Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CUNHADO PERSONAL TRAINER

Ola. Meu nome e Sneji. Sou uma japonesinha de 20 anos, corpo pequeno e bem apresentavel. Tenho seiso medios, cabelos negros e longos, pele clara, bunda arrebitada, e pernas finas, e isso me incomoda. Minha irma de 23 anos, tem um namorado, o Paulo, que e Personal Trainer. Ele tem um corpao marombado de academia. Neste ultimo final de semana, em nosso sitio, perto de Floripa, onde moro, estavamos eu, minha irma, meus pais e o Paulo. Sabado, logo apos o almoco, meus pais, voltaram ate Floripa com minha irma para resolver algo pra ela, e voltariam somente a noite, ficando apenas eu e o Paulo. O Paulo, foi malhar, colocou apenas uma bermuda de Lycra e uma camiseta e foi para o campo correr e exercitar-se. Eu tambem colcoquei um agasalho (estava frio para mim) e fui atras dele. Quando o encontrei, ele estava se pendurando em galhos e fazendo uma serie de exercicios utilizando a natureza. Me aproximei e comecei a fazer algunsexercicios com ele, que passou a me orientar para fazer corretamente, me mostrando quais os musculos que cada movimento usava. Foi quando falei a ele que queria fazer exercicios que fizessem minhas pernas ficarem mais grossas. Ele entao me pediu para ver as pernas. Eu fiquei um pouco envergonhada pois teria que tirar o agasalho e estava somente de calcinhas. Ele entao me disse que esse era o trabalho dele e tb estavamos sozinhos ali. Eu entao relutei um pouco, mais abaixei o agasalho. Ele entao se ajoelhou na minha frente e comecou a passar as maos em minhas pernas, analisando cada musculo meu. Ele foi apertando com os dedos, minha panturrilha e minha coxa, e disse que minhas pernas, poderiam ate ganahar mais massa muscular,maselas eram "deliciosas". Eu perguntei "como assim, delciosas". e ele disse que que combinavam com minha bunda, e apertou minha bunda. Ele entao se levnatou, segurou meu braco e me virou de costas para ele, me segurou pela cintura e me puxou contra o corpo dele. Eu neste momento percebi que seria comida por ele ali mesmo e passei a mao pela coxa dele. Ele entao chupou minha nuca como que sabendo que ali e meu ponto G, empurrei minha bunda contra o pau dele, que senti ja duro. Ele passou uma mao por dentro de minha blusa ate chegar em meus peitos e a outra entrou em minha calcinha e comecou a explorar minha buceta. Eu ja estava gemendo de prazer. quando ele me virou, segurou meu rosto e me abaixou ate o seu pau, que ja estava com a cabeca para fora da bermuda, me fazendo chupar aquele pau. Chupei com gosto, pois ele e grosso, bem como eu gosto.Ele entao me levantou, me fez escorar em uma arvore e ficar de bunda virada pra ele. Ele veio por tras, chupou minha buceta, deixano mais encharcada ainda, mirou o pau em minha buceta e foi forcando devagar. Eu gemia e urrava em uma mistura de prazer e dor. Em pouco tempo o seu pau ja estava dentro de minha buceta e ele foi bombando em mim ate me fazer gozar. Minhas pernas fraquejaram e eu cai de quatro no chao. Ele entao se aproximou de mim e em meu oucido disse que minha irma aguentava ate no cuzinho, e eu olhei para ele e disse para tentar comer, mas que ate entao eu somente havia experimentado o dedo. Ele entao, comecou a trabalhar meu cu com a lingua, depois um dedo, dois, tres e foi me preparando. Entao ele disse para eu salivar bastante em seu pau e o fiz, voltei para a posicao e ele coemcou a enfiar em minha bunda. COmecei a reclamar de dor e ele disse que com minha irma foi assim tambem e hoje ela da o cuzinho com muita facilidade. Comecei a chorar de dor, e ele colocou a mao em minha bocae foi enfiando devagar. Quando percebi ele ja estava todo dentro do meu cu, ficou parado assim por alguns instante e comecou a bombar em meu cu. Fudeu meu cu durante uns 5 minutos e eu chorando de dor, mas a dor foi passando e ele entao gozou em meu cu. Ele entao sentou-se na grama e eu continuei de quatro, sentindo o vento bater em meu anelzinho todo ardido. Ele entao disse que no domingo ele comeria mais uma vez. Nos recompomos e voltamos para casa a tempo de tomar um banhona maior chupacao, e quando todo chegaram eu estava na sala vendo TV e o Paulo no quarto.

Passei a noite toda com o meu anelzinho latejando da surra que levou, e ansiosa por experimentar novamente.

No domingo, nao surgiu oportunidade pois o Paulo e minha irma foram correr no campo e demoraram muito, pois eu sabia o que estavam fazendo. Marquei com o Paulo de sair com ele durante a semana, pois tenho a desculpa de minhas aulas da Faculdade para me ausentar de casa. Se alguem tiver alguma experiencia assim e queira trocar informacoes sobre o sexo anal, tenho interesse em trocar e-mails. [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


como fica a bucetaalargada com garrafa?contos eróticos engravidei de um garotomunher ce mastuo eu ficontos malicia incestuosacontos er¨®tica lesbicosContos pornos mendingosContoa eroticos a vizinha feiacontos eroticos do de mamar para o filho da namoradadeixamos ela bebada e comemos gostosoamigo negro do pau grande comendo o cu do amigo branco contos eróticosfilha da namora conto eróticoMinha filha Caçula contos eroticosContos eroticos tente fujir 28cmcontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos eroticos tres homens uma mulhercontos gay comendo o muleke do orfanatoConto xupei atraz da casaporno minha vizinha safada mim chama para segurar a escada para elapapai me ensinou chupar buceta conto eroticoUfa de vídeo caseiro chupando a rola do namorado dentro do carroContos eroticos sexo gozada desejos traicao e morteo lubrificante feminino é melado e pegajosoeu e minha filha no baile funk contos eroticoscontos eroticos gatinhascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentehistorias pra gozar minha menima dd 19 aninhose delirarDeixando a novinha laceadaConto reunião de familia minha tia travesticontos eróticos não acredito que o padre da Paróquia chupa o meu paucontos eroticos chamei a policia e ccontos eu homem casado dei o cucomendo a veia crente contoscontos eroticos corno bebe leiteconto: enrabado e mamando outromeu sogro comeu minha mulher contoscontos eróticos de mulheres do b****** grandeporno com fascinaçao por irmaContos eroticos minha sogra me chantageou oara comelaConto de homem dopa sua avo e transa com elaconto erotico liberei minha mae pro meu amigoconto erotico arrombei o travesti do baile funkpai é gostoso contos eroticosacabei com o cu da minha subrinha contos eroticos pornocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos patrcinhas enrabadas por muitos homensContos titio comendo a sobrinha bem novinhacu cona mijo enfioucontos eroticos arrombando a gordavamos a mulher Helena chupando sua filha com mulher mulher mulher mulher mulher mulher com mulher chupagritando e pedindo pra nao botar pois doi pra nao perde o cabacocontos abobrinha na bucetaler contos de zoofilia homens estrupando cadelinhascontos eróticos gays barriga incharcontos eroticos esposa em uma orgiavideos zoofilia cavalos gozando na bucta epenetrandocontos tirar leite eróticosrasguei a calcinha da minha enteada e me masturbar pornô gostosocasa dos contos eroticos de coroasconto eroticotravesti comdno coroas casadasmulher de sainha pescandopirequete deu o cu e grito de dor tira que ta doendoconto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogrotocu de proposito pornodoudocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto eróticos lábios românticosmoleque no ônibus contos eróticos gayconvenci meu primo a me fuder bem novinha contoscontos 8 aninhoscontos eróticos sogra pega mulher metendo na camacontos de aluciando pela buceta peluda da maepeitinhocontoscontos eroticos de pai e filho travesti bundudotira a roupa vadia q vou te comer sua buceta gostosaconto erotico minhas prima se apaixonou por mimcontos eroticos arrombando a gordacontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cão juntasfada do sexo morena de xorte gem apertado volume da bucetaConto erotico meu pai me cobiçando