Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VINGANÇA DE GRACI

Oi, me chamo Graci. Tenho 19 anos, sou precoce, universitária, trabalho numa empresa mult-nacional. Tenho minha independência financeira, meu ap, carro, e algumas mordomias que o capital nos propicia.

Moro em Sampa. Ah! Sim, sou suspeita ao me descrever. Mas vamos la. Uma bundinha bem redondinha, e malhada, um corpinho com tudo no lugar. Seios peqnos, cabelos castanhos, 1,83

Mas o qu15 anos, muitos amigos, uma festa mui legal propiciada por papai e mamãe.

Tomei ali meu primeiro porre, tanto em beijos, abraços indecorosos, como abusei na champanhe. Papai era quem mais me oferecia a espumante.

Acordar, já no dia seguinte, três partes do meu corpo doíam. Cabeça, Cu e a buceta. Senti no meu rabinho um pouco de um liquido viscoso escorrido e meio seco, na babaca, vi o vermelhidão de que fora esfolada. Já a cabeça devia ser por causa da champanhe.

Não falei nada para ninguém, e fiquei no quarto o inteiro. Mais a tardinha, fui ter com meus pais na piscina. Todos bebericavam, papai mui carinhoso comigo, disse-me que para a dor de cabeça, Os mais champanhe, isto me curaria todas as dores. Mamãe incentivou e La fui eu di cabeça di novo nas borbulhantes taças. Pulei na piscina, brinquei, e com tonturas, quiças provocadas pelo álcool, me recolhi, ao quarto. Vi quando mamãe trazia agora um copão de champanhe. Sentou do meu lado e me induziu a bebe-lo. Para me curar. Sorvi, e mais tonta fiquei. Lembro que alguém entrou no quarto, não tive reações ao me despirem. Senti um frio gostoso, no meio da pernas, um calor gostoso foi se apoderando de mim.

Abro os olhos e, num sei se num misto de sonho ou realidade, um cacete vermelho, sendo sugado por mamãe. E depois este mesmo membro sinto no eu anus.

Ele cutuca, cutuca, eu começo a dar uma rebolada para melhor o aceitar. Sonho ou realidade, escuto ela dizer ... vai meu bem para pois ela esta gostando... enfia agora em mim... E sem mais nem menos aquilo some de dentro de mim me dando um sossego. Volto a sonanbular. Estou virada e barriga para cima e uma língua voraz morde o meu clitáris, eu sinto desejos de gozo, começo a me movimentar em direção a língua, e derrepente ela some. Sinto um cacete grande e comprido entrando saindo com volúpia de minha bucetinha. Sim sinto o esperma sendo jorrado.

Minha festa de quinze anos. Perdi os dois cabaços do Cu e da buceta. Ah! Sim praticamente inconsciente.

Os que o comichão de Ter uma pica grande na minha buceta. Não acabou ali. Passei a gostar disso. Passei a desconfiar que quando a mamãe e o papai saiam para tomarem um porre, a esporreada era eu. Isso 15,até os 16.

Com 19 arrumei um namorado. Tipo galinho fudedor. Marcelo. Por seis meses namorei e transei muito com ele,. Não Os com ele, mas La em asa, como bebinha. Arquitetava um plano. Tudo que pedia, papai dava, principalmente pás sexo(de bêbada). Pedi para comprar um cachorro, no que fui prontamente atendida.

O cachorro escolhido era um mastim. (cachorro treinado para sexo com mulheres) contei minha istoria para Marcelo e ele mui zangado se comprometeu a me ajudar na minha vingança.

Bebi, levei o Marcelo pra nossa casa, Bebemos, Marcelo, eu, papai e mamãe. Tava tudo legal. Eu me fingi de embriagada, Marcelo, fingi que ia embora; ficou no quintal. Bom nem preciso dizer que os dois entraram em meu quarto, algum tempo depois, eu fingia que dormia, nua e pelo.

Quando senti a ara de papai no meu rabo, tuchei no dele um chamarisco para o cachorro, que veio com força e lhe enfiou o cacete até as bolas. Vi o cara ficara roxo e o cachorro grudado nele enfiando o vergalhao no cu de papai. Mamãe estarrecida tentava se mexer mas o Marcelo apareceu e com o seu cacete em riste fez com que ela abrisse as pernas do papai para que a bola entrasse no rabo dele.

Ficou engatado com o cachorro e berrando. Quando o cachorro acabou, foi a ves de minha mae, esta pagou com a buceta preenchida pelo cacete do mastim. Deu uma leve engatadinha sim, mas. Valeu.

Hoje transamos todos juntos, não namoro mais o Marcelo. Pois me mudei de Sampa. namoro hoje um cantor de musica sertaneja. Mas continuo sendo funcionaria de uma multi-nacional

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Senhoras cinquentonas casadas praticando Zoofilia prla primeira vezcorno participou contocontos com teens sentando na ro do pri com doze anosFotos de gostosas de vestidinho colado dirigindo carrocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto comi uma buceta muito apertada que doeu meu paumeu pai e meu filho me comen contoscontos eroticos professoratomates conto heteroContos gays amante do tio velho desde de pequeno adoro vpu casar com elecontos de clientes mulheres que vão se depilar e as depiladoras chupam suas bucetasporno filadaputa faz devagar o teu pau é muito grande contos eroticos apanhando p abrirSou a cadelinha do meu cão contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedepois que o irmão ensinou ela a atividade a irmã da xoxota para o irmãoNoiva de salto contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentesó umbiguinhos lindos e peitos durinhoscontos erótico coroa da parada enrabou novinho gayeu corno de putaArombaram meu cuzinho quando pikena conto eroticotaras de ficar olhando outroa fuderLóira safada narra conto metendo na coberturapura foi dar pra cavalo e acaba com a buceta estoradacontos eroticos arrombando a gordacontos com fotos esposas com a buceta cheia de porra de negroscontos e videos verdadeiros de cunhado transando com a cunhada e a filha delamuie pega a manguera do amigo do cornaoContos fudendo a bucetinha apertadacontos minha mulher vendo meu tiohomen bulinando o penis no chorttanguinhas usadas contosconto erotico convite para sair com uma travesti da academiaSenhoras cinquentonas casadas praticando Zoofilia prla primeira vezcomo fica a bucetaalargada com garrafa?dando bobeira de baby doll em dentro de casacontos eroticos arrombando a gordaSo contos de sadomasoquismo com maridos e esposas so contos eroticosFui enrabada ao lado do meu marido e ele não viuconto sexual com cadela zoofiliacontos er passando em casacontos dentistas safadarelatos eróticos reais-visita saciadameu filho mete o dedo no meu cu e eu gostoConto sogra magrelinha gosta de orgiasadomasoquismo relatos comidavivacontos eroticos sou casada mais adoro dar a buceta para meu genro porque ele tem um pintao bem grandeFAMÍLIA LINDA CONTOS ERÓTICOScontos eroticos menininhas dormindo na rolaContos gay saindo de carro a noite vestido de mulhercontos enteado gordo rabudocontos erotico gay quando mim focarao a bebe leite de variosConto so caminhoneiro dei carona uma freira loiraesposa caseiro contoscontos eroticos da infância incestocontos eroticos arrombando a gordaMulher que fica çarando o priquito uma na outra ate sair galacontos enterra tudo devagarinho no meu cuzinhonem peitinho teen grita na pau do vocontos de mulheres ninfomaniaca por sexoContos eroticos fui a putinha desde pequeninhacontos mulher infiel marido atento incestoSo contos de sadomasoquismo com maridos e esposas so contos eroticoscontos eróticos com mais de 5porn conto com a gerentecontos eróticos chantagiei estrupei minha irmazinhaContos eroticos obriguei minha mae a engolir minha porrapeguei minha amante e minha mulher e fodi as duasodiava o marido da minha prima parte2 contos gayContos de incesto familiar