Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODENDO AS MÁQUINAS



Estava numa festa, com minha mulher, e tomamos o maior porre. Saímos, eu dirigindo e ela ao lado, com um vestidinho preto e curto. Isso foi por volta da três da manhã, e a cidade estava praticamente deserta.

Assim que saí, numa grande avenida, eu, tonto de tesão e de cachaça, meti a mão entre suas pernas, subi até a bucetinha quente, pus a calcinha de lado e comecei a boliná-la. Ela se contraiu para trás, soltou o cinto de segurança e meteu a mão esquerda sobre minha braguilha, sentindo meu pau, que já quase arrebentava das calças.

Ela se desmanchava ao toque de meus dedos e, enquanto delirava na masturbação, abriu desesperadamente minhas calças e caiu de boca no meu pau. Senti aquele morno quente, úmido, aquela boca que me sugava com uma volúpia tremenda.

Ao se abaixar, ela ficou de lado, e deixou a bundinha exposta, com uma calcinha fio-dental, que baixei, voltando a enfiar os dedos em sua buceta sedenta, molhada, doida por uma penetração. Cuspi num dedo e fui enfiando ele no cuzinho dela; ela rebolou, mordeu meu pau levemente, e pegou minha mão. Achei que fosse tirá-la de lá, mas ela a empurrou mais, para que o dedo entrasse por completo, enquanto ela enlouquecia e quase devorava meu cacete.

De repente ela se levantou, olhou para mim com uma baita cara de vadia e disse:

- Pára o carro; pára...

Entrei prum terreno baldio, escuro, um puta lugar perigoso, mas a bebida e o tesão já não deixavam mais a gente pensar.

Deixei carro ligado, com o condicionador de ar acionado, e afastei o banco. Ela arrancou a calcinha e sentou no meu pau, com as costas batendo no volante. Abri suas nádegas e voltei a enfiar o dedo no seu cuzinho. De repente suspendi mais o tronco, para chupar seus peitos, que saltavam, duros, para fora do vestido. Ela afastou as ancas para trás, e a marcha do carro vibrou em sua bundinha. Notei que ela estremeceu. Apertei a embreagem e puxei o câmbio mais para perto, encostado-o em seu cuzinho. Ela delirou, olhou para mim com uma cara de assustada. Acelerei o carro e a vibração aumentou. Sua expressão mudou, virou tesão, derretimento. Empurrei-a para trás, e notei que a ponta da marcha começava a forçar rua roelinha, fazendo-a dilatar. Ela começou a rebolar, a endoidar. Tirei-a um pouco, cuspi na mão e passei o cuspe na marcha, sentando-a novamente. Meu pau já estava fora de sua buceta, e eu me masturbava, assistindo ao espetáculo, me segurando para não gozar. De repente ela falou:

- Acelera; acelera...

Voltei ao ponto-morto, acelerei e pressionei seu corpo contra marcha; ela deu um gemido, a marcha entrou, ela enlouqueceu de tesão. Me afastei, levantei o quadril e meti o pau na boca dela. Ela se derretia a foder com a marcha, se masturbar e me chupar.

Agarrei seus ombros e comecei a empurrá-la para trás, enquanto ela fazia força para frente. No começo doeu, mas logo a marcha entrava e saída de seu cu esfolado, cada vez mais rápido, e de vez em quando ela tinha de parar de me chupar para gemer, de tanto tesão.

Gozamos deliciosamente. Enchi sua boca de porra, ela gritou feito maluca. Saiu da marcha, que estava úmida de saliva e dos líquidos de sua bucetinha que, de tanto tesão, molhou até o câmbio.

Depois disso, transar no carro tornou-se um fetiche para nás, que vivemos outras histárias delirantes dentro da máquina, mas isso fica pra depois.







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos duas gostosas dando o cu pro homem e pro cão juntascontos minha mãe me seduziu usando mini saiafiz bacanal com minha filha e o filho do caseiro contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeu filho contos eroticos incestomae short filho conto incestorelato erotico cheirei a calcinha gozadacontos eróticos com irmão de santocontos eroticos gay cheiro de rolaclassificados evangélica procurando cornocontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos eróticos CCBcontos eróticos aninhosComtos erotico relato de travest ativa fui afeminado por uma dommegay cabaço conto erotico estuprouma dupla penetração com vibrador contoscontos chupei minha namorada a forçaContos eroticos comendo o sgt de dia no quartelconto erotico chantagieicontos eróticos de comi a chata da clasecontos de casadas rabudas que adoram uma piroca preta enterrada no raboputinha da galera contoscontos 8 aninhosos policias comero minha muler porno contos eroticohonme infinando a rola na bumda da molecontos eróticos de traição de casadas testemunhas de Jeováa gostosa d aobrinha pertubando o tio kovem no quarto cheio d teaaoa calcinha toda travada no raboChupando o peito da priminha gostosa:*Lóira safada narra conto metendo na coberturaconto gay sou macho me encoxarampresenciei minha mãe ser arrombada contoscontos com amiga baixinha e gordinhaEu já não era mas virgem quando meu pai me comeucontos eroticos engravidanrealizei meu sonho transar com um cavalomoreninho hetero marrento contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos minha filha de fio dentalcontos masturbContos eroticos cofrinho onibuscontos a mulher casada aiiiiiiiiiiii meu cuuu ai vou fala para meu maridocomendo a coroa de 80 anos virgem contoscontoseróticos chupei os peito da mamãecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedopei minha vó e comi ela contos reaisConto erotico gay de calcinha para coroasconto esposa assediando garotocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetia casada dando j cuquero ver bundas gostosas e peitossa e peitoscontos papai socou tudo no cu da filha ela se cagoulesbicascoroascontosporno zoo insesto e dominacao en contos eroticosContos reais de marido corno arependido em deixar esposa trepar.meninha fata zofolia buntuda sexocontos de coroa com novinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos no consultorio medico tomando injeçãoputa irmão contoporno bundas muitissimo leve ou seja molejapinha.de.baixo da mesacunhada com previlegios pornsconto erótico na praia com a família da esposameu cao taradohomem sendo estrupado en oficinaconto erótico Amor proibido!!!! Amor Materno!!! calma aí bota devagarSou casada fui pra um acampamento com os colegas a amigas putascontos eroticos casada que sonhava dano para um cavalomulhe mostrando sua boceta lindadccontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecorno viado contoslesbica conto professora fisicaContos de sexo en onibusCONTOS DO CAMIONEIRO DA PICA 32CMconto com sete anos dei gostoso pro meu tio caralhudocontos eroticos abusada levando tapa