Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRAI MEU MARIDO COM O FRENTISTA DO POSTO

Tenho 23 anos, casada e abastecia minha moto no posto onde conheci Gustavo, logo reparei no novo frentista que veio me atender, média de 1,70 de altura, mais baixo que eu, mas ele tinha uma cara de safado, uma boca gostosa, cavanhaque baixo, o tornava uma delícia, fui criando interesse e muito desejo pelo rapaz, ia la sempre pra abastecer. Logo os olhares foram rolando, até um dia eu ir abastecer a moto de short curto e ele dizer que nao podia ir abastecer com ele com aquele short porque era muito tentador me ver em cima da moto com aquele shot mostrando toda a coxa e quase tocando nela pra abastecer. Perguntei se eu corria algum risco, ele disse sá se eu quisesse, respondi que tava afim de encarar se ele nao ligasse de eu ser casada. Ele disse que fica ainda mais gostoso. Meu marido estava viajando em curso do serviço dele, 3 meses fora voltando sá no fim de semana. Convidei Gustavo pra ir até minha casa, deixei o portao aberto, as 23:30 escutei ele chegando. Fui recebê-lo na porta dos fundos, usando um vestido soltinho com fio dental por baixo. Ao se aproximar de mim Gustavo ja me agarrou e começou a me beijar me encostando no batente da porta, aquele beijo ardente, escutava nossa respiração forte, como se todo nosso desejo estivesse naquele beijo. Ele afastou meu bumbum do batente e começou a tocar, apertar por baixo do vestido. Estavamos ofegantes. Ele disse que me beijando daquele jeito dava uma vontade de tirar o vestido!! e eu disse que estava com uma vontade de levar ele pra minha cama!! Ele deu aquele sorrisinho safado, ai levei ele pro meu quarto, cama onde eu e meu marido dormiamos e transavamos. Me deu uma sensação de culpa mas ao mesmo tempo muito tesao em ver aquele rapaz por quem sentia tanto desejo ali, na minha cama, prontinho pra mim. Na cama ele tirou minha roupa, tocava meu corpo com muito desejo, sua boca foi em meus seios, sentia sua lingua percorrendo o bico em circulos e movimentos verticais, aquilo me deixava louca. Estava com muita vontade de conhecer aquele penis que desejava tanto, me virei por cima dele, tirei a camisa, abri a calça num desejo louco, abaixei a cueca e me deparei com aquele membro duro na minha frente, sá esperando pela minha boca, amo fazer sexo oral, percorri minha lingua pelo corpo do penis dele, deixando todo molhado, fui pra glande, aquela cabeça gostosa, lambendo, chupando somente ela até ele emplorar pra eu colocar todo na boca, fui descendo devagar, colocando ele devagarinho dentro da boca, vendo ele se contorcer de prazer, aumentei o ritmo, sentindo aquele penis gostoso dentro da boca nao conseguia conter meus movimentos que se tornavam cada vez mais intensos, chupava como uma onça sedenta, olhava pra ele, dizeia coisas que o deixava mais louco ainda.

Ele pediu gemendo pra eu sentar "nele", nao aguentando a tentação me posicionei em cima dele, segurei o penis dele e aos poucos fui me encaixando, sentindo primeiro a cabeça entrar, depois mais um pouco, e mais um pouco, até sentir ele todo dentro, comecei cavalgar em cima dele, humm, que delícia, eu estava com muito tesao e aquele penis era tao gostoso, fiquei cavalgando nele por um tempo, mas pedi pra ele me pegar do jeito que mais gosto e que enlouqueço. De quatro. Fiquei de quatro na cama pronta pra sentir ele entrando, quando ele foi colocando meu corpo todo se arrepiou era como se aquilo ainda fosse pouco de tanto tesao. Depois que colocou começou a bombar "nela" molhadinha. Joguei minha cabeça pra tras propositadamente pra ele segurar meu cabelo, e ele fez. Ele segurou firme meu cabelo, pedi pra ele meter mais rapido, nao estava aguentando de tanto tesao, escutando ele gemendo baixinho pra poder me ouvir gemer (sou louca por gemido masculino), aquele pau gostoso entrando e saindo rapido, ele segurando meu cabelo firme, e ainda de quatro me fez entrar em extase, gosei deliciosamente. Percebi que ele ia gozar ai pedi pra ele gozar na minha boca. Ouvindo isso ele tirou de dentro dela e veio do meu lado, coloquei ele na boca e começei a chupar chupar chupar olhando aquela reaçao de puro tesao dele, ele começou a gozar, olhando pra cima, fechando os olhos e gemendo, eu nao conseguia parar de chupar, depois de ter engolido continuei chupando com ele tremendo ja. Ele nem precisou se limpar, limpei o penis gostoso dele todinho. Essa foi a primeira gozada da noite, a noite foi looonga, mas o resto fica pro práximo episádio, esse conto continua....beijos

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos traição no bailecontos corno empretei minha mulher para traveti e fikei vendocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentefudida por incomendadei tanto minhA buceta no carnaVaL q to toda ardidacontos eroticos meu tio juniorContos fudendo gostoso minhacontos eroticos arrombando a gordapraia guaratuba contos sexocontos eroticos bucetinhameu marido comeuminhaprima contoseroticosver so vidio porno marido segurado a esposa pra o amigo pauzudo come buceta i cucontos com fotos familia praia nudismoposso dilatar a porta do meu anus todo dia?Corno leva a mulher ao cinebolsoestrupada contoscontos eróticos de mãe e filho, mãe com shortinho atolado no seu bundaobunda grandíssima contos comendo a bucetinha da titiacontos eróticos​, praia de nudismoEu fui trabalhar numa empresa eu comi minha patroa japonesa no motel conto eroticoconto de meu irmão comeu meu cu com uma grande pica e eu não aguentei de dorcontos eróticos cheirando a bunda de minha sograContos eróticos picantes pecadosconto erotico minha mim deixado de castigocontos eroticos tios gordinhos tirando o cabaço do cu do sobrinho novinhoele ficou sem as pregas do c*conto erotico meu professor de 60 anos me levou pro motelconto seduziu heterovideo para baixa de porno home com olho vexadochantageei minha mae contoconro erotico gay meu tio alopradogostosa qee depois de levarvarias encoxada persebeu qee ta toda gozadavideo gayzinho afeminado com seu cuzinho lisinho dando o cuzinho pornodoidoTirei o cabaço da minha entiada e sua mae a ajudou para nao doer muitocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeu cuzinho desvirginadogotosa pede procara goza dentodelacontos eróticos esposa amanheci toda meladarelatos e contos de loira que trai na revista privateConto enteada na pescariaContos eroticos como perdi meu cabaço com meu vizinhocontos gay com a mulher em casacache:b0LVhW2lUCMJ:okinawa-ufa.ru/home.php?pag=22 conto comi a filhinha da empregadacontos minha melhor amiga ficou se esfregando no meu pauminha primeira traiçãosogra muito linda na praia contosconto erótico novinho flagra sustocontos erotico com irmaomulher toda gostosa se esfregando em salao de forroconto teen gay sozinho em casa calcinhacontos picantes de lambida na chanacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico incesto sonifero filhafui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticosmete até o talo tio contocontos eroticos espiei minha tiaporno conto relava aquele peito em mimmeu titio gay contocotos heroticos gay neguinho me comeuContos eróticos curtos de cachorro lambendo a buceta da vóporno contos eroticos filhinhas enrabadascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto - ela ficou com/ o cuzinho doloridoconto erótico meu inimigo banheirocontos eoroticos sobre enfermeiras de montes claros mgmenina de menor fazendo filme pornô com minha DuduConto erotica de mulher fuder a cagarcontos de sobrinhas sem calcinha na igreja sentada no colo do tiocontos eróticos sogra vira p*** do genro picudomulher poe seu cachorro dormir com ela e acaba deixando ele lember sua bucetaconto dado para minha familia a xoxotacontos eroticos festa a fantasiaenfiando a perna da capeira na buceta