Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DIABINHA NA PELE DE CORDEIRO (ESCORPIAO)

Bom dia caros amigos! meu nome é maresia ha 6 anos atraz tive um caso com uma mulher olhe como tudo começo.



Era um dia de segunda feira terminava de cregar no trabalho e vi o pessoal conversando sobre uma carta que estava presa na porta da empresa esculhambando um dos funcionarios, nome dele ( DAN ) dizendo, dan é um boiola ele nao satisfaz nem uma mulher ele é um broxa iai por diante o pessoal fez muita gozação eu chegui para ele e disse que queria saber quem era para mostrar a ele com é que faz, ele me passo o msn dela cadastrei o msn dela dois dias depois estava viajando a trabalho e fui no horario de 13:00 horas numa lan house 19 minutos depois ela entrou no msn comecei a falar com ela, ela perguntou quem eu era disse que era um amigo e disse que estava viajando mais no outro dia estava devolta para a cidade ai marcamos para sair ela disse que iria para a igreja mais poderia pegala 19:30 proximo a igreja chegando no local marcado parei o carro e ela foi logo entrando no carro ela pergundou meu nome e rastei o carro ela percebeu que eu estava indo direto para um motel ali perto sem muita conversa ela foi dando uma de santinha mais eu ja sabia quem era ela uma putinha com camuflagem de santinha perguntei a ela onde ela queria ir ela me respondeu qual quer lugar para batermos um papo veio logo um logar que tem pouco movimento ali proximo parei o carro e comercamos a conversa olha como ela estava vistida uma blusa com um ziper todo fechado ate o pescoço uma saia ate os pés quem não conhecese via que era uma menina recatada mais ja sabia da fama dela somecei perguntando se ela tinha namorado ela me respondeu que não nesse papo vai papo vem passei a mão nas pernas dela ela tirou minha mão e ficou segurando alisava apertada meu pau ja estava duro mostrei a ela que sá na pegada dela nas minhas mão eu ja estava daqueli jeito ela solto minha mais e puxou a saia ate o juelho perninha lindas mais fui logo passando a mão nas pernas dela ela deixou comecamos a namorar no carro sá rolava putaria tirei a calcinha dela passei o dedo na xaninha dela com a outra mão apertava os peitos durinhos dela ela segurava meu pau com um força que parecia que iria amassar ela começou a bater um punheta em mim mais ela ja estava louca eu ja estava com dois dedos na buceta dela chupando os peitinhos dela ai ela caiu de boca no meu pau que delicia ai o cordeirinha de mostrou uma loba mais nesse dia nao passou disso ela disse que ja estava muito tarde e tinha que ir pq a igreja ja estava terminando marcamos para sair no outro dia quando chego no lugar marcado ela ja estava lá eu estava com uma moto dei o capacete a ela isso era um dia de sabado pegui ela e não contei conversa isso era 13:30 da tarde pevei ela direto para o motel chegando la tirei logo a minha roupa ela fingia que estava envergonhada uma diabinha deitei ela na cama e fui tirando a roupa dela uma a uma tirei a blusa depois tireo o shorts isso na maior putaria chupando a barriguinha pasando a linguinha no umbiginho tirei o sutiã dei uma chupadinha nos peitinhos depois fui dessendo chupando a barriguinha e tirando a calcinha dei logo uma chupada na bucetinha dela toda raspadinha uma delicia ela foi a loucura começou a gemer parei perguntei se ela estava sentindo alguma coisa ela me resposndei estou morrendo de tesão não para fiz bastante tortura na bucetinha dela passando a linguinha no pinguelinho ela ja estava quase chorando dei meu pau para ela chupar ela chupara com uma vantade louca quase soltava o couro mais estava uma delicia puchei ela e fizemos um 69 delicioso ela gozou em minha cara tremia rebolava e gemia que delicia logo depois sem demorar muito sai debaixo dela e fui para traz ela ainda estava estaziada com a gozada que ela deu mais nem deizei ela respira fui logo merendo nela ela deu um pulo calma assim vc me mata eu disse é isso que quero fazer lhe matar vira a bucetinha para ca ela bem devasa virou eu não contei conversa enfiei a te o talo ela rebolava gemia gritava ela gozou d novo eu tb gozei deitamos uns minutinhos e fomos tomar um banho eu tomei o banho primeiro e valtei para a cama liguei a tv e ja estava passando um filme porno quando ela volto ja estava de pau duro dnovo ela sá tirou a tualha e caui de bora no meu cacete chupou e sentou no cacete rebolando sentava em meu pau de estivese sentando num riguedo enfiava bem forte pulava gritava um tesão sá ela virou e começou a enfiar de costa nisso eu estava deitado e ela pulando rebolava ai gozamos dnovo levantamos e fomos tomar um banho tomei meu banho e voltei para a cama estava passando outro filme o cara estava comendo a bunda da mulher veio logo a ideia de ver se ela era tão devassa assim ela volto e deito jo meu peito começoa pegar no meu pau ele foi endurecendo dnovo ela caiu de boca dnovo ai ue disse agora é minha vez coloquei ela de 4 enfiei o pau na buceta dela deu uma meladinha no pau e disse a ela agora quero deu cuzinho ela deu um pulo ei ai não eu perguntei pq ela disse que não iria duer eu disse a ela se duesse muito eu parava ela bem safaca topou peguei o gel pasei no pau e no cuzinho dela que ja estava piscando fui colocando o dedo aos poucos quando o dedo ja estava entrando direitinho eu coloquei ela de 4 mandei ela empinar a bundinha e fui colocando ela dizia que estava duendo mais fui com bastante paciencia colocando bem devagarinho ela gemia mais eu não parava ia sempredizendo que ja iria parar de doer quando ela deu por conta ja estava todo dentro ai foi putaria pura metia o dedo na buceta dela e enfia va no cu ela disse que foi uma experiencia muito gostosa gozei e fomos tomar outro banho saimos juntos do banho vistimos a roupa pedi a conta quando olhei no relogio ja era 19:00 horas da noite ela disse que a mãe dela iria matar ela paguei a conta e fomos embora quando chegava perto da casa dela falei a ela que trabalhava uma empresa de imformatica ela tomou um susto e perguntou onde eu disse que era na xxx xxxxxxxxxxx ela aregalou o olho e disse eu conheço um pessoal de la eu perguntei que ela me disse dan eu disse foi ela que me deu seu msn ela arregalou o olho dnovo e eu falei a ela que sabia que foi ela que colocou uma carta na porta da empresa esculhambando ele e perguntei a ela se iria fazer a mesma coisa comigo ela disse esculhambei ela pq ele nem um beijo me deu parecia que era virgem mais vc não pessoal isso foi o segundo dia que sai com ela tem mais 5 dia esse é capitulo 1ª



agradecido desde ja por aqueles que leia e de sua nota para que possamos sempre melhorar com o encentivo dos leitores

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minha cunhada casada me esnobou contosmaecontopornocontos pai e mãe nudista fala com os filhos como e bom chupa uma rolacontos sexuais de jessica no carrocache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html videos de novinhas com o chorti gosadinho atrastia muito r***** lavando o quintal não aguenteiDei meu cu gay pro seguraca do meu paimarido enfias as duasmao no cu da esposacantos historias transei com minha sobrinha de 11aninhossurpreendeu a esposa com consolo contoscontos eroticos arrombando a gordapunhetabdo no hospitalcontos de quen comeu coroas dos seios bicudosEsposa linda e gostosa buntuda nuacontos malicia incestuosacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos brasileiro primeira vez mãe fazendo dupla penetração com seus filhosconto eu meu filho e meu pai cumemos minha esposa rabudavideos de mulheres mamandoleitee no peito da outrahistoria erotica de tio taradaocontos eroticoscomendo aenpregada novinha e sua filinhafui escrava ate fica arrombada contocontos eroticos gays com gesseirosConto minha filha dorminda so de fio dentalcontos mostrou duas picas pra minha esposacontos eroticos/virgens estuprada pelo padrinhodeu a buceta no presidio contoscomessei a alizar o pau do marido da minha tia contocontos eroticos com mae e tia dando cuviuvo fode filho gay contoContos erotico comi minha irmã cadeiranteconto guei dopei meu irmáo chupei a rola delepalhia de calcia preta nuaconto erótico infânciaMinha sogra me pergunto se eu deichava ela chupa no meu peniscontoseróticos tímida . dormindocontos eróticos daliporno sujo porra na boca guspe mijos e muita porcariacontos eroticos comendo cu da mae e da irmaContoseroticoscavalocharmel bucetuda peluda 5 minutocontos de coroa com novinhoconto porno gay cinemaconto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogroconto erotico meu filho meu machoconto meu pai sai e eu como a minha mae okinawan gélico pornôcontos pornos comi sogra mamae tia irma onibus lotadotia rabuda deitada prerto de sobrinhoconto porno o mendigo e seus cachorro comeu minha mulherpadrinho comer afilhada cem pentelhoconto real tia se masturbando socontos eróticos titio encheu minha bucetinha de porra pornoContos eroticos teens gay no banho com meu paicontos erotico de filho travesti bundudoamigo do meu marido dano de bom frenre dele e mim chatagiado contos eroticocontos eroticos brincando pique escondepinto pequeno apontando para cima punhetacontos eróticos vovó transando com jumentocontos eroticos domia ele cospi nu meu cucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos velha donzelacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos Simone só dorme si chupar o pau do papaiconto erotico ati puneta paraConto eroticos das coroas 42 lindas e gostosas de 41 anos com teu afilhadopono gay. de homens taxetaconto erotico comendo mae do analamigocontos gay me depilando e pego no flagrasenta aqui sua safada contos eróticosmão amiga trêm metrô onibus show contos eróticoscontos flagreii meu subrinho mastubando com calcinhacontos de lesbica chupando a buceta eo cu da outramulatas do bundao e pitos caido gostosa.contos mães gosto de fuder com meu filhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos gay problemas mentaisConto erotico sobrinho fudeu gostoso com a tia coroa