Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU NAMORO COM XUXA A CACHORRA DE MEU MELHOR AMIGO

Meu namoro com Xuxa a cachorra de meu melhor amigo



Certo dia estava na casa de meu amigo conhecido por Paulo desde infância conheço Paulo somos bons amigos de traquinagem e muitas bagunças, sá que Paulo tem uma bela cadela da raça malamute do Alaska chamada de xuxa uma bela cadela de porte grande bem tesuda mesmo.



Xuxa tinha uns dois anos nunca tinha transado com nenhum cão na sua vida, pois sua xana era zero bala ate eu a conhecer, depois que conheci Xuxa pela primeira vez me encantei por sua xana bem linda uma delicia de xana.



Eu fiquei super excitado com ela sempre desejando ser seu amante, foi quando Paulo me falou que Xuxa estava no cio e não tinha um par igual a ela então ela não poderia cruzar com outra raça ate encontrar um cão de sua raça, com as palavras cio eu fiquei mais interessado em Xuxa, todo dia estava lá brincando com ela, ate mesmo passando a mão em sua imensa xana que me deixava louco de excitação mesmo.



Quando Paulo dava uma saída eu enfiava meu dedo dentro de sua vagina ate o fim eu percebia que Xuxa adorava ate me lambia todo de alegria ficava toda excitada de vontade, tinha hora que ela se virava para mim querendo que eu a cobrisse feito um cão, isso que me deixava mais afim dela mesmo, sentir seu sexo e sua tara por mim.



Durante dias eu sempre alargava a xana de Xuxa com meus dedos ela já estava entrando dois dedos livres sem precisar de força e bom que Xuxa ficava toda livre para eu fazer mais coisas com ela, aproveitei um momento que Paulo me pediu para tomar conta de sua casa que ia ter que dar uma saída rápida e não podia deixar a casa sem ninguém foi quando olhei para aquela cadelona super apetitosa louca por mim, não teve outra aceitei na hora.



Mal paulo deu a volta no quarteirão eu fechei o portão e fui brincar com xuxa do jeito que eu queria a muito tempo, tirei meu sorte e deixei ela cheirar meu pau que estava latejando de vontade de penetrar aquela xana dos sonhos, foi quando comecei a masturbar xuxa como antes fazia ela logo ficou toda atirada na safadeza querendo que cobrisse ela foi quando dei inicio a penetrá-la meu pau estava entrando forçado xuxa queria que enfiasse todo em sua xana eu louco de vontade e teria de aproveitar o tempo extra.



Foi quando lembrei de usar alguma coisa lisa para ajudar na entrada, fui na cozinha procurei tudo que não deixasse vestígio ou marcas em sua xana foi quando de frente encontrei um pote de margarina quase sem nada com um pouco pensei logo.



_Por que não usar um pouco para entrar?



Fiquei pensando alto do outro lado.



_Será que vai ficar marcas ou melada demais?



Bom seja que acontecer vai ser assim mesmo!



Então passei um pouco de margarina sobre sua xana deixando toda melada passei ate nas beiras de sua xana e outro pouco no meu pau na cabeça deixando bem melado, notei que era gelado foi quando dei inicio a penetrar xuxa, quando consegui enfiar a cabeça de meu pau em sua xana ela logo foi alargando-se aos poucos com ajuda da margarina e também das dedadas que eu tinha feito sobre ela.



Xuxa logo se deixou toda foi quando com uma posição boa eu consegui penetrar ela ate o fim percebi que tinha rompido sua virgindade que ela deu um chiadinho bem baixinho e depois se deixou para eu bombear ela do meu jeito.



Fiquei dando bombeadas firmes e seguras que xuxa gemia de prazer a cada penetrada que eu dava em sua xana quente latejante com meu pau dentro eu sentia cada aperto que ela dava sobre meu pau todo instante, eu estava louco de excitação não parava de foder ela era meu troféu de muitos dias de desejos não queria perder um segundo se quer cada penetrada que eu dava em sua xana eu sentia uma imensa alegria.



Como se meus sonhos tivesse se realizado, xuxa ficava paradinha recebendo meus amassos de prazer sobre ela, coisa que sonhei muito mesmo sentir sua xana e eu penetrando ela, perdi a noção do tempo que bombeava aquela cadela dos sonhos sentia ela gemer de prazer ela se cortocia toda se espremia toda apertando meu pau eu ate pensava que ela queria quebrar ele ao meio e deixar dentro de sua xana como um brinde, sentia cada emoção de satisfação que xuxa estava tendo por nunca ter sido penetrada por nenhum cão eu era seu primeiro amante a quem ela tinha se deixado por ser possuída, xuxa ficou tão excitada que eu não aguentei e gozei dentro de sua imensa xana que começou a escorrer minha gala pelas suas coxas peludas.



Xuxa com um ato de amor e carinho começou a lamber tudo que escorria de sua xana sempre com carinho e me olhando abanando sua calda que parecia uma bandeira de tão fofa que era, depois ela se virou e começou a lamber meu pau que estava todo melado de gala com seu cheiro vaginal, ela lambeu como uma loba voraz de por sexo cada lambida ela ficava contente ate deixar totalmente limpo sem nada, as gotas que caíram no chão ela limpou tudo sem deixar vestígio de nada foi quando me vesti e poucos minutos chegou paulo da rua.



Ele nem desconfiou de nada, pois a xana de xuxa estava do jeito que ela entrou como se nada tivesse acontecido, ela deitada no chão se lambendo toda como sempre e sua xana bem limpinha, as vezes ela olhava para mim e abanava sua calda bandeira talvez me agradecendo por uma transa que ela a tempos esperava a fazer.



Depois deste dia xuxa não quis mais se mostrar no cio, pois ela tinha sido penetrada ate sua virgindade ser rompida ela agora era uma bela cadela completa, o bom que eu comecei a dar voltas com ela na rua, que paulo meu amigo sem tempo para passear com ela me pediu em consideração a nossa amizade para eu dar caminhadas com ela.



Sá que mal ele sabia que as andadas que eu dava com xuxa era na xana dela, eu levava ela para minha casa e lá eu ao lado de xuxa fazia sexo todo tempo sem parar coisa que eu pensava que era muito raro agora estava sendo meus sonhos realizados, tendo xuxa uma bela cadela da raça malamute do Alaska bem linda sendo minha amante quase todos os dias.



Xuxa agora parou de entrar no cio por causa de nossa relação sua xana esta sempre ativa para meu pau, eu sempre fodo ela com frequência então neste caso ela nunca mais vai querer outro cão a não ser se aparecer um da mesma raça dela, sá que ele não vai achar mais uma xana virgem como paulo pensa que ela ainda é.



Então vou namorando xuxa a cadela de meu melhor amigo assim ela nunca vai sofrer por falta de sexo e prazer, quem tem uma cadela e não curte ela ao sabe que estar perdendo é uma boa amante mesmo basta ter carinho e muita tesão por que uma xana canina não tem limites para ser penetrada basta ter vontade e muita bombeada na xana delas que são boas amantes mesmo no quintal ate em cima duma cama, sempre estão prontas para tudo que der e vinher na área de sexo e prazer.



Bom amigos depois conto mais sobre xuxa vou me despedindo agora que tenho um compromisso com minha namorada canina não vou falar o nome por que vocês já sabem quem é minha namorada até a práxima aventura ok.



Fim

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto minha esposa nudista em familiaconto erotico irma estrupada pelos pedreiroscontos eroticos marido mandando mulher saracontos erotlcos pegando a empregada junto da mamaegay "macho vagabunda" contocontos dp.na mendigacontos eroticos da minha tia amadorascasado chupa travesti contoconto erotico casada viu menino de pau durocontos de surubas inesperadasNo colinho do titio porno onlineporra minha secretária tem a bunda deliciacomendo 5 casadas na festa de confraternizacai casa dos contoscontos velho paga sexo com meninasconto gay na ducha da nataçãocontos eronticos tia brincando com sobrinhocontos eroticos curiosacontos eroticos 9aninhos lesbicacontos bunda cu bebadafui transformado em menina contos pornoxxx bunda grandeconto em familiacontos eroticos babá lesbicocontos er gozando na boquinhaConto tia a massageava o paucontos er arrombandovoyeur de esposa conto eroticoquero o pauzão dele no meu cu amor agora fica olhando contoscontos erotico enganada mae e filhaconto erótico viadinho usa shortinho de lycra e calcinhacontos eroticos suruba na represa com amigoscontos completos quentes esfregando so pra judiar pedindo masmorte porno gosando comcontos de coroa com novinhoinseseto commforcacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotico de casada que foi arregaçada bebadafui transformado em menina contos pornocontos putinha do papai de nascençacocando a xerecona cabeludona por baixo da saia sem calcinhascontos er passando em casacontos eróticos devemos dividir o mesmo quarto com um casal de amigocontos eroticos esposas no swingconto praia de nudismo com a esposa continuaComtos mulher fodida pelo marido e o filhocontos cunhada com dorcontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãovidios novinhas dos mamilps diros pontudoso velho tarado me comeu contominha sogra deu o cu para o cachorro contodando pro vizinho maconheiro conto gayfragrância zoofilia caseiro contos de punheta com botasContos eróticos menininha putinha com rostinho de anjocontos eroticos com vovôscontos com fotos tia e sobrinho baixinho realfumei maconha e entrei na rola contoscontos eroticos comendo o bucetao cabeludocache:AQRime9uCcEJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria_9_5_zoofilia.html Contos eroticos empregada humilha a patroaComtos mae e filha fodidas pelos amigos do paicorno gemendo cu contobai jo meu primo e ele me comeugarotinhas da bunda grandegrelo xoxotudameu namo puchou meus cabelos e deu vários beijos em mim o que significa isso?contos cagou pauContos eroticos de mulheres sendo abolinadas no onibus lotadoscontos eroticos o cuzao da mamaeCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESconto erótico meu sogro bem dotadocontoseroticosdeflorandotravesti pito duro gozanoconto com teens fudrndo as duas sobrinhas de dez e doze anos