Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MASSAGIADA PELO CUNHADO!

Bem, pra quem nao leu meu conto anterior: "Boquete no cunhado". Meu nome é Bárbara, tenho 25 anos, tenho 1,64 de altura e 52 KG, tenho pernas torneadas, o bumbum nao muito grande mas é empinadinho e seios fartos, sou loira e tenho olhos castanhos.

Essa historia é continuação do meu conto anterior, recebi muitos emails que com o tempo espero ir respondendo com muito carinho,e como vi que gostaram contarei o dia em que meu cunhado chupou minha bucetinha.

Depois do dia em que chupei o Fábio, ele voltou a minha casa no dia seguinte, mas nao falamos sobre isso, alias iamos ficar muito sem graça de comentar sobre o ocorrido, e ele so me falava mesmo da Thainá, o quanto ela estava distante com ele, e durante a semana dizia que ela estava fazendo sexo com ele, so por fazer.

Em um domingo, a minha mae tinha saido, ia passar esse dia na casa da minha avá e iria voltar tarde, depois das 23:00, minha tia ia leva-la em casa e ela sabia que o Fábio ia estar comigo e depois Thainá chegaria e nao corria o risco de ficar em casa sozinha.



Nesse dia estavamos no meu quarto, ele estava deitado na minha cama assistindo o jogo, enquanto eu estava mexendo no computador, e eu comecei a sentir dor nas costas mas nada comentei, apenas estiquei o corpo tentando estralar a coluna pois isso sempre resolvia, ele olhou pra mim e perguntou o que eu tinha, eu apenas disse que estava com um pouco de dor nas costas. Ele sorriu e perguntou se eu queria uma massagem, eu achei que nao tinha nada de mas em aceitar, afinal fazia tempos que nao recebia uma.

Ele então levantou da cama e pediu pra que eu deitasse na cama, eu o fiz, mas antes ele me pediu algo que nao esperava.



- Cu, tire a roupa

- Pra que?

- É melhor, como vou ter contato com a sua pele se você esta de vestido.

- Mas alguem pode chegar ai e..

- A Thaina so chega a noite, eu nao vou fazer nada..



Eu tirei o meu pequeno vestido e coloquei em cima da cama, ele nao ficou olhando, então pensei que nao tinha mesmo problema. Deitei, e senti ele abrindo o meu sutiã e levantei um pouco olhando pro seu rosto, porem, ele so disse que o fecho atrapalharia e que depois ele ia fechar de novo.

Eu coloquei a cabeça reencostada nos braços e fechei os olhos enquanto senti as maos do Fábio passar pela minhas costas e massageando com muito cuidado, enquanto ele o fazia, ele dava pequenas apertadas me deixando mais relaxada e fazendo com que minha dor passasse. Sá que comecei a me arrepiar, pois ele passava a ponta dos dedos em minha pele, e quando me dei conta a minha calcinha estava ficando molhada, e a peça era clara, se ele olhasse perceberia, mas achei que ele nao falaria nada,caso isso acontecesse.



As maos dele estavam passando um pouco acima da minha bunda, e eu estava realmente ficando excitada e dei um pequeno gemido, que eu so percebi depois e ele apertou minha pele mais forte, quando eu soltei um gemido mais alto e ele se alterou

- Cu, nao geme pelo amor de Deus

Eu sabia que ele estava excitado, sem uma boa foda ha muitas semanas, e ele estava com uma mulher semi nua a sua frente, a sua disposição e que ja tinha feito ele gozar.

Eu então comecei a gemer de forma sensual e comecei a esfregar minha bucetinha na cama, ele ficou olhando aquilo de olhos abertos, e nem piscava, sem acreditar no que estava acontecendo e começou a abaixar a minha calcinha enquanto passava a mao nela bem lentamente, a cada gemido mais alto e sensual ele apertava minha bundinha fortemente e me deixava louca, ele separou as minhas pernas e passou o dedo indicador na minha buceta ate chegar no meu cuzinho. A essa altura eu ja estava com a metade do corpo levantado, com os olhos fechados, e com a cabeça jogada pra tras, gemendo que nem uma putinha.



Eu deixei uma perna bem aberta enquanto a outra eu dobrei e deixei minha bucetinha bem exposto pra ele, senti aquela lingua quente passando por ela, e ele viu que eu estava excitada com aquela situação, ele riu e me deu um tapa na bunda, me fazendo gemer mais alto.

- voce gosta dessa situação nao é? Vadia

Fabio puxou as minhas pernas em direção ao seu rosto e começou a sugar minha bucetinha, enfiando a lingua bem no fundo e rodando ela la dentro, eu gemia tanto e pedia por mais, estava totalmente entregue a ele, eu ficava rebolando em cima da cama, me esfregando no rosto dele, e gritando quando ele dava chupadinhas no meu clitores, nem meu ex me chupava daquele jeito. O meu cunhado enfiava o dedo na entradinha da minha xana e ficava esfregando ali sem enfiar, e eu ficava louca querendo que ele empurasse mais

- nao me tortura cu

- Eu torturo porque eu quero te ver implorar pra eu tirar seu cabacinho, sua putinha



Aquilo era musica pros meus ouvidos, eu tava adorando ser chamado de puta e vadia, ate hoje eu imploro pra que me chamem assim e que bata na minha cara. Mas enfim, eu sentia a minha buceta cada vez mais molhada e o fabio sugando ela cada vez mais, eu tava esfregando a minha xana na cara dele, as vezes ele me dava uns tapas na bunda e eu gozei pela primeira vez na boca de alguem. Nossa que sensação maravilhosa que eu senti. Tivemos que nos ajeitar porque o carro da minha irmã ja estava na garagem, ele continuou deitado na cama com o travesseiro em cima do pau, enquanto eu continuei no pc.

Depois desse dia eu perdi minha virgindade com ele, mas essa é outra historia que eu conto na proxima vez.

Para quem quiser escrever a mim o emailé: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos comadre crentecontos erotikos coroa so leva no cu pois esta de chicogarotinho fodinho por adulto contoscontos eróticos fui arrombada pelo meu padrasto picudoWww. meu tío comeu meu cualconto sogra nudistaSou a cadelinha do meu cão contosporno do irmao que fode a prima de 4minutodcontos de corno triangulo amoroso de minha esposacomendo i gozano deto da negá no salão de carnaval 2017minha sobrinha puta contoConto erotico amiguinhacontos corno empretei minha mulher para traveti e fikei vendoconto erotico comendo mae do analamigoesposas coroas ancudas traindo contos eroticoscontos porno meu marido me obrigou a dar o cu pro amigocontoseróticoamigasContos erodicos comi o cu de meu sogro corno vestido de mulherconto de sexo com rabuda asquerosoContos eroticos de solteiras rabudasviciada em porra caninacontos fiz o cuzinho da mamãecontos eroticos pegano a moreninhaConto Erótico Real - Casada Infelizcontos eróticosgaysmeu primo de menorContos homem fudendo a vizinha lesbicaconto gay flagrei meu pai massageando o cuistorias de mulheres fudeno com dogyporno velho cafetao ajeita macho pra mulhet de cornogozando la dentro da buceta vermelhinha da dimenomulheres loira amazonense traindo fazendosexocontos meu primo comeu minhas filhasContos Eróticos De. Comi Minha Vizinha Do Lado[email protected]novinhas de malhação se distrai e paga bucetinhascontos eroticos arrombando a gordamarido enfias as duasmao no cu da esposacontos minha prima defisiete me viu batedo umaconto de sexo com rabuda asquerosoContos : namorada dando pra passarcontos eroticos meu enteado se vestiu de mulher pra mimcontos eróticos de filha e pai pornodoidocontos er¨®ticos cu da estudante novinha de Fortalezacontos eu marido na prai de nudismocontos eroticos arrombando a gordafotos de irmanzinhas gostosas mostrando a bucetinha pequena para seu irmãocontos de sexo com velhos babõeso cachorro e o melhor amigo da mulher relatos de zoofiliacontos - leitinho do tiopauzudo fudendo mulher de pernas fechadasmulher toda gostosa se esfregando em salao de forromulher escanxa no cachorro e goza gostosoConto minha filha so de fio dentalcontos de coroa com novinhosexo contos eroticos como tio poulao comeu aninhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteminha mulher me comeucrossdressing miudinhacontos com caseiroContos gay fazendo a barbacontos eroticos fui cumida a traz do salão da igrejaconto de sogra dando para genrocontos tia gostosa com sobrinho no beijo e amasso no carrocontos eroticos a talaricaduas irmas gozando juntas conto eroticocontos eroticos comi o menino de ruaCasados putinhos contosconto erotico casada do cuzinho apertadocontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos mas que porra de meio irmãomeu noivo me preparo uma despedida de solteira conto eróticosvídeo pornô africano cheguei bem cedinhocontos eróticos ele colocou o vibrador na potência máxima na minha bucetacontos eróticos rola babonaclube dos cornos contos eróticos