Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ELA ENCARA QUALQUER COISA!!!

Ela encara qualquer coisa!!!



Como mencionei no relato “A Sadomasoquista”, vou contar sobre meu envolvimento com uma moça que vou chamar de Michele, por que com certeza ela não aprovaria o fato de eu estar contando este caso. Como já foi dito, eu trabalho com terapias alternativas, mas intercalo esta paixão com trabalhos fixos. Numa empresa que trabalhei conheci Michele, uma menina simpática, tímida, pra falar a verdade muito introvertida e carente devido a sua aparência. Ela não era feia, era loira, tinha olhos azuis, mas estava acima de seu peso ideal, pelo menos uns 20 quilos, mas mesmo sendo gordinha ela tinha formas, cintura mais fina, quadril mais largo, bunda proporcional aos seios, mas de qualquer forma era gorda. Isso mexia muito com sua auto-estima, mas desde criança sempre tratei as pessoas de acordo com seu caráter, e ela era uma boa pessoa. Mas não preciso dizer que pessoas assim sempre confundem tudo... você lhes dá atenção, às respeita, às trata bem, como elas merecem ser tratadas, e pronto, elas acham que você está apaixonado, e quer comer elas, ai elas se apaixonam e querem dar pra você!!! Voltando ao assunto, eu conhecia ela a pouco mais de 3 meses, eu estava falando com o fisioterapeuta da empresa, quando ela chegou, e parou pra ouvir a conversa, depois ela me perguntou se eu era fisioterapeuta também, eu disse que não, e expliquei com que eu trabalhava por fora. Ela me convidou pra ir a sua casa dizendo o seguinte: se você não for fazer nada domingo vai em casa pra gente almoçar, aí você me faz uma massagem nos pés, eu adoro massagens nos pés! Tudo bem me dá seu endereço, eu ligo pra confirmar, e ela disse que já estava confirmado. Domingão fui na casa da menina, uma casinha simples mas bem ajeitada, a família dela morava na capital, depois dos 21 ela declarou independência e exigiu do pai a casa que eles tinha numa cidade práxima, pois ela precisava crescer e ter seu práprio canto, a família não gostou muito mas acabou cedendo. Bom, chegando lá ela foi me receber no portão, imaginem uma gordinha de uns 80 e poucos quilos com um shortinho tipo Carla Perez, uma camisa surrada e sem gola, com um ombro inteiro pra fora, e sem sutiã. Eu comentei: você esta bem à vontade né!!! E ela respondeu: é assim que eu gosto de ficar em casa, entra aí. Aí eu lhes digo o oque encontrei de almoço, uma pizza meio 4 queijos, meio portuguesa, 3 litros de coca-cola, e sorvete pra sobremesa. Já tá explicado os 80 e poucos quilos... ela tinha separado alguns filmes pra gente assistir, crepúsculo, entre outras coisas do gênero. Depois de fazer a digestão, sentei no chão e comecei a massagear os pés dela, e nessa hora a pessoa faz tudo menos relaxar e curtir a massagem. Falávamos de tudo, da empresa, dos colegas, da infância, até que ela me perguntou: você me acha bonita? E eu disse que sim, que ela era uma moça muito bonita...e ela me perguntou: você teria uma relacionamento comigo? Ai eu olhei bem pra ela, e ela passou a mão na virilha, do quadril até o meio das pernas e voltou. Cara... nesse ponto entra aquela velha historia dos ditos populares, homem é bicho! Se o fulano sentir cheiro de buceta, e a mulher for comível, já era. E como eu disse ela era um moça bonita, sá era gordinha. Olhei bem pra ela e disse: você sabe que eu sou casado, isso não te incomoda? E ela disse que não, que gostou de mim desde a primeira vez que falou comigo. Comecei a massagear suas panturrilhas, subi pras coxas, e tirei seu short, e o que eu encontro? Não, não foi um pinto! Uma bucetinha toda depilada, rosinha, molhada, e se tem uma coisa que me dá tesão é uma buceta depilada por completo. Caí de boca na mulher, que se contorcia inteira, e subia o quadril na minha cara, de repente ela me puxou pro sofá e abriu minha calça e começou a chupar me pau como uma louca, eu pensei: pra uma menina tão reservada, ela tá se mostrando uma atriz de filme pornô. Aí meti uma camisinha e comecei a entubar a mulher, de 4, frango assado, de lado, de 4 de novo, e ela gemia, tremia inteira, eu virava ela e enfiava meu pau na boca dela, punha ela de 4 e começava mandar ver de novo... até gozar. Depois disso a gente tomou uma ducha ficamos conversando. Eu perguntei pra ela o que ela queria com isso tudo? Ela me respondeu: pode ficar tranquilo, eu não quero acabar com seu casamento, sá quero atenção, carinho e sexo, e você é uma pessoa discreta, tudo que eu preciso. Ela me chamou pra ver a coleção de filmes dela, tinha uns 20 filmes pornô, pelo menos 19 eram de sexo anal, o resto era hardcore. Ela me falou que o às vezes bate nela uma vontade de dar para um cara com um pau de uns 25cm, sá que com essas medidas o mais fácil de encontrar seria um negão, sá que ela não sente tesão nenhum por negros, muito pelo contrario. Então eu me viro com isso, disse ela e sacou um pinto de borracha, daqueles com ventosa e tudo. Meu amigo... o negocio devia ter uns 30cm, por 6,5 à 7cm de largura! Eu falei: Caralho!!! Isso cabe em você? Ela me disse que era sá passar KY, os 2 primeiros minutos incomodava um pouco mas depois ia que era uma beleza, sá que não tem comparação à estar de 4 e ter um par de mãos de homem segurando sua cintura enquanto te enraba com um pau de veradade. Eu perguntei se ela já tinha enfiado aquilo no cu. Ela respondeu um pouco indignada que no cu não cabia. Eu vi uma filmadora digital na estante dela e perguntei se funciova, ela disse que sim. Então eu disse: já que você gosta tanto de sacanagem, a gente podia fazer uns vídeos amadores e publicar em alguns sites, o que você acha? Ela gostou da idéia, mas ficou receosa de se expor na Internet. Então eu disse que era sá usar mascaras, o resto vocês já imaginam não é? O primeiro vídeo que nás fizemos era bem simples, começava com a cena de uma maquina de lavar roupas antiga, era dado um close numa das laterais, então era grudado nessa lateral o pinto 30cm com sua ventosa, um par de mãos femininas passava lubrificante no pinto de borracha, em seguida abria-se um pouco a imagem, que era vista lateralmente por cima, então uma bunda se aproximava do pinto, com uma das mão ela abria a bunda com a outra ela encaixava o pinto de borracha na buceta, era dado uma close na introdução do brinquedo na mulher, mostrando apenas do seu quadril pra baixo. Quando ela chegava na metade do consolo ela botava a máquina pra centrifugar. A máquina dava um soco de uns 10cm, então era como se a maquina estivesse fazendo sexo com ela, e de certa forma estava. Abria-se a imagem e pegava o corpo todo agora, a Michele estava totalmente pelada, mas usava um saquinho de pão na cabeça com uma carinha desenhada, pra esconder o rosto. Dávamos um close de cima pra ver a máquina fodendo ela, depois voltava pra imagem de corpo inteiro e escurecia a imagem. Esse vídeo ficou quase 1 ano no redtube. Nosso último vídeo já foi mais ousado, e bem produzido, mesmo para um vídeo amador... fizemos na chácara de um amigo meu que foi viajar e me pediu pra tomar contado lugar. O vídeo começava com a Michele entrando num quarto bem iluminado, ela estava com uma roupa sado, um espartilho de látex preto que deixando os seios à mostra por completo, sem calcinha com a buceta depilada, também totalmente à mostra, um par de botas de couro que ia acima dos joelhos, luvas de látex até o cotovelo, uma mascara de couro tipo de lutador de telecath, uma mordaça de bolinha, e por fim uma coleira presa numa corrente que eu segurava. Em seguida eu entrava logo atrás dela segurando a corrente, eu estava usando uma roupa de couro que eu tinha mandado fazer, era uma mistura da roupa do Pinhead do Hellraiser, com a do Edward mãos de tesoura com uma mascara que também tapava todo o rosto, e tinha dentes cromados de 5cm, bem pontiagudos. Ela subia na cama e arrebitava bunda, então eu começava a chicotear a bunda dela por ângulos diferentes, por uns 3 a 4 minutos, ai eu parava e ela sentava na cama e tirava a mordaça, então ela abria minha calça e começava a chupar meu pau, ficava nisso por um tempo, ai ela colocava uma camisinha em mim, e ficava de 4 novamente na beirada da cama. Nessa parte nás dávamos um zoom na bunda dela e começávamos uma cena de sexo anal com toda a fúria, a cena não durava muito pelo uso do preservativo e de pouco lubrificante, assim que eu gozava ela sentava na cama outra vez e com todo cuidado ela tirava a camisinha e engolia toda porra que tinha dentro, depois ela começava a chupar meu pau outra vez até limpar toda a porra, então ela colocava outra camisinha em mim. Nisso eu pegava uma capa peniana que media em torno de uns 23 cm por 7 cm, sem exagero, enquanto eu colocava a capa ela colocava a mordaça em si mesma. Ela subia de novo na beirada da cama e ficava de 4, eu encaixava a capa na buceta dela, nisso era dado um zoom da coisa entrando, depois eu começava à foder ela come se quisesse mata-la, e acreditem era assim que ela pedia pra eu fazer quando usava esta capa! Ficávamos um tempo nisso até ela gozar umas 3 vezes, depois eu saia de cena, a imagem era focada sá nela, então ela deitava na cama e começava à por um preservativo feminino, sim daquele que é do tamanho de uma logneck e tem a largura de uma garrafa de cerveja de 600ml, depois de por o preservativo ela ficava de 4 bem no meio da cama, então eu aparecia sá pra dar uma borrifada na bunda dela com um spray que falsificava o cheiro de cadela no cio. Nem precisa dizer o que acontecia depois né? Eu soltava o cachorro do meu amigo, um rottweiler que devia ter 1,70m em pé, e pesava mais de 90 quilos, o bicho era um monstro, o nome dele era cyborg, mais depois o meu amigo passou a chamar ele de leather, de leatherface, do massacre da serra elétrica . O bicho veio louco pra dentro do quarto. Começou a cheirar o ar, e quando ele percebeu que o cheiro vinha da Michele ele subiu na cama deu uma cheirada rápida no rabo dela e pulou em cima.

A Michele tinha enchido a camisinha com KY pra facilitar a penetração, mas numa boa, do jeito que o cachorro tava doido, com ou sem KY ele ia penetrar ela, fiquei com um pouco de pena dela, porque sem brincadeira o pau do cachorro era maior do que a capa peniana, e o leather chegou arrebentando. Na primeira entubada que ele deu nela, ela soltou um grito que chegou a assutar. Tivemos que editar o vídeo nessa parte porque eu perguntei se ela queria que eu tirasse o cachorro de cima dela, mais ela gritou que não. Então sai de perto e pensei comigo: Bom proveito!!! E fique filmando a transa por ângulos estratégicos. E quando ele saia de cima eu jogava mais spray na bunda dela. Quando eu alôprei joguei o spray direto no fucinho dele. Aí sim o bicho ficou louco, parecia que o cachorro tava elétrico, coitada da Michele, o cachorro deu umas 19 dela! Quando o cachorro cansou eu coloquei ele no quintal. Enquanto isso a Michele se recuperava. Voltei pra concluir o vídeo, a Michele de 4 tirava da buceta o que sobrou do preservativo, porque o leather literalmente o destruiu. Ela pegava uma taça e colocava embaixo da buceta e fazia um pouco de força pra despejar o que era uma mistura de lubrificante vaginal, KY e porra de cachorro, e a ela echeu quase 3 dedos na taça. Então ela sentava e jogava aquilo nos peitos, depois ela descia pro chão, e ia engatinhando pro banheiro, sentava no canto do Box e se extasiava enquanto eu lhe proporcionava um golden shower, depois fechávamos o vídeo com ela de 4 e eu chicoteando a bunda dela. Este vídeo ficou 3 meses no redtube e no pornôtube, até que alguém denunciou a cena de zoofilia. Por enquanto isso é o que eu tenho a contar sobre a Michele, mas eu ainda me encontro com ela pelo menos 2 vezes no mês, assim que tiver algo de interessante volto a postar em meus relatos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos betinha vendo irma fodendohomen dotado arronba cu rapaz de programacontos eroticos eu minha esposaporno doido sumindo um emorme prinquedo na pusetacontos eroticos traindo marido na Sala ao ladoa namorada do meu enteado com minha.esposa e eu contoContos eróticos e rosecontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosConto loira 20 aninhos casada e amigo de maridãocontos de coroas casadas comendo as e amigas com pinto de borrchas cinta lesbicasComtosrelatosreaisduas mulher chupando a b***** no Jordão baixo fazendo sexoconto erotico maecontos erotico comi o hetero parte 19conto erotico incesto sonifero filhacontos titia do cuzinho gostosodepilei minha filha e chupei a xota contosele arreganhava minha bucetacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentebobadinho condo o priminho gaycontos eróticos;abusaram dd mim na festa da faculdadeContos eronticos vendo novela tietacontos sem pudor com a menininhaminha piroquinha dura no cu do molequecontos heroticos meu amigo hetero dormi e eu aproveito quando ele ver mim bate e depois mim comeucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteitaliana trepando italiana trígono novinha n****** italiana novinha trepandoconto erótico a coroa tem um bucetao que deixa marca no shortinhoVanessinha criando pelo na xaninhacontos de coroa com novinhocontos eróticos com marido tratado me estupandogarota da buceta grande cetado nado negãoContos eróticos liberando a esposaMostre minha rola cabeçuda para o cone e falei que ia comer sua mulher quando eróticossou uma coroa e sem querer dei po borracheiro contos eroticosporno filadaputa faz devagar o teu pau é muito grande chantageei e comi a secretariacontos eroticos minha sogra quis edominador pé gostosocontos eroticos velha assanhadacontos eroticosAdoro leitinho na bucetaconto erotico casada comdp e fotoPorno conto a sindica olhando minha picacom minha filhinha novinha contos eróticoscontos erotico defrorado pelo irmão mas velhocontos esposa me amordaçou contos sexo meu marido rebolou na pistolaContos euroticos amiguimha novinha da minha filha.cu gulosoviajei e transei no onibus marido corno assumidocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos erotico cuzinho d m cunhadinha eu estava louco pra chupar atravesticonto sogra nudistamarido falou p esposa nahora da transa q dar o cu era bomcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemamilo vazando contoscontos eróticos com idosacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos bv e virgindadeConto gay com cantoRelatos eróticos novinhasContos eroticos padrasto.. Febrecontos eroticos deixando aparecer a calcinha em casa provocandocorno participou contocontos eroticos gay meu vizinho negro de dezesseis anos me enrabou quando eu tinha oito anosSexo vagina primeiro amor contohumilhada contos eroticosO que e aclauzacontos eróticos falando de orgia em faculdade de juazeiro do Norte encaixei o cacete do amigo de meu marido q tava ao lado e nem percebeu contosconto com sete anos dei gostoso pro meu tio caralhudoContos eróticos picantes pecados na igreja com padresconto erotico trasnformei minha mulher minha escrava sexoalcontos picantes de lambida na chanacasa dos contos eroticos o cadeirantecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente