Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PEDRO E AS GALINHAS

O que vou relatar sao momentos verdadeiros acontecidos comigo.

Eu sempre fui uma menina muito sapeca e curiosa, ficava acordada escutando meus pais tranzarem,

prestava atençao na minha tia que morava com agente, quando ela namorava la na área de casa.

Isso ja me fazia sentir tezão, desde muito novinha, com 9 anos.





Quando eu fiquei mocinha, com 19 anos eu gostava muito de um vizinho, mas ele nao gostava de mim.

Entao eu sofria muito,ele tinha 19 anos e o pai dele vendia galinhas.

Eu curiosa demais um dia perto do muro ouvindo os barulhos das galinhas agitadas, subi nuns tijolos e fui ver que acontecia.

voces nem imaginam, eu vi pedro com uma galinha na mao, e ele colocou a galinha encima de um banco.

Ele olhava atentamente o cú da galinha piscando enquanto ele tirava o pauzão dele e guspia na cabeça e ficava masturbando, eu nem acreditava na cena, se eu tivesse uma camera naquela época eu filmaria.

Entao os pés dela estava amarrados juntos, ele a colocou de pé e mirando atentamente foi introduzindo a cabeça do pau bem no cuzinho dela. Ela esperneava, e ele sá com a cabecona dentro ficava ali, deixando ela piscar com o cú na cabeçola dele e ele delirava com isso, ele fechava os olhos e o suor do seu rosto escorria pela barriga dele, e ela toda agitada coitada, e ele colocando um pouco mais, ela esticava o pescoço pra frente e ele tirava, e colocava a cabeça outra vez. assim ele fazia durante alguns minutos, e ela agitada. ele tirava e deixava ela acalmar, e guspia novamente no pauzão, e ele entroduzia outra vez, nao sei como ele aguentava, ele a segurava alí naquele ponto, o cú dela espremia a cabeça do pau, ele delirava, mas alguns minutos passavam e ele no delirio e a galinha no desespero, ele ficava com leves vai e vem, mas ele foi ficando suado e olhou pra ela, e derrepente ele enfia tudo, a galinha estica o pescoço e ele começa um vai vem e solta um sussurro ofegante, ele goza e geme e dá grunidos e fecha os olhos ate matar a galinha destripada, ela cai a cabeça por que estava morta. Ai ele tirou o pau ensanguentado e com merdas da galinha e com clara de ovos e esperma misturado, eu estava exitadinha, mas me embrulhou o estomagoao ver aquela cena,nao estava acostumada com isso. e sempre que eu escutava a agitaçao do galinheiro, eu subia no muro sá pra ver aquela cena,e eu me masturbava como uma louca,varias vezes no dia,lembrando das cenas que nao esqueço nunca. que me exita até hoje a forma como ele se deliciava com as galinhas...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto vontade de treparcontos de corno com pedreiros negros hiper dotados e jumentoscontos meterao o pau na boca da minha namoradacontos eróticos de dominação com a mãe do amigocontos casada traindo maridoprimo de rendinha metade da bunda de fora em calcinha cabelo que sai para forafiz sexo com meu padrasto contosContos eroticos peguei meu pai com uma novinhacontos.virei travesti pela drogaLora dismaiando no cu no anal em tres minutoscasa dos contos marido pede para esposa por uma sainha bem curta e.provocanamorado domado contos eróticoscontos eroticos solteira vendidacomi meu primo a força contomaravilha conto heteroconto mae gostosa de biquineContos eroticos mulher cazada carente tevi ki da pru vizinho de pika muito grande marido descubriu tia fogozacontos eroticos a coroa e o roludo 28 cmcontos eroticos droguei minha priminha ninfeta e comiminha filinha bricando minha pica contos eroticostrai meu marido e ele arrombou meu cuvidio pono mae e filha dero o cu para dotadocontos eroticos de casal com mulheramo mamar peitinhos contos eroticoscontos reais com fotos porno o rabao da minha tiacontos de dotadosdesde novinha sempre quis ser putinha mas com meu tio foi de maisMinha irma tarada contocontos eroticos o dia que o pasteleiro mim comeuvagabundinhas no seu primeiro poeno anal delatacao analcontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos meu vizinho me bulinava gayrelatos eroticos romanticorelatos eroticos minha sobrinha JoanaEu olhava a bucetinha de melina e ficava louconao era pra gozar maninho to gravida conto eroticoMinha namorada ela mandou minha cunhada abri bem suas pernas ela disse pra eu tirar o cabaço da buceta da minha cunhada conto eroticoconto esposa caralhudoconto erotico da mulher de nome cris que gosta de varios cacetes e fez festa pra comemorar o casamentoCadê acabou comendo cunhado cadê aquela vezsaliva contos eroticosConto erotico, tenho.50 anos e transei com minha vizinha casada de 60 anosContos eroticos- meu pai me xingando no sexoestiquei os peitos da gostosa contosConto estupro sogro e noraconto comeu a namorada e a sograVe foto de bucta d esposa galadinhacontos eroticos na marraConto erotico zoofilia o menino e a porcaComi minhas primas novinha e safadinha contosou crente eu e ninha esposa e tenho uma fetiche de tansar transar com outro homemcontos eróticos lesbicas dominando esposas heterocontos de sexo com novinhas trepando com advogadoscontos treinador gay da escolinhacontos eróticos CCBrelatos e contos de mulheres traindo em trilhascontos mulher da p o sobrinho do pau grande e marido vecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto esposa ajudou dar banho no bebadoconto etotico dopei e comi o cu da minha sogra sem ela saberMulher quadril fino buçeta arreganhada contos heroticos meu amigo hetero dormi e eu aproveito quando ele ver mim bate e depois mim comeucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos meu amigo e minha mãemeus primos revesaram se pra me comer contos eroticospono vitgen nãoa aguentiu epediu p paramgordinho cagando na vara conto eroticoscontos porno ajudou marido comer sograPorno pesado gordao arromba magrinha pono doidocontos de coroa com novinhofotos cim zoom so de cacetes duros melado de porraConto mandonaboafoda foi dormi com colega tomo ferocorno agradando os outros com a esposa conto