Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ENCONTO COM PELADÕES





Olá meu nome é Henrique, e vim aqui para contar uma historia verídica que aconteceu quando eu era pequeno. Hoje eu tenho 20 anos, mas quando tudo aconteceu eu era apenas um moleque de 19 anos.

Eu morava na fazenda de meu pai em Goiânia (GO), não tenho mãe e meu pai sempre saia bem cedo para trabalhar. Ficava sozinho o dia inteiro, naquela enorme fazenda (Claro que havia gente trabalhando do lado de fora da casa, mas ninguém entrava no quintal, que era cercado com arame farpado).

Estudava não muito longe dali, minha escola era até boazinha para o local (da roça) onde eu morava. Tinha muitos amigos na escola e quase todo dia um ia me visitar.

Meu pai, por estar sempre fora de casa nunca falava comigo sobre assuntos como SEXO e eu nem sabia o que era isso, nunca nenhum professor falou disso. E meus colegas não sabiam nada como eu.

Você deve estar achando estranho um menino dessa idade não saber nada sobre TRANZAR, mas eu era da roça mesmo! A única coisa que eu sabia è que menino tinha PINTO e menina BUCETA, eu nem imaginava como deveria ser uma XOXOTA.

Dentro do quintal de minha casa havia um muro que cercava a piscina que ficava nos fundos, então todos os dias eu chamava alguns coleginhas (homens) da escola e nás tomávamos banhos nus na piscina, sem nenhuma vergonha um do outro.

Sucedeu que em um dia desses eu chamei três amigos meus para tomarmos banho na piscina, mas no horário combinado sá apareceram dois Pedro e Rafael. Tiramos nossas roupas e ficamos pelados na piscina. Uma hora e meia depois, escutei alguém batendo palmas na porta de minha casa, pensamos todos que era o nosso amigo que havia se atrasado. Saímos todos PELADOES para atender a porta e quando chegamos lá tivemos uma surpresa!...

...Lívia, uma garota da escola estava parada na nossa frente olhando espantada na direção do meu PAU e dos outros colegas. Eu não sabia o que dizer, pedi que ela entrasse. Ela entrou sem jeito, sentou no sofá e nos três ficamos em pé. Ela falou que foi até minha casa para tirar a duvida de um dever (ela não parava de olhar de um CARALHO para o outro). Não senti vergonha, pois já estava costumado a ficar pelado na frente dos outros. Mas o engraçado ainda esta por vir...

... Rafael (o mais brincalhão da turma) virou-se para Lívia e perguntou: - Você Já havia visto um PINTO antes?

A menina envergonhada falou que não. Rafael curioso e sapeca virou-se para ela e disse novamente: - Nás também nunca vimos uma XOXOTA.

Na hora eu entendi que ele queria ver a BUCETINHA dela, então eu falei: -Que tal você ir tomar banho na piscina com a gente? Assim nás ficamos sabendo qual é o formato de uma XOXOTA!

A garota topou! Vimos ela tirar a blusa, estávamos muito atentos, vi os seus PEITINHOS de menina apontados para mim. Pedro não parava de sorrir, e nesse momento vi seu PAU ficar DURO, foi estranho, nunca vi o pau de outro garoto duro na minha frente.

Lívia tirou a calça, vi sua CALCINHA e dessa vez foi meu CARALHO que ficou ERETO sá com a imaginação de ver o que havia atrás daquele pedaço de pano. Vi sua XOTA pela primeira vez. Lívia olhou pra mim sorrindo e estranhando nossos PINTOS que agora estavam ERETOS.

Sua BUCETINHA tinha já alguns pêlos, ao contrário nossos PINTOS naquela época já estavam bem cabeludos.

Pulamos na piscina e depois de alguns minutos, senti vontade de esbarrar meu PINTO no corpo daquela menina fingindo ser sem querer. Contei a minha vontade para Rafael e Pedro, então nás três começando (cada um de uma vez) a roçar o CARALHO na garota, para que ela não percebesse que era proposital.

Passou algum tempo e nás saímos da piscina e fomos estudar dentro de casa. Nenhum de nás vestiu a roupa, meu CARALHO continuava DURO como pedra.

De uma hora pra outra o sapeca do Rafael falou para Lívia: - Você não sente vontade de pegar no nosso PÊNIS?

A menina não respondeu, então Rafinha foi perto de Lívia, pegou a sua mão e passou em seu PINTO. A garota suava sem parar, eu fiquei hipnotizado com aquela sena. Rafael fez com que Lívia pegasse em todos os PINTOS, e quando foi a minha vez eu fechei os olhos para sentir aquela mãozinha de menina de 19 anos.

Eu fiquei maluco de TEZÃO, sem saber o que dizer falei de uma hora para outra se podia beijar a BUCETA dela. Ela não respondeu, mas mesmo assim eu cai de boca naquela GRUTINHA.

Fiquei olhando meus amigos pegando na bunda dela e fiquei com mais TEZÃO ainda. Logo depois segurei a cabeça dela com força e a empurrei com a cara no meu PAU, ela começou a lamber, até que Pedro falou que o irmão dele disse que as mulheres tinham que CHUPAR o pau dos garotos e não lamber. Derrepente ele tirou a cabeça dela e começou a chupar meu PINTO! Foi muito esquisito ver um homem com a boca no meu CARALHO!!!

Ele parou de CHUPAR e foi a vez dela. Ela CHUPOU tão forte que GOZEI!!! Foi maravilhoso a sensação de primeira GOZADA!!!

Lívia engoliu tudo e começou a chupar o PAUS dos outros garotos enquanto o meu voltava a ficar DURO.

Depois de varias CHUPADAS, eu pensei em experimentar beija-la pela primeira vez. Agarrei a menina a força e sem jeito enfiei a LINGUA na boca da garota, enquanto isso meu CARALHO começou a roçar na XERECA dela, sentei no sofá (ainda beijando) e botei ela por cima de mim. Pedro segurou no meu PINTO e colocou a CABECINHA dele na entrada da BUCETINHA dela, na hora em que ela sentou no meu pau ele entrou dentro dela e ela gritou de PRAZER!!! AI! Ui! AHM! OHR! QUE GOSTOSO!!!

Meu PINTO continuava dentro dela, mas eu não sabia o que fazer, até que perguntei a Pedro se o irmão dele havia dito alguma coisa. Ele respondeu que ela tinha que pular sobre meu PAU varias vezes. A BUCETA dela tinha que engolir meu CARALHO!!!

Lívia sem demora começou a cavalgar!!! AI! QUE TEZÃO!!! MEU PINTO ARDIA! QUERIA EXPLODIR! ERA MARAVILHOSO! AHM! UI! AAAIII!!! A BUCETA dela literalmente engolia meu PINTO!

Deitei-me no chão, ela ficou por cima de mim. Rafinha teve a idéia de que ao mesmo tempo que eu ENFIASSE na XERACA dela, ela chupasse o pau dele. Ela topou!!! Aquela cena me deu mais TEZÃO!!!!!!!

Pedro ficou sem ter o que fazer, até que pegou na bunda dela e viu o seu CUZINHO!!! Ele começou a lamber. Eu e ela viramos de lado, Pedro começou a lamber meu CU! Depois voltou pro CU dela novamente e sem mais nem menos começou a penetra-la com seu CACETE!!!

Lívia estava sendo CUMIDA de todas as formas. Tinha PAU no CUZINHO, CACETE na XANA, ROLA na boca...

GOZAMOS todos quase juntos!!! Fiquei todo melecado com a GOZA dos três. Tomamos um banho para nos limparmos (todos entramos juntos no chuveiro!!!)

Já começara a escurecer, Lívia tinha que ir embora, para nos despedirmos, deitamos um por cima do outro, senti a BUCETA dela no meu nariz, o PAU de Rafael estava encostado na minha perna e o PÊNIS de Pedro estava encostado nas minhas costas. Ela prometeu voltar, e ela voltou mesmo!! Mas isso é outra histária!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto flagrado com a calcinha enrolada no pauconto de sexo com rabuda asquerosoporno esposa pedindo pra Corniacafetao metendo na minha filha conto eroticosecontrei um pirocaContos eroticos escussao com meu marido banco diferentevídeos porno negras barriguda caidaminha sogra e ninfomaniaca contoconto erotico mae chupona safadacontos eróticos minha tia de baby dollenrabar a minha mãe e a minha irmãcontos minha cunhada de shortinhos bem curtinhocontos eroticos o traficante comedor de casadasconto porno o mendigo e seus cachorro comeu minha mulherContos o doido metev na mendiga na ruacuzinho+delicioso contoscontos eróticos cunhadinhas safadas com fotosminha novinha tarada contocontos eroticos traindo marido na viajandoa primeira f*** com travesticonto eróticos c afilhadaconto gay flagrei meu pai massageando o cuconto erotico trasnformei minha mulher minha escrava sexoalcoroa da buceta amaciada contoscheirei a calcinha fedorenta contos eroticosContos eroticos gay primeira vez traumaticaConto erotico meu cabaco arronvado pelo velho do pauzaocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedava pra ver sua buceta,conto lesbicocontos eroticos de camisola com amigo do meu maridoconto cu frouxovovozinhas esfreca buceta com buceta uma na outracomparando pintos contoscontos erotico coroacasado comendo onovinhoconto erotico foda com a viuvinharelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninaFilha babando pau do pai contoseroticosContos dois na minha mulherminha muller da a sua buçetinha pro meu amigo todo diaFazendo uma suruba coma sogra e o sogro contosPeguei minha tia veridicoContos eroticos selvagens brutais incestos com xingamentos surrascontos eróticos gang bang com desconhecidosContos erroticos com fotos o porteiro parte 2contos minha mulher pagou minha divida com a bundacontos eroticos fui cuidado meu sogro e ele viu meus pritoscontos eroticos o porteirocontos eroticos fetiches. suzane deu pro paicontos eroticos casada gravichupando a buceta da minha vo dormindo contocontos eroticos venha ca sua puta safada,eu vou arrombar seu cu de cadelapapai me ensinou chupar buceta conto eroticocontos eróticos comi minha vizinhatransparente e coladinha bucetinhacontos eroticos arrombando a gordaconto erotico incesto sonifero filhacontos mulher e marido duas vadias para um.machocontos de sonhos eroticos de casaischamo me samanta e ao escrever este conto estou com 19 anoscontos eroticos com meninonovinhaquinzeanoscontos comi e apaixonoucontos eroticos de pau gigante arregassando bucetaporno doido mamadas terminando na bocsacampamento com as aluninhas – parte 2 conto eroticoContos eroticos de mae e filhoscontos de incesto cumadre dificilcontos eroticos gays excitantesler relatos de garotas que gosta de "loirinhas greludasContos eroticos de travestis tarados.dominador pé gostosocontos eroticos como meu irmao me comeu o meu cuminha cadelinha zoofilia contoscontosContos eroticos negra entiada comi mae filhacom minha filhinha novinha contos eróticosconto erotico tapacu cona mijo enfiou