Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SURPRESA DE VIZINHA!

Parece apenas conto ou estária, mas não é. Quem nunca teve uma vizinha de deixar qualquer um louco de vontade, de tela em seu quarto? Então isso acontece comigo todos os dias quando a vejo.

Tudo começou quando eu ainda tinha meus 19 anos, ela tinha recém mudado pra casa ao lado, quando de manhã estava indo pra aula, e a vejo de baby doll vermelho, saindo pegar o jornal, parei e não acreditei!

Ela era extremamente atraente, quando baixou pra pegar o jornal na calçada pude ver sua calcinha, um fio dental minúsculo que me fez imaginar como seria essa deusa na cama.

Então comecei a observar-la pela janela, quando ela me via me dava um oi com um sorriso que parecia dizer adoro sexo, ela sempre usava micro shorts, com sua bela bunda a mostra o que fazia na época tremer de tezão, várias vezes gozei olhando pra ela pela janela, quando ela fazia seus trabalhos como dona de casa, e que dona nossa...

Uma bela noite percebeu que todos tinham saído e ele ficara sozinha, ouvi o barulho do chuveiro, peguei um banco e fiquei espiando atrás de algumas plantas, ate que ela saiu de calcinha branca sem sutiã, eu quase cai de onde estava ela deve ter me visto corri pro quarto doido pra fazer uma homenagem aquela linda coroa.

Depois desse dia o marido dela parou de me cumprimentar, não sei se ele me viu no muro, porém parecia que ela estava sozinha, mas também não dei muita bola, o que importava era que ela nunca deixava de me dar um oizinho.

Quando chegou o verão eles saíram de férias, então fiz uma loucura, fui até o varal da casa dela e vi uma calcinha e um baby doll preto, cheguei perto e senti o cheiro, nossa tremi de tesão, não conseguia parar de pensar naquela mulher, que fazia de tudo pra deixar aquelas belas formas a mostra.

Quando voltaram eu pude ver tudo aquilo moreno de sol, e ela aproveitando pra trabalhar sempre de shorts e a parte de cima do biquíni, ai não aguentei, comecei a me masturbar em frente a janela, e fiz questão que ela visse, parece ter ficado envergonhada, gozei como nunca, me deu vontade de pular o muro e pega-la na marra.

Tive que ir ao shopping a tarde, e dando umas voltas por lá encontro ela e sua irmã, ela parecia mais nova que minha vizinha, mas muito parecida por isso conclui que eram irmãs, porem uma gostosura de mulher também, imagina sá essa duas me chupando, quando estava chegando em casa ouvi o portão dela abrindo, quando passei em frente ao portão ela estava saindo do carro de roupa de ginástica, como sempre bela. Então dei uma de bobo. – Olá, chegou sua lista telefônica, esta ali em casa, vou buscar pra você.

Ela diz. – Então ta bom.

Volto rapidamente com a lista, que sempre é entregue no começo do ano, abro o portão ela pede pra eu colocar em cima da mesa, pois estava trocando de roupa, ai ela sai com aquele shortinho de sempre minúsculo e de top de ginástica, ainda meladinha da academia, agradece e me pede pra esperar pois queria conversar mais, sá precisava de um banho, eu mais que ligeiro disse, claro espero sim.

Não aguentando ouvir aquele chuveiro, tive que dar uma espiada, oque fazia de longe agora podia fazer de perto, quando olha pela janela do banheiro,...........pausa.......fiquei alucinado, ela devia ter uns 40 anos mas o corpo era fenomenal, aqueles peitos lindos no lugar certo, bunda extremamente dura da academia e o play ground nem se fala peladinha e muito grande, tipo tem pra todos. Ela saiu do banheiro voltei pra onde tava um pouco antes sá pensando em tudo que vi, somente de toalha passou por mim e puxou papo, e começou a se vestir de onde eu estava sentado via tudo, colocou uma calcinha vermelha, short branco e sem nada na parte de cima parou da minha frente.

Disse, agora quero que você me mostre se é capaz de fazer gozar, puxou minha cabeça ate os seios, lindos com marca de praia, eu ainda juvenil fui logo lambendo tudo, o pau tão duro que chegava a doer na bermuda, ela começa a me chupar forte, que depois de algumas mamadas encho a boca dela de porra, ai fico surpreso ela engole tudo e diz, agora quero isso dentro de mim, arranca minha bermuda de uma vez e me leva pro quarto, e diga-se que quarto uma cama gigante, pensei é aqui que o corno come minha coroa todo dia, ela me joga na cama e tira o short lentamente, perguntando você gosta de me ver assim não é vizinho, então agora aproveita já vi esse pau algumas vezes todo melado por mim, agora quero ele dentro de mim, mete na tua vizinha mete....

Aquilo foi uma ordem que tentei cumprir da melhor forma, ela deitou de quatro da cama e pediu pra eu chupá-la, sá de falar já lembro do gosto deliciosos que ela tem, ela fica molhada e deita e pede cacete logo....começo a colocar devagar e ela grita mete logo vamos, começamos a pingar de suor pois tava muito quente, depois de um vai e vem alucinante e quer dar a bunda que comi com prazer, nossa que bela bunda, de perto fica ainda maior e melhor lambuzei ela novamente ela berrava de tesao e me disse que devia der me chamado antes pra fazer o serviço, depois de algumas gozadas ela deitou ao meu lado com a mão no meu pau dizendo quero que venha logo me fazer outra visita! Eu respondi com certeza, depois disso nunca mais fui lá, pois ela teve netos e agora nunca mais fica sozinha, mas tenho muita vontade de poder comê-la de novo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


peitinho e ppipocas peludasContos sogra mulher e cunhadas peladinhas na piscinaContos eroticos marido convence esposa com pintudocontos eroticos praia nudismo em familiareais conto de incesto mamae mi deu pro pai e irmao mi comercontos eroticos reias de padrastoscasa do corno de mulata traindo cu arombafocontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos velhinho transando com jumentocontos de gay passivo dando pro machoconto erotico arrombei o travesti do baile funkwww.contopadrinho.comcontos eróticos gays metrogay aperta,amassa e masturba o pau do parceiro e ele goza gostosoesposa raspada contosContos rasga o cu filhinhaporno brasileiro tia pasando u pano na casa e pega sobrinho na punhetaconto porno alargando a xanacontos eroticos cadelacontos eroticos seios com leiteconto meu pai descabacou minha irmacontoseroticos chantagem velhacontos eroticos entre irmaos machosquase matei amiga da minha mae contoscontos eroticos Camping da Bia com meu irmaofotos de loira sapeca abrindo as pernas a abrindo a xana rosacontoseroticos assaltocontos eróticos lesbicas dominando esposas heterocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecomessei a alizar o pau do marido da minha tia contoeroticos satisfaco mae na camacontos eroticos com meninoela pediu pra parar mas continuei fudendorelatos comi a gorda na marraconto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogroconto meti um chifre no meu maridoscontos erotico de virgem estrupada por a lambida de animalcontos erotico meu cunhado e meu sogro me estupraramcontos eroticos de maridos brochascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteperdi meu cabaço da buceta pra um cavalo contosconto erótico sou casada gostosagreludinha na praia contocontos minha cunhadinha da bucetinha bem pequenadois gay fudendo violentamentw/entre sicontos eroticos gay vigilantescache:K5a2T1gNGzgJ:https://okinawa-ufa.ru/home.php?pag=497 velho obrigou a casada a xupar seu pau grossoconto erotico de bucetas folozadaLora dismaiando no cu no anal em tres minutosmamando no genro contosporno travesti rosadinha menininhacontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadostravesti do pau vermelho cabeça g****** jato sexo buceta de cajaraconto erotico minha namorada e meu tioconto erotico incesto sonifero filhabia cadela contosrelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninagays cornos contos no cinema vídeoscomtos de vagabundas que gostão de fuderconto erótico de mãe transformando filho em mocinhacontos sexo minha esposa e sua familia especialcontos eroticos arrombando a gordaxvedeo foi brincar com a prima efreguei pau nelaum novinho sarrou minha noiva na praiacontos nao tinha camisinhacontoseróticos tímida . dormindomulher caucinha tirando xoti para fudecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente