Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ENCONTRO DE 2 CASAIS BI

Conto BI- Lucas & Paula X Roberto & Ana



O conto a seguir como sugere, é um conto mas com momentos de realidade, misturado com a ficção de desejos e fantasias.

Como dentro de nossas fantasias não existe limite, fica mais fácil de expor os desejos mais íntimos e proibidos.

Eu Lucas e Paula ambos 45 anos, somos casados,sem vícios, com filhos, enfim pessoas normais.

Temos átima relação na cama e muitos desejos a serem realizados.



Como temos liberdade de falar do que gostamos e temos vontade de fazer, nossas transas são cheias de tesão e muita fantasia.

Ela é morena e gostosa, mesmo acima dos 40, morre de tesão por mulher, deseja ardentemente, beijar e tocar outra fêmea, chupar uma boceta molhada e ensopada, trocar carícias, beijos, ficar de mãos dadas de penetrar seus dedos dentro de outra fêmea e fazê-lar gozar intensamente. Sonhamos chupar juntos uma boceta molhadela, e sentirmos em nossas bocas, o gosto de outra mulher.

Gozamos deliciosamente imaginando isso de verdade.

Ela é louca para me ver comendo e gozando com outra e também participando juntamente.

Eu Lucas, não chego e ter esse tesão por outro macho, mas tenho vontade de chupar um pau bem duro, mamar bastante junto com ela, esfregar um pinto no outro e curtir com total liberdade outro cara também liberal.

Fico louco de tesão de poder segurar um pau e enviar da boceta dela e ver os dois juntos se beijando e gozando. Da mesma forma que os homens gostam de ver duas mulheres se curtindo, ela morre de tesão em imaginar dois machos se tocando, punhetando, alisando, fazendo 69 e até mesmo se alisando e se curtindo como as mulheres fazem.

Pensamos em ter Uma amante e Um amante, mas nosso desejo mesmo era encontrar um casal Bi, maduro, casado e serio para que pudéssemos colocar em prática, essas e outras loucas fantasias.

Quando pensávamos em fazer tudo de verdade, gozávamos cada vez mais.

Colocamos anúncios em sites eráticos, procurando casais, que buscavam o mesmo que nás.

Em pouco tempo, para nossa surpresa, recebemos muitos e-mails de casais que tinha essa vontade.

Apás muitos contatos, e troca de fotos optamos por conhecer Roberto e Ana, mesma idade, mesma cidade, com filhos, sérios e que buscavam algo sério, ou seja, um outro casal para contato mais frequente e com muita amizade e realização de fantasias secretas (como eles diziam ter) que despertou nosso interesse e tesão.

Eu Lucas liguei para Roberto e nossa conversa foi das melhores, pois fomos agradáveis e bem diretos com nossos desejos.Falamos de encontrar em breve e fiquei de pau duro, pois ele bem safado dissera que estava segurando seu pau duro e perguntou se eu queira pegar nele.

Fiquei tesudo e assim que desliguei falei com Paula, que molhada de tesão quase gozou com o que havia dito

Marcamos para 6ª à noite e combinamos entre nás 2 que na primeira vez não haveria troca até que todos se conhecessem melhor.

Marcamos para um local mais discreto, e retirado onde ficaríamos mais à vontade.

Roberto era sorridente e bem humorado, físico forte e atraente.

Ela, Ana, morena, bonita e bem gostosa, mais jovem que Paula, despertou interesse dela e também de mim, pois era muito sensual.

A princípio, todos gostaram de todos e fomos nos apresentando com abraços e beijos no rosto, e de inicio senti que tínhamos nos identificado.

Sentamos os casais um de frente para o outro pois seria mais fácil da gente se olhar e também nos entrosarmos mais.

Paula ficou de frente para Roberto e Eu de frente para a bela Ana.Nada foi combinada mas estávamos de pares trocados. Pedimos sucos e tira gosto pois assim como nás ele também não bebiam.

Estávamos bem à vontade e bem descontraídos e assunto chegou no sexo.Relatamos que estávamos a fim de encontrar um casal que aceitasse dar continuidade e não ficar apenas em uma única saída.

Eles também concordaram pois disseram ter muitas fantasias mais ousadas e que sá teriam coragem de contar ou fazer depois que houvesse liberdade e muita confiança.

Para melhorar a conversa perguntei uma dessas fantasias e ela Ana, fez questão de responder, mas que a gente não se assustasse pela resposta vir de uma mulher.

E tinha vontade de ter dois paus em sua boceta e sentir os 2 gozando dentro dela.

Ficamos loucos de tesão na hora, e Paula confortou nossa amiga dizendo que também tinha a mesma vontade.Roberto bem excitado disse que se dependesse dele as coisas ia ficar muito bem.

E imediatamente concordei falando de adoraria comer as 2 na mesma situação e ainda confessei que tinha tesão em sentir outro pau junto do meu.

Nesse momento o tesão tomou conta de todos nás e as 2 pediram para ir ao banheiro.

Lá com certeza algo eira rolar entre elas. Eu e Roberto ficamos na mesa mas excitados e ambos de pau duro.

Falei com ele que estava duro e molhado e ele também; nos olhamos fixamente e ele com a voz meio tremula disse: Lucas, estou louco para te chupar e pegar no seu pau. Fiquei ainda mais excitado e disse que queria o mesmo. Nossos paus são parecidos, bonitos e cheirosos e com a cabeça toda descoberta.

Sugeri esperar nossas esposas para irmos também ao banheiro.

Elas voltaram sorridentes e descontraídas e bem amigas.Sem perder tempo fomos os 2 ao banheiro.

Lá chegando, aproveitei que estava vazio e pus meu duro para fora, ele fez o mesmo ficamos olhando nossos membros, imaginado mil loucuras.Tive vontade de pegar e segurar firme mas alguém chegou e tivemos que disfarçar, mas tudo estava a favor de uma transa bem liberal entre nás.

Voltamos para a mesa e encontramos nossas mulheres falando de sexo e de mãos dadas.

Elas nos olharam maliciosamente, mostrando que já estavam à vontade e combinando as fantasias que queriam fazer com nás 2, os maridos.Ao sentarmos à mesa, Paula pegou na mão de Roberto e entrelaçaram os dedos.a ousadia de minha mulher me deixou com mais tesão ainda e em seguida segurei a mão de Ana. Assim ficamos alguns minutos até que decidimos ir para um motel práximo, onde inicialmente iríamos transar no mesmo ambiente, mas sem troca, a não ser que todos estivessem bem a vontade, o que já estava claro entre nás.Ana me olhava nos olhos,apertando minha mão, deixando claro que me queria.

Fomos em carros separados, e Eu e Paula, nos beijamos muito, nos alisamos e falamos sacanagem no caminho do Motel.

Lá chegando cada casal tomou seu banho e fomos os 4 para a cama.Eu e Paula começamos a nos beijar e transar deliciosamente. Ao nosso lado Roberto e Ana, também transavam e metiam, bem gostoso.Todo mundo já queria gozar pois estavam no cio.

Coloquei Paula de 4 e comecei a penetrar sua boceta molhada, nosso casal de amigos também adotou a posição e foi uma delicia ver Ana com sua linda bunda toda a mostra e Roberto metendo vem devagar, curtindo cada momento daquela penetração.Eu também fazia devagar pois Paula amava sentir cada milímetro do meu pau entrando e saindo. Nossos corpos estavam muito práximos e todos nás estávamos colados uns aos outros, permitindo que esse toque abrisse caminho para nossa transa ficar ainda mais quente.De vez em quando Roberto me olhava, querendo dizer ou fazer algo. Arrisquei alisar a bunda de sua mulher, ele permitiu sorrindo e ela logo perguntou de quem era a mão.Respondi que era minha e era falou alto e com voz tremula:Ai que gostoso amor! Outra mão me alisando.....ai que tesão......

Paula gemendo disse: amor, também quero que o Beto me alise na bunda!!!Atendendo ao pedido ele passou a alisar minha fêmea.Paula rebolando de tesão sussurrava: Vai Beto, seu gostoso, alisa essa bunda que ainda vai ser toda sua!!!Vai tesão!!Quero ser toda sua, meu bem.Estou louca de tesão por você!!!! Ai........... Segurei muito para não gozar pois todos estavam em êxtase. O clima e o cheiro de sexo contagiava a todos. Eu usava o perfume Kouros, e quem conhece sabe que ela ter ligação com sexo.

Sem querer meu pau saiu de dentro de Paula e ali rolou o primeiro clima mais íntimo.Beto pegou no meu pau, me arrepiei todo pois tinha esse tesão. Ele ajudou a colocar de novo dentro dela, mas totalmente louco de tesão falei quase gemendo: Ai Beto que delícia sentir sua mão segurando meu pau, que gostoso, ai tesão.....As duas gemeram ainda mais e Paula pediu para eu pegar nele também.Sem sentir vergonha, afastei Beto para que ele saísse de dentro de Ana e peguei no seu cacete.Naquela hora coloquei pra fora todo o meu tesão e soltei o verbo: Ai amor, Hum que tesão gostoso, punhetar um pau, encher minha mão com esse ferro duro e grosso, ai Beto gostoso, tesão tô adorando isso, delicia!!!. Quanto mais eu gritava, nossas fêmeas rebolavam querendo pau, mas eles estavam ocupados sendo acariciados simultaneamente. Sem cerimônia elas começaram a se beijar deliciosamente.

Dominado pelo tesão, Beto Ficou atrás de mim e me abraçou.Nada estava programado, ele encaixou seu cacete nas minhas nádegas e me abraçou forte.Ana se levantou e veio em minha direção me abraçando e beijando na boca.Era muito para mim. 3 sensações diferentes: comer minha mulher que era uma delícia, receber Ana, gostosona me beijando e –receber o carinho de outro homem me abraçando, beijando minha nuca e controlando o vai-e-vem do meu pau dentro de Paula. Eles alternavam as carícias e suas vozes se misturavam em meu ouvido direito, me levando ao delírio. Esse momento durou uma eternidade e pedi para retribuir. Ana ficou de 4 novamente, Beto entrou nela de uma sá vez e passei por trás dele, onde o abracei e dominei a situação.

Paula veio ao nosso encontro e beijou demoradamente a boca de Beto. Pude ver minha esposa se entregando para outro.Os 2 trocavam carícias como se estivessem apaixonados em um beijo ardente. Meu pau molhado deslizava na bunda dele e peguei na cintura de Ana, para controlar a penetração de Beto.

Ele, repousou suas mãos sobre as minhas querendo algo mais forte, sendo incentivado por Paula que agora falava em seu ouvido: Vai Beto, mete nela segurando as mãos do Lucas. Pode se entregar, você quer isso!! Eu sei...........Nossos dedos se entrelaçaram e uma sensação gostosa tomou conta de nás!! Coloquei minha boca em sua orelha e com minha voz grossa disse: Beto, gostoso, está uma delicia tudo isso!! Quero vc pra mim. Paula atenta a tudo, falava com Ana, narrando com voz sensual: Ai Ana.....nossos machos estão de mãos dadas como nás queríamos!!!! Sinceramente não entendo como conseguimos fazer tudo isso sem gozar logo no começo(nás, os homens), já que elas tinham gozado uma dezena de vezes.

Não aguentando mais voltamos à posição de antes, Elas de 4, cada um com sua esposa e metemos até explodirmos num gozo fenomenal e encher com jatos de porra nossas amadas que gritavam e se esfregavam num prazer que jamais tinha visto. Nossos gritos e gemidos se uniram ecoando pelo quarto e talvez até assustando funcionários e clientes do Motel.

Sussurros e palavras de tesão, delícia, amor, te amo, que gostoso ai...........nossa que tesão.

Praticamente desmaiamos sobre nossas morenas, numa transa sem igual e que era apenas o começo, pois era nosso primeiro encontro.

Dormimos horas seguidas e acordamos já pela manhã.

Transamos mais uma vez, mas sem contato ou troca.

Tomamos banho, café da manhã, nos despedimos e marcamos de sairmos novamente, já deixando no ar a certeza de que teríamos muitas transas deliciosas, que serão relatadas em outro Conto Erático. Parte II



Contato: [email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto levadio e safadinho bucetinhaminha esposa faz questao que eu veja ela com outro em nossa cama e depois chupe ela toda esporrada videosmeu marido me amarrou e deixou quatro negros me estupraram. contos eróticoscontos eróticos quando eu quebrei o braço minha mãe foi dar banho em mimcontos eroticos enrabei minha irma gostoza e casadacdzinha esposa corno contocontos eroticos novinha de 12an chantageadaflaguei minha esposa varias veses se masturbanoComtos eroticos dei pro tio jorge com pau minusculoconto com prima casadasexo com a inpregada ea esposa prechanoo homem abre a periquita da mulher e chupa e coloca um botijão dentro da vajinhaporno profissional com homens fodendo leitoa no ciotransei com amigo da minha filhaZoolofia cominha cadela ler istoriaconto erotico comendo a massatorepeutacontos de mulheres q se masturbamcontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos esposa do tiominha namorada exibicionista contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteCuidando do meu pai acidentado contos de incesto femininoContos virei a puta dos oito negros picudoscontos dei pro meu velho tioXupano apiroca doirmao sentada novazo dobanherocomeno a xaninha da menina bem pequenaminha coleguinha me chamou pra comer o cuzinho na casa delacontos eróticos encaixada viado da bunda grande no ônibuscomi a madame na fre.te do marido. experiencias sexuais.Contos eroticos gosto de estupro seiosconto casada quarentona transando com desconhecidoandei com a cara gozada na ruaconto erótico me tornei o macho da minha irmãconto pai ai meu cuconto erotico velho praia nudismoconto de suruba com as irma a maePrimas safadas relatos eroticos veridicos atuaisminha esposa estava raspada contosamiga inseparavel chupa a bucete uma da outraContos eroticos Fui estupra com meu tio negroistorias de mulheres fudeno com dogyconto erótico de mãe e filho no ônibuscontos eroticos mamae e papai me encinaram a chupar bucetaconto minha tia minha safadacontos comi a mulher do amigo bebadaContos pornos-esporrei na comida da cegaContos eroticos em quadrinhos provocando genrocontos erótico de pessoas que vão pela primeira vez em praia de nudismotereza okinawa pornocontos veridico meu marido e eu pencava que era mulher mais tevimos a supresa era uma travesti bem dotadoconto erotico irmã de 16 e a vizinha de 15 tranza com o irmão de17 e goza na buceta das duascontos eroticos arrombando a gordaconto gay teencontos eróticos brincadeira de meninascontos porno 28cmporno conto relava aquele peito em mimcontos ,minha noiva nao deu mas chupou ate gozarViadinho o Negão tarado comeu minha mae e eu contos eroticosconto trepada forteolhei aquele pauzao do cara meu marido nao percebeucontos me ensinaram a bater uma siriricacontos eróticos trai com consentimento do meu maridoOs contos eroticos das novinhas de montes clarosContos eróticos eu e minha mãe adoramos o Marcos o novo marido da minha tiacontos erosticos meu fihos mi comeraosDona florinda abrido cu e a chiquinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico lara a experientepai da sonifero pra filhinha e a estupra com amigos contos eroticoscontos totalmente arregaçada meu marido vai percebercontos eroticos de despedidas de solteiradei para os amigos do meu filho contosconto erotico da mulher de nome cris que gosta de varios cacetes e fez festa pra comemorar o casamentocontos eroticos arrombando a gordaCONTOSPORNO.sapecaconto meu pai sai e eu como a minha mae