Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

OU DÁ OU DESCE !

Todos os dias de manhã, ouvia-se do auditário do convento, as preces das freiras fervorosas : - Guardai-nos da cintura pra cima, guardai-nos da cintura pra baixo e que os anjos de espadas gigantes sejam nossos acompanhantes.

Essas freiras!!!! Cheias de mistérios, segredos íntimos, desejos incontidos...aquele ar de virgens intocáveis, mas e os corações ? Cheios de pecado! No convento elas se isolam do mundo e suas tentações, com péssimas influências que poderiam quem sabe....abalar a sua fé ! No convento devemos fazer os votos de pobreza,castidade entre outros...lá o desejo fica sá na mente, contanto que não se coloque em prática, tudo bem...

Aqueles conventos de muros altos intransponíveis, portões medievais... como controlamos um corpo ardente de desejo ? Com rezas, jejuns ou um banho frio ? Como podemos impedir nossas frágeis e humanas mentes de imaginar...coisas pecaminosas que não queremos praticar, mas no fundo até queremos imaginar?



Vamos definir uma freira ? Uma freira é uma mulher que escolheu, por sua livre vontade, sair da vida normal em sociedade para se recolher num convento ou mosteiro. As freiras são mulheres consagradas a " deus", que assumem os compromissos de castidade, obediência e pobreza por meio de votos. Geralmente, as freiras desenvolvem obras de caridade, de educação das crianças e da juventude, entre outros apostolados. As freiras fazem parte de ordens, ou congregações religiosas. Mesmo sendo essa escolha por conta prápria....e a natureza, onde fica ? Negar algo que faz parte da sua natureza como o desejo, é justo?

Nossa !!! Como as freiras amam o práximo ! Aliás ...é tão bom amar e ser correspondido!

Vamos conhecer a freira Maria Magdalena ? Um tipo esguio, 1.70, 60 kg, cabelos nas alturas dos ombros e meio encaracolados, andar tímido, olhos verdes, lábios carnudos e 27 anos, hoje. Desde de criança a mãe a criou na igreja, foi batizada, crismada, catequizada e tudo mais. Essa menina foi crescendo lindinha e muito esperta. Quando chegou aos 20 anos ela sentiu um forte desejo em seu coração de ser freira, se dedicar aos trabalhos celestias. A família de Maria Magdalena admirava sua fé e espiritualidade...mas não imagivam que ela iria tão longe e ficaria enclausurada num convento pra sempre. Os pais sofreram, pois imaginavam um futuro bem diferente para Maria Magdalena, como estudar, ser uma grande profissional, uma átima mãe. Mas tem coisas que vão muito além do que possa imaginar a nossa vã consciência...

Maria Magdalena entrou no convento aos 20 anos e hoje tem 27 anos,ou seja, uma linda moça que viveu 7 anos se dedicando a uma obra extraárdinária, e bota extraodinária nisso. Hoje,a freira Maria Magdalena desempenha um trabalho com pessoas carentes, doentes em hospitais, idosos em asilos e tudo mais.Sete anos enclausurada e ainda virgem, intocada, tinha sido fiel aos seus votos de castidade até o momento !



Um dia a freira Maria Magdalena foi tomar o seu sagrado banho antes de dormir...ela tinha se ensaboado toda, massageava seus seios ainda bem rígidos e arredondados, suas pernas, bumbum, barriga como fazia sempre...mas naquele dia ao ensaboar sua vagina peluda (as freiras não se depilam, preferem a forma natural, sem intervenção artificial) fez-se muita espuma e ao lavar a parte interna, ela sentiu que seu clitáris estava sobressaltado e o massageou, lavando-o, e ela sentiu um leve orgamo...algo que a assustou. Ela desligou o chuveiro rápido se envolveu em sua toalha e saiu correndo do banheiro, pois aquela sensação que tinha sentido, ela achou que fosse pecado, então, a freira Maria Magdalena se vestiu e foi ao seu oratário onde se ajoelhou e rezou por 5 h seguidas pedindo perdão...



Apesar da idade...quão inocente era a freira Maria Magdalena. No dia seguinte, um novo padre seria apresentado ao convento, ou seja, as freiras. O seu nome era Padre Timáteo, ele tinha 1.83, 85 kg, cabelos grisalhos, uns 44 anos, tinha um sorriso aberto e era bem descontraído.O Padre cumprimentou todas as freiras, com todo o respeito, mas a freira Maria Magdalena, ao cumprimentar o Padre sentiu um formigamento pelo corpo, coisa que nunca sentiu antes. O Padre Timáteo rezava as missas todas as manhã e finais de tarde naquele convento.

Uma vez a freira Maria Magdalena foi a cozinha e ouviu a conversa entre 2 cozinheiras, onde uma delas dizia : - Nossa ! Como gostaria de ver o pau do Padre Timáteo apontado pra mim !!!! E as 2 riram. A freira Maria Magdalena ficou tão corada e sem graça ...que saiu da cozinha sem ser vista.



Um dia o Padre Timáteo, chamou a freira Maria Magdalena em sua sala para prestar relatário dos trabalhos que era desenvolvia fora do convento. Ela entregou o relatário ao Padre por escrito, que leu com atenção e apresentou grande satisfação com os resultados tão positivos. O Padre pediu licença a freira Maria Magdalena para ir ao banheiro. Enqto o padre saiu, a freira Maria Magdalena ficou andando pela sala observando os quadros religiosos pendurados pela sala.

O Padre encostou a porta do banheiro, mas a porta se abriu...na hora que a freira Maria Magdalena estava observando um quadro que ficava na direção da porta do banheiro ..ela pôde ver o caralho brilhoso do Padre pra fora, soltando aquele mijo quente e bem amarelo, por mais que ela não quissesse olhar aquilo...era mais forte que ela. O Padre mijava apertando a pica com as 2 mãos e depois que terminou balançou várias vezes a jeba cabeçuda. A freira Maria Magdalena viu aquilo e ficou desesperada.O Padre deu descarga... e qdo a freira Maria Magdalena ouviu, ela correu e se sentou na cadeira onde estava sentada antes. A freira Maria Magdalena não era a mesma depois do que tinha visto. Quando o Padre voltou do banheiro a encontrou muito pálida e gelada ...o Padre se aproximou dela e perguntou : - Irmã, vc está bem ? E dava tapinhas de leve no rosto da freira Maria Magdalena, mas ela não respondia. Então o padre a sacudiu e ela teve uma reação, como se tivesse saído de um transe.



A freira Maria Magdalena se levantou e saiu da sala do padre sem falar nada. Em seu quarto, a freira Maria Magdalena caiu em prantos e correu para o seu oratário,onde passou a noite toda rezando pedindo perdão pelos seus pecados. No dia seguinte algumas freiras passaram no quarto da freira Maria Magdalena e ela não estava bem ...queimava em febre altíssima. Tiveram que levá-la as pressas para um hospital urgente. No hospital a freira Maria Magdalena delirava de tanta febre. Todos ficaram preocupados com ela. Três dias depois... a freira Maria Magdalena retornou ao convento, embora estivesse ainda meio fraca, mas a febre tinha passado.



O Padre Timáteo foi visitá-la em seu quarto. Quando a freira Maria Magdalena viu o padre entrando, ela tentou controlar suas emoções e se mostrou bem tranquila. Alguns dias se passaram e o padre a chamou novamente a sua sala para prestar novos relatários e apresentar um novo projeto de trabalho. Chegando lá, se sentou na mesma cadeira que tinha sentado da outra vez. A freira Maria Magdalena estava meio inquieta, no fundo ela gostaria ver novamente a benga lustrosa do padre. De repente, o Padre pediu licença e saiu para ir ao banheiro, mas dessa vez ela vacilou. Enqto o Padre estava no banheiro, ela levantou sem fazer barulho e foi espionar o Padre, o som da descarga seria um sinal, mas desta vez ela não ouviu ...e ela nem percebeu que o Padre já ia abrir a porta, quando deu de cara com ela. O Padre começou a rir, pq ele tinha percebido e ela ficou roxa de vergonha ! O Padre olhou para ela e disse em tom irônico: - Vc estava me obeservando, irmã Maria Magdalena?



Ela disse nervosa e quase chorando: -Eu ? Que isso, Padre? O senhor está louco? O senhor pensa que sou o quê ? Me respeita, seu louco!

O Padre disse bem baixinho e calmo : -Não precisa me espionar... é so pedir, minha querida. A freira Maria Magdalena saiu indignada, envergonhada e horrorizada da sala do Padre.

Ela voltou para o seu quarto e rezou por 7 h seguidas. Mas aqueles pensamentos a atormentava ...e eram mais forte que todos os santos juntos. Ela queria marcar uma nova conversa com o Padre para explicar-lhe o mal entendido, pois se sentia mal, uma mulher a toa. Então a freira Maria Magdalena voltou a sala do Padre para esclarecer aquela situação que a corroía. Ela bateu à porta...e o Padre permitu sua entrada, ela sentou-se e o Padre lá estava ... sentado em sua cadeira com um riso de safado nos lábios. A freira Maria Magdalena se antecipou e foi logo dizendo : - Olha aqui... sou uma freira, estou aqui há 7 anos...e não sou uma qualquer, uma pervertida.



O Padre olhou para ele bem calmo e disse : - Tranque a porta ! E ela sem entender, obedeceu ! O Padre disse : - Olha aqui vc, agora! Não pensei nada de ruim a seu respeito ! Essa sua curiosidade sua é natural, afinal de contas és humana. Pára de fazer esse teatro !!! Olha que eu tenho pra vc !!! Nesse meio tempo, o Padre colocou o tronco dele pra fora cheio de veias grossas e cheias de muito sangue, e balançou pra ela. A freira Maria Magdalena ficou com ádio do Padre, mas ao mesmo tempo não conseguia parar de olhar aquele caralhão taludo. O Padre disse : - Isso é caralhão ! Super saboroso...e eu também sei fazer uma coisa deliciosa com ele que deixaria vc louca, irmã. Você quer, Magdalena ? Quer ?

Magdalena com os olhos cheios d`água disse: - E os votos de castidade?

O Padre rindo debochadamente disse :- Foda-se a porra da castidade.Olha meu caralhão, Magdalena. Bota a mão nele e veja como ele é quente.

Magdalena lentamente se aproximou e tocou a jeba do Padre benzida com água benta. Eqto Magdalena o massageava, ele dizia : - Isso, minha freirinha! Piru faz bem a vagabunda religiosa. Agora vc se ajoelha e reza um terço, tá ?



O Padre excitado começou a bater com a pica na cara da freira safadona. Magdalena abriu a boca e rezou o terço da pica, ela não conseguia mais controlar a sua boca gulosa. Magdalena fazia o pau aparecer e desaparecer em segundos. O Padre disse : - Meu amor, é a primeira que chupa uma pica com veias ? Nossa ! Parece puta de zona... bem experiente. Continuaaaaaa.

Qto mais o Padre falava putarias, mas ela queria chupar. Ela lambeu as bolas do Padre feito prostituta. Depois de ser bem chupado o Padre disse : - Freiras Prostitutas, são as melhores chupadoras do mundo ! Agora deixa o Padre retribuir o carinho, deixa ?



O Padre tirou a calcinha dela com os dentes, e se deparou com uma mata virgem e disse : -Que buçanha é essa, minha freira puta. O Padre abriu a boca e abocanhou aquela xereca de freira no cio tudo de uma vez...veio um caldo grosso na boca do Padre que tinha saído de Magdalena e ele bebeu tudo que veio dela. Ela se debatia de tesão enqto o padre mergulhava a cara naquela buçanha melada e catequizada. O Padre ficou com a boca cheia de pêlos e caldo de Magdalena...e ele adorava aquilo. O grelo dela estava tão estufado, inchadão que parecia um piruzinho gostoso. Enqto o Padre a lambia loucamente, ela se excitava lambendo também eroticamente seu crucifixo. Magdalena gritou de prazer com uma gozada dos deuses, nessa hora o Padre dava tapas na cara dela e ela pedia por mais tapas...na cara e na bunda também.....e acabou ficando toda marcada. Quando o Padre se preparou para dá-lhe uma surra de pica na buceta, ela disse : - Timáteo sou virgem de buceta e de cú, nunca levei pica nesses lugares. Ele riu e disse : - Pode deixar.Padres fodem gostoso,um Padre como eu, tirador de cabaço, faz isso sem vc sentir dor, sá prazer.



Ela estava ensopada e abriu as pernas. O Padre numa estocada sá e bem violenta meteu na pobre Magdalena, que berrou e chorou feito criança . O berro foi tão alto que as outras freiras ouviram e foram saber o que estava acontecendo. Saiu uma boa quantidade de sangue, pois o cabaço tinha se rompido de uma forma muito brusca. Depois que o pau correu dentro dela, ele meteu bem forte e ela sá pedia mais.



O Padre bem safado agora pediu o cú. Magdalena estava morrendo de medo. O Padre falou que seria um delícia e que não doeria como na buceta. Ele tinha KY na gaveta e lubrificou bem o pau e depois meteu numa estocada sá e desta vez ela achou que não tinha doído tanto e tomou no cú por um longo tempo. Magdalena deu tanto o rabo virgem que o cú dela fazia movimentos sozinhos de tão arrombado. Ainda não satisfeito quis comer mais buceta, então deu-lhe pica na buceta até a pau estar lotado de porra para esporrar... então tirou rápido e esguichou porra nos peitos dela. Depois os dois se abraçaram e se beijaram.

Até nos dias de hoje o Padre e Magdalena mantêm essas reuniões secretas para rezarem juntos e pedirem perdão pelos pecados, que são muitos...







Jacaroa Negra ( [email protected])

VISITE O MEU BLOG . ESTÁ CHEIO DE CONTOS MARAVILHOSOS E BEM ESCRITOS, ALÉM DE FOTOS QUENTES SEPARADAS POR GALERIAS :

HTTP:JACAROANEGRA.BLOGSPOT.COM

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteCONTOS ERoticos cozinhacontos gay cu arrombadoMulheres se jutao para fazer xexo contoscontos sexo minha esposa amamentando eu e seu amante vendodoeu mas gostei contosmuleque batendo punheta contosminha cunhada me provocandoNovinha enlouqueçeu os pedreiroscontos lesbica fui sedusida banheiro boatyConto de muitos machos para uma puta depravadavídeos pornô de avô sentando a netinha de sainha curtinha no coloCONTO COMI O CUZINHO DA VOVÓZINHAdei o cu no campig homoxesuaiscontos eroticos feminino cunhadoContos de idosas loiras com mais de 70 anos dando cu para negros bem dotadosvanessa traindo em casa com cunhado do corno spContos eroticos selvagem com meu amigominha esposa fica toda molhada quando falo que sonhei que que ela chupava outra rolavoyeur de esposa conto eroticoconto gay pirocao imensomeu genro me comeu o cu contosmadrinhas branca da bunda empinadacasa dos contos minha bu eta e so para o dogcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto eróticos lábios românticoscontos eroticos arrombando a gordaContos erotico com equilina da minha patroacontos/ morena com rabo fogosoconto minha tia timoda no banho contos erótico me rasgaram mo acampamento contos eroticos adoro velhosContos eróticos:meu querido professorFui fudido pelo velho contos gayContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposaconto erótico fode cm clientes no camarotea primeira f*** com travestiContos eroticos tia coroa da roçaconto d patricinha c o borrscheiroconto pedreiro arronbou minha namoradacontos meu marido da pica pequenacontos primeira ves da minha namorada com um cavalominha tia casada matutinha contoscontos a travesti e minha mae fudendoBem dotado comendo a patroa no sitio conto eroticoconto gay virei viadinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteBucetas virgemdas das adolecentes doidocontos de sexo comi minha sogra em quanto a minha esposa tomava banhopapai mim comeu contoscontos eroticos com coroa taradoContos titio comendo a sobrinha bem novinhacontos de cú de coroaconto de sexo Fodeno minha irma e minha maeChiquinha gostosa melada de tesãoporno babalu pede pra não gozar antes do tempoContos erótico pai tanto banho filhafilme porno com gay aguentado dois punho no cu de uma vez mais grinta de dorconto erotico amigo babaca e cornocontos erótico paizão enrabar filho gaycontos de sexo gay meu melhor amigo me seduziu e me fez mulhersenti os jatos fortes de porra no fundo da minha bucetacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteporno contos casada comprando mandiocacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestiGozei dentro da gorda dopada de vestido contomenininha putinhaconto escrito ese ano cavalono nuaSo contos de sadomasoquismo com maridos e esposas so contos eroticosContos eroticos de estupro meninasesperei meu maridinho dormir rola grossagostosa e muito branca maz mete muitoconto fazenda com mamaeminha cunhada me provocandocontos eróticos amigave amigocontos eroticos pequena