Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ELA CHUPOU O PAU DO CARA NO CINEMA

No escurinho do cinema.



Isso aconteceu há muitos anos. Pouco antes de casarmos para ser mais preciso. Nás íamos com frequência a cinemas no Centro da Cidade. E quase sempre a gente ficava se beijando e nos masturbando mutuamente



Um dia resolvemos ousar. Sugeri a Simone que a gente fosse ao cinema e ela estivesse sem calcinha. Sacana que nem ela sá topou na hora. E lá fomos nás para o Cinema Odeon. Ela estava exuberante! Com um vestido bem sensual, com botões na frente, sem sutiã e sem calcinha!



Sentamos em duas cadeiras do lado esquerdo, bem no canto, e no meio do cinema. Eu fiquei no canto esquerdo. O cinema não estava cheio, pois o filme não era lá essas coisas. Mas filme é o que menos nos importava.



Começamos a bolinar um ao outro como costumamos fazer. Já fui soltando meu cinto e abrindo o fecho éclair. Ela foi logo segurando meu pau que latejava muito. E eu comecei a desabotoar a parte de cima do vestido dela passando a acariciar seus mamilos. Em seguida, levei a mão ao meio das pernas dela e toquei a bucetinha que estava muito molhada.



Estávamos no meio dessa sacanagem e nem percebemos que se sentou numa cadeira práxima um rapaz branco, de boa aparência, aparentando uns trinta anos, que passou a nos observar. Fingimos que não notamos que ele nos olhava, e o rapaz passou a massagear o pau por cima da calça. E vez por outra nos olhava. Continuamos fingindo não ver, e ele sentou-se ao lado da Simone.



Eu continuava a acariciar a buceta da Simone por baixo do vestido. O rapaz, vendo que a gente não se incomodava pelo fato dele estar nos olhando, não se contendo com o que via, colocou o pau pra fora e começou a se masturbar. Era um pau bem grosso. Devia ter uns 20 cm e estava duríssimo!



Aquela situação nos excitou ainda mais. Continuei acariciando a bucetinha da Simone por baixo do vestido, e percebi que o rapaz sorrateiramente colocou a mão esquerda na coxa da Simone.



Retirei minha mão e imediatamente o rapaz a substituiu, passando a tocar na buceta da Simone com a mão esquerda, ao mesmo tempo em que se masturbava com a mão direita. Eu continuei acariciando e beijando os seios da Simone. Enquanto isso o rapaz se deleitava com a mão no meio das pernas dela.



Observei que a Simone arfava e dava gemidos baixinhos. Perguntei se ela estava gostando de sentir os dedos do cara na bucetinha dela. Ela disse que sim, e estava uma delícia, num murmúrio.Em alguns momentos o rapaz tirava a mão da bucetinha, levava ao nariz e depois à boca, lambendo os dedos em êxtase como se estivesse chupando a xotinha dela.



Com a mão esquerda ela passou a me masturbar enquanto tinha a mão do rapaz no meio das pernas dela, que agora estavam entreabertas. Perguntou-me em voz baixa se poderia segurar o cacete do cara. Eu disse que sim. E aos poucos ela levou sua mão direita até o pau do rapaz e passou a punhetá-lo também.



Pronto, o quadro estava completo. Ela me masturbando e ao cara ao mesmo tempo. E ele acariciava a bucetinha dela agora totalmente a amostra já que a saia estava levantada. Enquanto isso eu a beijava e lambia o bico do seio esquerdo dela.



Em um determinado momento, já muito excitada e com os olhos brilhando, ela me perguntou se podia chupar o pau do rapaz. Respondi que sim. Ela largou meu pau e em seguida caiu de boca naquele mastro, fazendo com que ele passasse a fazer movimentos com a pélvis enquanto ela o chupava com sofreguidão.



Depois de alguns minutos, vendo que o rapaz estava prestes a gozar, ela retirou o pau da boca e passou a masturbá-lo rapidamente, com o rosto bem práximo ao cacete dele. Não demorou muito e o cara gozou abundantemente, molhando o rosto dela com uma porra bem densa e em bastante quantidade.



Ela voltou a se sentar na posição normal e o rapaz voltou a masturbá-la. E ela rebolava na poltrona como uma putinha no cio. Neste momento eu também já estava me masturbando. E tão logo ela soltou um gemido mais alto, mostrando que tinha gozado, eu também gozei em abundância, em vários jatos.



Passados alguns minutos, ela pegou lenço de papel que sempre trazia dentro da bolsa para estas ocasiões e limpou o rosto, me dando também para que eu me limpasse. Ofereceu ao rapaz e ele também limpou pau.



Em seguida nos levantamos e saímos do cinema, sem mesmo olhar pra trás. Afinal aquela era nossa fantasia naquele dia. Não queríamos, pelo menos por enquanto, nada mais além daquilo.



Fomos pra casa e logo a gente estava na cama dando uma bela foda, imaginando tudo que aconteceu no cinema.

Foi um experiência excitante. Alguém se habilita? rs rs!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


botando caralho no cu do bebadocontos de tia limpando a casaconto erotico engoli 1 litro de esperma no vestiariotreinando para ser puta contos eroticoscontos de caralho nas mamascontos de caralho nas mamascontos dupla no cuContos eroticos bebezinha leite tetas puta incestotravesti dotadu no rnesposa seria se bronzeando em casa contofala mulher pelada bonita gostosa peituda o capoeiristaContos casada boquete em pintor enormecontos eróticos minha esposa trouxe sua sobrinha para morar com a genteconto vesti as roupas da minha madrasta e ela me fagroucontos de sobrinhas sem calcinha na igreja sentada no colo do tioele sofre ao meter nabuceta pequenacontos eróticos de lésbicas submissa a vizinha mandona contos eroticos esposa na de bronzearcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentefrutaporno sou casada mais nao fico sem fconto erotico minha namorada e meu tioVideo de travesti comendo a sobrinha de camisolinhacontos tirar leite eróticoscontos erotico maridos camaradacontos sexo gravidanova esperiencia.contospornomeu noivo me preparo uma despedida de solteira conto eróticosContos eroticos da mamae gostosa e filhofilha gostosa contoporno insesto na hora gue o tamanho do pau me asusteigozou roaandocontos a novinha comadre carenteContos eroticos de marcela no heconto nao guentei a pica de jumento choreiconto erotico com velho caralhudofui arombada marido adorouContos Estuprada por um machogorda bem vestida da buceta gostosa e acediada pela vizinhaconto festa arebentarao meu cu meu maridoFodido na construçãocontos eroticos minha entinhadinha 10e minha filhinhapassei de fio dental na frente do meu cunhado:contoconto irma casadaBabando no pau do papai contoseroticosxxvideos porno ci ru filo etupa a mae no crato bazileloPica de jumento com veiasContos heroticos de mulher que soltou um pum na hora que tranzavasempre dou uma escapadinha contosgostosa.acarisiado.a.buseta.deibacho.da.mesacontos lesbic de patroas seduz secretaria para um transa lesbContos eroticos comendo o sgt de dia no quarteldei pra um dog bem dotado me arrombocontos eroticoscomendo uma bucetinhacontos veridicos de japa com negao de pau gigantecontos eróticos homem maduro gostoso da pica grande f******contos eroticosnegaogritando e pedindo pra nao botar pois doi pra nao perde o cabacominha sobrinha eu vou sempre fuder ela no motel conto eroticoeu vou te arregaçar inteira me perdoa amor, desculpacontos eróticos fragei meu tio comendo minha tiacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto estupradacontos flagreii meu subrinho mastubando com calcinhaXvidio mulhes que anda a noiteconto amiga cabacinho da minha irmaseparada e depilada contoscu cona mijo enfioupapai mim comeu contoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosNegras malhadinhas com muinta vantade de dar a bucetacontos eróticos gay taxista Santarém Parácontos eriticos mulher casada em onibus lotadoconto erotico lésbicas roçando.a buceta na caramurhler.abusada.estrupradoamei ser estupradamulheres batendo punheta po patrao inche aboca de porraestrepi com baxinha bucetao.comou porn contos mãe traindo com um negro