Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

LOIRINHA CASADA E SAFADA 1º CONTO

LOIRINHA CASADA E SAFADA 1ª CONTO

Queridos leitores desta maravilhosa Revista, estou aqui para contar minhas mais loucas aventuras, mas para começar deixe me apresentar,(todos os nomes aqui citados são fictícios), me chamo Carina, atualmente tenho 22 anos, sou loira, tenho 1,54 de altura, 47 quilos, tenho cabelos longos um bumbum avantajado, empinado e durinho, seios pequenos, rosto angelical, e uma xoxotinha pequena, apertadinha e cheirosa;.

Eu comecei a namorar com 19 anos namorei diversos caras, nunca serio, sempre que um garoto queria namorar serio, eu o traia, eu não conseguia ser fiel, aos 19 anos perdi minha virgindade, com um rapaz que eu estava gostando, foi meio que a força, por eu ser namoradeira, ele achava que eu não era mais virgem,depois daquela noite nunca mais fui a mesma, eu queria sexo todos os dia, sá havia um problema, eu não me contentava em dar para um único homem, que queria um homem diferente a cada dia, sá que eu criei uma senha prápria, o homem que eu paquerasse e me abraçasse por traz e enxergasse o pau em minha bunda eu daria, tinha alguns que eu ate insinuava mas não entendiam, e por isso não me comia, eu já estava ficando muito rodada, quando uma amiga me falou que se eu continuasse assim futuramente ninguém ia querer namorar comigo, pensei bem e comecei então a namorar serio com Carlos, ele era maravilhoso sabia me comer muito bem, me pagava de jeito, mas eu não estava satisfeita com ele, então comecei a arranjar amantes fixos para me comerem escondido, o primeiro foi Tone, o conheci na fila do banco, ele começou a puxar conversa comigo, e quando me dei conta, eu já havia aceitado a tomar uma cerveja com ele, me produzi toda para ele, vesti uma blusa seme transparente sem sutiã, uma saia curtinha que quase não dava para sentar direito, sem que mostrasse minha minúscula calcinha, e que minúscula, atrás era sá um cordaozinho e na frente mal dava para cobrir minha minúscula xoxotinha, eu tava mais parecendo uma puta, quando entrei no carro já fui logo falando que eu tinha namorado e que tínhamos que ir para um lugar muito discreto, ele então me propôs para irmos à casa dele, topei na hora,para resumir a historia depois de alguns drinques ele partiu pra cima com tudo, foi logo arrancando minha blusa e caiu de boca em meus minúsculos seios, naquela altura do campeonato eu tava toda melada, louca de vontade de sentir um pau diferente em minha xoxotinha, ele deceu e me chupou com muito louvor, ele falava que minha xoxtinha era deliciosa e muito cheirosa, eu então pedi a ele que me comesse pois eu não estava mais aguentando, ele então ficou em pe em minha frente e enfio aquela tora enorme em minha boca e disse,so vou te comer depois que você mamar minha vara sua putinha, eu adorei ouvir aquelas palavras e mamei com louvor, depois ele me colocou deitada na cama e veio por cima, abri bem as pernas ele começou a mete aquela tora enorme, e falava, que bucetinha apertadinha meu pau ta entrando na marra, eu então pedia, enfia toda meu gostoso quero sentir essa vara enorme em mim, ele me comeu em todas as posições possíveis, mas as que mais gostei foi quando ele me pegou de quatro, pois deu pra sentir o pau dele bater em meu útero e quando o cavalguei com muita pericia, que homem gostoso, ele me fazia gozar como uma louca, eu adorava sentir ele gozando dentro de mim, eu dava para ele todas as terças feiras a tarde, pois a noite eu era do Carlos, uns deis dias depois conheci o Narcizo, ele era um moreno alto e muito simpático, e era também meu professor de informática, não demorou muito para ele começar a me cantar, pensei comigo se já tenho um amante porque não dois, eu tinha aulas todos os sábados das 2 as 6 da tarde, eu sempre era a ultima a sair, ele ficava falando que eu era muito gostosa que tinha um bumbum lindo e que queria me comer, não resisti ouvir aquelas palavras e dei lhe um longo beijo, ele me arrastou para o banheiro e me amassou ali mesmo, me chupou toda e depois me colocou de quatro e começou a meter aquela tora em mim, ele bombava com força, eu estava adorando dar pra ele, ate não aguentarmos e gozarmos ali mesmo, eu ia embora com a xoxotinha toda melada e ardida, todo sábado era a mesma rotina eu ficava de quatro e ele bombava com gosto ate me encher com seu gozo. Quando eu achava que tava satisfeita com meus dois amantes e meu namorado, conheci o Talis, ele era caminhoneiro, o conheci em meu emprego, um homem muito bonito de corpo escultural, não resisti, ele vinha em minha cidade fazer entrega todas as quartas feiras, não resisti e comecei a dar pra ele também, nos tranzavamos dentro da cabine do caminhão das 5 as 7 da noite. Era muito feliz pois tinha 5 homens a minha disposição, foi então que Andre apareceu em minha vida, me envolvi por ele, mas como ele era casado, não podia terminar com o Carlos para ficar com ele, mesmo assim eu dava pra ele onde e quando ele quizesse, não importava o dia nem a hora, ele era o mais carinhoso o mais gostoso de todos, Ele sabia me pegar de jeito e com muito carinho, um dia fui ao motel com ele, quando chegamos La, ele serviu um Martini roze para mim i um wisk para ele, bebíamos e comversavamos como um casal de namoramos, ele me ticava as mãos as coxas o rosto, os seios aquilo tudo para mim era uma tortura, pois o que eu queria mesmo era que ele me comesse logo e me enchesse com seu leite quente e farto, ele então me chamou para dançar, ele me abraçaca com muito carinho tocava meu bumbum, eu faltava subir pelas paredes, mas ele me dominava por completo, e eu adorava quilo tudo, de repente ele começou a tirar minha blusa bem devagar e sem perder o ritmo da dança, deixou meios pequenos seios a mostra, e ficava tocando de leve minhas costas, de repente ele mi virou e encostou o pau em meu bumbum, fiquei louca, minha xoxotinha parece que tava ate pingando de tanto tezao, ele então foi abaixando ate ficar de joelhos atraz de mim, fiquei sem reação, ele então subiu minha saia e começou a tocar minha bundinha, fiquei toda arrepiada, de repente ele começou a beijar a lambem meu mumbum, eu tava quase gozando, ele então começou a tirar minha minúscula calcinha, quando tirou então começou ame chupar ali mesmo em pe, empinei ainda mais o bumbum para que a língua dele alcançasse a minha xoxotinha com mais facilidade, minha nossa ele me chupava como nenhum homem havia me chapado, comecei a gemer e a ficar com as pernas bambas de tanto tezao, quando ele viu que eu não estava mais aguentando ficar em pe, ele então me pegou no colo e me levou para a cama, me deitou com todo carinho e começou a me chupar novamente, ele abria minhas pernas o Maximo que podia para enfiar a língua toda em minha xoxotinha, emplorei a ele que paresse pois eu iria acabar gozando na boca dele, ele então falou goza gostosa quero sentir gozo em minha boce, gozei feito louca, ele parou foi na geladeira pegou um pote de danone e derramou em seu pau e disse agora e sua fez de retribuir e me chupar bem gostoso, não resisti e fui logo caindo de boca, o pau dele era delicioso e com aquele Danone ficava ainda mais gostoso eu mamava, beijava, lambia ele todo, o pau tava tão duro que parecia um pedaço de madeira, ele então me puxou deu um longo beijo e disse agora é a hora de você levar vara nessa bucetinha gostoza, quase tive outro orgasmo ao ouvir aquelas palavras, Ele me deitou na cama e veio por cima de mim, encostou bem devagar o corpo dele sobre o meu e começou a me bejar, senti então o pau dele roçando em minha xoxotinha, me abri toda e fiquei esperando ele meter toda em mim, so que ele fez o contrario, ele começou a empurrar bem devagar, quando entrou a cabeça ele ficou rebolando e mexendo a cabeça daquela pau delicioso em minha xoxotinha, eu o empurrava para mim, mas ele segurava, ele ia colocando de pedaço em pedaço aquela pau em mim, eu não aguentando mais, comecei a emplorar, emfia todo vai quero você todo dentro me mim meu amor, me come me faz goze nesse pau delicioso, ele então coeçou a bombar e a empurrar bem fundo não resisti e gozei beijando ele e falando que o amava, so que ele ainda não havia gozado, ele então de pediu para eu ficar de quatro pois adorava me comer naquela posição, que adorava ver meu bumbum enquanto comia minha bucetinha, ouvindo aquelas palavras meu tezao aflorou novamente, não resisti e fiquei de quatro,so esperando aquela vara deliciosa me invadir novamente, ele veio mais uma vês com muito carinho foi empurrando bem devagar, e mexendo bem gostoso, não resisti e comecei a rebolar naquele pau, era uma delicia, eu saia daquela tora deixando so a cabeça dentro e depois voltava a engolir toda novamente, ele sabia me comer como nenhum outro homem, de repente ele saiu de mim se deitou ao meu lado e falou vem por cima, que ver você cavalgar minha vara sua gostosa, então subi em cima dele fiquei de cácoras sobre o cacete dele e comecei a descer, minha xoxotinha foi engolindo centímetro por centímetro, ate não te mais mada de fora, comecei a cavalgar, minhas pernas estavam bambas de tanto foder, mas meismo assi eu queria mais, comecei a aumentar os movimentos ate gozer novamente naquela rola deliciosa, caí esausta ao lado dele, ele me beijou sorriu pra mim e falou, ainda não gozei e quero gozar dentro de você minha gostoza, mesmo sem forças falei, então me come meu gostoso e me enche com seu leite, fiquei de lado e ele veio mais uma vês meter em minha xoxotinha, ficamos um tempão ate ele anunciar que queria gozar dentro de mim, o incentivei vai amor me enche com esse gozo quente me come mete mete, gostozo, eu acabei gozando junto com ele, senti ele me encher toda de esperma, nossos corações pareciam que iam sair pela boca, ele continuou engatado em mim me beijando o rosto e acariciando meus cabelos, eu u adorava so ele me fazia sentir amada, eu adorava dar pra ele mais que os outros, sem falar que ele me deixava com as pernas bambas e de xoxotinha ardida toda vês que me comia. Fiquei transando com todos, os 6 durante uns 2 anos, tinha vez de eu dar conta de ate 3 deles no mesmo dia, meu namorado Carlos nunca desconfiava dos chifres que eu colocava nele, as vezes ele me comia com a xoxotinha melada de esperma do Andre e nem desconfiava a puta que eu era, depois de alguns meses eu engravidei, casei me com o Carlos,ele achou que era dele, mas ate hoje não sei qual deles é o pai,eu queria que fosse do Andre, o que eu mais gostava, o que me tratava com mais carinho, e me comia como muito amor, por causa da gravidez terminei com os outros e fiquei so com o Andre como meu amante, eu não conseguia ficar sem aquele homem me possuindo, ele me comeu ate o 8ª mês de gravides, depois disso fiquei quase 9 meses sem sentir meu macho favorito me possuindo, gozando dentro mim, tranzei varias veses com o Carlos pensando no Andre, quando fez um ano que eu não via o Andre, o encontrei na rua, não resisti, minha xoxotinha ficou molhada na hora, ele se aproximou me comprimentou, e falou discretamente que estava com muita saudade de mim, que queria me ter novamente, no outro dia eu estava sendo presenteado por aquele homem maravilhoso novamente, e ate hoje somos amante, e ele toda vês que me como é como se estivesse sendo a primeira vês, me trata com todo carinho, mas me deixa de xoxota ardida, dei para outros caras depois disso, mas sá conto se voces Carlos leitores da ABUSADA me escreverem dando suas opnioes sobre meu conto e me falando coisas picantes, sem mais da loirinha tarada, mais uma coisa meu email é

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


surprendida pela minha amiga lesbica contos eroticosconto sexo borracheirocache:fvTAICqerA8J:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_20666_aconteceu-comigo..html Contos eroticos meu filho meteu ni mim bem gostosomulher que fica um montinho na frente ,e peluda ou tem a buceta inchadaVer casadas falado de conto eroticos que corneo o marido com homem do pau bem grandecontos eroticos o tio safado e pintudoContos eróticos de cornocom negão dotadosContos de sexo... A mini saia mal cobria a bunda delacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecoki a amiga da esposa contoscontos eroticos frentistaporno quente doido cara lasca buceta com cuwww.conto mimha mae min torturou com vibradores na bucetacontos eroticos filho da minha vizinha amante maravilhosoContoseroticoscomsogromeu patrao me comeu na base da chantagemcache:oIMLEWITCAIJ:okinawa-ufa.ru/home.php?pag=99 o pito da minha sobrinha e o cu da cunhada contosconto erotico humilhada pelo pirocudocomo alisar minha mae para conseguir transarcontos eroticos tias com subrinhasporno do irmao que fode a prima de 4minutoda bunduda atolado amiga bunduda contocontos porno em quadrinhos de casais de amigoscontos meu vizinho taradoconto erotico violadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecasal menage experiencias sexuais contadascomendo a tia de pois de beber um vinhocontosesposasnapraiacontos eroticos o cachorro me fudeeu dentro do canilcontos eroticos travesti sendo estrupadaArrombaram minha namoradacomi a minha cunhada Adrianaa rola dele era muito grossa e veiuda eu implorei pra ele paraComtos mae e tia fodidas pelo filho e amigos deleele pega ela nos ombros pra chupar sua bucetaminha cunhada casada nunca tinha sido chupada contosmarido sortiado a esposa contos eroticosconto erotico minha irmã casadaconto casada iniciada no menagepassar margarinas na buseta e no cucontos eroticos com cavalocontos eu era enrabada toda noite pelo taradoconto comi minha mae na prisaóbuceta cheia de porra corno contos cContos gay perdi o cabaço com coroavídeo pornô a mãe dela tava de biquini o genro só dava a sogracontos eroticos meu pai me seguiu ate o baile funkcontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos,eu e minha maniia de mini saiaConto minha esposa dando pro policialloira cinquentona muito putonaru e a amiga da minha esposa contomae pede pro filho ajudar escolher a lingerie incestomulheres casadas com picudos/contos com fotoscontos eroticos arrombando a gordavelha cavala virando olhovidios novinhas dos mamilps diros pontudosconto erotico mamei num seio com leitecontos chupando o pau do tio da crecContos eróticos incesto gozarChaves enfia o dedo no cu da chikinhacontos-gays fui arrombado por um bombeiro no motelFotos de mulheres com opriquito melado e de fio dentalCasa dos contos: Virgem na baladaColocou dentro contos eroticosContos eroticos seios belicadorelato de sexo gay com vendedor novinhocontos eroticos com velhocontos tirei sua ropa bem de vagar pra ela nao se acordacontos enteadavideos de cornos que chuupamsou uma mulher crente mas quero picacontos de coroa com novinhocontos eroticos crechecache:AQRime9uCcEJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria_9_5_zoofilia.html "amor vou dar" amigo colega