Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O AMIGO DE MEU MARIDO - 2







Olá sou a Marcinha, as minhas caracteristicas vcs já devem ter lido nos outros relatos, e neste conto em mais um de meus encontros que tive com o Hugo, tive outros, mas este foi muito interessante com muitas fantasias e delicioso. O Hugo catarinense gostoso que sabe dar prazer a uma mulher, ele trabalha na mesma empresa de meu marido, e sempre viaja pelo sudoeste do Paraná, porém desta vez ele teve de vir até Londrina-Pr., onde fui ao seu encontro e passei uma noite com ele, com muito sexo, fantasias e sacanagens. Quem já teve oportunidade de ler meu conto anterior de nr 30967 (heterosexual), sabe de como gosto de contar os detalhes de meus encontros, isso deixa o texto um pouco longo, pois procuro relatar oque realmente ocorreu com detalhes e isso me deixa com um enorme tesão, adoro sexo e fico fascinada em reelembrar minhas transas . Meu marido viaja sempre na segunda- feira de madrugada para cumprir seu roteiro de vendas e visitas, o Hugo já havia me ligado umas 4 vezes na semana anterior me falando que estaria em Londrina na quarta feira da práxima semana e que queria me encontrar, fiquei toda acesa, já planejando alguma coisa, não contei nada ao meu marido. Na segunda-feira, perto da hora do almoço, o Hugo me ligou e queria me encontar de qualquer jeito, como tb tava louca para transar com esse gostoso, combinei que na quarta feira, eu iria até Londrina, combinamos de nos encontrar no Shopping Catuai por volta das 19 hrs. Eu não via a hora de chegar o dia, tava taradinha...

Viajei com meu carro para Londrina um pouco antes do almoço na quarta-feira e cheguei as 13:20 hrs, estava chuviscando e um pouco frio, este encontro ocorreu nas férias escolares, na primeira quinzena de julho09, coloquei meu carro no estaciomento do shopping, liguei ao Hugo, avisei que tinha chego, tinhamos combinado de nos encontrar na praça de alimentação, eu tava de blusinha branca básica que mostravam o contorno de meus seios, jaqueta e calça jeans, cabelos amarrados tipo rabo de cavalo, não deu nem tempo de entrar o shoping, já vi o Hugo vindo em minha direção com os olhos brinhando, chegou perto e me deu um selinlo, fiquei toda envergonhada com receio de ter alguem conhecido, ele colocou seu braço em minha cintura, perguntou se queria um lanche, pedi sá uma agua. Já na mesa da lanchonete ele começou com suas conversas, partindo para sexo, como ele é um comedor e safadinho, falou que fazia quase 30 dias que não transava com ninguem, e que tava louco para transar comigo, me fuder de todos os jeitos dei risada e falei, calminha ai, seu taradinho, que nos vamos nos divertir e muito.... Emendou a conversa e peguntou qdo foi a ultima transa minha, falei que minha menstruação tinha vindo na noite de quarta feira da semana passada e como tenho cálicas me resguardo, o único contato sexual foi uma gulosa que fiz em meu marido no sabado a noite, e ele viajou na segunda de madrugada, tava numa secura, não tinha transado e que não aguentava mais de tanto tesão, ele segurou minhas mãos, tavam suando, acredito que de tanto tesão, falou vamos embora para o hotel onde estava hospedado, mas antes vamos até meu carro quero ganhar uns carinhos e beijos seus, pois não to aguentando de tesão, topei e fomos...

Como tava chovendo um pouco mais forte, ele foi buscar seu carro, me pegou e procurou estacionar perto do meu, mau paramos ele me agarrou, começou a me beijar loucamente, falava loucuras em meu ouvido, alisava meu seios, passava a mão em minhas pernas por cima de minhas calças, alisava meus seios por cima de minha blusa, tava taradinho, eu como gosto de provoca-lo, para deixar ele mais tarado ainda, comecei alisar seu o penis por cima da calça, ele não perdeu tempo, abriu o ziper e tirou o penis pra fora, fiquei doidinha, tava durissimo, a cabeça tipo cogumelo tava meladinha, fiquei punhetando seu penis e nos beijando por um bom tempo, ele pediu para dar uma chupadinha, abaixei a cabeça e dei uma mordidinha na cabeça de seu penis e uma passadinha de lingua e uma emgolida de leve, sá para provoca-lo, ele tava maluco de tesão, me levantei e pedi para irmos para um lugar mais tranquilo.

Desci fui para meu carro e segui ele até o hotel onde estava hospedado, um pouco longe, peguei minha maleta e subimos para o quarto, não deu tempo de trancar a porta ele me atacou, tirou minha jaqueta, blusa e calça, fiquei sá de tanguinha num piscar de olhos, ele ficou so de cuecas, nos beijamos, ele queria meter em mim de qualquer jeito, dei um chega pra lá nele e falei vamos tomar um banhinho para continuarmos, cada um vai sozinho, e vc Hugo vai primeiro, aproveitei e separei um conjunto com tanguinha preta, coisa mais linda, ele se lavou rapidinho, apareceu com a toalha enrrolada e seu penis parecia que furaria a toalha, parti para o banho, e me arrumei... Quando cheguei no quarto, ele tava em pé na cama nú com seu penis super duro, não perdi tempo e fiz uma gulosa super caprichada, ele segurava minha cabeça e socava seu penis na minha boca com força eu chegava a engasgar, mas tava muito gostoso, sá de sentir a tara que esse homem tava por mim, eu já tinha gozado uma 3 vezes, na hora do amasso no carro e agora na gulosa, fiquei um tempão chupando ele até ele dar sinal que iria gozar, parei e não deixei ele gozar, ele ficou doido, pediu continua, falei não, quero seu esperma na minha xaninha...

Ele me colocou na beirada da cama e começou a me chupar, um verdadeiro banho de gato, não tinha parte de meu corpo que sua lingua percorreu, delicia, delicia, fui nas nuvens, ele enfiava a lingua dentro de minha xaninha, mordia meu clitoris, fiquei alucinada e gritei que tava gozando, ele veio pra cima de mim querendo me penetrar, escapei dele e falei senta encostado na cabeceira da cama que quero cavalgar vc, abracei seu pescoço, encaixei seu penis na entrava de minha xaninha e fui descendo lentamente, sentindo aquela cabeça enorme me penetrar parecendo que iria me rasgar, pulsando de tesão, até encaixar todinho dentro de mim, fiquei louca, beijava ele com tesão, fiquei subindo e descendo bem lentamente, até não aguentar mais, comecei a aumentar o vai e vem não demorei a gozar, gritei na hora que gozei gostoso, fui as nuvens, minha pernas amoleceram, fiquei abraçada ao Hugo e ele tentando me socar, mas meu corpo tava mole, ele me empurrou para frente com minha pernas abertas tipo papai e mamãe e socava com força, meu corpo tava sendo arrastado pela cama, pela força de como ele me penetrava, minha cabeça e parte de meu tronco tava pra fora da cama, quase caindo, até que ele urrou e gritou que tava gozando, começou a falar, toma o esperma que vc tanto queria sua japinha putinha, japinha safada, vc gosta é de rola sua vagabunda... despejou seu esperma dentro de mim, e como tava metendo com muita força seu penis escapou de minha xaninha e melou todo meu corpo, gozei novamente, meu corpo escorregou pra fora da cama, perdi as forças, tava desfalecida e não conseguia me levantar, ele me puchou pelo braço me colocou na cama e ficou beijando meus seios com força, me virou de bruços, pediu para mim ficar de quatro, mau consegui ficar de joelhos na beirada da cama, me puxou ao seu encontro e me penetrou novamente, seu penis ainda tava duro e pulsava, de quatro, escancarou minhas pernas e começou a socar, ele tava muito tarado, tinha acabado de gozar e seu penis ainda tava duro, meteu tanto e com força, me segurava pela cintura, e como ele é grandão, tb me segurava pelos seios, foi uma trepada para nunca esquecer, eu gritei to gozando, ele tb deu um grito, goza gostoso minha gata, que tb vou gozar, ele urrou e senti seu esperma escorrer novamente pela minhas pernas, cai de lado, tentando respirar, tava ofegante e saciada, ele deitado ao meu lado... esperei uns minutos e me recompus fui para o banho, ele tinha gozado tanto que seu esperma escorria de minha xaninha e descia pelas pernas, coloquei minha mão para não pingar pelo caminho até o banheiro, minha xaninha tava alargadinha o clitáris tava sensível e inchadinho mau podia toca-lo, a sensação é maravilhosa.

Já era perto da 8 hrs da noite, tomamos banho juntos, sá nos beijamos, fui para o quarto me arrumar, para irmos jantar e ele atrás de mim, e me disse tenho um pequeno presente pra vc, pegou um pacote e me entregou, eram peças de roupas intímas, 3 tanguinhas lindas, uma com aquele corte na frente, quando vc veste a sua xaninha fica toda exposta, e um conjunto lindo e sensual com um vestidinho curto até nos joelhos bem solto e bustie de lycra nas mesmas cores, que faziam parte da mesma peça. Agradeci, e perguntei qual que usaria no jantar das tanguinhas, pois estava colocando um vestidinho tipo tubinho preto bem agarradinho, ele pediu a tanga que tinha o corte na frente, coloquei e ficou a coisa mais linha, ele não se conteve, pediu para colocar uma perna em cima da cama, agachou e começou a me chupar deliciosamente, acabei gozando na sua boca, ele queria me penetrar de pé, ergeu meu vestido, mas não deixei, falei calma meu lindo depois da janta a gente se diverti, ele aceitou e me beijou...

Descemos, mas a chuva tinha aumentado, resolvemos jantar no Hotel mesmo, subimos até o restaurante escolhemos o jantar, e perguntou se tomaria uma taça de vinho acompanhando ele, aceitei, sou meia fraca pra bebida, ainda mais com o estomago vazio, logo na primeira taça as orelhas e meu rosto tavam vermelhos e conversa sobre sacanagem tava rolando a solta, o safado do Hugo, sempre dava um jeito de passar a mão no meio de minhas pernas para me provocar e ficava me beijando na frente de outras pessoas, tava meia acanhada... Em uma de nossas conversas antes de servirem o jantar, ele me perguntou qual era uma de minhas fantasias que teria em mente, fui franca, como tava meia alegre pelo vinho, disse que gostaria de transar com dois caras juntos, ele falou, topa hoje, eu disse não, quem sabe em outra oportunidade, e que mais vc gostaria em suas fantasias, falei que queria tb transar com um negro, mas daquele bem escurinho mesmo com um penis bem grosso, ele me disse vai ser mais dificil, dei risada, que nada, tem um aluno meu que na hora da aula me come com os olhos e ele é negrinho que sá, quando da postagem deste relato eu já transei com este aluno, assunto para o práximo conto, e falei que vou acabar cedendo pra ele, não é muito bonito mas acho que realiza a minha fantasia, e continuei dando risada. Jantamos, ficamos conversando e subimo para o quarto, fui ao banheiro, o Hugo já me agarrou, ele tava tontinho pelas bebidas, me encostou na parede, fiquei de costas pra ele, ergeu meu vestido, eu tava com a tanguinha do corte no rumo da xaninha, e começou a me penetrar por trás, enfiou seu penis todinho em mim, eu arrebitei a bunda para facilitar, foi uma loucura, rebolei gostoso naquele penis até não aguentar mais e gritar que tava gozando, ele começou a aumentar o ritmo e gozou tambem, caimos na cama, descansamos um pouco, ele me falou queria pedir uma coisinha pra vc, perguntei oque vc quer ? Pediu para depilar minha xaninha e para tirar fotos sensuais minhas, falei já deixo sá um pouco de pelos e vc quer me rapar todinha...como tava meio alterada pela bebida, consenti, ele pegou um aparelho de barba e espuma e me depilou toda, me limpou e pegou sua máquina de fotos mas pedi para tampar o rosto, soltei os cabelos e usei as mãos para tambem tampar meu rosto, tirei fotos de tudo quanto foi pose, numa foto ele pediu para ficar de quatro com a tanguinha e o esperma escorrendo, pediu para chupar seu penis, ficar na posição papai mamae com ele metendo em mim e tirando fotos... depois ele pegou seu notebook e mostrou as fotos, excluindo algumas que não ficaram boas, observei se não aparecia meu rosto, sem brincadeira, ficaram legais e bem sacanas, eu dando uma de verdadeira putinha... Me arrumei e falei que tava cansadinha e queria dormir, eram 2 hrs da manhã, ele falou vamos dormir então, nos lavamos e fomos para cama, eu sabia que ele queria mais uma transa, tenho de admitir a virilidade deste homem, isso que me atrai as fantasias com ele, talvez se não fosse pelo seu desempenho sexual, tinha transado somente naquele encontro em Atibaia-Sp... deitou agarradinho tipo conchinha encostado em mim com seu penis esfregando minha bundinha, puxou minha calcinha de lado e me penetrou, ele tava mais calmo, metia lentamente, tava delicioso, acabei gozando duas vezes, ele demorou para gozar, até que deu seu tradicional grito e gozou, não tirou seu penis de dentro de minha xaninha, e acabamos dormindo... acordei cedo, a sensação de dormir ao lado de outro homem sem ser seu marido é esquisita, mas pela fantasia e sexo era uma gostosura... tomei meu banho, e o Hugo ainda tava dormindo, me arrumei e fui acorda-lo, tava de camisolinha básica e tanguinha, ele me puchou ao seu lado arrancou minha tanguinha e começou a me chupar, falou meu café da manhã vai ser seu gozo, seu suco... não demorei muito, ele me chupava bem gostoso, acabei gozando rapidinho, fiquei louca de tesão, pedi para continuar, até gozar mais uma vez, ensopei sua boca...

Ele tomou banho e descemos para o café, eu iria embora somente as 19 hrs., subimos para o quarto, ele disse, vamos transar mais uma vez antes de vc ir embora, ele me agarrou, me beijava, tirou minha roupa me pegou no seu colo, e disse em meu ouvido, eu adoro seu corpinho, a sua bundinha cheinha e redondinha, e quando vc vai dar seu cuzinho para mim, dei uma risadinha, quem sabe outro dia que tiver com coragem, olha vcs devem imaginar o tamando cabeça do penis do Hugo, é grande, tipo cogumelo, apesar de seu penis não ser tão grosso, mais é comprido, ele me apertou ao seu corpo, porque não tentamos agora, prometo ser bem carinhoso com vc, e trouxe alguns acessários para ajudar, pensei é hoje que vou ficar com meu rabinho estourado, sai de seu colo e comecei a fazer uma gulosa pra ele, como tava pra ir embora, deixei meu celular ligado que começou a tocar, larguei o Hugo peguei ele na bolsa que tava na comoda, era meu maridinho, queria saber onde eu tava, sentei na beirada da cama, e ficamos conversando, o Hugo safado abriu minha pernas e ficou me chupando com eu falando no celular com meu marido, tava delicioso, dei até uns gemidos, meu marido não percebeu nada, falou que tava com saudades e louco pra me ver...

Pela inssistencia do Hugo, acabei aceitando fazer sexo anal com ele, mas combinamos se eu tivesse sentindo muita dor e desconforto, ele parararia, realmente ele veio preparado, trouxe gel lubrificante com anestesico, me colocou de quatro na beirada da cama, enfiou um dedo em meu anus e ficava massageando, até colocar 2 dedos, pegou um gel liquido e lambusou meu rabindo todo, e encostou seu penis no meu cuzinho e começou a penetrar, senti um pouquinho de dor no começo, até a cabeça passar, depois conforme ele ia me penetrando, fui sentindo uma sensação maravilhosa, deliciosa, igual quando faço sexo anal com meu marido, até que senti suas bolas baterem em minha bundinha, ele começou um vai e vem lentamente, e eu comecei a rebolar, até aumentarmos o ritmo, já tinha me acostumado com o volume em meu rabinho, ai ele começou a socar com força e eu forçando minha bundinha de encontro a seu penis, ele chegava a tirar todo seu penis de dentro de mim e colocar novamente, fiquei massageando meu clitoris e acabei gozando deliciosamente, olha um gozo duplo, muito, muito gostoso, mesmo...

O Hugo não tinha gozado, acabei caindo de lado, perdi as forças, esperei um pouco, pedi pra ele deitar de costas e subi em cima dele, encaixei seu penis na entrada de meu cuzinho e sentei até o talo, ele gemeu, segurei suas mãos no ar, fiquei nas pontas dos pés e rebolei gostoso naquele penis, ele começou a levantar os quadris e socar tambem até que gritei que ia gozar novamente, ele tambem urrou que ia gozar, gritou sua japinha não queria dar esse cuzinho pra mim e agora tá adorando, sua putinha e deu uns tapas em minha bundinha, senti seu esperma quente esguichando dentro de mim sensação deliciosa, gozou fundo no meu rabinho eu tava sentada naquele penis até o talo...

Nos recompomos, fui me lavar ai que percebi o estrago no meu cuzinho, tava alargadinho e todo esfolado, pensei por estes dias não vou fazer sexo anal com meu marido, ele vai percerber na certa. Me despedi do Hugo, ele me acompanhou até meu carro, pela janela me deu mais um super beijo de lingua, e parti para Maringá, cansadinha porém saciada e com meu cuzinho dolorido e minando esperma de meu amante... Ainda bem que meu marido chegaria somente na sexta feira pela tarde, daria tempo para me recuperar um pouco. Apás esse emcontro em Londrina com o Hugo, acabei dando uma esfriada no nosso caso, percebi que ele tava partindo para outro lado, se apaixonando por mim, me ligava quase todo dia e como sempre digo, adoro sexo com fantasias e muita sacanagem, mas quero apenas sexo, nada mais, sou casada, gosto muito de meu marido. Fiquei com peninha pois esse homem transa muito bem, ele é muito gostoso, quem sabe no práximo encontro no final do ano transamos novamente...

Logo relato a vcs a transa que tive com meu aluno negrinho, foram alguns amassos e sá duas transas e nas duas com sexo anal, mais não valeu a pena, foi mais pela fantasia de transar com um negro. Beijos a todos epero que tenho gostado deste relato, procuro escrever como ocorreu, mas alguns detalhes acabam ficando para trás. Me escrevam - [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


ela me chamou de puta e me bateu conto empregada negraprovocando meu tio com um short com as popa da bunda de foragostosa qee depois de levarvarias encoxada persebeu qee ta toda gozadamulher escanxa no cachorro e goza gostosocontos eroticos "novinha" "trapos"dei minha buceta para os amigo do meu filho contos eroticoamanda casamos grande cabeçudo contoscontos erotico com irmaoapostou a filha conto eroticocontos eroticos reais minha cunhada me seduziu e eu comio carteiro me pego com roupas femininas gaymulher dismaia na pica do mindigoContos de comer cadelacontos eroticos arrombando a gordabaixinha de 1m 60 porno boa fodacontos estupraram meu esposocontos gozei n boca da menininha na marraconto erotico casada viu menino de pau duroConto minha mae deu o cu na frente do meu paiconto erótico garota da academia bombado no jumentocontos comendo gay na vielatravesti coroa enroladinho PretoConto inses bebados transando.conto zoofilia na casa da vovócontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico meu professor de 60 anos me levou pro motelcontos eroticos transformado em putameu sogro meu amante contomãe puta, contomulheres casadas com picudos/contos com fotosconto incesto mamae chupou meu pau e deu o cu rosa pra mim quando eu tava dormindoele me seduzio e quebrou meu cabaço historeas reaisconto erotico trepei com meu primo engravideiVelho pervertido come a bucetinha de uma garotinha na escolacontos filha praia esposacontos eroticos comi o menino de ruaeu minha mulher e meu sogro contoscontos eróticos. incesto ,adoro ver meu filho a comevidios de mendingos dando o cu por drogasguero asistir filmi porno as freiras virgem goxando na bucetacontos eróticos de virgemContos picantes incontrolável desejoempregadinha contocontos eroticos de primos com primas que engravidamcontos eróticos estupradasonifero filha caçula contoporno gay contos erticos viajando com o meu padrasto caminhoneiroincesto realidade fantasias contoconto punheta da varandaSexo contos visinhos virgindadeContos eróticos cuidando do meu priminho e deixando ele tomar banho no quintal conto gayconto minha tia fica de calcinharasguei a camisinha sem ela perce er e gozei dentro/contosComtos mae e filha fodidas pelos amigos do paicontos eroticos com irmãsConto erotico casado asuata com pau grande do amigo de futebouprimeiro abraço encostou o pau na bct puxou pela bunda encharcou a calcinhaConto loira 20 aninhos casada e amigo de maridãoconto gay virei viadinhorelatos de casadas que treparam vom suas cunhadssconto erotico eu e minha mae estamos gravidas do meu que e adoramos elecontos eróticos virei marido da minha irmãesposa bebada contos eroticosmulherpedi picagrandeconto erotico liberei minha mae pro meu amigominha mulher explorando meu cu contocontos eroticos fui comida pelo meu inimigocontos eroticos arrombando a gordaEnsinando a maninha a foder contos eroticosTravesti fode duas coroas safadas na idade de 55 anoscontos eroticos ousados com muita excitacaocontos eroticos meu marido gosta de leitinho na bocaContos de estupro homens 100 quiloscontos gays mamando no mamilo