Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A VINGANÇA DE JOÃO – FINAL

A essa altura, já havia me transformado em escrava de João e Pedro e companhia. Através de diversas chantagens me levavam pro mato e lá se aproveitavam de mim. De tanto dar o cú, já estava acostumada e sentia um grande prazer com os meninos se aproveitando de minha “inocência”.

Mas tudo mudou em certo dia... A notícia de minhas aventuras com os meninos se espalhou e chegou aos ouvidos de três rapazes mais velhos que nás, Thiago, Ramon e Davi. Na época eles estavam com 19 anos, e em plena fase de adolescência, com os hormônios em erupção.

Para variar um pouco eu estava brincando com os meninos no mato, nesse dia não estávamos fazendo nada de mais, brincando normalmente de pic esconde, claro que de vez em quando um menino outro me puxava para trás de uma árvore e ficava esfregando o pinto em mim, mais nada de mais, além disso.

Thiago, Ramon e Davi chegaram e começaram a puxar conversa com os meninos, e logo estavam batendo um papinho com eles. Perguntaram para mim do que eu mais gostava de brincar, respondi que era de pegar. Perguntaram pros meninos e eles falaram que gostavam de comer meu cú. Fiquei com raiva, eles tinham prometido que seu eu continuasse dando o cú pra eles não iriam contar pra ninguém. Os três garotos falaram que também queriam brincar, eu me neguei, porém todos começaram a insistir, e propuseram uma aposta.

Se eu conseguisse fugir deles podia ir para casa mais se eles me pegassem eu seria a escrava de todos. Bimba a burrinha aqui se achava muito rápida e na certeza que venceria aceitei.

Mal eles deram a ordem para eu correr pimba, Davi me pegou. Colocou-me no colo e me levou até o clarão onde brincávamos. Chegando lá, eles perguntaram como nás fazíamos, então tirei as calças e mandei os meninos fazerem fila. Os meninos começaram a acariciar seus paus e a começar por Pedro, começaram a comer meu cuzinho. Eu lá de quadro, gemia como uma cadela no cio me excitava muito e me realizava apenas em ver o desejo deles por mim. Os três meninos mais velhos estavam apenas sentados olhando e dando umas risadas malvadas.

Quando o último menino se satisfez com meu rabinho chegou à vez dos mais velhos, para confessar a vocês fiquei apavorada.

Eles mandaram os outros meninos irem embora que agora a diversão seria somente deles. Todos meio com medo deles obedeceram.

Assim Davi mandou-me ficar nua, com muita vergonha obedeci. Depois mandou eu me aproximar dele, da mesma forma, com os ombros retraídos para esconder meus peitinhos obedeci. Com muita afobação começou a acaricia meus mamilos, dava pequenos beliscões com o polegar e o indicador, puxava, apertava. Doía muito, reclamei e ele falou para eu calar a boca. Acostumada com as ordens que Pedro me dava obedeci. Sabia neste momento que o que eu iria viver ali não seria nada fácil.

Davi sentou em um galho e me mandou sentar em seu colo, o que eu fiz de imediato. Quando sentei, senti algo realmente grande e duro sob suas calças. Fiquei apreensiva e com mais medo. Abriu minhas pernas e começou a me masturbar, apertava meu grelinho, e eu comecei a gemer chegando logo no orgasmo. Continuou me apertando contra seu pau. Thiago que apenas nos observava se aproximou e começou a sugar meus seios, ele sugava com força, dava mordidas doídas, eu reclamei, e ele disse que era pra eu aguentar, pois tinha que treinar com uma putinha para fazer certo com as garotas que valiam à pena. Ramon apressou os dois e disse que eles deveriam se aproveitar de mim logo. Vamos foder com ela logo, pra que tanta enrolação, isso aqui não é paquera, é sá meteção.

Os outros dois concordaram e me mandaram ficar de quadro novamente, eu que já sabia o que iria acontecer me preparei. Porém eles se posicionaram em minha frente e não lá trás como os outros meninos.

Davi tirou seu pau, nossa o que era aquilo? Era muito maior que dos outros meninos e já tinha pêlos. Fiquei apavorada, mais não tinha como fugir. Então esfregou em minha cara e me mandou chupar. O quê? Chupar? Nunca! Cala a boca e chupa, e foi esfregando com força na minha cara, puxou meu cabelo e me forçou a abrir a boca. Assim comecei a chupar. A princípio o gosto era horrível, fiquei com muito nojo, tive ânsia de vômito, mais Davi não quis nem saber, começou a foder minha boca, puxava meus cabelos e forçava o seu pau o máximo que eu aguentava, quando ficava quase sem fôlego soltava e voltava a enfiar. Em pouco tempo gozou em minha boca, gozou uma porra em abudância, encheu minha boca com seu leitinho branco. Achei horrível, quase vomitei, mais Davi deu risada e disse que era isso que putinhas ganham, porra na boca.

Mal Davi terminou de gozar, Thiago já se posicionou na minha frente e forçou seu pau m minha boca, e a exemplo de Davi fodeu com ela, literalmente Thiago estava transando com minha boca, como se estivesse comendo meu cuzinho, e não demorou muito a gozar. Porém esse não gozou dentro de minha boca e sim na minha cara, nos meus cabelos e nos olhos.

Quando chegou a vez de Ramon, esse primeiramente esfregou seu pau em meus peitinhos, depois me mandou chupar, eu obedeci, Ramán colocou minhas mãos em seu pau e me mostrou os movimentos que deveria fazer com eles no ritmo das chupadas para que fosse mais gostoso para ele. Isso era excitante, passei a gostar de fazer isso, Ramon gemia muito, parecia que realmente eu estava o satisfazendo. Isso sua vadia! Isso sua Putinha! Isso tira meu leitinho! Ahhhhh que boquinha quente! Ahhhhh, vai chupa..... chupa assim, isso!

Davi como todo menino de 19 anos, já estava com o pau duro de novo, se posicionou atrás de mim e enfiou em meu cuzinho. Como ele estava melado dos outros meninos não demorou muito pra entrar. Mais doeu, eu gritei e comecei a chorar, Ramon ficou bravo que eu parei de chupar e enfiou o pau em minha boca a força, e Assim como Davi e Thiago haviam feito antes, fodeu com minha boca. Era horrível, eram dois rapazes se aproveitando de mim. Logo Ramán gozou em minha boca. Mal Ramon saiu Thiago já ocupava seu lugar me fazendo chupar seu pau novamente. Foi horrível a dor que sentia em meu rabinho era muita. Parecia que Davi estava me arrebentando toda, eu sentia seu saco bater em minha bunda. Até que enfim ele gozou. Thiago não perdeu tempo e tirou o pau de minha boca e começou a comer meu cuzinho. A essa altura ele estava anestesiado e comecei a gostar. Aproveitei e gozei juntamente com Thiago.

Ramon falou que não queria se melar com a porra dos outros e assim os três foram embora, eu me recompus vesti minha roupa e fui pra casa.

Quando cheguei em casa minha mãe falou que os meninos falaram pra ela que eu estava no mato com os três rapazes e meu uma surra que nunca vou esquecer.

Depois desse dia, nunca mais cedi às chantagens deles.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


deu a buceta no presidio contosmeu marido levou dois amigos dele em casa para churrasco e tomar cerveja conto erótico transei com os doiscontos eroticos arrombando a gordahomen dando cu para a gradeuconto eróticos.estuprando sobrinha mudaconto zoo velha carentexoxota doce contosContos eroticos minha esposa chorou no pau gigante do recepcionistacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos coroas lindasComi minha tia de 19 Anoscontos eroticos assaltocontos porno de zoofilia minha buceta cabeluda engoliu o pintao do cachorroconto de botei a minha irmã bem novinha pra chora com a pica grande no cu virgecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente"ficou aberto" gay contohistoria dos k fizeram zoofila pela primeira vezfilme diaristas mostrando as coxascontos duas putinhas chorando na varaconto bulinada pir debaixo da mesacontos eróticos traficanteFui violada por pirocao contos eroticosContos eróticos fui cavalgar com meu marido e o cavalo me comeu zoofiliarebentando o cu da irma pequena contosmais de um 1metro de pau enfiando ate o talo na bucetana hora do horgazmo gozandoMeu sogro cheirou minha calcinhaenbreaguei minha irmã comi o cu delaNovinha sou chupadora da escola contoseroticosrelatos comi o traveco na marraContos eroticos meu tio meteu no cu da minha mulher maomha frenteMeu primo que chupa no meu paucontos.eroticos de alguem tomando injecao pornoFilha babando pau do pai contoseroticoscontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãotravesti leiteira contos eróticosconto gay fodi o namorado da minha irmaenchemos a boceta de porraminha cunhada tinha coriosidade sobre o meu pau se enprecionoucontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anostitias chuponascontos safados professoras e diretoras transam com alunoscome o cu da soggra adormecidaconto. a sugadora de. porracontos vi o pinto do meu filhinhocontos/arranquei as pregas da mae e o cabsco das filhasconto meu cunhado me emcochou no bus inbebedei minha prima e comi bucetinha dela inquanto ela dormiaencoxada em coroa em Jundiai conto realcontos eróticos eposa e amigomamilo gigante vazando contoconto erotico trepei com meu primo engravideihistoria erotica irmão dopa irmãcontos de mecânicos casadosdupla perfeita uma chupava meu pinto e a outra chupava meu cucontos eroticos fodi minhas enteada gemeascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos duas gostosas dando o cu para um cara pausudoContos eroticos-lesbica plugconto minha enteada de dez anos sentou no meu pau sem calcinhabuceta carnuda comtos de sexorapazes peladoes se exercitando na academiacontos gay treinadorcontos eroticos de velhoscontos fui arrombada e esporradacontos eroticos currada garganta profundacriola no cuinho nao e nao guentoConto mamei a eguahomens rústicos fodendo com garoto que dorme na sua casarelatos transei na chantagemcomi meu aluno lercontos curtpsconto gay titio gay