Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COROA DE QUASE 60 E UMA TRANZA SENSACIONAL!

Tudo começou quando acabara de mudar para aquele prédio. Ainda não conhecia ninguém e a maioria dos vizinhos pareciam muito apressados e até meio antipáticos. Certo dia cheguei apressado pois estava chovendo muito e corri para o elevador, ao que uma senhora gentilmente permaneceu segurando a porta até que eu entrasse. Eu havia me molhado muito na chuva e ela pegou uma toalha e comessou a me secar. Olhei com surpresa e ela não pestanejou: - Um gatinho como você não pode ficar todo molhado assim. Vai pegar uma pneumonia! - Tenho 22 anos, 1,75 de altura e 70kg. Ela, uma mulher aparentando uns 55 anos (mais tarde vim a saber que eram 58), bunda grande e seios fartos, cerca de 1,60m, uns 60kg e aquele sorriso no rosto. - Meu nome é Clarice, e o seu? - Henrique. - Sempre tive uma grande tara por mulheres bem mais velhas e confesso que naquela hora já imaginava mil coisas. Mas por enquanto ela sá estava sendo simpática e eu não poderia fazer mais do que retribuir a simpatia. Então o elevador parou no 7o andar e para minha felicidade ela me chamou para entrar. - Venha! Preciso terminar de secar toda essa água meu anjo. - Falou com um charme irresistível. Quando entrei em seu apartamento, ela me fez tirar a camiseta e começou a me secar mesmo. começou pela cabeça e foi descendo as mãos até chegar na cintura. - Acho que vai ter que tirar a calça também. Olha isso aqui, está tudo enxarcado! - As calças? - Ora! Relaxa, tenho idade pra ser sua avá! - Claro que não perdi tempo. Tirei os sapatos e baixei as calças. Continuava ali, em pé, enquanto ela se abaixava e secava minhas pernas. - Tenho idade para ser sua avá, mas... Ainda bem que não sou! - Falou isso levou a mão direto no meu pau. Começou a apertar e fazer carinhos por cima da cueca. Olhei pra baixo e vi aquela cara de safada e a boca se aproximando cada vez mais da minha pica, que a essas alturas já estava uma pedra. Então, em um movimento brusco, ela desceu também a minha cueca e começou a me chupar. Como chupava bem! Lambia a cabeça como se fosse um sorvete. - Que pinto gostoso, meu filho! - Ficava dando beijinhos no meu saco e lambendo a cabeça. Por vezes, enfiava minha rola inteira na boca e chupava com uma voracidade incrível! Não queria que aquele momento terminasse nunca. Sempre sonhei em ser chupado por uma mulher daquelas. Quase 60 anos e bem safadona! - Está gostando, meu gatinho? - Ela perguntava. Mas se olhasse pra cima, veria meu rosto de satisfação. - Goza na boca da vová, goza! Faz tempo que não tomo um leitinho desses. - Falava enquanto batia uma e me chupava ao mesmo tempo. Ela não precisava pedir duas vezes. Gozei e podia ver a porra escorrendo pelo seu rosto e pescoço. Ela se levantou e bradou: - Agora é a minha vez de gozar. - Tirou o vestido e fez um gesto para que eu desabotoasse seu soutien. Que peitos enormes! Estavam começando a ficar meio caídos, mas naquela hora os biquinhos estavam bem durinhos e apetitosos. Comecei a mamar, intercalando entre um e outro enquanto ela me falava que estava de olho em mim desde que eu havia me mudado, e que sempre quis ter um garoto como eu. - Nossa! Quando é que eu iria pensar que teria um rapaz com uma carinha de bebê dessas, mamando tão gostoso nas minhas tetas? - Coloquei a mão no meio das suas pernas e comecei a brincar com sua xaninha. Enfiei um dedo, depois dois, e ela foi ficando bem molhadinha. Me levou para o seu quarto e empurrou minha cabeça na direção da sua buceta, que por sinal estava bem cheirosa e raspadinha. - Chupa meu amor. Chupa que eu estou com um fogo que você nem imagina! - Enquanto era chupada, ela gemia e gritava coisas desconexas. - Chupa, safado! Acha que eu já estou meio passada, é? A vová aqui ainda tem muito fogo. Enfia mais essa língua, cachorro! Capricha porque o meu boquete foi caprichado, não foi? Estou sentindo seu gostinho até agora, hummmm! - Então começou a se contorcer toda e gozou. Gozou feito uma cadela no cio, muito melhor do que qualquer garotinha de 19 anos. Mal se recompoz eu já estava em cima dela. - Agora a senhora vai sentir a minha pica entrar inteirinha aí dentro. - Senhora não. Hoje eu sou a sua putinha! olha que delícia, estou com as pernas abertas, minha buceta está toda arreganhada pra ti, meu gostoso. Mete essa rola toda em mim! - Na hora nem me dei conta que não estava com camisinha na carteira. Meti sem dá nem piedade. Enquanto metia, ela rebolava como doida e continuava falando sacanagens. - Enche minha buceta de porra, seu roludo! Goza que eu vou gozar também! - Gozamos e ela me deu um banho maravilhoso. Primeiro de língua, depois em baixo do chuveiro. Voltamos pra cama e ela me pediu pra comer seu rabinho. - Põe vaselina, tá? Uma pica dessas não entra fácil não! KKK! Mas quero rebolar muito nela, meu garotão. - comecei penetrando de vagar e logo o meu pau já estava todo la dentro. Ela se mexia muito e não demorei a gozar. - Gostou da bundinha da vová? Ela pode ser sua sempre que você quiser, sabia? - começou a beijar todo o meu corpo e me deu mais um banho de língua. E todos os dias quando chego do trabalho preciso fazer uma visitinha para a Vová Clarice... [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos casada da na piameu marido abriu minhas pernas e tirou minha virgindadecontos pai e mãe nudista fala com os filhos como e bom chupa uma rolaconto garoto esperimentei da cuContos erotico desvirginei as filhas do meu amigopau duro na frente da tia contosConto gay papai bebadocontos eroticos gatinhasContos eroticos de comi a bunda do vizinhoincesto contos da cunhadinhacontos eróticos sogra pega mulher metendo na camacontos eroticos zoofilia cadelaconto eróticos.estuprando sobrinha mudacontos eroticos esfregando devagarinho o pau por trasconto erótico o que rola em cine Porno do Brasildando/o cabaço pro titio conto exitantecontos de mulheres ninfomaniaca por sexoContos eróticos gay bem novinho querendo sentar no colo do papaicontos meus amigos comeram minha maeru e a amiga da minha esposa contomuita pica e plug no rabinho contoseróticosconto erotico minha mulher nua na frente do paicontos heroticos gay meu padrinho de vinte anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontos eroticos Minha namorada me contou como perdeu a virgindade com seu ex e fiquei exitadoconto erotico sobrinhapau duro micaelaenteadinha putinha contospeitinho solto embaixo da blusacontos eroticos pedio para mamar nos meus seios cheios de leite materno.contos eroticos arrombando a gordaprimeira vez que fui chupada por um homem casado eu virgemcontos veridicos de japa com negao de pau giganteContos dei o cuzinho para a travesti fabiola voguelcoroas enxutas se masturbando com tocas na cabeçaconto erotico quando era pequenamulher pois o marido a xupae o travestewww.fiquei louca quando vi a cueca do meu filho mrlada de gala contoConto erótico minha irmã me chamou pra ir ver a porta do guarda fato que quebrou e ela enpinou a bunda pra mimcontos eroticos brincando pique escondefodida no onibus por coroa contosconto esposa transa com marido se exibe pra molecadacontos de lesbianismo que foi iniciada pela tia ao dormir com elacontos eroticos de viadinhos de calsinhaContos eroticos minha mulher dormindo e eu louco pra fudelacontos comendo a enfermeiracontos de dotadosfodido pelo pegador do bairro conto gaycomi minha vizinha e minha mulher contossarinha contos eróticos numero de telefoneconto erotico mulher gostosa trai marido com um delegadoConto erotico minhas filhas lindas do papaicontos eroticos traindo marido na Sala ao ladocontos eróticos comendo a mulher negra do meu paicontos mulher casada da o cu pro cãomulher dando pra piazada contos erpticodcontos de tia coroamulhe chupa caserte do jeguecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos sarro no ombroconto homem casado dei o cu para o instalador de interntMinha bucha e grande dei muito em contos eróticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemamadas seios contos coroascontogayporno contos gay chupei o pau do borracheirocontos incesto com a mae rabuda eu e meu pai na praia de nudismoquadrinhos pornos de patrao dominadorContos De maridos q empresto a esposacontos eroticos abuzei de minha irmazinha com ela dormindoconto: crente safada da ccb em swingconto enteada sem calcinhavelho com novinhos conto eroticos