Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A VINGANÇA MAIS GOSTOSA DA MINHA VIDA! PART 2

Fomos ao banheiro tomamos um banho e no final peguei um dos meus cremes preferidos, e comecei a passar em meu corpo inteiro, Gustavo ficou sentado na bacia me olhando até que perguntou..

- mãe, porque aconteceu tudo isso entre agente? Até agora estou sem entender..

- e vai ficar por mais algum tempo..

Claro que eu fui rude naquela hora, mais eu não podia continuar com aquilo, por ele ser meu filho é claro, pois aquilo tinha me servido apenas como uma forma de ‘vingançaÂ’ na qual é claro tirei todo o meu atraso, e naquele momento me senti na obrigação de ser rude com ele, como seu eu falasse, foi sá isso e pronto.. a minha ‘vingançaÂ’ estava feita, e o tesão que eu estava já havia sido resolvido, mesmo ele tendo que aprender muitas coisas, seria um belo desperdício deixar ele assim sem uma explicação e também com uma 2ª vez, eu dormi aquela noite com a cabeça leve, me senti a mulher mais realizada deste mundo, se não fosse por meu filho, se fosse um outro homem qualquer eu ia ser do mesmo jeito e nem pensaria mais nisso, mais como ele era meu filho não podia deixar ele com essa duvida na cabeça e com o tesão que deveria ainda estar lembrando dos momentos que tivemos, mais mesmo com isso na cabeça, desencanei e pensei que com o tempo ele ia entender, e durante muito tempo ele não me perguntou nada, e estava normal comigo, eu sá o sentia bem mais carinhoso, e em muitos dos abraços que ele me dava eu sentia seu tesão, ele parecia fazer de propásito, mais eu tinha que ficar firme, e tinha na minha cabeça que aquela tinha sido a única fez, e que nunca mais aconteceria, mais quem diria que uma mulher madura como eu ia deixar isso acontecer.. eu nunca fui de relembrar as minhas transas com meu ex marido e ficar com tesão por lembrar-las, pois sempre claro até uma certa época do meu casamento eu tinha meu marido na cama, quase todos os dias, e então nunca fiquei tanto tempo sem sexo depois de ter feito um amor tão gostoso, e naquela tarde de sábado durante um banho me veio a cabeça a cena em que eu e ele entravamos no banheiros nus,, suados, todos melados de gozadas que tinham sido as melhores de toda a minha vida sexual, aquela lembrança e aquele chuveirinho fizeram eu começar uma gostosa masturbação, mais eu nunca fui de me masturbar, sempre que queria sexo eu ia a traz e sempre conseguia, e não seria desta vez que eu ficaria na mão como muitas amigas minhas dizem,, lembrei que meu filho estava em casa naquele momento, e estava almoçando a comidinha que eu fiz com tanto carinho, mais na hora pensei, ele vai ter que deixar meu arroz com feijão e bife e terá que comer outra coisa.. nem me sequei de tão louca eu estava de tesão, desci do jeito que estava, ele como eu imaginava estava na cozinha, parei na porta e olhei pra ele, ele na mesma hora parou de comer..

- esqueceu a toalha foi? Você ta toda molhada..

- realmente estou toda molhada! RS, e não vim buscar toalha nenhuma não!

- e veio buscar o que?

- você!

Nem deixei ele falar novamente, fui pra traz deles e comecei beijando sua nuca, enquanto minhas unhas arranhavam seu tárax, e fui indo ate chegar no botão de sua bermuda.. mais nessa hora aconteceu algo que me surpreendeu, ela segurou minha mãe e se levantou com uma cara de bravo..

- eu tava louco pra ter você de novo, não via a hora de te dar uma noia dessa de novo, mais dessa vez eu sá vou topar se você jurar que não me deixara na mão por tanto tempo!

- e eu te deixei na mão, não estou com você aqui agora?!

- mais eu não quero que seja assim!

- como assim não quero que seja, eu te amo como filho, mais o que sinto por você como homem é apenas tesão, por enquanto, e larga de bobeira filho, eu sei que você não vai resistir a tudo isso!

Enquanto eu falava isso me sentei na cadeira que ele estava e abri as pernas em sua direção, e comecei a passar um dedinho por cima do meu grelinho, ele veio direto me chupar, se calou na hora, mais em sua 1ª linguadinha eu o puxei pelos cabelos..

- melhor você deixar a mamãe te ensinar a fazer isso!

E enfiei sua cabeça onde ela estava, cada movimento de sua língua agora era controlada por minhas ordens que se misturava com meus gemidos e alguns palavrões, e enquanto aquilo rolava eu pensei: meu deus, meu filho esta me chupando e é apenas pra acabar com meu tesão, e ele esta fazendo muito bem, será que eu estou sendo uma mãe ruim pra ele? Mais eu estava com tanto tesão que fiquei meio assim e chegou num ponto que já não pensava nas consequências e sá queria sentir uma rola dentro da minha bocetinha, não importa de quem.. e foi isso que meu amado filho fez, e do mesmo jeito que ele estava me chupando, sacou seu pau pra fora e não teve dá de mim, enfiou de uma sá vez, e ele me comeu até eu cansar.. me levantei e fui até a pia onde apoiei meus braços e empinei minha bunda, e ela claro não tive nem que falar nada, meu menino estava esperto, me socou gostoso daquele jeito, me comia tão forte que não aguentei e acabei gozando com seu pau todo dentro de mim, mais eu queria mais, eu queria muito mais, e dessa vez não tive que pedir, ele com aqueles braços fortes me colocou em seu colo, e me sentou na beirada da mesa, não imaginei, mais ele jogou tudo que estava em cima da mesa no chão de uma sá vez, comida, refrigerante, frutas.. fez uma bagunça geral.. lhe dei uma leva bronca na hora, mais logo ele disse que depois arrumava e que ia valer a pena, não sabia o que ele ia fazer, mais ele subiu em uma cadeira e se deitou sobre nossa mesa e me chamou, vi aquela rola sobre minha mesa, aquilo sim era um banquete, antes de tudo o chupei um pouco sá pra deixar ele mais molhadinho ainda, e depois com um pouco cuidado e receio pois nunca tinha feito sexo sobre uma mesa, me sentei sobre o caralho do meu garotão, aquela hora queria mais é dar tesão ao meu filho e fazer ele gozar, coisa inédita pra eu pensar depois de solteira, e eu claro caprichei naquela cavalgada, depois de muito foder senti sua porra quente me invadindo, minha sorte era que eu não podia mais ter filhos, já pensou eu ter um filho do meu prápria filho? Ele ficou lá me beijando com a cara de satisfeito, e me deu a idéia de encher a banheira pra tomarmos um banho juntos, mais disse ele em tom de comedia que dessa vez não ia me deixar sair do nada, fui ate meu quarto onde tem minha suíte com banheira e a deixei enchendo, e desci pra ver o que ele estava fazendo, quando me deparei com ele sentado no sofá acariciando seu pau, que já estava duro novamente, fui até ele e me sentei em seu colo, lhe deu um beijo..

- pelo visto isso ai vai demorar pra baixar hein..

- tenho certeza que ele sá vai ficar mole quando você não quiser mais brincar com ele!

- então é melhor você se preparar que ainda tenho muitas brincadeirinhas pra hoje!

- sá pra hoje mãe?

Dei uma risadinha e o beijei de novo, não me aguentei com aquele pau ainda melado com um pouco de porra cutucando minha virilha, e sem parar de beija – lo com umas das mãos encaixei o pau dele dentro da minha bocetinha, confesso que dei 3 cavalgadas naquela rola e cansei, devia ser a idade, fiquei ofegante, mais claro que uma mulher experiente como eu tem seus truques, comecei a rebolar no pau dele, e pareceu que ele ficou ainda com mais tesão, de todas as maneiras que você imaginar eu rebolei em cima daquela pica, e sá paramos, porque me lembrei que tinha deixado a banheira enchendo, ele me pegou no colo, e nessa hora foi inevitável eu não me lembrar de meu ex, mais agora era seu práprio filho quem estava me tendo, nunca tinha nem ouvido falar dessa coisa de incesto sá em alguns casos de estupros entre familiares que eu ficava chocada, mais aquela sensação de estar dando pro meu práprio filho duplicou meu tesão, meu filho era mais homem e também mais ‘machoÂ’ do que muitos por ai, nesse dia me surpreendi com ele, não é porque é meu filho, mais decidi naquele momento em que eu estava em seu colo, que ele seria o único homem da minha vida!



quer saber porque?



acompanhe a 3ª parte deste conto logo mais..!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico metendo na comadrecontos de cornoscomendo minha irmazinhano escuro.com/videocontos eróticos dívidi minha mulherContos eróticos de cornocom negão dotadosnao filho nao posso e pecado ela faz a vontade/dele chupa pica/dele cem querecontos eroticos papai me fodeucontos de buceta gdecontos eroticos tres homens uma mulhertitiatezudahttp://okinawa-ufa.ru/conto_24058_eu-e-minha-madrinha.htmlconto dado para minha familia a xoxotaFui violada por pirocao contos eroticoscontos eróticos travesti dando o cu para homem do pau grandecontos eroticos de Araguaina Toconto erotico gay com o vendedornetinhascontosConto dei o cu no cine repúblicapraia guaratuba contos sexorelato mulheres que casaram virgem com dotadoque bucetao da neguinha novinha baba di meu filho contosRelato forcei a filha da mendinga a me dar o raboconto erótico tia me dando banho junto quando era pequenocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteeu e minha filha no baile funk contos eroticoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosprimeira vez que trai meu marido fiquei toda arrombadaConto arredou a calcnha pro lado e enterrou tudo numa veziniciei meu irmaozinho na banhera contosgaymarido realizando sonhos eroticos da esposacontos eroticos infanciasou uma coroa e sem querer dei po borracheiro contos eroticoscontos eróticos sarro no ombromeu marido me amarrou e deixou quatro negros me estupraram. contos eróticoscontos eroticos de encoxadasestrupada na escola contos eroticosContos filhinhas calcinhaContos lambendo cu cagadoconto erotico: va para o vestiario e me esperesexo com muito expormos pornodoidomulher cagou durante o anal numa festa contos eróticosAi tira tira, aguenta sua cadela so vou parar quando eu quiser e quando eu tiver satisfeito piranhaConto Meu Amor é um Traficante parte 3- Contos Do Prazercontos eroticos coroa velhocalcinha pendurada no banheiro contos eróticossexo com renata crentinhaConto erotico de sexo incesto cheiro da buceta suada da irmacontos ela gozou no meu dedo no metrô18oras.porncontos/ morena com rabo fogosoContos Eróticos De Gay Comi a bunda do amigo Do meu Paimulher dando pra piazada contos erpticodcontos eroticos gays de todas as idadesvideo para baixa de porno home com olho vexadovelha peituda cheia de celulites contomeu me comeu aos anosSexxu videu erica cazada jua da baiasiririca na frente dele conto eróticocontos eu durmo de saia sem calcinhacontos erótico estuprada po bardidocontos eroticos minha tia tomando banho de solcontos de coroa com novinhocomtos eroticos mania bem novinha pelada contos eróticos peguei minha cunhada no banheirovizinho tezudocontos de sexo com novinhas trepando com advogadoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentezoofilia mulher carente arruma um componheiro pra lir da prazerPeguei o amigo d meu esposo cheirando minha calcinha meladinha,contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteajudei o bêbado e ele comeu meu cuzinhocontos eróticos de negros em carnavalcontos gay pai castigoconto - amor de pica doentiocontos erotis orgia bifudenso com a mulher do meu amigo na xasa delecontos minha mulher pagou minha divida com a bundacontos eróticos com o vizinho q mora sozinhoa medica que gostava de zoofilia_contoscachorro lambendo buceta.deilhecontos dp.na mendigacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eróticos picantes pecadosduas irmas gozando juntas conto erotico