Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI MINHA IRMA CACULA

COMI MINHA ÍRMãCAÇULA



Era um dia quente de verão. Estava na janela olhando a paisagem ao redor. O calor era insuportável. Não havia nada para se fazer naquela tarde ensolarada. Resolvi ir para o quarto e ditar um pouco.

Quanto entro no quarto, vejo minha irmãzinha deitada na minha cama de bruços. Ela estava dormindo. Estava usando mini-blusa e uma saia curtíssima. Aproximei-me e comecei a tentar acordá-la. Mas ela dormia profundamente. Dava para ver o volume da buceta na calcinha. Afastei-me um pouco e comecei o observá-la com atenção. Aproximei-me novamente e virei ela de frente para mim. Suas pernas ficaram abertas em minha direção. Era uma visão maravilhosa. Não resisti à tentação e resolvi passar as mãos nos seus seios. Eles eram de tamanho médio, firmes e, para minha surpresa, começaram a ficar durinhos com as minhas carícias.

Desci as mãos até chegar à sua buceta. Volumosa e macia, acariciava com cuidado com receio de acordá-la. Passava o dedinho na entrada. Não resisti e afastei sua calcinha de lado. Foi a visão mais maravilhosa que tive em toda a minha vida. Sua buceta era linda. Depilada e lisinha: Perfeita. Percebi que sua buceta começava a ficar molhada. Minha irmã mesmo dormindo já estava ficando excitada. Me abaixei na sua frente, abri suas pernas e comecei a chupar aquela buceta maravilhosa. Com o passar do tempo, chupava com mais força. Estava bebendo todo o leitinho que saia daquela xoxotinha deliciosa.

Estava com tanto tesão que resolvi tirar sua calcinha: talvez fosse a única chance de fuder minha írmã, não podia desperdiçá-la. De repente, ela começa a se movimentar: estava acordando. Quando se encontra de pernas abertas e eu agachado na sua frente ela sem calcinha, solta um grito ensurdecedor (deve ter sido ouvido em toda a vizinhança).

Fiquei apavorado. Tentei acalmá-la. Ela estava muito nervosa. Perguntou se eu havia visto ela pelada. Disse que sim. Ela perguntou por que eu tinha feito aquilo com ela. Porque era louco por ele, respondi. Disse a ela que não diria nada a ninguém se ela fizesse isso sá essa fez comigo. Ela pensou um pouco e disse que sim.

Comecei a chupar novamente sua buceta. Ela gemia de prazer. Pedi para ela sentar na cama e coloquei meu cacete para forra. Pedi que chupasse. Ela abocanhou todo de uma vez. Chupava deliciosamente. Mas não estava interessado nisso. Fui direto ao ponto principal: sua buceta.

Com as pernas bem abertas, coloquei meu cacete bem na entrada de sua xoxotinha. Ela disse que estava com medo de doer. Prometi que se doesse, eu pararia. Comecei a empurrar meu cacete naquela buceta maravilhosa bem devagar. A cada centímetro que entrava, mais alto ela Gemia. Começamos a nos beijar. Meu cacete já estava todo dentro dela e ela pedia para que eu mexesse mais rápido. Estávamos fudendo intensamente. Metia nele com todo força. Ela dizia que me amava. O que fazia eu meter mais forte ainda.

Ela começou a tremer, percebi que estava gozando. Iniciei uma sequência de estocadas com mais intensidade. Queria gozar junto com ela. Enfiar tudo, pediu. Ela gemia e se contorcia de prazer: estava gozando. Pouco tempo depois era minha vez. O gozo veio de forma tão intensa. Esporrei tudo dentro dela. Aquilo foi maravilhoso.

Estávamos exaustos. Prometemos um ao outro que essa seria a primeira de muitas transas gostosas.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos gay me depilando e pego no flagracontos veridicos dezoofilia por novinhascontos de mulheres ninfomaniaca por sexovideo de ninfeta branqui.ha magra no sexo anal de quatrocurrada no caminhao contosgozou dentro da xota ada cunhada sem querercontos eróticos a enfermeira velhacontos eróticos novinhaconto erotico casada trai com cunhado oAi tira tira, aguenta sua cadela so vou parar quando eu quiser e quando eu tiver satisfeito piranhacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestiContos ertico tia negracontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosminha esposa deixa a buceta cabeluda e da pra o meu melhor amigo em relatoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos minha tia de baby dollcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteMendigos se madturbando altoDei meu cu pro meu tio pra ele se alegrarcontos eroticos casal voyeur sem querercontos erotico cuzinho o cu da mamaesocando na minha irmã compressão sexecontos eróticos um casal transando na sala enquanto os pais tiram um cochiloContos eroticosnao resisti ao tamanho da pica delecomo fui estuprada contos eróticoschantagem zofilia e insesto conto erotico lady jane( zoofilia )Contos eroticos enteadasfilha esposa de papai pintudo contosmulher acima d 90kg crente contosconto erótico garota da academia bombado no jumentoConto esposa de tampa sexoconto eonico de sexo analgordinho cagando na vara conto eroticosvídeo pornô de sobrinho pega tia de baby doll calcinha na cozinhacontos eróticos evangelicasso a cabecinha incesto titio contossexo e esganaçaoContos eroticls de quem é esaa bucetacontos eroticos de faxineiras coroas safadasNovinha enlouqueçeu os pedreiroschupando pintaoooeroticosgameconto dei minha buceta pro mendigorelato erotico quando menina meu irmao comeu meu cuNegras malhadinhas com muinta vantade de dar a bucetacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteWww.contoseroticos/grátis Ler/no aviãoContos de viadinho de shortinho socado querendo dar o cutomates conto heteroconto erotico lara a experientefotos de buceta sendo lambinda e gritandoxvidio masturba pesandoconto erotico pm macho batalhão estocadasconto comendo viuvacontos eróticos com fotos de menininhas sentadas no coloContos eroticos Coroas Gordas peladasConto filha mete ai ai aicontos de sexo espiando minha maecontos meu vizinho tira o pau pra foraa primeira vez com homem casadofui dormir na casa da tia e comeu o Helenacontos eróticos de prima e irmãContos eroticoshospitalcontos eroticos arrombando a gordacontos narcejacontos arrombei o cu dela no pique escondeArromba essa puta soca essa rola na minha buceta me fode contosComi minha prima safadinha contoporno gay com operador de tratormarido corno/contoscontos eroticos de homens com taras chupar bucetas caninas zoofiliacontos eroticos de mulheres que transaram com entregadorescache:hNEcBAkab0YJ:okinawa-ufa.ru/home.php?pag=127 dei minha bucetao mestruada e ingravidei contos