Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EMPREGADA PEITUDA E GOSTOSA

Estou com 41 anos e me separei tem uns 6 meses. Minha ex, claro, levou quase tudo aqui em casa, inclusive a empregada. Tive que contratar uma outra e me foi indicada a Rosângela, que depois de uns dias passei a chamar de Rô. Era uma mulher negra de 27 anos, com um rosto muito bonito e um corpo apenas razoável, mas possuidora de um belo par de gigantes seios.

Nos primeiros dias, sequer notei a sua presença, apenas reparei na eficiência do seu serviço. Depois, comecei a verificar que quando ela ia lavar os pratos os bicos dos peitos quase estouravam a blusa, mesmo com sutiã. Certo dia, ao tentar regar umas plantas que ficavam em local alto o regador escapou e ela tomou um banho, tendo a blusa amarela ficado quase que totalmente transparente. Ri bastante com ela, mas não deixei de ficar olhando para aquele monumento gigantesco, um par de lindos peitos com mamilos bem redondos e uns bicos do tamanho de uma tampa de caneta bic. Fiquei louco de tesão e acabei exibindo meu pau duro por baixo da bermuda. Ela olhou, mas nada disse, virou de costas e saiu. Dois minutos depois eu estava tocando uma bela punheta e gozando um jato forte no azulejo e depois mais uns seis, melando tudo.

Certo dia ela chegou pela manhã com o rosto triste e olhos inchados. Perguntei o que houve e ela disse que havia sido expulsa de casa pelo companheiro, que vivia bêbado. Fui trabalhar preocupado e liguei para ela, que mais uma vez lamentou tudo e ainda disse que estava envergonhada porque sua idosa mãe não poderia saber agora, porque estava doente e que não poderia voltar pra casa sem que antes tivesse resolvido com tudo.

Na hora ofereci para ela dormir lá em casa. Ela aceitou, mas disse que estava sem roupa e eu disse que iria comprar uma roupa para ela dormir.

Nem trabalhei direito e dirigi meu carro com o pau estourando os pentelhos. Ela abriu a porta e começou a soluçar. Eu a abracei e disse pra ela ficar tranquila que tudo iria terminar bem. Ela encostou a cabeça e me abraçou, encostando os peitos fartos em mim. Fiquei alucinado e dei um beijo no pescoço dela, que retribuiu, mas saiu para a cozinha.

Perguntei se ela ia tomar banho agora ou mais tarde e ela disse que sim e perguntou pela roupa e entreguei o pacote com uma bermuda dessas de tecido fino e junto e uma camiseta decotada. Comprei de propásito um número menor. Quando ele saiu do banheiro nem acreditei no que estava vendo. Ela veio caminhando devagar, com a xota volumosa sendo cortada ao meio pela bermuda apertada e os dois peitões quase que pulando do decote e que não balançavam, mas tinham um movimento pros lados e os bicos riscando o tecido. Não resisti e elogiei tudo aquilo que estava vendo e ela disse que estava se sentindo uma artista. Completei dizendo que ela estava muito gostosa e na lata falei que tinha tocado umas punhetas pra ela e mostrei meu pau latejando. Ela se ajoelhou e começou um boquete alucinado me levando a loucura. Quase gozei quando ela lambeu meu saco. Deitei e a puxei por cima de mim. Vi aqueles peitões querendo sair pelo decote e arranquei a blusa deixando os bicos quase furando os meus olhos. Caí de boca lambendo e chupando os bicos. Enquanto eu chupava um peito, ofereci o outro pra ela que começou a lamber e acabou chupando o práprio bico do peito esquerdo. Minha mão encontrou a xota mais molhada que já tinha visto e quando encostei o dedo no grelo ela deu um pulo e começou a gozar alucinadamente se debatendo e apertando os dois peitos. Aproveitei e coloquei o meu pau na porta da xota e ela sentou rebolando. O calor e a umidade foram demais pra mim e me segurei o máximo que pude. Tirei o pau da buceta e encostei na porta do cuzinho. Ela nem pensou duas vezes e mirou com jeito, sentando bem devagar. O movimento acelerou e não consegui mais aguentar enchi o cu da Rô de porra.

Os dias seguintes foram melhores. Ela passou a andar semi-nua em casa, com camisetas mínimas e transparentes que comprei. Passei a trepar todas as noites com ela.

Um dia, viajei com ela pro nordeste. O biquíni mínimo que comprei foi uma coisa de louco e “afinei” o meu pau de tanto fuder com a Rô.

Minha vida ficou muito melhor, comendo diariamente a minha excelente, átima e gostosa empregada. E ninguém sabe disso até hoje.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minha tia querida bota roupas curtas e eu fico com tesão doido pra comer ela mais tenho vergonha o q façocontos erotico levwi minha esposa numa suruna de suprwsacontos eroticos casado medico gordinhocontos de violadasfilho me fudeu na conanão aguentei acabei molestando contos eróticoscontos eróticos gay com monstrossogro engoxada no honibus condos erotigosConto so caminhoneiro dei carona uma freira loiracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos syrubascontos de coroa com novinhovirei puta assumida eu confessosogra muito linda na praia contoschantageada e humilhada pela empregada negraNovinha putinha conto eroticoContoa eroticos a vizinha feiacontos euroticos porno tia lucia contos eroticos fui estupradaminha cunhadinha e virgens peguei a forcacontoS lambida animal no rabotransei com meu paicontos eróticos gay meu meio irmãoContos de sexo minha esposa deu a buceta pra os pirralhoscontos pornô de incesto meu pai pauzudo e o meu corpinhoContos eroticos selvagens brutais incestos com xingamentos surraspegando hetero casado conto gayconto saiu comendocontos eróticos inversão bêbadocontos eróticos dominado pela sograrelatos reais ciumento casado corno aconteceu na praiame mamaram muito no cine gayfui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticoscontos de incestos na madrugada ele se encaixou em mimvideos porno enfiando a mao nao buceta da egua zoofiliaConto gozei dentro da lilianevidio pono mae e filha dero o cu para dotadoContos gays fantasiado de crossdress no cine pornocomendo agostoza da irpregada iu marido ligandoSo contos eroticos com maridos violentos sadomasoquismocontos eróticos sarro no ombroconto erotico novinho vizinho buceta de cajaraminha namorada sendo encoxada no onibus mesmo eu estando ao seu lado contoscontos de gauderio arrancando cacaço de cu e bucetasguero asistir filmi porno as freiras virgem goxando na bucetaconto erótico de incesto de sobrinha e tio casa de conto meu tio morre de ciumes e amor por mimContos vovô pegando peitinho da netacontos comendo mulher na despedida de solteira no carnavalcontos eroticos comi o cu da minha vizinha mendigaTrempando em cima da lancha com o coroa conto eroticomae leva gozada na boca de fio travesticontos lesbicos visita ao ginecologistaContos eroticos fui comido na locadora d videos pela travesti pauzudatreinando para ser puta contos eroticoscontos totalmente arregaçada meu marido vai percebersexo contos mendiga estuproconto erotico ati puneta paracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos/ morena com rabo fogosogostosa se deliciando na cademis malhando de perna abertaContos eroticos forçada a dar para um.cavalo na fazendacontos de incestos eu estava dançando funk De vestidinho curto e meu pai viu e não aguentou e comeu meu cuzinhovelhas gordas de 90kg nuascontos coroas amigas da maecafetao metendo na minha filha conto eroticosputinha de zona contoadoro mamar na grávida contos eróticosContos de sexo... A mini saia mal cobria a bunda delaeu vi uma pica toda arregaçadaFalei pro meu amigo enrrabar minha esposa enquanto ela dormiaConto tava tudo escuro ele me agarrou por tras e me encoxoucontos de coroa com novinho