Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

26 ANOS DEPOIS COMI A PRIMA

26 anos depois comi a PRIMA



Olá a todos, este será talvez meu primeiro e único conto, pois tudo foi muito maravilhoso, Meu nome é Pedro hoje tenho 45 anos, moreno, 1,80m, 90 kg. Tudo começa a acontecer em 1983, em uma excursão, estava Eu, minha namorada, sua mãe, sua prima (Valquiria) e sua tia.

Já conhecia a prima, mas sem muita intimidade, em certa hora da madrugada vi que minha namorada foi sentar com sua mãe e imediatamente sua prima sentou ao meu lado, disfarçadamente ela pegou em minha mão eu bem sacana esfreguei o dedo médio na palma de sua mão ela retribuiu como estivesse pegando numa rola e batendo uma punheta ficamos ali uns cinco minutos daí ela pois meu dedo em sua boca e começou a chupá-lo fiquei com um baita tesão, mas logo ela parou e foi sentar-se com sua mãe e nada mais aconteceu.

Certa vez ela foi fazer uma visita na casa de minha namorada e estava de vestido bem curtinho ela sentou a minha frente e começou a cruzar as pernas, foi qdo percebi que ela estava sem calcinha, me deu um baita tesão, mais uma vez nada aconteceu, sá que desta vez descontei na minha namorada pois ninguém é de ferro. Confesso que tive medo de dar em cima e ela abrir o bico.

Passados muitos anos casei e ela uns 4 anos depois tbem casou, o que me chamava atenção é que Val sempre me cumprimentava com muito carinho, mas eu sempre na minha, qdo podia dava umas enconchadas, passava a mão nas pernas delas, até mesmo no seio um dia passei disfarçando que havia me esbarrado nela.

Tivemos muitos momentos juntos em praias chácaras ranchos etc... Sempre eu, minha esposa, ela e seu marido.

Ela é Bonita branca de 1,70, belos seios, o que me chama muita atenção é que sempre que estamos pertos os biquinhos dos seios sempre estão durinhos, mas sempre tive medo de me arriscar.

Agora em janeiro 2009 estivemos na praia no litoral de SP, nosso apto tem uma bela sacada de frente praia. Chegamos numa sexta feira para ficarmos 5 dias, como somos do interior de SP chegamos de madrugada arrumamos as coisas e fomos dormir. No dia seguinte praia passeios, a anoitecer fomos para o apto fizemos uma janta e todos foram dormir menos eu e a Vau, ficamos conversando assistindo alguma coisa na TV, foi qdo ela se levantou para dormir de me deu uma boa noite com um beijinho no rosto bem molhadinho, fiquei pensando será que a Val ta afim de mim. Na noite seguinte fui dormir logo cedo mas as 3 h da manha levantei para tomar uma água e encontrei a Val na cozinha tbem bebendo água.

- Nossa que calor esta hoje – disse ela

- Realmente mas muito mas quente esta aqui nesta cozinha com vc vestida assim.

Ela me deu um sorriso passou por mim e foi dormir.

No dia seguinte comecei a encarar mais ela e ela correspondendo, qdo derrepente ela levanta para tomar sol de costa e fique por um instante de quatro na minha frente olhei bem para bunda dela e disse hoje se ela dar mole eu como ela.

A noite todo ansioso sá esperando o momento certo ai foi ela que foi dormir cedo, fiquei chateado e fui dormir tbem, mas fiquei muito inquieto e por volta das 2 horas me levantei e fui tomar água, qdo passo pela sala vejo a VAl debruçada na sacada, fui chegando bem de mansinho me encostei nela passando minhas mão pelos braços dela, ela ficou toda arrepiada pegou meu dedo médio e começou chupá-lo, e disse.

- Lembra

- Claro que lembro faz 26 anos que sou doido pra tê-la em meus braços

- Demorou

Ela se virou começou a me beijar, que boca maravilhosa, baixou meu calção e começou a chupar meu pau, nossa como ela chupava maravilhosamente bem, sua boca corria sugava meu pau como que querendo mais e olha que meu pau tem 20cm, chupava minhas bolas passava a língua perto do reguinho, ficou me chupando uns 19 min. Ai a deitei na sacada e somente com a luz da LUA vi que ela tinha uma bocetinha maravilhosa cai de boca e ficamos fazendo um 69 maravilhoso, depois de 10min gozamos junto ela sentiu um pouco de nojo, tanto que assim que ela percebeu a porra na sua boca começou a cuspir e gemer pq eu não senti nenhum pouco de nojo e chupava ainda mais e ela se delirava. Nos levantamos ela me disse

- Vamos pro quatro da empregada

Fomos pra lá mais antes verificamos se estava tdo em ordem com os nossos, passe no banheiro peguei um creme de minha esposa e fui ela já estava toda despida, me chupou mto de novo e disse vem me feder, vem matar minha vontade de 26 anos, encaixei meu pau na portinha daquela bocetinha fechadinha e comecei a fuder muito e chupava aqueles seios maravilhosos mordia seus biquinhos ela baixinho gemia como uma cadela no cio não demorou muito ela gozou. Ai eu falei para ela

- Posso comer seu cuzinho

- Pode tentar nunca fiz isso antes

- Então e pra que ele foi reservado

Virei ela de costa abri gente que cuzinho lindo, rosadinho lisinho, não resisti cai de boca e fiquei uns 19 min chupando ela gozou de novo. Lambuzei seu cuzinho com o creme, dei mais umas metidas na sua bocetinha para deixar tudo muito lubrificado, comecei a colocar a cabeça e quis desistir ai eu disse.

- Calma no começo vai doer um pouquinho sim mais vc vai se acostumar, se eu não comer seu cuzinho hoje se sabe lá qdo vou poder comer de novo.

Fui enfiando a cabeça com muita paciência e carinho ela se relaxou e assim que a cabeça entrou fiquei parado esperando sua reação ela chorava de dor mais não quis mais desistir, esperei mais um pouco neste tempo fui fazendo carinhos em seu pescoço ai ela mesmo começou a vir para traz e fez com que meu pau entrasse todo em seu cuzinho, ficamos ali num movimento de vai e vem até que não aguentei e gozei enchendo seu cuzinho de porra.

Ficamos deitamos por um bom tempo ela contando sobre sua vida, que nunca tinha metido tão gostoso como aquela noite etc...Meu pau deu sinal de vida novamente e ela me fez mais um belo boquete mas pediu pra não gozar na sua boca, ela chupou por uns 19 min qdo fui gozar mirei seus peito e despejei todo meu leite em seus lindos seios.

No beijamos e ao despedirmos disse para ela

- Quero te você mais vezes

- Ela disse não, hoje foi a primeira e única vez. Mas valeu te esperar 26 anos.

Espero que tenha gostado e nunca desistam de seus sonhos ops TARAS rsrs.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos droguei minha priminha ninfeta e comiConto erotico. Supositoriocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteTraindo meu marido con nosso filho contos erot,encestconto erótico aninhoscontos casada novinha trai marido com cão contos de 2017conto erotico mulher safada com pedreiroencarei 30cm contosconto eroticos.chupContos eroticos : a amiga japonesa da minha maecontos eroticos arrombando a gordaconto erotico chefe do meu marido me bolino por de baixo da mezaconto amigo do meu marido tem uma rola enormenifeta cor de jambo no vidio mobilicontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteviadinho e o andarilho velho negro contos eroticoscontos eróticos ensinando à casada gostosa à gozarcontos eroticos gay vendo filme porno com tiobundinha com calcinha sensual da virgemgarotinho teen gemendo no pau e rebolando gostosocontos gay papaiWww.garotinhasafada.comconto erotico eu gozei dentrocontis eroticos comendo meu amigo bebadocontos eroticos de velhoscontos eroticos arrombando a gordacasada limpano porra do negaocontos eroticos como meu irmao me comeu o meu cucontos eroticos estuproscontos gostosa buceta fazendo volume no biquínicontos. marido liberando a esposa em praia de nudismogay aperta,amassa e masturba o pau do parceiro e ele goza gostosomeutio metirou cabacocomtos eroticos realidadePutinhos casada contoscomendo o cuzinho da coroa acabada de acordarconto erotici gay dano cu no dia da greves dos motoristo de onibus gay casadocrente veia da cu e choragenro contos eróticosConto erotico botei minha pica nao aguentouMULHER COMENDO O HOMEN COM MAO TODAomMinha prima me deu sua calcinha de presente para eu gozar e devolverminha priminha titio contos eróticosContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposacontos gays a goiabaContos dei pro meu sobrinho e pro seu amigogritei gemi na rola grossa contos eroticos incestocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordameu cu no formato da contostravestis estrupa novinha na academia pornomagrinha com tatoo na bundacontos eroticos de casadas com instaladoresconto erotici gay dano cu no dia da greves dos motoristo de onibus gay casadohistoria porno gay, paguei boquete no amigo carloscontos eroticos com mendingoscontos eroticos bostaporno ex-namorada baixinha olhos claros da cintura da bundona gostosacontos delícia de cacetaofingi que dormia e meu pai meteu seu psu em mimMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,contos contos mãe e amiga travestiminha mae vai ao massagista sem calcinhas contos eroticoscontos com muito tesao obrigei o cara dar cuassanhada vestida provocanti pirnopornodoido sobrinho fura a calsinha da tiaconto com cunhada chantagistamulheres que estejam dispostas a fazer zoofilia que mora no Rio Grande do Sulfomos cem calcinha e fomos fodida por puzudos dotafos no bar contoconto comi uma eguacontos tia preferidacontos eroticos chantagemvoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos Netinha dando cu pro vovóConto troquei o oleo com meu patraoesposa e amante volarao a filha drama porno