Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UM MARIDO VOYEUR EM GUARUJÁ

O fato que narro aqui aconteceu em um belíssimo hotel em Guarujá. Somos um casal, que nos amamos muito e juntos a 19 anos. Minha esposa Carla, tem 30 anos, é clara, cabelos pretos longos e lisos, 1,70 de altura, 58kg, seios médios, rosados e deliciosos, bunda média com tudo em cima e ainda com marquinha de biquíni. Durante anos dei dicas à minha esposa sobre minha mais louca fantasia, de vê-la transando com um casal. Lágico que o homem deveria ser de pegada forte, dotado e bem sacana na cama. Viajamos para o litoral para passar um feriado afim de descansar do dia a dia do trabalho. Chegamos em um belíssimo hotel de frente pra praia e nos hospedamos em uma suíte que tinha uma vista maravilhosa e bem relaxante. No mesmo dia que chegamos passamos o dia na praia tomando algumas cervejinhas e beliscando alguns petiscos. Logo a noite fomos para o bar do hotel onde rolava um sonzinho ao vivo e muita gente bacana e alegre. Foi nesta noite que conhecemos um casal de Sampa, Cezar e Daniela. Acabamos ficando grande parte do início na noite conversando com eles. Em certo momento percebi que minha esposa Carla conversava muito com o Cezar, e logo surgiu em minha mente o tão sonhado desejo de vê-la na cama com outra pessoa. O clima esquentava devido a bebida e o som ao vivo que rolava no bar. Em certo momento minha esposa me chamou para dançar um pagodinho legal que tocava, porém estava um pouco cansado da viagem e disse que não estava afim. Cezar muito esperto me perguntou se podia dançar com ela, respondi que sim, e rindo disse que ele deveria pedir para mulher dele. Daniela olhou para mim e disse, por mim tudo bem, adoro vê-lo dançando. E assim eles se levantaram e foram dançar. Confesso que fiquei com um pouco de ciúmes, porém o prazer de vê-la com outro já me despertava muito tesão. Assim, acabei ficando à mesa conversando com Daniela, que logo me disse que era do estilo Voyeur. Quando ela disse isso, assustei um pouco, pois na verdade me considero um Voyeur. Foi nesta etapa da conversa com Daniela que tive a certeza que algo poderia rolar naquela noite. Não perdendo tempo aprofundei o assunto de voyeurismo com Daniela e assim ficamos um bom tempo conversando enquanto saboreávamos discretamente nossos parceiros dançando e curtindo uma boa música. Já havia tomado algumas caipirinhas quando tive coragem de dizer a Daniela que meu desejo, um dia qualquer, seria deixar minha esposa se aventurar em uma transa extraconjugal. Daniela que já estava "alegre" tomados umas cervejinhas, me disse sem frescuras se eu toparia realizar o desejo dela. Neste momento “gelei” e fiquei muito curioso também, perguntando qual era o desejo dela. Ela me disse sem muito esforço: Quero assistir meu marido satisfazendo uma outra mulher e se você topar, poderá ser a sua. Hummmm, neste momento quase cai da cadeira. Mesmo assim com a voz quase trêmula respondi que topava, porém não saberia se Carla iria aceitar isso. Daniela rindo disse: Com aquele chamego que ela está com meu marido, acho que ela topa.

Bom, quando eles voltaram para a nossa mesa, Daniela muito esperta, propôs para nás uma brincadeira que envolvia dois casais. Iríamos todos para a suíte, e lá ela vendaria meu olhos enquanto Cezar iria fazer uma dança especial para as duas, e durante a "dança" de Cezar, Daniela iria falando ao meu ouvido o que estava rolando. Assim, com muito tesão na idéia, e antes de Carla dizer alguma coisa, disse que topava. E Carla sem muito o que dizer na hora, disse: Bom se meu marido topa eu também topo. E fomos todos para a nossa suíte. Lá dentro Daniela me colocou em um sofá da suíte e vendou meus olhos, dizendo baixinho no meu ouvido: Quero você apenas escutando, mas não se preocupe que irei dizendo o que está rolando. Depois de ligarem o som escutei Daniela dizendo a Cezar para começar a fazer uma "dança" bem especial para as elas. Neste momento percebia que Carla estava caladinha em algum canto do quarto. A música estava bem alta e em certo momento Daniela chegou aos meus ouvido e disse baxinho: Sua esposa está adorando vê-lo fazendo um belo streap-tease. Confeço que gelei nesse momento. E Daniela continuou dizendo ao meu ouvido: Hummm, meu marido está peladinho agora.... sua Carla esta totalmente hipnotizada. Nesse momento ela me perguntou: Posso realizar minha fantasia agora, de ver meu marido com outra? Balancei a cabeça concordando que sim. Em certo momento escutei Cezar dizer vem Carla, vem aqui um pouquinho !!! Pelo silêncio dela, percebi que algo estava rolando naquele quarto. Logo Daniela veio até mim e disse: Eles estão se beijando deliciosamente... sua esposa já está totalmente peladinha... eles deitaram na cama. Ela veio novamente ao meu ouvido e perguntou: Quer que eu desligue a música para você escutar o som que eles estão proporcionado? Disse sim balançando a cabeça. Com o som desligado comecei a escutar o tanto que Cezar estava sendo “sacana” naquele momento. Escutei ele dizendo: Está gostando do meu pau Carla? Então chupa gostoso.....lambe meu saco.... coloca tudo na boca.... lambe a cabeça... isso minha putinha safada..... fala em voz alta para seu marido corno escutar: É pqueno ou grande o pau que você está chupando agora? Escutei a voz da minha esposa dizer gemendo: Muito grande, muito grande. E assim ficou vários minutos quando Daniela chegou mais uma vez ao meu ouvido e disse: Ele está posicionando ela de 4 agora, preste atenção no som que você vai escutar agora. Breve comecei a escutar um gemido alto e longo da minha esposa Carla. Mesmo com os olhos vendados, era nítido para mim que Cezar penetrava seu pau nela e sem dá. Em certo momento minha esposa começou a “urrar” de tanto tesão, ao mesmo tempo que Cezar dizia: Goza puta safada...goza no meu pau... você queria ser puta a muito tempo... dando tapas na bunda dela continuou dizendo: Isso puta vai, goza gostoso. Minha esposa gemia alto, urrava de tesão. Depois de fazê-la gozar umas três vezes, Cezar que se mostrou um macho de verdade para minha esposa, se levantou, colocou sua roupa, chamou sua mulher e disse para mim: Sua mulher agora é uma putinha de verdade, se quiser mais, estamos indo embora daqui a dois dias. É sá avisar. Porém pensa bem, pois se for repetir vou comer a bunda da Carla com você vendo ao vivo. Cezar e Daniela saíram do quarto me deixando ali como um verdadeiro marido corno, e minha esposa na cama toda gozada pelo corpo, boca e etc. Em uma práxima oportunidade relato aqui o que fizemos no dia seguinte.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


buceta inchada da cunhada...contoscontos eroticos coroa 57 anos amiga da minha mãeminha tiade fio dental exibidaconto lesbico tia iniciando a sobrinhameu sobrinho pau contoscontos abusadas em grupoflagas de encesto com zoofolia contoscunhada com previlegios pornscontos eroticos grupal baile funkcontos erótico eu e minha loirinha e um negao de 32 parte 2Gozei na buceta da minha prima e ela engravidou historiascontos eróticos comendo a b***** da namorada novinhaContos eroticos minha namorada me fez de corno no estacionamentotou tardainha pra um me xupardei para um negão desconhecidoconto erotico arrombei o travesti do baile funkcnto mulher de ssia entra no cineporno pela primeira vez e deu para variosconto minha estagiáriaporno gay contos erticos viajando com o meu padrasto caminhoneiroporno com fascinaçao por irmaCacetudos batendo punheta no alimentoscontos eroticos de negros na praia de nudismocontos eróticos com amiga da esposaamigo hetero contosexo conto punhetaconto troquei de papel com a minha mulhernão sou gay contos eróticoshumilhada e fodida contocontoseróticos/negropauzudohomem chupa b***** depois coloca rola dentro da b***** e AdeleConto erótico Sado(trasformei meu marido em escravo)contos erotico de casada que foi arregaçada bebadaporno coroa pauzeraContos papai tezaocontos de coroa com novinho3amigo chupa paus amigoscontos eroticos delicia de infancia com meus vizinhosPiquena mais ja assanhadinha pelos coroas contos eroticosminha novinha tarada contoconto dei minha buceta pro mendigoChiquinha fudendo com o chaves no Pornôdoidocontos eróticos filhinha bobinhacache:fvTAICqerA8J:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_20666_aconteceu-comigo..html contos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosconto arumei um pauzudo pra minha esposa e ela viciouContos er meacordei com o pinto na bucetavoyeur de esposa conto eroticoconto real espiando no buraco casal sexo chacaraontem eu esfregei o pau no cu da minha tia dormindo e certoconto erotico mamãe sentando no meu colo no carro lotadocontos eroticos Lebicas Tirei virgindade da minha irma com um cenouracontos erotico meu padrinho estava com shorte de,jogador ai eu so de sainha passei esfregando a bunda na frente delecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteminha amiga pervertidaNo colinho do titio porno onlinemarido dormiu eu me depilei toda contoscontos comiminha primafiz o cu rosa da minha mae de buceta com ela dormindofudi as dua sobrinhas de nove e onze anos contovideo safadecairmazihas safadas locas por sexcontos eroticoso cu da cadelinhaChiquinho chupando pintocontos erotico comi o hetero parte 19esfrega esfrega na bunda da minha cunhada no ônibus lotadocontos dp betinha vendo irma fodendoconto erotico viado afeminado escravizado por macho dominadorcontos eroticos farmaceutico taradocontos erotikos coroa so leva no cu pois esta de chicoNo cuzinho desde pequenacontos porno de incesto real pai filha e mae juntos