Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CUNHADA CAVALA E GOSTOSA

CUNHADA CAVALA E GOSTOSA



Me separei de minha mulher a pouco tempo e agora tomei coragem para contar algo que aconteceu comigo enquanto estava junto dela, desde que conheci minha mulher sempre fui louco pela minha cunhada, ela tem 30 anos, 1,85, um corpo lindo, pernas grossas, fenomenais, e os seus seios são fartos e deliciosos, fico de pau duro sá de lembrar.



Em uma das brigas conjugais com minha mulher, fui dar uma volta de carro e acabei dando uma passada na casa da minha cunhada, chegando lá ela estava com um vestido vermelho que a deixa mais gostosa ainda, sem sutião, com os biquinhos aparecendo e as pernas deliciosamente de fora. Ela faz o estilo mulherão, dizem que ela se parece com a Claudia Raia, um tesão de mulher mesmo.

Ela me convidou para entrar e a cada passo que ela dava eu sá ficava acompanhando aquela bunda gostosa mexendo de um lado para o outro, fiquei de pau duro na hora, minha pica tava estourando na calça já. Conversamos bastante sobre o meu relacionamento e lhe disse que na cama eu sempre me resolvia com a irmã dela, nisso o papo começou a esquentar, mas ela parou com a conversa, acho que deve ter ficado com vergonha ou queria me cortar.

Fui ficando, ficando e nisso ela se queixou de dores nas costas, eu prontamente me ofereci para fazer uma massagem (o velho golpe, hehehe), no inicio ela não gostou muito da ideia, mas comecei a lhe fazer carinhos nas costas e ela acabou cedendo.

A levei para a cama do quarto e comecei a massagear suas costas, reclamei que o vestido estava atrapalhando, ela disse que não podia tirar pois estava sem sutião, eu disse que não tinha problema, pois como ela estava de bruços eu não veria nada, nisso ela baixou o vestido até a cintura e eu recomecei a massagem, achei que meu pau ia estourar minha calça, e sabia que ela ia adorar ver ele, pois o mesmo tem um tamanho que as mulheres adoram (18cm). Não aguentei e acabei apoiado em cima dela fazendo a massagem e comecei a esfregar meu pau naquela bunda enorme e gostosa. Fiquei esperando alguma reprovação dela, algo que não aconteceu, vi que ali estava meu sinal verde.

Ofereci para fazer massagem nas pernas delas, ela disse não, insisti muito enquanto não parava de massageá-la, acabei convencendo-a, nem acreditei quando ela ficou sá de calcinha, uma calcinha branca, presa naquele rabo gostoso, achei que ia me gozar ali mesmo, pois meu sonho tava se concretizando. Continuei a acaricia-la e cada vez que eu subia naquelas pernas gostosas passava a mão perto de sua xota, sá vi aquele morro gostoso, uma buceta maravilhosa, meio raspadinha e com labios grossos, minha vontade era cair de boca, notei que cada vez que eu passava a mão ali ela suspirava.

Não aguentei e a virei de costas dizendo que agora eu iria fazer outro tipo de massagem, parecia que eu estava louco, transtornado, não acreditava no que estava fazendo, comecei a chupar aqueles lindos e grandes seios, a beijei muito, sua boca é carnuda e muito gostosa, ficamos muito tempo nos beijando e eu chupando aqueles peitos, descendo e descendo até cair de boca naquela xoxota maravilhosa, cada chupada que eu dava ela apertava mais minha cabeça contra o corpo dela.

Nisso ela me puxou pra cima e pegou no meu pau, me dizendo que agora entendia o porque eu sempre me acertar com minha mulher na cama, e começando uma punheta muito gostosa, eu estava me segurando pra não gozar. Ela puxou meu pau cada vez mais perto daquela boceta gostosa e começou a esfregar a cabeça no seu grelo que a essa hora já tava todo molhado. A cunhadona gostosa me pediu para enfiar bem devagar, porque ela queria sentir meu pau a abrindo bem gostoso.

Comecei sá com a cabecinha e ela abrindo as pernas, me beijando como uma louca, uma cadela no cio e puxando meu corpo cada vez mais perto dela, até eu enfiar tudo bem gostoso, comecei um vai e vem devagar, e ela se gemendo e adorando receber minha pica. O que me dava mais tesão era como ela me beijava, eu naõ parava, queria que aquele momento nunca se acabasse. E cada vez eu bombando mais e ela sussurrando que estava adorando receber minha pica. Nos abraçamos forte e gozamos os dois juntos, enchi aquela xana tesuda de porra, ficamos assim durante uns 19 minutos e deitamos um pouco, nenhum dos dois estava acreditando no que estava acontecendo.

Depois ela levantou e disse que tava com porra escorrendo pela perna, gozei como nunca dessa vez, não aguentei vê-la se levantando com aquela bunda deliciosa e já abracei por trás, dizendo que queria sentir aquela buceta de novo, sá que agora de quatro, ela já desconfiada que eu queria comer seu cuzinho já me disse que aquele dia eu não iria ter o cuzinho, pq sá me daria ele num dia especial, resignado fiquei triste, mas feliz ao mesmo tempo, pois vi que ela iria querer repetir a dose.

Quando vi ela se deitou na cama, botou a cabeça no travesseiro e apoiou os braços na cama, deixando toda aquela bunda gostosa na minha visão, encaixei meu pau e comecei a bombar, sempre olhando para aquele cuzinho piscando e pensando que ele ainda ia ser todo meu. Fui comendo aquela bunda deliciosa, puxando seu cabelo, e ela virando pra trás olhando o cunhadinho traçando-a. Não aguentei e dei uns tapinhas, coisa que a deixou mais louca ainda, nessa hora que ela realmente se liberou gritando: Não para, não para, enfia tudo, goza dentro, que pau gostoso. Segurei mais um pouco e jorrei porra nela como da outra vez, aquela adorável bocetinha toda lambuzada.

Tomamos banho e ela me disse que sempre iria querer receber uma visita do cunhado, dizendo que da práxima vez iria fazer tudo, já pensei naqueles lábios carnudos chupando meu pau e naquele cuzinho piscando. Fatos que aconteceram e vou contar pra vocês em outro conto.





Se você é uma mulher assim, independente, na faixa dos 30 anos e quiser trocar experiências comigo, mande um e-mail para:

[email protected]









VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteamei ser estupradacontos eroticos depois de muito tempo dei pro sobrinhocontos eróticos de traição de casadas testemunhas de JeováContos erotico.crente metrocontos de gordinhas casada com roludoContos erotico com equilina da minha patroacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos pastoranã puta contoele comeu o meu cu e gosol na minha boca contos de novinhascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos sou casada com um travecoContos eroticos quintalgorda lendo jornal e der repente e fuda por dois caras um na buceta peluda e outro no cutia tesuda contoo tio ceduzino adolecente metendo odedo priguitinhaconto erotico encoxando e estuprandoa velhacasa dos contos marido pede para esposa por uma sainha bem curta e.provocaconto erótico comendo o passivo de calcinhacontos eroticos com fotos mae putacontos erotico a minha nutricionistaContos eróticos jogo de seduçãodesde pequena iniciada em zoofiliacontos eroticos mamae me ensinou a ser putacontos eróticos novinha brincandovídeo do Seu Madruga metendo a pica no c* da Dona Florindabunda enorme calcinha rendinha vai cuzudaPai transarno com as filhasContos eroticos trai meu marido com travesti bem dotadocontos de cdzinhas orientaiscontos gays pedreiroseu mae e filha contos de sexoxvidio minha mina sai para tranpa e eu como Minha sogra xvidiocontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãoconto erotico dando minha bucetinha pro enfeemeiro da minha amigaque cunhadacontos eroticos no escuro alguem colocou o pau entre minhas coxasconto erotico: va para o vestiario e me esperecontos dando minha bucetinhacontos eroticos mulher castiga o homem emagando o saco e dando soco no saco conto meu pai sai e eu como a minha mae  Quando tinha 22 anos, adorava comer lekes mais novos. Uma das minhas aventuras mais excitantes foi quando descobri que meu primo Tiago , que morava na mesma rua , esta liberando geral nas brinacediras de pique-escondi da rua.Até então já havia tra  Minha irma adolecente taradinha em conto eroticoContos eroticos obriguei minha mae a engolir minha porrafudeu com um cavalo fetixe d mulher contogrelao 4cm contosver contos com fotos excitantes no onibus.contos eróticos com esposa contando suas putariascontos eróticos de traição de casadas testemunhas de JeováContos eroticos filha rabudaconto eróticos engravidou esposa do irmao e esposa do sobrinhoex cunhada safada casada com presidiáriovideoo porno da bundona de chorte de burmicontos porno minha mae e putacontos eróticos prima gordinhacontos eroticos de padrinhos com afilhadas que engravidamcontos de sexo meu pai viuvo anoite primeiro meu encouxandofotos de fodas de buceta gostosa do precinpio ao fim todas as coloca?.mulher de sainha pescandominha esposa nega mas eu sei que sou cornoMeu primo que chupa no meu paucontos eroticos depois de muito tempo dei pro sobrinhocontos de sexo depilei minha bucetaconto teen e mae nudistacontos bucetinha familiacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos, meu sogro come minha esposaaposta vestido de mulher contochaves lambe a buseta de chiquinhaconto erótico sobrinha. bem novinha fica esfrgando no colo do tio sem calcinhaConto comendo a gorda casadacontos eróticos policial dominando viadosComo posso acaricialo com tesao