Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODENDO AS MÁQUINAS



Estava numa festa, com minha mulher, e tomamos o maior porre. Saímos, eu dirigindo e ela ao lado, com um vestidinho preto e curto. Isso foi por volta da três da manhã, e a cidade estava praticamente deserta.

Assim que saí, numa grande avenida, eu, tonto de tesão e de cachaça, meti a mão entre suas pernas, subi até a bucetinha quente, pus a calcinha de lado e comecei a boliná-la. Ela se contraiu para trás, soltou o cinto de segurança e meteu a mão esquerda sobre minha braguilha, sentindo meu pau, que já quase arrebentava das calças.

Ela se desmanchava ao toque de meus dedos e, enquanto delirava na masturbação, abriu desesperadamente minhas calças e caiu de boca no meu pau. Senti aquele morno quente, úmido, aquela boca que me sugava com uma volúpia tremenda.

Ao se abaixar, ela ficou de lado, e deixou a bundinha exposta, com uma calcinha fio-dental, que baixei, voltando a enfiar os dedos em sua buceta sedenta, molhada, doida por uma penetração. Cuspi num dedo e fui enfiando ele no cuzinho dela; ela rebolou, mordeu meu pau levemente, e pegou minha mão. Achei que fosse tirá-la de lá, mas ela a empurrou mais, para que o dedo entrasse por completo, enquanto ela enlouquecia e quase devorava meu cacete.

De repente ela se levantou, olhou para mim com uma baita cara de vadia e disse:

- Pára o carro; pára...

Entrei prum terreno baldio, escuro, um puta lugar perigoso, mas a bebida e o tesão já não deixavam mais a gente pensar.

Deixei carro ligado, com o condicionador de ar acionado, e afastei o banco. Ela arrancou a calcinha e sentou no meu pau, com as costas batendo no volante. Abri suas nádegas e voltei a enfiar o dedo no seu cuzinho. De repente suspendi mais o tronco, para chupar seus peitos, que saltavam, duros, para fora do vestido. Ela afastou as ancas para trás, e a marcha do carro vibrou em sua bundinha. Notei que ela estremeceu. Apertei a embreagem e puxei o câmbio mais para perto, encostado-o em seu cuzinho. Ela delirou, olhou para mim com uma cara de assustada. Acelerei o carro e a vibração aumentou. Sua expressão mudou, virou tesão, derretimento. Empurrei-a para trás, e notei que a ponta da marcha começava a forçar rua roelinha, fazendo-a dilatar. Ela começou a rebolar, a endoidar. Tirei-a um pouco, cuspi na mão e passei o cuspe na marcha, sentando-a novamente. Meu pau já estava fora de sua buceta, e eu me masturbava, assistindo ao espetáculo, me segurando para não gozar. De repente ela falou:

- Acelera; acelera...

Voltei ao ponto-morto, acelerei e pressionei seu corpo contra marcha; ela deu um gemido, a marcha entrou, ela enlouqueceu de tesão. Me afastei, levantei o quadril e meti o pau na boca dela. Ela se derretia a foder com a marcha, se masturbar e me chupar.

Agarrei seus ombros e comecei a empurrá-la para trás, enquanto ela fazia força para frente. No começo doeu, mas logo a marcha entrava e saída de seu cu esfolado, cada vez mais rápido, e de vez em quando ela tinha de parar de me chupar para gemer, de tanto tesão.

Gozamos deliciosamente. Enchi sua boca de porra, ela gritou feito maluca. Saiu da marcha, que estava úmida de saliva e dos líquidos de sua bucetinha que, de tanto tesão, molhou até o câmbio.

Depois disso, transar no carro tornou-se um fetiche para nás, que vivemos outras histárias delirantes dentro da máquina, mas isso fica pra depois.







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos.filhos com penis grande grosso.e mamae carentescontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentePeguei o amigo d meu esposo cheirando minha calcinha meladinha,contos eroticosVizinha gostosa contos Ruivacavalo e pônei cheio de tesão tentando dar em cima da mulhercotos erotocos piscina casadapequenina conto eroticoconto esposa recatada e crentinha parte 2contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos minha vagabundacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos gang bang com os molequescontos transando com a grávidacnto mulher de ssia entra no cineporno pela primeira vez e deu para variosconto eu e a minha mulher fomos a um praia e uns muleques nos deram ums bebidas e fuderam a minha esposacontos eroticos arrombando a gordaconto de encesto meu pai ficou empotentecontos erotico castiguei a buceta da vadiao tio ceduzino adolecente metendo odedo priguitinhacontos eróticos abusadacontos heroticos peitõessexo em okinawa casada flagaBoqueteirá contoseroticosconto engravideu minh sobrinhaLóira safada narra conto metendo na coberturaminha sogra usou um consolo em mim contocontos eroticos de padrasto de rola grande e grossacontos/ morena com rabo fogosovideos porno com mulher com o cuzinho todo arrombado tentando cagar sem sentir dorcontos minha esposa virgem na bundinhaconto erotico o ponei e mulherContos eroticos traindo marido na festaconto erotico gay meu amigo rasgou meu cucontos erodicos toma no cu tomacontos fui cornocontos eu durmo de saia sem calcinhaestrupada na escola contos eroticosfui iniciado conto realcache:6FK7RI0T9TcJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_476_eu-e-2-travestis.html contos gay negrinhonovos contos eróticos entre namorados dpquando eu estava com o meu namorado e ele estava chupando o mwu peito ele me chamou de safada o que sera que ele quis dizer com issoDona florinda abrido cu e a chiquinhacontos eroticos dormindo incestoContos gay fazendo a barbacontos eroticos com transvídeo de pornô com as moletinho as mulatinha pornô vídeos sexoo tio ceduzino adolecente metendo odedo priguitinhacontos punheta em calcinha da sobrinhacontos mulher baixinha e arrombadafilha esposa de papai pintudo contosCArnaval Antigo com muinto trAveco fazendo surubacontos casada traindo maridoo bundão de minha mãe . parte 2. contoscontos eroticos gays bem recentes ocorridos no rio de janeiroCONTOS ERoticos cozinhacoroas enxutas se masturbando com tocas na cabeçame fode com esse pintãoloira louca por pau gg contosver história de putaria entre famíliaContos o negão dormiu na minha casa"limpa o pau do seu macho"contos vendo a irma sendo fodida betinhamarido falou p esposa nahora da transa q dar o cu era bomConsolado pela sobrinhas contos eróticospapai descobriu contos eroticoscontos pai e mãe nudista fala com os filhos como e bom chupa uma rolameu filho me engravidou contos eroticscontos de coroa com novinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos trepando e marido na sala ao ladobuceta cavala conto eroticocontos eroticos fui comida na fazendacontos deixa tio