Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ASSALTO INESQUECÍVEL

Meu nome é Paty,vou me descrever detalhadamente para vocês.Tenho 24 anos,1,60m,53 kg,cabelos castanhos claros compridos encaracolados,seios grandes com biquinhos cor de rosa,coxas grossas e tornozelos grossos,minha xoxotinha é bem gordinha, rosada e fechadinha, com pelinhos bem aparadinhos.e o que passo a contar aconteceu quando eu tinha 19 anos e quando por obra do acaso fiquei sozinha na casa de praia dos meus pais,coloquei um biquíni e fui até a praia,distante 1 km da casa.Fiquei por lá tomando sol até mais ou menos uma da tarde,retornei até a casa, tomei uma ducha de água doce,deitei na espreguiçadeira e adormeci.Acordei quando a casa foi invadida por três assaltantes,um deles me tapou a boca com a mão e me levou para dentro da casa enquanto os outros dois trancavam as janelas e portas e recolhiam as poucas coisas de valos que havia lá.O que me segurava dizia para os outros que a coisa mais valiosa que eles poderiam pegar era eu,soltando a parte de cima do meu biquíni e me deixando com os seios nus.”Olha sá os peitões dessa vadia” hoje vamos trepar gostoso.Dizia um deles.Tentei lutar mas acabei levando um tapa no rosto que me deixou tonta,eles me arrancaram a parte de baixo do biquíni me deixando nuazinha e enquanto íamos da sala para o quarto eles me tocavam na xoxotinha, não sei dizer por que mas o toque no meu clitáris me deixou molhadinha e eles perceberam isso.”A galinha ta com a boceta molhadinha,ta gostando né sua putinha branquela.Me deitaram e me amarraram pelas mãos na cama, nua,abriram minhas coxas grossas e deixaram minha xoxota gordinha e com os pelos bem aparadinhos exposta,eu implorava que me deixassem e dizia que era virgem,mas isso sá deixava-os com mais tesão um deles tomou a frente e começou a chupar minha xoxota,comecei a ficar ensopada e o que me chupava dizia para os outros:”A putinha ta no cio,tá escorrendo melado pela boceta dela”.Conforme ele disse isso eu fiquei morrendo de vergonha,me senti humilhada,pois sentia que meu corpo estava me traindo.Um outro assaltante pôs seu pau na minha boca e disse "chupa ou morre"comecei a chupa-lo,imaginei um sorvete e chupei com vontade e ele dizia que eu era uma putinha safada que eu iria ver o que era pau de verdade.O que me chupava começou pincelar a cabeça do pau na entrada da minha xoxota,enquanto os outros dois abriam minhas pernas bem abertas me segurando pelos tornozelos.Ele apertava a rola contra meu clitáris enquanto dizia:”Pede pra eu meter senão te arrebento a cara”.Eu obedeci e pedi.ele abriu os lábios da minha xaninha com uma das mãos e começou a meter seu pau em mim,me desvirginando,senti a rola grande e grossa estourar meu cabaço e tocar meu útero,ele começou a meter e tirar de dentro de mim, num vai e vem que foi ficando cada vez mais vigoroso,ele metia na minha xoxota, chupava meus seios,pescoço e me beijava na boca,confesso que estava começando a gostar.Algo estranho aconteceu comigo,pois eu comecei a rebolar enquanto a dor e o medo davam espaço para o prazer.ele gozou dentro de mim, senti o esperma jorrando e depois escorrendo da xoxotinha para o cuzinho. Eles me desamarraram e os outros dois transaram comigo,eu de quatro,levando na xoxota e chupando um pau,gozaram na minha boca e me ameaçavam :”Engole a porra sua puta,senão vai morrer”,e eu engoli,com nojo mas engoli tudo e na minha xoxota.Falavam que eu iria engravidar deles : “ Goza na boceta dessa vaca,que a branquinha vai ter um filho neguinho”Enquanto eles me estupravam faziam questão de me humilhar,mandavam eu rebolar,metiam na minha xoxota e me davam fortes tapas na bunda e diziam:”Rebola vagabunda,rebola gostoso na minha pica preta” e me puxava pelos cabelos como se eles fossem rédeas.Um deles se deitou na cama e mandou eu sentar no seu pau,obedeci e vi aquela tora negra desaparecer na minha xoxotinha carnuda já bastante vermelha pelo castigo a que foi imposta.Comecei a cavalgar no cacete, meus seios grandes de bicos cor-de-rosa realçados pelas marcas do meu bronzeado balançavam violentamente,ele me chupava os seios e me batia no rosto me chamando de puta ordinária,me puxou pelos braços fazendo com que eu me deitasse no seu peito,de modo que minha bundinha ficasse exposta.Um deles se postou na minha frente oferecendo o pau para eu chupar,no que atendi prontamente.O terceiro homem começou a tocar meu cuzinho com os dedos, lambuzou meu cuzinho penetrou com um de do e dizia:”vou arregaçar o cú dessa vagabunda,vou te foder sua puta arrombada.eu estava segura pelos outros dois assaltantes com um pau na garganta e com outro pau na xoxota,sá senti ele pincelando a rola no meu cuzinho.Ele começou a penetra-lo.Apesar da dor,nem tentei resistir,senti as pregas arrebentarem uma a uma e a sensação de ser partida ao meio.Eu me sentia a puta mais depravada do mundo,sendo currada por três negrões,com,um cacete no cú,um na boceta e chupando um terceiro. O que me comia a bunda gritava que eu era puta,que eu tinha que levar pinto,etc...Eles gozaram nos meus três buracos,engoli porra e gozei como uma vaca,sendo xingada de puta,cadela,vadia e qualquer outro adjetivo que se possa usar para ofender uma garota.Eu lourinha,branquinha,filhinha de papai fui comida por três crioulos e adorei,quando eles foram embora pude ver o estrago que eles fizeram,vertia porra do meu cú e da minha boceta.Com muito custo consegui me levantar da cama,meu corpo doía inteiro,escorria esperma da minha xoxota para minhas coxas.O sangue e a porra grudados nos meus pêlos pubianos revelavam o defloramento,me olhei no espelho,estava descabelada,toda marcada de chupões,com porra seca grudada nos cabelos,minha boca era sá gosto de esperma,eu fedia a esperma,minha xoxota estava enorme de tão inchada e bem vermelha de tão machucada,meu cuzinho ardia,sentei no boxe do banheiro e chorei,não por ser estuprada somente,mas por ser estuprada e ter sentido prazer,me sentia nojenta,chorei bastante.Lavar o cú e a xoxota foi um sacrifício.Fiquei por vários dias mancando e sem poder sentar direito,tive que dizer que havia levado um tombo.Não contei isso a ninguém,mas até hoje me masturbo lembrando das cenas.Quem tiver coisas parecidas para contar me escreva .Beijos da Paty



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos gays chantagem no quartelxanimhacontos eroticos apostei com minha tia ela pedeu comi o cu delacontos eroticos fui fodida feito vadia e chingada de puta pelo meu primoconto meu cao socou tudo no meu cuconto ertico eu dormir e um cara pazudo rsgou o cuzinho vigen da minha esposa a força cem ela quereconto erótico rasgada pela turmaminha irma casada contoscontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos de traição de casadas testemunhas de Jeováconto transando com pau grandecontos eroticosna'cama'com''maecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentexvideos irmã de chortionho no sofa de perna abertapaguei minhas conta com a buceta levei vara sem do contos eroticosOs travestis qui São quaz mulhercontos eroticos zoofilia cadelaenfia na minha bundinhamulheres com biquinis bem atolado na bumda fotosarragassa a buceta no 69 e mete a boca a linguacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos bebe safadaconto erotico mulher fodendo com varios vizinhosconto esposa caralhudovideo de porno o cara foi concerta o icanamento e comel elacontos de corno surpresa e flagra na minha esposaContos-esporrei na comida da cegacache:fvTAICqerA8J:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_20666_aconteceu-comigo..html cantos eroticos SOU casada mais dei meu cuzaocontos sexo com a sobrinha dopadao pito da minha sobrinha e o cu da cunhada contosConto comi a mãe da minha namoradagozei nas coxas da filha contosvi meu afilhado peladoporno chupei o peito e bucheta da minha cunhada ate ela cederleitinho no copo. contosContos eróticos de viados que apanharam para aguentarem as jebascontos de aluciando pela buceta peluda da maeassistir vídeo pornô travesti da rola Gabs cabeça de graçamulher se esfregandono travesseiro contocontos zoo velha carentebai jo meu primo e ele me comeuso masoquismo contos eroticos so com pais safados e filhas escravascontos de coroa com novinhocontos eróticos curiosidade novinhaconto erotico me inseminafui sodomizado por varios travestis conto eroticousando uma calcinha pequena e morrendo de tesaicontos eróticos excursaoconto erotico violência coroacachorros rendidos gozando pornoquero o pauzão dele no meu cu amor agora fica olhando contosincestodesenhopornôespirrei minha sobrinha bêbadaconto erotico me fuderam no estádio otadoconto viado amarrado e folgadomeu cuzinho desvirginadocontos eróticos leite incestocontos de assalto com incestocontos eroticos mae e filha fodendo o papaicontos devorei minha filha putqcontos eroticos com a velha vizinha cabeludafoi buscar a cunhada para a festa e meteu gostoso nelacontos eróticos traindo marido na festaminha iniciação gay contosirmatezudameu carçereiro gostososuco de uma magrela trepando em pornô família"contos eroticos" pai e filhas toplessconto tranzar com patraocontos eróticos mulecadacontos namorada chupa rola de outro escondidoconto erotici com coroas homens de 80 anosconto erotico masticou minha buceta estrubosou puta do meu cachorrocontos gostoso prima tia