desde pequeno contos eroticos gayscontos eroticos arrombando a gordaConto erotico revistando bundudaContos erotecos de estrupo dentro do baile funkContos eu nao sabia bate punhetaconto erotico brincando com a priminha de bonecacontos porno dei boa noite cinderela para meus pais e comi minha maeX.mobele munher perdeno virgidade com um home pistoludocontos de estupro pelo caseirocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordacontos de conchinha com a irmaAs 3 porquinhas do vizinho Contos eróticosContos eroticos teens gay no banho com meu paiconto eróticos c novinhaconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos er¨®tica lesbicosminha cunhada me suprendeu contoscomtos eroticosgarotasaí mano chega pra praia e faz sexo com irmãoMinha mulher adora reparar na piroca dos machoscontos eroticos supositorio na filhacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos Lebicas Tirei virgindade da minha irma com um cenouraColocou dentro contos eroticoscontos delícia de cacetao[email protected]adultas com seios e bundas fartas contos de incesto de maes treprando com filhosMe arrumei para meter com.outro e o corno sabendocontoseroticoscomcadelasconto minha mulher gostosa da academia trepa com os personais e amigo,smeteu no cu dela a força mas entrou parte1contos menage inesperadocontos erótico eu e minha loirinha e um negao de 32 parte 2Www.videos sexo selvagem com palmadas chineladas na buceta e na bundacomi uma uma egua novinha contoContos Eroticos Dando a Buceta Pro Meu Vizinho Brennocontos meterao o pau na boca da minha namoradaconto transando com pau grandeamigo tenta estrupar amigo bebadofotos de cus peludos e aregasados gayscontos noiva dando o rabo pro patraoconto erotico fui no pagode e comi um travesticonto erotici gay dano cu no dia da greves dos motoristo de onibus gay casadofudendo a boca da namorada/contos eróticospeguei minha sigra dormindo sem calcinha e meti a pica nelacontos do jegue arregaçando o cu sem quererContos eróticos /estrupandocontos eróticos:sendo chapadaa até gozar gostosotroca troca de homens adultos contoscontos eroticos a talaricavoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos namorada primocontos eroticos de casadas d rio grande do nortepornô grátis boa f***.com só contos sogra comendo genromulher passa muita margarina no proprio cuvirei amante de meu tio novinha contoscontos eróticos com baixinhadois viadinhos e uma mulher contos eroticos