Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AMIGUINHO DE INFANCIA

Oi vou contar uma histária que aconteceu comigo aos 19 anos, atualmente tenho 18, sou hetero, tenho namorada, mas com os hormonios a flor da pele naquela época...



na época tinha um amigo(ate hj sou amigo dele, mas não fazemos mas essas coisas) que de vez em quando ia dormir lá em casa, as vezes eu ia pra casa dele, ate ai tudo bem, de vez em quando a gente batia uma juntos, mas sempre cobrindo nossos paus, seja com lençol ou com shorts...

um dia ele tava lá em casa, tomando banho, minha mãe estava no trabalho, estavamos sozinhos, o banheiro tinha uma janela de vidro, de brincadeira eu fiquei batendo na janela, sem nenhuma intenção, ai fiquei com vontade de fazer mais coisas, peguei uma cadeira, coloquei na janela e subi, não deu pra ver o pau dele, ele se escondeu quando viu, via apenas a bundinha dele, eu falei brincando, joão, deixa eu ver seu pau, ele disse que não, eu pedi de novo, ele falou, ok mas depois vc tb vai tomar banho, eu disse tudo bem, ele ficou de frente pra mim, o pau dele estava duro, era grande pra idade dele, tinha 19 anos tb, mas já tinham muitos pelos, o pau dele era torto e com a pélvis cobrindo toda a cabeça, ele bateu uma punheta rapidinho e mandou que eu saisse pra ele terminar...



ele saiu do banho já vestido e como o combinado eu fui tomar banho, um tempo depois que eu ligo o chuveiro eu escuto um barulho na janela e depois vejo ele olhando, meu pau estava mole, bati uma punheta ate ficar duro, ele ficava lá olhando sem falar nada, eu tb não dizia nada, depois desse dia a gente não tinha mais vergonha em esconder e sempre que a gente se masturbava não escondia o pau, eu adorava ver ele se masturbando, vendo o pau dele muito maior e mais desenvolvido que o meu, mesmo eu sendo uns meses mais velho, um dia eu achei um livro que ganhei sobre puberdade e estava lendo com ele, ai no final do livro tinha as perguntas e tinha uma sobre dois amigos que masturbaram um ao outro, no livro disse que isso era normal no inicio, qeu não se assustasse, eu olhei pra ele, ele olhou pra mim a gente começou a rir dizendo como era gay aquilo... quando chegou a noite, minha mãe já tinha ido dormir e eu estava no quarto com ele vendo pornografia na internet, a gente estava se masturbando, eu de vez em quando dava uma reparada no pau dele, ele de vez enquando olhava pro meu, ninguem escondia isso, a gente ate ficava comparando as vezes, ai ele falou: juca no livro dizia que era normal masturbar um ao outro, vamos provar,e u fiquei meio receoso, disse que tinha nojo de pegar no pau dele(por dentro eu queria, mas tinha medo), ele colocou a camisa por cima e disse: problema resolvido, eu coloquei a camisa por cima do meu pau, e posicioni minha mão, ele fez a mesma coisa, eu toquei no pau dele, ele fez o mesmo, então disse que não queria, ele entendeu e não quis mais,a gente resolveu ir dormir, eram duas camas de solteiro, eu ouvi um barulho de cama arrastando e perguntei o que era aquilo, ele disse que estava juntando as camas, quando eu perguntei porque ele disse que era pra ficar mais facil de masturbar ao outro, eu não disse nada, ele se deitou, pegou minha mão e colocou no pau dele e depois pegou no meu pau, o pau dele era quente, grosso, eu estava adorando aquilo, comecei a movimentar lentamente e ele fazia o mesmo, depois paramos, e fizemos de novo, e muitas vezes, mas antes de gozar paramos, fomos separadamente ao banheiro e fomos dormir...



bater uma pro outro ja era quase comum sempre que a gente se encontrava, eu ja estava acostumado com o pau dele, e ele com o meu, um dia eu li na internet com ele uma tecnica de sexo oral, ate ai tudo bem, fomos dormir( na casa dele) ele tinha apenas uma cama de casal, eu adorava dormir na casa dele, por causa disso, de vez enquando de madrugada eu me virava e "sem querer" escorregava a mão pelo short dele ate o pau. Naquela noite que a gente se deitou ele me disse: juca, eu com o pau duro, eu ri um pouco, ele falou usa aquela tecnica de chupar em mim, eu falei: não faz vc primeiro, ele ficou de 4 na camae eu deitado, eu ja estava com o short baixo, ele pegou no meu pau, chegou bem de perto com a boca aberta, hesitou por um instante, senti a respiração dele perto do meu pau, criou coragem e deu uma chupada rapida, ai disse: sua vez, eu fiquei do mesmo jeito, de 4, ele deitado, peguei o pau dele que latejava, dei uma chupada apenas na cabeça, ele disse que não valeu, eu chupeu mais um pouco, enquanto chupava senti a mão dele na minha cabeça empurrando minha cabeça fazendo eu engolir o pau dele, tirei o pau dele da boa, e fomos dormir sem falar nada...



passaram os dias, eu fui na casa dele de novo, na hora de dormir conversavamos sobre sexo, o pau dele já estava duro dentro do short, o meu tb, ele me mostrava o volume dele no short e eu fazia o mesmo ele pediu pra eu colocar a mão dentro do short dele, eu obedeci sem pensar, ele se remechia enquanto eu colocava a mão dizendo que faiz coçegas, eu masturbei ele um pouco dentro do short, depois ele fez o mesmo, quando tirou a mão do meu short disse que estava com sono, eu falei:

- mas a gente ainda nem bateu uma direito!

ele voltou pra cama e sacou o pau dele, eu fiz o mesmo, a gente começou uma punheta gostosa, durou um tempo, ai ele falou: chupa

a gente foi pro banheiro, eu me ajoelhei, e cai de boca no pau dele, chupei durante quase 1 minuto, foi bom, depois ele fez o mesmo, a gente voltou pra cama, e eu propuz um 69, ele aceitou, a gente se ajeitou e começou chupar, ambos estavamos familiarizados com o pau do outro, chupavamos sem vergonha, lambiamos a cabeça, as bolas, ate que ficou chato e decidimos elevar o nivel, ele aceitou, fomos pro banheiro, eu fiquei de 4 enquanto ele me enrabava, foi tudo, eu soltei um pequeno gemido, ele fazia um vai em vem frenetico, depois tirou o pau e falou vou gozar, ai eu cai de boca no pau dele, sentido aquela porra quente na minha boca, deixei juntar tudo na boca e cuspir, não pude engolir, depois eu comi ele, ele de 4 pra mim, eu acariciava a bunda dele enquanto comia, depois quando fui gozar ele chupou meu pau e também cuspiu toda minha porra fora...



depois desse dia nunca mais fizemos nada, mas confesso que ate hj quando vou dormir na casa dele deixo escorregar minha mão ate o pau dele, ou a bunda...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos erotico gozei como uma puta velhaconto erotico meu filho me chapoucontos hot festa no iatecontos eróticos locador com comeu a inquilinatio bem dotado f****** a b******** da sobrinha no quarto dela com forçacontos minha esposa pediu para levar o amigocontos eroticos minha entinhadinha 10e minha filhinhaconto gay cu cheio porradei gostoso. pro meu pai pistoludocontos eroticos, o bispo me comeu gostosocontos levei uma rolada do meu filhoMae com a mao quebrada conto incestoconto erotico: va para o vestiario e me esperecontos abusadocache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"cache:R-bg7J8nF7YJ:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_14382_mamae-velha-mais-bucetuda.html voyeur de esposa conto eroticocontos comendo gay na vielacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos como passei a ser travesti por causa do meu cunhadocomi a mulher estrupada do traficante contos eroticocontos eroticos gay novinhobucetas vazando porra e ela passando a mãoconto eróticos de troca de filhacontos eróticos gay meu sobrinho rabou meu marido na minha frenteHugo tá gostosinho de comeresfrega conto heroticominha irma uma pretinh que adora trepa comigo pornocontos de coroa com novinhocontos eróticos gay lambendo rabo peludo de machocontos dou a bunda desde cedoconto erotico deixei o cu da velha japonesa arombadoconto enteando querendo da para o padrastocontos di mulheris que ralaram pela primeira veznamoradalesbicae Deus que cavalo inteiro transando ai ele tem pinando amolecer botar a mão na orelha Ela empinaminha esposa ficou toda melada quando pegou outra pica pela vez contos eróticosesfregacao de rola contos amigos punheteirosconto erotico comir o cu irma em pdfporno cunhada seio duro violadavoyeur de esposa conto eroticocontos eróticos de mulheres casadas q já treparam com travesticonto erotico amigo pauzudo do marido comeu eu e minha filhaconto moreninha do cu largoencoxada em coroa em Jundiai conto realcontos erotico tia estrupa o amigo do sobrinhopunheta com amigo infanciaContos meu cu mordei o pal enormearromba esse cu contoscontos eróticos com inversão de papéis incestuosajaponesas babys fazendo zoofilacontos eróticos fudendo a bucetuda de minha clientecontos de sexo picante violentoe ousadonamorada sem calcinha no sofá mostrando a b***** para o namorado e f****** com elecontos 8 aninhoseu minha irma e minha prima contos lesbicoscontos eroticos_meu irmão tem pintinho gostosoconto erótico fode cm clientes no camaroteConto Meu Amor é um Traficante parte 3- Contos Do PrazerConto erótico filhafui escrava ate fica arrombada contocontos eroticos pegano a moreninhaConto bem safado com militarcontos de gauderio arrancando cacaço de cu e bucetascontos chavecando o cuzinho da coroapornô de Juazeiro meninas gostosinhas na realidade lado da cidade de Juazeiro da Bahiacontos buceta assadasem explicação safadinha contosConto morena 37 anosesposa e sogra metendo na praia contoscontos erótico sou evangelicaContos eróticos Seduzi o Motoqueiro bunda GrandeConto minha esposa dando pro policialconto deixei minha esposa peladacontos eroticos de pijaminha provocando