Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FAZENDA DE NUDISMO 2

fazenda de nudismo 2



Eu, minha mulher e nossas filhas na fazenda de nudismo2

continuação



voltamos pra casa da fazenda, eu estava meio aereo e minha mulher pecebeu, dei uma desculpa quarquer e voltei pra beira da piscina, estava dificil, toda hora meu pau endurecia, principalmente quando via uma menina mais nova.

O que estava acontecendo comigo? Em apenas 2 dias eu estava pensando e fazendo coisas que antes eu repudiava.

Encontrei com os companheiros perguntei sobre outras possibilidades de azarar as garotas, uns ate queriam mas a maioria convenceu que estava tarde e poderiamos dar bandeira.

No outro dia levantei cedo e fiquei ansioso esperando meus parceiros, o dia passava devagar e pra piorar uma boa parte deles não parecia estar muito afim de se divertir de novo não. Eu não entendia, como eles podiam ser assim, ter um mapa da mina nas mãos e despediçar, se eu soubesse dessas possibilidades eu frequentaria essa fazenda a muito mais tempo e ao contrario desses caras eu não enjoaria nunca.

Um dos 2 homens que estavam comigo me disse pra acalmar pois eles tinham um bom motivo pra não azarar as garotas todos os dias, eu achei que era medo isso sim e fiquei mentalmente chamando eles de covardes.

Lá pelas 1 da tarde eu e esses 2 fomos pra quadra ver se tinham garotas e tinham garotas e garotos, achei que tava tudo perdido, mas as caras tinham sempre um plano B.

Brincamos com eles na quadra e num dado momento me perguntaram se eu tinha dinheiro falei que ali não so no meu quarto, então ele conversou com os garotos, sá vi eles dando tchau e dizendo que pegaria o dinheiro lá. Eu nem faço ideia de quanto e como os garotos iam pegar o dinheiro no meu quarto. Mas valia a pena.

Esperamos alguns minutos e nás e as 2 meninas subimos pro vestiario.

Pro meu azar eu tive que ficar de vigia, fiquei esperando que um dos 2 saisse pra ficar de vigia pra mim entrar, 5, 6, 7Â…..11, 12, 19 minutos e nada, bati na porta e um deles veio assustado eu mandei ele vigiar e entrei, o clima tava bom, as garotas estavam debaixo da ducha e o meu parceiro escostado na parede batendo uma. Fiquei meio longe tambem batendo uma, conversavamos riamos, e batiamos uma deliciosa punheta, criei coragem e me aproximei de uma delas (a mais velha) não sei se levado pelo alcool ou pela exitação eu me aproximei dela e fiquei ali, conversando de vez enquando esbarrando meu pau nela, ajudei ela a esfregar as costas, a barriga, o outro fez o mesmo, em minutos estava a maior farra, jogavamos, agua uns nos outros, nos abraçavamos, risadas etc, o cara do lado de fora queria entrar, mas eu nem o outra quis sair, revltado ele voltou, no meio daquele corre-corre eu acabei indo parar do lado da outra menina, não sei se de proprosito ou sem querer meu amigo estava com a mais gostosinha.

Perto da mais nova a coisa era bem desproporcional, eu era bem mais alto que ela, meu pau fica na altura de seu peito, nem pelos na xaninha ela tinha, ela devia ter uns 19 anos no maximo, mas como ela não demonstrava medo ou vergonha em entar perto de um homem pelado e de pau duro eu criei cotagem e comecei esfregar seu corpo, a abraçava e sentia meu pau encontando em seu corpo, num dado momento eu abaixei e encaixei meu pau entre suas pernas e a lavantei com meus braços, dava pra ver meu pau saindo do outro lado, fiz vai e vem esfregando meu pau na sua xaninha e cuzinho e num ato de loucura eu comecei bolinar sua buceta encostei meu pau no seu cuzinho e fui empurrando Hummm que delicia, que cuzinho apertado nem a cabeça começou entrar direito e a garota desesperou, ela se assustou e deu pra tras, morri de medo de ter feito besteira mas depois da bronca meu colega me traquilizou.

Fomos todos untos pra sede da fazenda e pra ter certeza que estava tudo bem peguei uma grana e dei a menina, ela sorriu me deu um beijo no rosto e foi correndo brincar.

Depois de 1 semana chegou a hora ir embora, estavamos tomando um drink de despedida e relembra as coisas deliciosa que tinhamos feitos e planejando a proxima volta, num dado momento estavamos falando sobre a belezas das garotas e um dos caras estava enchendo minhas filhas de elogios, depois que as meninas sairam eu fui tirar satisfação, ele me disse que estava apens dizendo que eu tinha sorte pois minhas filhas eram mais bonitas que do outro parceiro nosso e ele nem filha tinha e sendo assim teria que esperar ate as proximas feriasÂ…pensei um pouco e sá então entendi por que alguns não estavam tão empolgados com as meninas do vestiario afinal de contas eles tinham coisa melhor em casa.

Mas e agora será se eu iria fazer igual eles? Será se um dia eu teria coragem de desejar e fazer algo com minhas filhas?

continua

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Jogadora Curradaconto enfiei a cueca no cusadomasoquismo relatos comidavivaconto erotico praia esposa garotosnetinha de sainha sentando no pauloira do pozao melafa de olho porno doidoconto so como o cuzinho da empregada casadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteOi meu nome ê marta tenho uma amiga travesti e ela micomeucontos eroticos com sobrinhacontos filhinha brincando com a picatranzando com o cavalo enquamto meu pai se masturbazoofilia cachorro engatado no Rio de Janeiro cariocacontos eroticos metende devagar na buceta chupando os seios mordendo os bicis cavalgando gememdocontos ela me descobriucontoseroticosnamoradavirgemconto erotico engoli 1 litro de esperma no vestiarioContos o doido metev na mendiga na ruaDei o cuzinho quando já era coroa contos eróticosContos eroticos novinha estuprada pelo borracheiroler contos de jovens heteros iniciados por outro jovem no sexo gayMinha prima me cantou contosContos eroticos trans cunhadacontos eroticos arrombando a gordaconto erótico duas bucetas brigando mel esfregar tesouracontos eroticos traindo marido na viajandoconto erotico era pra ser brincadeira e virei cornocontos eroticos de vizinho de rola grande e grossagoza nuoutro egravidaContos eroticos de negros dotadoscontos eroticos casada gravixvideo zoofilia mulher da a bucetinha apoiada no cavaletecontos eroticos meninos padrinhoconto comendo meu amigo bundudo sem ninguen saberFilha babando pau do pai contoseroticosestórias eróticas reais de sequestrocontoserotico, sogrocontos eroticos esposa convida amiga pra fuder com maridocontos erótico de lesbianismowww contos eroticos de incestos como minha mae e minha irmatitia s***** invade quarto do sobrinho e pede para tomar no c******minha filha com calcinha fio dental ve contossexo contos eriticos o amigo do meu marido me pasando bronseadorcontos lesbic de patroas seduz secretaria para um transa lesbcontos eroticos de incesto veridicomoreninho hetero marrento contocontos eróticos minha amiga casadax vidio comtos eroticos flaguei mamãe ejato forte coroa vomitacontos eróticos de gay Comi o cuzinho do Pai da minha MADRINHAiniciando um cuzinho virgem contosnegra da pra um de4 e chupa do outro por dificuldade em motelcontos eroticos dando para o professorsogra contando como chorou na pica do genro contos eroticosmelhores contos de zoofilia de ituconto erotico doce bruninha novinha no coloa primeira f*** com travesticontos eróticos ônibuscontos eróticos mostrei meu saco p minha maecontos erotico. por causa da crise meu.marido virou.cornoconto erotico gay com o vendedorconto transformado travestiPirocada sexo gay velhos tara contos veridicosgeladinho queria tar na pica no meu pai conto eróticoassistindo mais meu padrasto coladinho e ele de pau duro contos eroticossocar pasta de dente na vagina aperta.Chaves fudeno no cuziho da chiquihacontos enrrabadacontos eroticos meu marido armou para o irmao dele me comeracampamento com as aluninhas – parte 2 conto eroticocontos eroticos arrombando a gordacontos com mamae na fazenda