Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TIVE QUE PAGAR COM MINHA MULHER - AGIOTA



Aconteceu a 2 anos atrás. Estava trabalhando em uma boa empresa, e o que ganhava era razoavel.

Minha mulher tambem ganhava razoavelmente bem e levavamos uma vida sossegada.



Porem minha mulher casou virgem comigo e depois de um certo tempo de casados (10 anos), começamos a entrar na monotomia. Ela reclamava muito que nunca teve outra experiênxia sexual e que adoraria transar com outro homem, para ver como é". De certa maneira eu até dava razão para ela, mas como libera-la, para qualquer um. E o medo dela gostar e virar mania, sabe como é, liberou uma vez, tem que liberar outras.



Ela tambem falava que queria mas não tinha coragem, pois tem muito medo de doenças venéreas e Aids, e com isto eu ia levando, comendo ela a cada duas semanas e a coisa se tornando cada vez mais insossa.



Passou um tempo eu fiquei desempregado, depois de alguns meses fiquei sem dinheiro e ela quem pagava tudo, algumas mulheres um pouco mais velhas ( e este é meu caso), são de uma geração, que acham que o homem tem que providenciar tudo, e ela começou a achar "que estava fazendo demais", pagando tudo e via que ela tinha cada vez menos interesse em mim, ela até chegou a falar em divárcio.

A questão toda que eu via era o dinheiro, faltou dinheiro, faltou amor, falta sexo, falta tudo.

Minha esposa tinha na epoca 43 anos, bem conservada, ja tinha feito duas plásticas e estava em cima, várias pessoas ja tinham me perguntado se ela era minha filha, e isto porque eu tinha 48 anos, não que eu estou acabado, era minha esposa que estava "bem cuidada".

Da ultima briga ela me deu um ultimatum, ou eu arranjava alguma coisa para fazer que desse dinheiro ou ela me abandonava, pois ela ja estava cheia de pagar tudo.



Foi ai que fiz a maior besteira, em todo bairro, tem seu agiota, e como vivia andando por ali sem ter o que fazer um dia este agiota, me ofereceu dinheiro e, quem esta desempregado, e risco de perder a familia, sei que é errado mas aceitei, pedi R$10.000,00 e paguei, tudo que estava atrasado, cartão de crédito, limite de cheque especial, etc.



Minha esposa nem desconfiou, para ela eu pagando as contas estava bom,, para ela o que interessava é que o dinheiro entrava e nem queria saber o que eu estava fazendo. Mas sentia que ela não se satisfazia comigo, ela sá gozava com sexo oral e quando eu a masturbava, a coisa ia mal.



Sá que um dia voce tem que pagar para este agiota, sá que eu não tinha o dinheiro

Quando o agiota, ficou sabendo, não quis saber, ou eu pagava, ou morria, como não tinha dinheiro, comecei a fugir dele, porem ele sabia onde eu morava e num belo dia me parou na esquina de onde eu morava com mais dois caras bem fortes, e entraram comigo em minha casa tranquilamente.

E começaram a me pressionar lá, estavam armados e tudo mais, depois de umas duas horas minha esposa chegou, e justo aquele dia ela tinha ido com um vestido bem decotado. Quando ela entrou em casa e viu aqueles três homens armados e me apontando uma arma, ela perguntou o que estava acontecendo, ela achou que era um assalto, logo o agiota foi falando do que se tratava, e perguntou se ela não pagasse eu ia morrer. Minha esposa assustada fez aquela cara que nada podia fazer, foi quando o agiota disse, que eu podia pagar de outra maneira, com a minha esposa, vi que desde que ela entrou ele não tirava os olhos dela, chegou a fazer um acordo comigo para cada transa dele com ela ele descontava R$1.000,00 de minha divida, de tão assustado não conseguia falar nada, para ele foi "quem cala consente", minha esposa tentou correr e eles a seguraram e a levaram para o quarto e obrigaram eu ir tambem, deixaram eu sázinho com ela no quarto por dez minutos para "tentar convence-la, por bem".

Ela não queria de jeito nenhum, mas a fiz ver que se não seria por bem seria por mal, e ela mesmo não tinha a vontade de transar com outros!!!!!!

Ela me olhou com aquela cara, "mas não era desta maneira", seja como for os dez minutos passaram e os caras entraram, sá via dois deles arrancando a roupa dela, e o outro me apontando a arma, logo ela estava nua na cama.

O agiota que não era tão velho deveria ter uns trinta e poucos anos, foi para cima dela beijando e mordendo os peitos dela que são bem volumosos, minha esposa tentou ficar estatica sem mostrar interesse, mas quando ele colocou a boca na boceta dela, ela se entregou, mesmo porque eu ja estava vendo que ela queria mesmo, sá faltava o motivo, como a situação, era a força, creio que para ela foi até mais facil deixar a coisa rolar. depois do sexo oral, o cara tirou a roupa e tinha um cacete bem maior que o meu, minha esposa sem o cara falar nada, caiu de boca no cacete dele, o cara delirou, colocou ela na posição frango assado e mandou ver de uma vez sá, ela gritou porem transou as pernas em volta dele e deu "uma chave inglesa no cara", o cara bombava tanto que minha esposa revirava os olhos, até que em dez minutos o cara gozou tanto que minha esposa desfaleceu. O agiota aproveitou saiu de cima dela, se recuperou rapidamente ( o pau dele subiu de novo), pediu para "o segurança dele" colocar na boceta dela, ela ficando por cima, e ele esperou minha esposa voltar ao normal, quando ela abriu os olhos o segundo estava mandando ver na boceta dela, ai então o agiota, pegou um KY, lambuzou o cu de minha esposa a vontade, e colocou o cacete dele no cu de minha esposa e foi enterrando, ela gritou que até fiquei com medo dos vizinhos escutarem, mas o agiota teve dificuldade, porque era um cu virgem, mas conseguiu enfiar tudo no cu dela e ficou bombamdo varia vezes. Sá sei que ela sendo bombada dos dois lados em uma dupla penetração, gozou diversas vezes e falava coisas desconexas, sá sei que ela gozava e os dois gozaram dentro dela juntos.

Eu sá olhando e ainda fiquei de pau duro, os dois sairam dela e me falaram que o serviços estava acabado para aquele dia e pagamento, porem o terceiro queria tambem, como minha esposa estava bem arrombada e nem aguentava ficar sentada o cara tirou o cacete, enfiou no cu delas umas três vezes, como era o cacete dele era menor que o do agiota, entrou com mais facilidade, ele tirou fez minha esposa abrir a boca e enfiou tudo dentro e gozou, fazendo minha esposa engolir tudo de uma vez.

Os caras desceram comigo, tomaram ainda a cerveja que tinha na geladeira, agradeceram pela esposa gostosa que eu tinha, e fizeram a conta de quanto eu ainda devia, se não eles voltariam, para cobrar de outra maneira e foram embora.

Subi rapidamente para o quarto e minha esposa estava tentando se levantar com dificuldade, ela me olhou meio envergonhada, levei a para a banheira e ajudei ela tomar um banho, depois a deixei dormir umas horas, ela acordou depois e veio conversar comigo e disse que apesar de tudo ela gostou muito e o que eu achava de tudo isto.

Falei que eu tinha sido o que causou tudo aquilo e por mim não faria nada, ela sorriu, disse que de certa maneira se realizou e assim não ficaria com dor de consciência.

E ainda quis transar comigo e transamos como nunca.

O que me preocupa é o resto da divida.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meu viadinho querido gostoso novinho doze anos contos eroticosvideos de mulheres mamandoleitee no peito da outracontos dei sonifero e comi o cu pornoconto do tarado que se fazia de bonzinho para comer as meninasbuceta carnuda comtos de sexoconto erotico eu estava tao bebada que nem sei quem me comeu me encheu meu utero de porraele comeu o meu cu e gosol na minha boca contos de novinhasperdendo a virgindade com o meu namoradoaprendi dar o cu com meu genro contosconto erotico comendo a dona da mercearia do bairro onde moroMinha tia coroa mostrou seu bucetao peludo contoscontos eróticos cuzinho da mamãeo tio caçula contos eroticos porno gaycontos eróticos sou casada e trai o marido com negão africanoContos eroticos cofrinho esconde escondecasa dos contos tia 22cmconto alisando a sobrinha pequenadelirando com meus dedinhos contosguais sao as deusas da punhetacontos duas pica no cucontos eroticos fui comida igual puta e chingadacomendo minha irma de seis anos contos eroticosConto erotico soquei piroca na mulata casadazoofikia contis eriticos homem aosixonado pela eguaContos eroticos chamo vitoria dei pro meu cumhadoxvideo pornozinho inpinadinha onlineesposa e amante volarao a filha drama pornoconto erotico dona de casa tranza com entregadorescontos eroticos punhetasestuproscontoseroticoconto erotico meu melhor presente de aniversario e inesquecivelcontos eroticos meu vizinho me bulinava gayconto erótico meu inimigo banheiroassistindo mais meu padrasto coladinho e ele de pau duro contos eroticosLora dismaiando no cu no anal em tres minutoscontos minha enteada minha amantevideos porno mulheres da.bucetas muito gostosas dando para cachorro emgatar o no na buceta delaconto gay virei namorado do tio viuvocontos porno casada abusada no assalto no acampamentovirei menininha na mão do meu titio gayporno quente doido cara lasca buceta com cuconto erotico virei menina por ter cabelo compridoMulherbrasileira ensinando a filha, meter contosgarotinho fodinho por adulto contospau grande enfiadi. todo nicuContos enfiei o dedo no cu do meu marido ma frente do meu amanteconto de casada com descendente de japones que traiu com um bem dotadocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos dupla penetraçãocontos 23cm e um czino virgemConto erotico.no cuzinho da caderantemasturbando no banho ponhou nangueira de agua na bucetaa loira e o cavalo contoconto erotico minha irma me fez de privada humanacontoseroticos encochando minha irma onobiscontos eroticos comendo giovanacontoseroticos primo transou com a prima e ela ficou gravidacontoerotico padrinhos e afilhadinhasConto erotico. Supositorionoite de nupcias:conto pornoContos Eróticos MEU BUNDAO filhocontos eroticos dando aulas ao sobrinhofomos pro motel contos lesbicoscontos erotico dominadacontos eróticos minha mãe fumou baseado e comi elaconto amante montou no meu cuzinho virgemconto erotico de mae nao aguentei nem a pau o casete do coroa meu amigocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemotoboy gay contoBaixou minha calcinha e meteu contos