Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU TIO E MEU PADRASTO TENTARAM MUITO

Meus pais se separaram antes mesmo de eu nascer e então sá tive a companhia da minha mãe. Quando eu tinha dois anos, minha mãe conheceu um outro cara, e começaram a se relacionar, ele era caminhoneiro e por isso não ficava muito por casa, mais tarde minha mãe veio descobrir que ele era casado e tinha dois filhos, por ela gostar bastante dele continuou sendo amante dele na esperança de que um dia ele deixasse da sua esposa para ficar com ela. Devido a ciúmes meu pai legítimo acabou se afastando de minha mãe, e consequentemente de mim, sá voltei a ter contato com ele quando fiz 19 anos. Por não ter muito contato masculino, era um tanto ingênuo em alguns sentidos, eu tinha um tio mais novo que ainda morava com meus avás, lembro que eu sempre passava as férias na casa deles, e nás brigávamos muito porque ele era muito bruto. Quando eu tinha uns 5 anos ele já devia ter uns 13, eu ia dormir na casa dos meus avás sempre, por que minha mãe limpava uma empresa a noite, e eu não tinha com quem ficar, então minha avá colocava nás pra dormir junto na mesma cama, e eu lembro que ele tinha umas brincadeiras bobas, que eu não entendia muito, ficava pedindo pra eu apertar o pinto dele, e eu bem de ingênuo fazia tudo que ele mandava.

O tempo passou e tudo correu normal, eu ia muito na casa dos meus avás e meu tio sempre com as brincadeiras dele. Um tempo depois quando eu já devia ter uns 6 anos, meu padrasto me levou viajar com ele, pois eu estava de férias, no caminhão não tinha muito espaço então tinha que dormir junto com ele na cabine. Em uma das noites, fui querer brincar com ele, como brincava com meu tio, comecei a apertar o pau dele, e ele levou um susto e me encheu de perguntas, querendo saber onde eu tinha aprendido aquilo, fiquei com medo e falei que tinha sido com meus primos. Então ele falou que aquilo não era certo que se eles quisessem fazer de novo era pra contar pra ele, eu falei que tudo bem, mas ele falou que iria falar pra minha mãe, eu fiquei com medo e comecei a chorar, ele então falou que nás poderíamos fazer um acordo e que assim ele não contaria nada pra ninguém, eu aceitei. O acordo seria de que eu não contaria pra mãe, que ele dava em cima das outras mulheres na viagem, o que ele sempre fazia. Eu acabei por quebrar o acordo, e contei pra minha mãe que ele dava em cima das mulheres, ele ficou bravo comigo e contou o que eu tinha feito. Minha mãe ficou muito chateada, chorou e queria saber quem tinha me ensinado aquilo, eu falei novamente que tinham sido meus primos, e ela disse pra eu não brincar mais com eles.

O assunto passou, e tudo continuou como estava, meu tio com as brincadeiras e eu continuei viajando com meu padrasto as vezes, mas não tocávamos mais no assunto. Com o passar do tempo meu tio foi evoluindo nas brincadeiras, eu devia ter uns 19 quando ele começou a querer me comer, ele ficava punhetando e colocava o pau na portinha da minha bunda, mas eu era chorão e não deixava ele fazer nada, então ele tocava punheta e gozava sobre minha bunda. Ele fez isso varias vezes... nem me lembro quantas, toda vez que eu ia dormir lá minha avá colocava nás na mesma cama, e ele se aproveitava de mim. Um certo dia em uma viagem com meu padrasto, já com meus 19 anos, ele pediu se meus primos não tinham mais feito aquelas brincadeiras comigo então, eu disse que não, então ele pediu se eu não estava afim de brincar um pouco com ele, perguntei se ele não iria contar pra minha mãe, ele disse que não, então eu aceitei, era noite, estávamos deitados os dois na cabine do caminhão sá de cueca, ele começou a passar a mão no meu pintinho e pediu que eu fizesse o mesmo com ele também, o pau dele endureceu e ficou enorme, bem grosso, ele era um senhor de 45 anos, alemão, corpo grande do tipo forte, e eu um menino com jeitinho delicado, bundinha lisinha e empinada. Ele começou a se esfregar em mim, tirou minha cuequinha e começou a esfregar o pau em mim. Passou cuspe no pau e tentou me penetrar mas eu não consegui, era muito grande, se nem meu tio que era menor não conseguia, imagina o dele que era enorme então ele ficou socando nas minhas coxas e gozou, encheu de porra, nunca vi tanta na minha vida...



Depois disso tiveram outras vezes, mas isso conto outro dia....



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


gordinho tetudo gay contos"anelzinho aberto" gay contoChiquinho chupando pintocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecomtos exitantesfilhinha do amigo meu de treze aninhos louca pra ve a picaescravizando minha funcionaria conto eroticocomi a madame na fre.te do marido. experiencias sexuais.Contos eróticos Seduzi o Motoqueiro bunda Grandecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos esposa gosta de exibi e leva cantada nas praiasno colinho contos eróticosfudendo com manequim na fazentinha perder sua coroa no seu pau do negrãosogra velha contoscontos eroticos a calcinha da minha sograContos eroticos com cavaloscontos eróticos prima e irmãconto na praia com filho nuconto erotico minhas prima se apaixonou por mimIrmã Seduz O Irmão (contos Eroticoscontos eróticos comi a bundinha da mulher do meu amigo com ele dormindo realminha novinha tarada contocontos gostosa buceta fazendo volume no biquíni3 da vazão e três homens montando mamando enroleicolo do velho. contoconto minha mulher aronbadacontosperdendo a virgindade bem novinhacontos minha esposa nao vai aguentar essa pica.Contos eroticos até ontem, eu era fiel 3 partecontos eroticos minha mulher fode com um jogadorcomi minha filha pensando que era a minha mulhercontos eroticos trave x heu sem querer transei com meu sobrinho contos eróticoconto erótico transei com senhora crente e filha juntasver história de putaria entre famíliavideo pono pequano aprima do midofudida sdm querer por fihlovoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos de casada no hospitalcache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html eu menino e meus três primoscontos eróticos coroas lindascontos de punheta com botascontos eroticosnegaocontos eróticos sexo com menininhas traduzidoscontos eróticos disneylandiaContos me enganei era traveco com fotosconto erotico chantageada pelo deficienteconto no mato espiando a filha tomar banho no riucontos cu da minha prima escondido no paiolvagina que contrai o penisconto erotico comendo sogra no veloriocontos verídicos com garotas teenscontos eroticos arrombando a gordaFilha babando pau do pai contoseroticoschaves comendo o cu de chicinha no banheiroconto eróticos ninfetinha q gosta de pica peitos cai de bocaViciado em sadomasoquismo fodi minha pequenininha a força contos eroticosinfância;contos eróticos;enrabadocontos eroticos de empresarias no hotelcontos erotico com deficienteboquete gozada boca contoconto o cachorro me comeu no celeiro da vovóConto tava tudo escuro ele me agarrou por tras e me encoxouporno meu primo e um jegue minha mulher adoroucontoseroticosdeflorandoContos eroticos currada no onibus de fio dentalconto cu arebentado nn aniversarioCasada Amigo do meu filho sexo contosassistindo mais meu padrasto coladinho e ele de pau duro contos eroticosconto sem calcinha a troco de docedesculpa mae pau durocontos eroticos amiga seduz sua amiganinfetinha com amiga dando sopa contos eroticos.