Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI A AMIGA DA MINHA NAMORADA

namoro a 3 anos,e tive a oportunidade de conhecer as amigas da minha namorado, do serviço e da faculdade.

em dia desse fui busca-la no serviço, ela me falou que uma amiga de infância patricia (ficticio), 1,70 loira dos cabelos até o meio das costas, pernas grosssa, bumbum grande e arrebitado, boca carnuda e seios fartos estava querendo conversar com ela, fomos até um local marcado e pegamos a sua amiga de infância, e nos deslocamos atéma faculdade da minha namorada que iria fazer uma prova e pediu que fizesse companhia pra sua amiga.

fomos até um barzinho perto da faculdade, enquanto minha namorada estava fazendo prova, conversarmos muito sobre a vida, sobre politica, sobre relacionamentos e experiências, depois de algumas cervejas ela me faou das conversar que tinha tido com minha namorada e que me admirava muito pelo meu jeito de ser, e que sonhava em arrumar alguem assim pra ela. entre olhares e apertos de mãos pairava aquele clima de curiosidade.

foi ai que minmha namorada ligou para o meu celular pedindo que fosse buscar ela na faculdade, então fomos busca-la e voltamos para o mesmo bar e continuamos a beber, já era por volta de meiia noite e bar estav fechando, então resolvemos comprar umas cervejas e ir bebermos em meu apartamento, no deslocamento até o meu apartamento iamos conversando sobre sexo, putaria e continuavamos bebendo, foi quando a amiga da minha esposa perguntou em que andar eu morava, respondi que era no ultimo andar, então ela falou que tinha muita vontade de ser comida na janela de uma apartamento. foi então que parei de em um loja de conveniência comprei mais bebidas e cigarros, quando eu voltei pro carro elas ficaram caladas, entrei e continuei dirigindo até o meu apartamento foi quando foi surpreendido por patricia tenatando beijar minha boca e minha namorada sorrindo, fiquei contente imaginando que iria comer uma gostosa. minha namorada bebia muito dentro e sorria daquela situação, pegou a mão de patricia e colocou em cima do meu cacete e patricia rapidamente começou a roçar a mão sobre a minha bermuda e meu cacete foi ficando duro, foi quando abrir o zipper da bermuda e o coloquei pra fora, patricia continuava a acaricia-lo foi quando puxei sua cabeça para chupa-lo. foi quando abocanhou meu cacete seguinte aquela boca macia e gostosa sugando meu cacete.

então chegamos ao condominio onde moro, descemos do carro os três, a essa altura minha namorada já estava embriagada, então pediu a chave do apartamentoe subiu na frente, foi quando estava fechando o carro patricia veio de roçando em mim, então entrmos no elevador fomos até o meu apartamento. a porta estava aberta entramos e minha namorada estava pegando duas camisas minha uma pra ela e uma pra patricia pois iriam tomar banhos, fiquei sentado no sofá minha namorado foi tomar banho primeiro, assim que ela terminou de banhar patricia entrou no banheiro, então eu minha namorado fomos até o quartoela se enxugou vestiu minha camisa e disse que estava com muita dor de cabeça que iria tomar um analgésico e descansar um pouco. apagei a luz e fui a cozinha beber agua e peguei uma cerveja, quando retornei fui até o quarto percebi que minha namorada estava em um sono profundo. voltei a sala e me sentei no sofá. assistindo am tv observei patrici vindo em direção a sala e perguntando por minha namorada disse que estava bebada e resolveu dormir, pedindo que ela fizasse a vontade, foi que ela responder que já estava a vontade e que eu era maravilhoso. veio até o sofá e sentou ao meu lado foi quando percebi que sá com camisa que tinha recebido da minha namorada, tomou uns goles de cerveja e foi até a janela perguntando pra onde era vista da sacada do meu apartamento, pedir que abrisse a porta da sacada e que ela mesmo fosse ver. fuii até o banheiro, tomei um bom banhoe voltei vestido sá de pijama, foi quando ouvir ela dizer que visual lindo, o a sacada do meu apartamento é de frente pro mar, moro em uma cidade praiana. foi quando ela debruçou sobre a sacada e pude ver aquela bunda maravilhosa e arrebitada. fui até a sacada levei cerveja pra ela e a abracei por trás e fiquei mostrando todo o visual pra ela, continuamos ali abraçados, ela bem safadinha sentiu o meu cacete duro roçar na bunda e de vez em quando dava um reboladinha, foi ai que fui ficando louco de tesão virei ela e comecei a beija-la. fomos até o sofá e ali começamos a nos beijar e nos acariciar, foi quando ela colocou meu cate pra fora e começou a chupar, delizava sua lingua pela cabeça do meu cacete e engolia ele todinho, foi quando estava pra explodir de tesão agarrei sua cabeça e gozei dentro da sua boca, ela engoliu tudo não deixou perder nem um pouco.

então joguei ela no sofa tirei a camisa e comecei a beijar seu pecoço descendo pelo seios peitos fartos até cgehar na sua buceta que já estava encharcada comei a chupa-la e ela hurrava de tesão foi quando comecei a passar a lingua e seu cuzinho ela começou a tremer toda e explodiu no gozo, ficamos ali bebendo e olhando pra aquela bunda e aquela buceta maravilhosa fui ficando excitado, foi ai então que ela percebeu e sentou em cima de mim cavalagando feito uma amazona, ela cavalgava eu chupava seus peito foi ai que tive a idéia de enfiar o dedo no cuzinho dela, ela não deixou pois nunca tinha dado o cuzinho, foi então que insistir ela cavalgando com um dedo enfiado no cuzinho foi quando ela explodiu no gozo ficando totalmente desfacelado, foi quando sem perda de tempo pequei ela e a coloquei de quatro no sofá e comecei a mfuder aquela buceta iunundada de praze e tesão, foi então que cuspir no seu cuzinho e comecei a enfia bem devagar ela resistia apertando o cu pra dificultar a a penetração, foi que com pouco de caricia em sua buceta ela foi relaxando e eu enfiando bem devagar quando entrou a cebça ela deu um pequeno grito, pois não pode gritar alto eu parei um pouco e deixei ela acostumar, foi que ela foi relaxando e eu penetrando quando dei conta já estava todo dentro daquele cuzinho apertado e quentinho comecei a bombar com um pouco mais de força, ela que não queria me dar o cuzinho já pedia pra não parar, foi ai que levei ela até a sacada e comecei a socar meu cacete todinho dentyro daquele cuzinho gostoso, puxava seus cabelos pra tras e dava algumas palamada na sua bunda, sentei no sofá e pedir pra ela sentad e de costas pra mim, meu cacete enfiado no cuzinho e eu com as mãos pegando os seus peitos e ela tocava em sua buceta então gozamos e caimos cansado, então tomamos um bom banho e fomos dormir. a acordamos de manha minha namorada já tinha preparado o café e esperavanos na mesa foi ai que tomamos café como nada tivesse acontecido, tomamos banho e todo fomos trabalhar, hojenos encontramos uma vez por semana mas ai eu conto da proxima vez.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos cornospassinho de várias lésbicas se chupando uma volta sem pararcontos eroticos come minha buceta priminhocontos erotico vo netinhasele implorou e eu engoli sua porravoyeur de esposa conto eroticocontos bebendo porrscontos de sexo depilei minha bucetaContos reais de esposas fodendo com marido eo sobrinho delecontos eroticos de incesto em roçacontos o pau do enteadoContos porno minha namorada mi engañoconto minha estagiáriacontos eroticos arrombando a gordafoto de travestis arreganhadas de frentehome subimisso bebi xixi da rainha contos eroticos, o bispo me comeu gostosoconto erotico toma piroxa cachorracontos eroticos brincando pique escondezoofilia googleweblight.comContos o negão dormiu na minha casaconto tranzar com patraocontos e tia olhando meu paucontos de sexo com casada coroao homem abre a periquita da mulher e chupa e coloca um botijão dentro da vajinhaContos bdsm sequestradacontos gays gemeosmulher gosta de ficar nua e corpo inteiro melado de margarinazoofilia custou cara e mulher nao aguentou estocada do cavconto comi minha cunhada deprimidaOfereci meu cucontoseroticos fiz chantagem com minha chefeconto fizemos um trenzinho.porno +doidocontos a empregada de minha sogracontos eróticos aposta q terminou em surubacache:K5a2T1gNGzgJ:https://okinawa-ufa.ru/home.php?pag=497 contos passando pomado no cu da mamaecontos gays papaizinhocomi minha filha pensando que era a minha mulherirma caçula chantageada libera pro irmao contos eroticoscontos eróticos a coroa casada gordinha com o pastorminha sobrinha puta contotio bem dotado f****** a b******** da sobrinha no quarto dela com forçachapuleta inchada no cuzinho encoxando a minha tia contomeu filho meteu no meu cu ardeu muitocontos eroticos arrombando a gordanovinhas na seca se alivio se masturbandocontos eroticos no cinemacontos eroticos arrombando a gordaContos er meacordei com o pinto na bucetaPorno contos incesto familia prazer total qualquer idadecoroas peladas com o corpo melado de margarinacontos enteado gordo rabudocontos eróticos vovó transando com jumentoconto.erotico.tia.sogra.cunhadaMeti.o.pal.no.cu.de.minha.filha.gravida.dormindo.socando fundo no rabo da sogra chifreiracontos 8 aninhosviciada no pau do meu cachorrocontos de sexo meu pai viuvo anoite primeiro meu encouxandoZoofila comi a mãe de meu amigoputa incotrado afuder cm amante vidioconto teen e mae nudistavvidos de muler co casoro. fudemoIncesto,vovo me comeu no beco a forcaassistindo mais meu padrasto coladinho e ele de pau duro contos eroticoscontos eroticos brincando com meu cachorrinho taradocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico toma piroxa cachorracontos eroticos homossexual meu pai me estuprou