Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHAS FERIAS COMO ESCRAVO

Ola, tenho 25 anos e vou relatar como foi minha primeira semana como escravo submisso. Depois de meses procurando alguem que topasse ser meu dono conheci alex pela internet, ele tinha 35 anos, 1,95 de altura, branco, pica de 23 cm, branco e lutador de boxer e disse que ja havia tido um escravo mas que ele teve que se mudar pra outra cidade mas que aceitaria ser meu dono se eu aceitasse submissao total, seriam as regras dele, do jeito dele e eu nao poderia fugir até porque ele nao deixaria.

Moro em Cachoeiro de Itapemirim no ES e alex em MG. Topei o convite entrei de ferias e fui para BH e ele foi me buscar na rodoviaria e eu ja me excitei quando avistei aquele macho que seria meu dono.

Estendi a mão para cumprimenta-lo e ele disse, cala a boca escravo aki voce sá fala quando eu mandar e me chame somente de Senhor e eu respondi sim senhor e ele olhou pra mim e disse eu nao mandei voce falar, ja tem uma puniçao por sua insolencia, foi quando eu comecei a ficar tenso, em silencio entramos no carro e seguimos ate a casa dele.

Chegando la ele mandou eu colocar as minhas coisas num quartinho e ir para outro quarto e vestir o que ele tinha separado pra mim, uma calcinha vermelha, uma coleira, somente isso mais nada e mandou eu ir ate a sala de 4, fui chegando la ele mandou que eu me virasse de costar pra ele e sentou 5 chibatadas nas minha costas ele disse que era por eu ter falado sem permissao, nesse momento me apavorei e nao acreditei no que eu estava fazendo e no que estava acontecendo comigo.

Ele disse que eu deveria obedecer as seguintes regras:



1- Sá falaria se ele autorizasse.

2- Serviria a ele, lavando, passando, cozinhando.

3- Poderia ficar de pé apenas para os serviços domesticos.

4- Nunca deveria aborrece-lo com pedido de nada ou ele ficaria muito mais furioso do que 5 chibatadas.

5- Sá poderia beber e comer o que e quando ele desse.



Balancei a cabeça concordando, entao ele mandou eu fritar uma carne que estava na geladeira e pegasse uma cerveja pra ele, assim o fiz ele tirou o sapato e mandou eu limpa lo com a lingua e depois tirei as meias com os dentes e fiz uma massagem com a boca no pe dele ate deixa lo completamente limpo.

Ele retirou a bermuda e a cueca e mandou que eu o chupasse sem encostar os dentes mas num dado momento sem querer eu encostei os dentes naquele pau enorme que mal cabia na minha boca, pronto eu ia me arrepender amargamente, ele retirou o pau da minha boca, deu um tapa na minha cara e dois chutes, eu pedi perdao e ele disse que nao havia autorizado que eu falasse e que foram dois erros e ele estava aborrecido, assim foi me chutando até o quarto que mais parecia uma masmorra, com cavaletes, cordas, chicotes, fios, consolos de todos os tamanhos, ele me pegou pelos cabelos e me jogou sobre a cama, amarrou fortemente meus braços e pernas, rasgou minha calcinha, passou a mao na chibata e deu a primeira, eu gritei ele entao pegou a cueca suja dele que estava na sala, colocou na minha boca e passou fita adesiva assim como tambem vendo meus olhos.

Eu ja estava apavorado, mas nao tinha como voltar atras, ele entao deu umas 20 chibatadas que zu niam no ar e parecia que cortava minha pele e ele ia me chamando de puta, de vermezinho insolente e que ia me ensinar como ser um escravo descente.

Quando ele cansou de me bater ele começou a brincar com minha bunda disse que primeiro arrombaria com o pau e depois me rasgaria no meio, entao meteu o pau de uma so vez me bombando como um animal no cio pareci que ia me regaçar, quando ele gozou retirou a mordaça de mim e eu achei que ele me soltaria mas ledo engano, colocou o pau na minha boca e começou a mijar me fazendo engolir e dizendo que eu nao deveria deixar cair nem uma gota e eu bebi tudo como se sugasse agua de uma mangueira, e fui novamente amordaçado.

Ele resolveu começar a me dilatar colocando um grosso consolo no cu que mais parecia do tamanho de um braço me rasgando mais um pouco, ele entao ligou uma toma em um fio com duas pontas desencapadas e começou uma sessão de choques dolorosas que durou uns 20 minutos e entao eu ja estava arrependido de estar ali, depois me retirou da cama e me amarrou numa especie de cavalete me deixando meio de 4 e ali colocou um consolo novamente e saiu...... Voltando 2 horas depois e eu ja estava quase perdendo a consciencia.

Na volta ele mandou eu tomar banho e dormir que o dia seguinte seria cheio....... Continua.......



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentefudendo a filha da empregada contos eróticosCONTO COMI O CUZINHO DA VOVÓZINHAcontos eróticos pai sabe o k faz incestoconto putinha titio espresarios velhosai tiozinho conto eróticocontos sado marido violentosconto erotico ati puneta paraconto erotico incesto sonifero filhacontos eróticos eu minha irmã fizemos sexo com faxineiro do condomínio.Conto erotico papai alopradoIncesto com meu irmao casado eu confessoFodendo com mamae bunduda contoscontos gay estrada calcinhaconto ganhando mamadeira de porracontos gays pedreirosamigas da empresa contosContos eróticos surubasContos er pitao do paicontos eroticos grelo sugadocontos eroticos com pedreirostravestiszoofiliafotosPiquena mais ja assanhadinha pelos coroas contos eroticoseu quero a mulher da b******* grande de fio dental na regata do c* da bundonaquero ver o filme de pornô a mulher metendo o Cascão na gemendo gemendoporno doido mamadas terminando na bocsContos com cu de idosassminha irma envagelica encestogozei no pau do meu padrasto em contoduas loirinhas e rumeu subrinho enfiou o dedo no meu cu contocontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoesContos eroticos trai meu marido com travesti bem dotadocontos de cunhadas tesudaschaves comendo o cu de chicinha no banheiromulher safada do meu amigo deu uma calcnha usada p mim cheirar contos eroticoscontos eróticos evangelicasgarotinhas da bunda grandeconto sexo loira e o chefe do cornocontos eróticos virou mulherloira cris casada fode com negao contos eroticosContos moro no interios até que enfim cumi o cu da minha irmã gordagozou dentro da xota ada cunhada sem querero tio ceduzino adolecente metendo odedo priguitinhabebada conto eroticocontos enrabando meu maridopone encaxa tudo na morenacontos eroticos comendo a velha horrosa dormindocontos vendo minha prima sendo fodida pelo namorado acabei dando tambe betinhaContos eroticos da esposa safada com o marido deficientetranse com meu pai no onibuscontos eroticos incesto fis minha nora chupar na maraconto erotico eu estava tao bebada que nem sei quem me comeu me encheu meu utero de porracontos homem casado chupa picq homem casadoconto erotico negrocache:Z27QSQh68NwJ:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_3473_meu-vizinho-fofo.html contos excitantes no onibusconto percebi que cu do marido esta arrombadoconto erotico gata no meu colofui afeminado por uma dommecontos eróticos com mulheres da ccbcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteSo contos eroticos com maridos violentos sadomasoquismocontos Minha esposa rabuda provocando de shortinho contos swingenfiando a escova de lavar banheira todina na buvetacontos eroticos relatados por mulherescontos eu novinha e meu primo me iniciouContos lambendo cu cagadoContos eroticos guspe na bocacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeu pai e o amigo dele comeram minha namorada contos eróticoscontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos eroticos pai mae e maeO velho asqueroso quebrou meu cabaço e eu gozeivoyeur de esposa conto eroticoconto patricinha puta turbinadacondos erodicos virgen condos real