Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CAMILLA-CDZINHA E TOR

Contos Eráticos



Ola meu nome é Camilla-cdzinha o que vou narrar aconteceu comigo e meu cachorro um boxer chamado Tor, um dia desses nevegando pela net achei um um site de zoofilia e fiquei muito curiosa e eu ja estava toda montada pois minha intenção era brincar um pouco no msn, me mostrando coisa que adoro fazer é ver os homens se masturbando enquanto me mostro e brinco com meus brinquedinhos, sá que nesse dia meu msn não entrou e fiquei na mão então fiquei na net e fiquei curtindo as fotos e alguns videos que havia ali a minha disposição, vendo aquelas fotos onde mulheres eram penetradas por seus cães fiquei louca e como sou fã desse site " Casa da Maite " lembrei me dos contos de zoofilia fui ler alguns, fiquei super curiosa, eu ja tinha dado banho no meu cachorro e ja havia brincado com ele ou seja ja havia dado umas pegadas no seus menbro, mas nunca passou disso, como estava muito carente se é que vocês me entendem, continuei montada apenas tirei minha meia 78 preta que adoro e fui me arriscar com Tor, ele a principio ficou meio assustado em me ver com roupas femininas e eu estava bem gostosa de salto alto preto, vetidinho preto rodado de malha que marcava bem meus peitinhos que quem ja me viu na cam sabe o que eu estou falando, uma calcinha bem cavadinha que adoro pois acho que deixa meu bumbum lindo e bem apetitoso e uma peruca d cabelos pretos até as costas, fui até o canil e soltei Tor que ficou muito feliz, mal ele sabia que a felicidade ainda ia chegar pra ele, nessa altura eu ja tava morrendo de tesão e medo pois fui até o fundo de casa toda montada correndo o risco de alguém me ver, mas o desejo era maior, fui de salto rebolando meu bundão por todo o quintal que delicia me sentir assim, voltei para varanda e chamei Tor, que me respondeu prontamente e me acompanhou até a sala, me abaixei e começei brincar com ele e logo tava batendo uma pra ele, mas sem boms resultados pois comparava aos relatos que tinha lido, então descobri no meio de seu mebro um pequeno ná e por curiosidade fiquei movimentando em cima com minha mão, surpresa minha que aquilo foi aumentando tanto o ná quanto seu pau que nessa altura ja começava a apontar pra fora da pele, eu ja não conseguia fechar minha mão em volta de seu menbro, seu pau ja tava pra fora e começou a soltar um liquido fininho incolor em jatos nesse momento ja tava me sentindo uma cadela então levei a minha boca em seu membro que estava enorme tanto em tamanho quanto em grossura, coloquei a ponta da lingua reciosa em sentir o gosto, dei algumas linguadas e quando dei por mim ja estava mamando no Tor, que acredito estava gostando muito pois começou a dar estocadas parece que me pedia pra montar em mim, a essas alturas o juizo ja havia ido embora mesmo, aceitei tirei meu vestido e calcinha, fiquei de quatro pra ele e fui recebida com muita festa ou melhor com lambidas no meu reguinho, parece que ele me preparava como um macho, quando chupa sua femea, que delicia que lingua aspera sá de lembrar me arrepio, depois das chupadas fiquei esperando que ele montasse em mim, ele até tentou, mas não fomos felizes e como eu estava com muita vontade e não queria ficar na mão de novo, lembrei me de que quando eu maturbava ele seu pau ficou muito duroe pra fora então repeti e desta vez ficou maior, acho que sua vontade também era grande, assim que ficou do jeito que eu queria derrubei Tor ao chão, que ficou assustado mas eu o acalmei e continuei a masturbalo levei minha mão no meu rabinho passando saliva e montei em cima dele ele na hora percebeu o que eu queria e começou a dar estoadas novamente levei a mão atras ajeitei seu pau duro e latejando na portinha de meu buraquinho que nessa hora ja estava implorando pra sugar aquele menbro, quando coloquei seu pau na portinha,

acho que ele percebeu e me deu uma estocada que eu vi estrela, senti uma dorzinha tão gostosa que me fez começar a mexer em cima dele como se estivesse em cima de um homem o prazer era tao grande pois eu estava sentada na barriga dele que é bem quentinha, eu fiquei um bom tempo em cima dele curtindo aquele mastro e apertando o biquinho dos meu peitinhos pois adoro fazer isso me da mais tesao ainda, não demorou e logo eu gosei na sua barriga, agora tenho um amante em casa rsrssrs, e toda vez que ele me vestida de cd, ja sabe que a alegria dele chegou e a minha também.



Beijos a todos, espero logo poder relatar mais de minhas aventuras.



[email protected]







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


chupada por mendingo e seu cachorrocontos meu primeiro crossdressingconto erotico primo safadosarinha contos eróticos numero de telefoneCorno viadinho conto eroticoconro erotico gay meu tio alopradoconto meus priminhos chantagistascontos eroticos fodi minhas enteada gemeasDei a bucha pro meu sobrinho virgemafilhadacontocontos sogra chupou genrro traindo no carro na ruacache:o2QtLYsJB5EJ:okinawa-ufa.ru/conto_23564_totalmente-submisso-a-minha-dominadora.html depois que o irmão ensinou ela a atividade a irmã da xoxota para o irmãoContos herotico de lesbica entre mãe e filhinhasaquele pau era quase o dobro do de meu maridocontos eroticos castracao com medicacontos eroticos encoxei comi farmaceuticaconto engravideiMe comeucontos fingi que dormia e comi minha filhaestalos da cama-contos eróticoscontos estuprada por um cavaloContos de casadas inrrustidascabritiha deliciaContos eróticos chupando o cu cabeludo da minha mãecontos de punheta com botascontos comadre crentecontos meterao o pau na boca da minha namoradahistorias de sexo eu e minha madrasta bia de rabocontos eróticos padres heterossexuaiscontos de coroa com novinhocomo perdi o meu analcontos eróticos com a menininha em tambabacontos eroticosamigo se veste de mulher para dar o c* para o amigocontos eroticos meu tio meu amante casa de vovoCasadas safadas traindo em contosporno com professor girafales comendo dona florinda no cuconto depravadacontos er apaga a luzConto erotico comi minha aluna virgemHistórias contos ficticios e reais de sexo com travestiscontos dou a bunda desde cedoporno nao aguentei resistir contosa filhinha do meu amigo contos pornogozada dentroamandameu filho tem um pausao contosbuceta carnuda comtos de sexoConto de puta presa e estuprada diariamente por muitos machoscontos eroticos mulher humilhadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetitio viu minha bucetinha e achou linda contoscontos meu vizinho tira o pau pra forapelada em casa - contos eroticoscontos de mototaxista e gaycontos mulher fode com vizinha e com a filha delaconto tia gostosa de microcalcinhaContos madrasta putafemeas transando de roupaDei minha buceta para meu genro na presença de minha filha contos femininocontos minha melhor amiga ficou se esfregando no meu pauesposa liberando para amigos no acampamento contocontos eroticos mulher dopada e fudidaaçeitou suruba com amigos sua vizinhacontos eroticos arrombando a gordaconto patricia traindocontos eroticos peguei minha cunhada dormindowww.ver contos eroticos de professoras gostosas ruivas de 20 ate 30 anos tranzando com seu alunos de 16 a 19 anos de idadecontos eróticos a coroa casada o estrangeiro contos minha mulher pagou minha divida com a bundaconto coroa gordinhacontos filha praia esposaFinquei o pau no cu da manacontos eroticos de Maezinha bobinha do amigis transando com jovezinhoconto saiu comendo"meu marido" "virei puta" contos  Quando tinha 22 anos, adorava comer lekes mais novos. Uma das minhas aventuras mais excitantes foi quando descobri que meu primo Tiago , que morava na mesma rua , esta liberando geral nas brinacediras de pique-escondi da rua.Até então já havia tra