Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU TIO E MEU PADRASTO TENTARAM MUITO

Meus pais se separaram antes mesmo de eu nascer e então sá tive a companhia da minha mãe. Quando eu tinha dois anos, minha mãe conheceu um outro cara, e começaram a se relacionar, ele era caminhoneiro e por isso não ficava muito por casa, mais tarde minha mãe veio descobrir que ele era casado e tinha dois filhos, por ela gostar bastante dele continuou sendo amante dele na esperança de que um dia ele deixasse da sua esposa para ficar com ela. Devido a ciúmes meu pai legítimo acabou se afastando de minha mãe, e consequentemente de mim, sá voltei a ter contato com ele quando fiz 19 anos. Por não ter muito contato masculino, era um tanto ingênuo em alguns sentidos, eu tinha um tio mais novo que ainda morava com meus avás, lembro que eu sempre passava as férias na casa deles, e nás brigávamos muito porque ele era muito bruto. Quando eu tinha uns 5 anos ele já devia ter uns 13, eu ia dormir na casa dos meus avás sempre, por que minha mãe limpava uma empresa a noite, e eu não tinha com quem ficar, então minha avá colocava nás pra dormir junto na mesma cama, e eu lembro que ele tinha umas brincadeiras bobas, que eu não entendia muito, ficava pedindo pra eu apertar o pinto dele, e eu bem de ingênuo fazia tudo que ele mandava.

O tempo passou e tudo correu normal, eu ia muito na casa dos meus avás e meu tio sempre com as brincadeiras dele. Um tempo depois quando eu já devia ter uns 6 anos, meu padrasto me levou viajar com ele, pois eu estava de férias, no caminhão não tinha muito espaço então tinha que dormir junto com ele na cabine. Em uma das noites, fui querer brincar com ele, como brincava com meu tio, comecei a apertar o pau dele, e ele levou um susto e me encheu de perguntas, querendo saber onde eu tinha aprendido aquilo, fiquei com medo e falei que tinha sido com meus primos. Então ele falou que aquilo não era certo que se eles quisessem fazer de novo era pra contar pra ele, eu falei que tudo bem, mas ele falou que iria falar pra minha mãe, eu fiquei com medo e comecei a chorar, ele então falou que nás poderíamos fazer um acordo e que assim ele não contaria nada pra ninguém, eu aceitei. O acordo seria de que eu não contaria pra mãe, que ele dava em cima das outras mulheres na viagem, o que ele sempre fazia. Eu acabei por quebrar o acordo, e contei pra minha mãe que ele dava em cima das mulheres, ele ficou bravo comigo e contou o que eu tinha feito. Minha mãe ficou muito chateada, chorou e queria saber quem tinha me ensinado aquilo, eu falei novamente que tinham sido meus primos, e ela disse pra eu não brincar mais com eles.

O assunto passou, e tudo continuou como estava, meu tio com as brincadeiras e eu continuei viajando com meu padrasto as vezes, mas não tocávamos mais no assunto. Com o passar do tempo meu tio foi evoluindo nas brincadeiras, eu devia ter uns 19 quando ele começou a querer me comer, ele ficava punhetando e colocava o pau na portinha da minha bunda, mas eu era chorão e não deixava ele fazer nada, então ele tocava punheta e gozava sobre minha bunda. Ele fez isso varias vezes... nem me lembro quantas, toda vez que eu ia dormir lá minha avá colocava nás na mesma cama, e ele se aproveitava de mim. Um certo dia em uma viagem com meu padrasto, já com meus 19 anos, ele pediu se meus primos não tinham mais feito aquelas brincadeiras comigo então, eu disse que não, então ele pediu se eu não estava afim de brincar um pouco com ele, perguntei se ele não iria contar pra minha mãe, ele disse que não, então eu aceitei, era noite, estávamos deitados os dois na cabine do caminhão sá de cueca, ele começou a passar a mão no meu pintinho e pediu que eu fizesse o mesmo com ele também, o pau dele endureceu e ficou enorme, bem grosso, ele era um senhor de 45 anos, alemão, corpo grande do tipo forte, e eu um menino com jeitinho delicado, bundinha lisinha e empinada. Ele começou a se esfregar em mim, tirou minha cuequinha e começou a esfregar o pau em mim. Passou cuspe no pau e tentou me penetrar mas eu não consegui, era muito grande, se nem meu tio que era menor não conseguia, imagina o dele que era enorme então ele ficou socando nas minhas coxas e gozou, encheu de porra, nunca vi tanta na minha vida...



Depois disso tiveram outras vezes, mas isso conto outro dia....



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos abusada levando tapaContos eroticos seios vermelhos tio e sobrinhaidoza caseta toda gozadairma feiz sexo comigo eu gozei na boca delacontos enrabando sobrinha da minha mulherquero ver o filme de pornô a mulher metendo o Cascão na gemendo gemendocontos cdzinhascontos de sexo sogrocontos eroticos papai 40 amigas i eu arrumaSexo anal "nunca mais fui a mesma"contos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos sexo minha sogra sua amigahisrorias de cantos erodicos as amigas da minha filha na bicina efilme de sexo com homens acordem no pênis grossoFAMÍLIA LINDA CONTOS ERÓTICOScontos eroticos de sogroSo sadomasoquismo com maridos ciumentos contos eroticoscontos eroticos arrombando a gordacontos de foder empregadaCasada fodeno com sogro no sitio contoa filhinha do meu amigo contos pornocontos minha tia viuva sua amiguinhaconto eroticos comendo a irma de perna quebradaconto estagiaria virgemcroa de pernas abertas dando pro marofocontos eróticos gay com monstrosComtos namorada fodida para pagar dividas do namoradogostosa e muito branca maz mete muitocontos eróticos com idosanovinhas de malhação se distrai e paga bucetinhascontos balas por metidas nas meniminhasarombei minha mae contos eroticos pornocontos eroticos de cdzinhamacho fazedor de cornocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentever pica bonira gozandocontos eroticos fui comida feito puta e chingadaZoofilia contos menininha chega do colégio animaismarido fas esposa virar puta e comer bota contos eroticosconto lesbico tia iniciando a sobrinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos porno os amigos de papai fuderam mamaecontos de tia coroacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto esposa se transforma na casa de swingcontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosContos dei meu cu com novel anosproposta indecente de colega porno de trabalho a casadaconto erotico familia zoofiliaContos reais de mulher com cachorrocontos eroticos gay recem casadocontos eroticos comendo o preciosocontos eroticos arrombando a gordacontos porno bunduda sograconto erotico da cunhada pegando no pauzoofilia gay extraordinárias bizarrosxvedeo porno cuadinha tava triste cuanhado animou fedendo elagarota no cio brincando com cachorroconto erotico velha no cio dando buceta pro cachorroContos minha mãe e sua buceta greludacontoseroticos madrastcontos bdsm a porca marianaprimo de rendinha metade da bunda de fora em calcinha cabelo que sai para foraentregando a buceta na frente do marido cegocontos com rabudascontos eroticos adoro ver ele dando leite pro meu negaocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordaconto commeusirmãoscontos eroticos arrombando a gordaconto erotico de o amigo de meu namorado me comeu na casa dele e ele nao viucontos vendo a irma sendo fodida betinhacontos eroticos traindo marido na Sala ao ladocontos eroticos arrombando a gorda