Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BAILE FUNK

O baile Funk

Tenho 28 anos, não sou a típica cachorra, mas gosto de discretamente aprontar. Sempre fui muito cuidadosa, afinal sou casada há sete anos e tenho uma filha.

Meu marido é carioca e eu paulista, tudo aconteceu quando fomos a visitar seus Pais no Rio.

Sempre escutei falar de bailes funk, mas nunca tive oportunidade de ir, até que fui convidada por a prima de meu marido, marcamos a hora e fomos, mas antes perguntei se queria ir ao meu marido que disse que não, que preferia ficar com seu país em casa.

Arrumei-me e fomos buscar uma amiga de Paula (prima de meu marido). Chegamos à casa de Paula foi tal de trocar de roupa e eu curiosa pergunto o porquê de trocar de roupa de novo.

Não era muito difícil entender o porquê, a roupa agora longe de papai e mamãe era, mas ousadas, saias mas curtas, shortinho bem colado. Aproveitando coloquei um vestidinho negro que estava ai sobrando.

Agora estava uma cachorra, já percebia olhares percorrendo meu corpo, resultado por meu enorme decote, isso tudo já deixava molhada.

Moleques sarados se esfregavam para dançar, meu libido a cada hora aumentava mas já estava como louca na pista.

Para refrescar e aliviar a tensão ou tesao, fui ao banheiro, achei meio estranho um monte de machos parados na porta, parecia um corredor polonês. Quando passei, as passadas de mao foram certas, era mao por todos por todo meu corpo, os dedos suados desses safados se metiam em minhas intimidades e pouco conseguia fazer para me defender. Trate de passar o mas rápido para o banheiro. Que alivio...

Ajeitei neu vestido meu cabelo e percebi que todas as garotas que passavam nesse corredor de polonês gostavam da brincadeira e chegavam todas contentes no banheiro contando o que passo,algumas inclusive tirava a calcinha para passar outra vez pelo corredor.

Empolgadas e com muito tesao fiz o mesmo, tirei minha calcinha, fiz um ar de gostosa e voltei para o pancadao. Sá que dessa vez passei bem de vagarinho. Senti mas uma vez os dedos na minha buceta encharcada, senti os dedos buscarem lugares que eu mesmo não tocava. Que delicia ser invadida dessa maneira, por alguns segundos eu já estava perto de um orgasmo, minha saia levantando mostrava minha buceta pelada para todos.

Voltei para o palco e dancei muito já que minha vergonha tinha ficado muito longe daquele lugar. O problema agora era chegar a casa e explicar onde tinha perdido a minha calcinha. Mais isso meu marido corninho entendí e nao liga.





Beijos para todos

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos com irmão de santocontos eróticos infância gay com gari heterocontos mamae piscina bronzeador bikinicontos eroticos dando o cu para manter o empregoamigo tenta estrupar amigo bebadoa coroa bunduda negra é feriado pelo pelo banco dentro do ônibusconto eróticos lábios românticoscontos eroticos punheta no.onibuscontos meu meu filho bruto me deichou ardida buceta de cajaracontos eróticos de pai e filhacontos eroticos fui bem comida feito puta e chingada de vadia com o tio na fazendacontos eroticos comendo a neta da minha madrinhacontos gostoso prima tiaconto erotico lésbicas roçando.a buceta na caravideo porno chegou no quarto e comeu a teia com os olhos vendadacontos eroticos papai dormindo bebado eu aproveiteicache:18iZWlEvzBYJ:okinawa-ufa.ru/conto_13093_-currado-no-trote-da-faculdade.html bricando d lutinha cm meu tio contosgayconto viado amarrado e folgadocontos eroticos gay mulherzinhaconto filhinha novinha ja aguentacontos incesto sogras gordascontos marido jogandoEu Bêbado e Ela Se Aproveitou Contos Eróticoscontos eroticos de esposa safadascontos erotico fis boauetes nos amigs de meu marido e ele nem sabecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos aprendendo a fazer meu primeiro boquete com meu padrinho velhocontos eróticos com meu querido irmãosiririquei contocontos putaria de crentesconto erotico emprestei a minha mulher para um amigoconto erotico patrao pauzudo do marido comeu eu e minha filhaComtos casadas fodidas pelo filho e o sobrinhoeu minha mulher minha cunhada minha sogra contos eroticoscontos eroticos casada em casa sozinha com enteado fazendo massagemcontos eroticos de travestis fudendo o tiocontos erotico pirocaopunheta contosconto erotico amigo pauzudo do marido comeu eu e minha filhacontos. chupou pela primeira vez um machoContos com cadelaschantagem com irma contoscontos eroticos de travesti bemdotadotravesti de vestido e botinha querendo pica na bundinhacontos eróticos minha vida depois do filhoo gordinho e o tio contossexo com maior tesao com a negona de vestidocontos.veridicos erabando uma,.pretinhacontos mulher casada da o cu pro cãoconto erotico minha namorada trouxe amiga pra fuder com a genteMadrinha safadas relatos eroticos atuaisdepois anos de casado aventura contomulher dando pra piazada contos erpticodviuvo fode filho gay contocontos eróticos mamãe deu o cu eu vicontos eróticos sobrinha terraço caocontos minha esposa pediu carona e ganhou pica grossamasturbando pelo telefone contos eroticoCasada narra conto dando o cucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontoseroticos/maeiniciandofilhamenino taradinho conto éroticofudendo as vizinhas crentes contos adultosContos dei para meu filho roludocontos porno de incesto real pai filha e mae juntosconto de mulher transando com meninos novinhossó umbiguinhos lindos e peitos durinhoscontos porno 28cmcache:tCqBSJiMNvAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_6_13_orgias.html inseseto commforcacontos de coroa com novinhoComtos erotico relato de travest ativa Contos eróticos teens troca trocatia dorme na mesma cama com o sobrinho e forcada a fuder