Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SAUDADES DO MEU DOMINADOR 3

Durante a semana fiquei com o anel no meu saco e isso me deixava de pau duro quase o dia todo, tinha que disfarçar muitas vezes quando estava com outras pessoas.

No fim de semana seguinte, Carlos me ligou e disse para estar no seu apartamento às 19 horas em ponto, não podia atrasar. Teria que estar todo depilado e o anel deveria estar no lugar onde ele deixou.

Depilei a perna, o peito, meu pau e meu cú, as costas também, que foi o mais complicado. Estava “linda”, me sentia uma fêmea. Fiz minha higiene anal e partir para os braços do meu dono.

Chegando ao apartamento, interfonei e subi. Carlos tinha deixado a porta aberta. Entrei e me despi totalmente, coloquei a coleira e fui de quatro patas para a sala. Carlos então ordena que eu vá para o meu lugar no sofá e chupe seu mamilo. Fico lá chupando meu homem enquanto ele toca uma punheta de vez em quando chupo seu pau. Então ele pede para eu ficar cheirando seu saco e fico lá uns 19 minutos, quando ele sai e volta com um plug anal. Não era muito grande, mas quando ele colocou, doeu muito até passar a cabeça do plug. Depois que entrou toda a cabeça, o plug ficou preso, nem entrava, nem saia. Carlos ordenou que eu circulasse de quatro pela sala com o plug no cú. Era deliciosa a sensação. Carlos também me colocou uma máscara de couro que cobria minha cabeça e parte do meu rosto.

Voltei para a minha posição, de quatro em cima do sofá. Então escuto o interfone. Carlos sai para atender e volta logo e diz que eu devo ficar naquela posição e não falar nada. A campainha da porta toca e ele sai e volta com um cara desconhecido. Minha posição era humilhante, de quatro em cima do sofá, com um anel de metal nos testículos e um plug anal no cú. Pelo menos a minha identidade estava preservada. Os dois conversam normalmente como se eu não estivesse ali. Então Carlos vem perto de mim e mostra o anel para o desconhecido. “Era o que falei pelo telefone, um plug anal, ou alargador de anus, e um anel testicular, Quer dar uma olhada melhor?”. O desconhecido então veio e começou a apalpar meus testículos e passar a mão na minha bunda. “Era isso mesmo que buscava para dar de presente para um amigo, quanto vai ficar”. Carlos falou o preço e saiu para pegar um plug e um anel novo.

Quando acertaram tudo, o desconhecido perguntou: ”Posso dar um aliviada no teu garoto?”, e Carlos respondeu: “Fica a vontade. Cachorrinho. Chupa o pau do meu amigo!”. O cara colocou o pau para fora e eu chupei muito, até que ele sacou uma camisinha e foi para trás, tirou o plug de dentro de mim e colocou o pau. O pau dele tinha uns 19 centimetros, mas com eu já estava alargado por causa do plug, entrou fácil. Ele me segurou pela cintura e começou a socar fundo com violência. Eu gemia muito enquanto Carlos olhava do outro lado da sala. O estranho tinha uma pegada forte, dava palmadas na minha bunda. A cada investida eu alucinava. O meu reto alargado e super-lubrificado aumentava a minha sensibilidade anal e cada vez que ele tocava no meu ponto G eu segurava para não gozar, apesar de não ter o controle nesse momento.

O estranho aumentou o ritmo e sua respiração foi ficando mais ofegante, me abraçou por trás e no meu ouvido ele disse que iria gozar. Quando chegou o momento, ele deu um urro e empurrava o pau para mais fundo dentro de mim.

Ele então saiu de dentro de mim, deu uma palmada na minha bunda e falou para Carlos: “Grande descoberta essa tua! o cara tem um buraco quente, vou querer provar de novo outro dia”. Carlos falou que combinariam uma sessão privada.

Quando o estranho saiu sem me dirigir uma palavra, Carlos sentou e me colocou para chupar o seu pau. Enquanto eu chupava, ele dizia: “Se comportou muito bem cachorro. Será assim mesmo de agora em diante você vai dar para quem eu quiser. Você será a minha puta e de quem eu quiser. Senta no meu pau agora”. Eu sentei no seu colo e o pau dele deslizava para dentro de mim. Dei um gemido e comecei a cavalgar. Ele então levantou e sem tirar o pau de dentro, ele me levou até a mesa e me comeu em pé. Socava e socava me deixando maluco de prazer. Ele falou então: “Quero gozar na tua boca, fica de joelhos”. Eu abocanhei aquele lindo pedaço de carne e ele gozou muito na minha boca e um pouco no rosto. Limpei tudo e saboreei o gosto do meu macho.

Ele sentou no sofá e disse para eu me posicionar sentado no chão entre as suas pernas. Não podia de deixar de admirar a beleza do meu senhor, as pernas grossas e cabeludas, seu corpo grande. Ele não tinha barriga apesar de não ser musculoso. Aos seu 30 e poucos anos, meu macho era lindo de corpo, meio aloirado. O rosto não era aquela beleza estonteante, era normal, cara de macho que muitas vezes me olhava com tara.

Fiquei ali com o pau na boca até ele dar sinais de vida novamente. Fomos então para o banheiro. Eu fiz xixi sentado e fui para ducha e ele logo atrás. Ele meteu mais uma vez e disse que queria gozar dentro de mim. De pé na ducha, ele me penetrou e socou muito até gozar de novo enchendo meu cú de porra, que escorria por minhas pernas.

Tomei um banho e dei um banho nele, especialmente no pau, que chupei novamente para sentir mais uma vez o gosto do meu homem.

Continua...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos sou uma coroa vagabunda levei o muleke na minha casa e fiz ele comer meu cu e minha bucetatrocando as filhas gemeas contos eroticosCasada chupando dentro do carro. Contos eróticoscontos eroticosem familiacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos porno submissaDei a bucha pro meu sobrinho virgemcontos eróticos inversão bêbadovoyeur de esposa conto eroticocontos de sexo rapidinha com a cunhada na cozinha enquanto meu irmão tomava banho no banheiroConto de vadia de quatro no bar metendo com muitos machosmenina no colo do velho contos eroticocasada dando o cu no bairro de na casa do ferantecontos eroticos padrasto e enteadaContos amigos voier do marido contos eroticos de cu gostosocontos elas gostam de chupar e punhetaesposa grupal com 18 aninhos contosconto vesti as roupas da minha madrasta e ela me fagrouver vidio de vigia fudendo gay subriNovinha e chantageada.contoscantos erótico comendo a mãe e a irmã juntodopei meu irmão de oito anos e fode ele incesto gaycontos gay sou submisso ao meu irmão mais velhocontos mostrou duas picas pra minha esposaEu morava sozinho minha aluna do cursinho ela veio morar comigo ela agora ela e minha mulher conto eroticoContos homem casado se veste de munher e da cucontos eroticos de casadas traindo no trabalhocontos eróticos de mãe e filho, mãe com shortinho atolado no seu bundaocontos eroticos arrombando a gordacontos erótico de coroas casados trancando com novinho BA baladasContos com espermacontos eroticos na piscina com a famila todos nus no reveionconto lesbico porque ela mim olha assim sao miguel?Porno contos incesto familia prazer total qualquer idadecontos eroticos encoxei comi farmaceuticaContos fudendo gostoso minhaconto comi cliente da minha mulherconto so dou o meu cuconto erotico incesto sonifero filhacontos de esposa dando pro cunhadosem cadastro zoofilia sai mijando leitecontos minha mãe sentou no meu colo de saia sem calcinhaconto erotico de sogro fudendo a noraContos espiando a sogra lesbicaContos afeminado c shortinho socadoContos eroticos carro lotadomulher toda gostosa se esfregando em salao de forroporno +doidominha tia olhando meu pauconto erotico trepei com meu primo engravideiconto erótico o que rola em cine Porno do Brasilcontos eroticos esposa gordavídeo pornô pica da cabeça enrolada redondadaEliana experimentando calcinha fio-dentalGiovana transando de joelhoscontos eroticos minha mulher virou puta de um velho asquerosoSou casada fui pra um acampamento com os colegas a amigas putaswww.contos enrrabando menina de rua novinhavvidos de muler co casoro. fudemocontos eróticos papai me arrastouvoyeur de esposa conto eroticoFui estuprada com penis de borracha contoAprendeu a dar cu no orfanato. Contoconto viadinho branquinhomulhe cagando contocontoseroticosfuicornocontos eróticos Flagrei minha sobrinha de menor transando aí eu Amei Assim ela tinha contato pai delao pau do meu irmao contoscontos de coroa com novinhovisinhalesbicacontos dois gemios me chupandoConto porno criada na rola do avo dedi pequenanegao arombo cu da sograa minha cunhada casada e saia justa contos com fotos